O exorcista Padre Amorth denuncia: «Dentro do Vaticano também há satanistas».

O padre Amorth é, possivelmente, o exorcista mais famoso do mundo. Religioso paulino, escreveu há alguns anos o livro “Fala um exorcista”, que foi um best-seller em todo mundo. Foi o grande renovador da figura do exorcista e polemista. Agora, denuncia a existência de seitas satânicas dentro dos muros do Vaticano.

Mar Velasco/La Razón

O sacerdote italiano Gabriele Amorth, um dos exorcistas mais respeitados do mundo, não tem papas na língua: « Temos muitíssimos sacerdotes e bispos que já não crêem em Satanás », assegura.

Aos seus 85 anos, acaba de publicar suas memórias, nas quais alerta contra a presença de seu maior inimigo fora e dentro da Igreja. Assim o corrobora em uma recente entrevista ao diário italiano « Il Foglio » : « Muitos prelados não crêem no demônio e inclusive chegam a dizer em público que o inferno e o demônio não existem. E, contudo, Jesus, no Evangelho, fala disso abundantemente, pelo que caberia se perguntar se não leram o Evangelho ou se absolutamente não crêem nele! » , sustenta.

Seitas satânicas no Vaticano

« Sacerdotes, monsenhores e também cardeais. Sei por pessoas que conheceram isso diretamente. E além do mais é uma coisa “confessada” em outras ocasiões pelo mesmo demônio, sob obediência, durante os exorcismos », explica.

Assegura que o Papa está a par de tudo:  « Claro que sabe! Mas faz o que pode. É algo assustador. Tenha presente que Bento XVI é um Papa alemão, vem de uma nação decididamente contrária a todas essas coisas. Na Alemanha, de fato, praticamente não há exorcistas — há nações inteiras sem exorcistas! –, e, todavia, o Papa crê nisso: tive oportunidade de falar com ele em três ocasiões, quando ainda era prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé. Recebeu-nos como associação de exorcistas, fez um grande discurso, nos animando e elogiando nosso apostolado. Falou disso explicitamente e em público em várias ocasiões. E não nos esqueçamos que do diabo e de exorcismos também falou muitíssimo João Paulo II », recuerda.

Sinal de alarme

« Paulo VI levantou um véu de silêncio e censura quando disse aquilo de que “a fumaça de Satanás entrou na Igreja”, mas não teve consequências práticas. E creio que é necessário dar o sinal de alarme », afirma.

Poucos possuídos

O Padre Amorth recebe em seu escritório centenas de pessoas ao ano. Dessas,  « só algumas poucas estão verdadeiramente possuídas. A maioria tem simplesmente graves problemas psiquiátricos. Mas há possuídos » , disse. Apresentam-se para ser libertados. Fazem-no espontâneamente, ainda que a « presença » que possui seu corpo faça todo o possível para que os exorcismos não surtam efeito. A maior parte das pessoas fica possuída depois de ter participado de missas negras ou ritos satânicos.

Água benta contra as possessões

« Don Amorth » tem um método para reconhecer se uma pessoa está verdadeiramente possuída: a água benta.  « Uma vez preparei para uma mulher uma mesa com dois copos, um com água comum e outro com água benta. Quando bebeu a água benta, passou de menina amedrontada a pessoa encolerizada. Com um timbre de voz grave, como se um homem falasse dentro dela, me disse: “Você se acha muito esperto, cura!”. Comecei a oração de exorcismo e só uma hora depois, cumprindo o rito, aconteceu a libertação na igreja ».

« Faltam exorcistas formados»

A batalha do padre Amorth se trava em duas frentes: contra seu habitual inimigo e contra o silêncio ou a incredulidade da Igreja:  « O Código de Direito Canônico diz que os exorcistas devem ser eleitos entre a fina flor e a nata do clero », explica. « E, contudo, não é assim. Frequentemente, os melhores sacerdotes são destinados a ser bispos ou a outros cargos. E os exorcistas que existem têm pouca experiência, quando deveria ser o contrário » , se lamenta, enquanto recorda sua formação ao lado do padre Amantini, exorcista durante mais de 40 anos em Roma: « A ele devo tudo o que sou », afirma.

Fonte: Religión en Libertad

31 Responses to “O exorcista Padre Amorth denuncia: «Dentro do Vaticano também há satanistas».”

  1. Me assustou a notícia de que existe satanistas mesmo na Cúria Romana. Uma notícia dessas deixa qualquer católico de cabelo em pé. Mas, confio na promessa de da Virgem de Fátima: No final, o meu Imaculado Coração triunfará!!!

  2. A “fumaça de satanás” é mais espessa do que se supunha…
    O demônio age intra muris.
    E tem neo-católico que acha que o problema é fora da Igreja!!!

  3. Estamos vivenciando uma tremenda batalha espiritual dentro da Igreja católica devido a essa abertura ao mundo moderno que foi a vitória dos inimigos da Igreja a saber os liberais.

    Fiquei perplexo ao saber que existem até mesmo sacerdotes, monsenhores e bispos satanistas.

  4. Fazendo gancho entre este e o último artigo, se o anseio pela canonização de João Paulo II é UNANIMIDADE no Vaticano, é também desejo destes satanistas lá aninhados. E penso que é PRINCIPALMENTE deles.

    Os satanistas e maçons já estão ali há muito tempo: os prelados que conduziram o Concílio em 1962 não nasceram em 1961…

  5. Não precisa fazer necessariamente essa distinção entre maçons e satanistas, ambos tem parte com o tinhoso.

  6. Realmente, não é novidade nenhuma e não causa nenhum espanto tudo o que Pe. Amorth “revelou”, basta olhar os frutos produzidos desde então.

  7. Muito digníssimo e respeitável Reverendo Padre Amorth, conte-me uma novidade!
    O pior é que muitos católicos ditos apologetas acham que o maior inimigo da Igreja é o protestantismo.
    Se só agora um Padre de grande notabilidade no público faz tais afirmações, imagine então o que houve nos bastidores do Concílio Vaticano II!!! Estou lendo o livro “O Reno se lança no Tibre”; a cada página me escandalizo com o que se falava em pleno concílio e na década de 60.

  8. “Frequentemente, os melhores sacerdotes são destinados a ser bispos ou a outros cargos.”

    Acredito que não. Normalmente, os melhores tem sido rejeitados no próprio seminário e, se chegam ao sacerdócio, são sempre colocados de lado. De qualquer forma não quero generalizar o que eu disse. Mas, se formos analisar um a um os bispos no Brasil…

    Por outro lado, mesmo não concordando inteiramente com a frase do reverendíssimo Padre Amorth, entendo que ele quis dizer que o cargo de exorcista nas dioceses praticamente foi abolido. Ou seja, há uma indiferença e/ou preconceito tremendo para com este cargo.

  9. BIOGRAFIA DO PADRE SÃO MAXIMILIANO KOLBE:

    “Naquele dia de 1917, estava também um jovem seminarista polonês na Praça de São Pedro, Maximiliano Kolbe,, quando um grupo de maçons – que celebravam os 200 anos da fundação da Grande Loja – abriu uma faixa onde estava escrito: “Satanás reinará no Vaticano, e o Papa será seu escravo”.
    (A. Socci, Il Quarto Segreto, Rizzoli, quinta edição, Fevereiro de 2007, p. 179).

  10. Rogério,
    Já li “O Reno” e recomendo sua leitura.
    Aproveito para recomendar também a leitura do livro NOVA TEOLOGIA- OS QUE PENSAM QUE VENCERAM.
    Acesse:

    http://www.permanencia.org.br/Livrodigital/novateologia.pdf

  11. O diabo deve ter ido pra lá mesmo.
    Porque aqui ele entrou com o pedido de aponsentadoria por tempo de serviço em 69.
    E os padres brasileiros mandaram fechar as portas do inferno.
    Falar do diabo no sermão assusta as velhinhas e dá medinho nas crianças.

  12. Já li um livro do P. Amorth, Psiquiatras e exorcistas, muito bom. Nele, o exorcista dá conta de que ficou perplexo quando viu na reforma do ritual do Sacramanto do Batismo a exclusão dos exorcismos, que na sua opinião, eram eficazes para o ato sacramental.

    Também na revista “Catolicismo” foi publicada uma entrevista – (já republicada em vários sites da internet) -onde ele onde faz observações no mesmo sentido.

  13. O pedido de aposentadoria do demo, está parado nas pilhas de processos do inss, aí os bispos atropelaram o demo e invadiram o quintos infernos(com aulas do mst… a prova disso é a cnbb….

    *******************
    Vejam o “padre” zezinho

    http://www.padrezezinhoscj.kit.net/artigos/rc5.htm

    Como chegar no texto: clique no link; depois vá em religião e ecumenismo. Depois clica em:Catequese da Purificação, depois de ler fique indignado!

  14. (Editor, favor aceitar esse comentário e não o anterior.)

    Na radio chilena Conviccion Radio existem áudios de textos do Pe. Amorth, sobre a Presença de Satanás no Mundo Moderno (em espanhol)

    http://www.conviccionradio.cl/component/docman/cat_view/67-presencia-de-satanas-en-el-mundo-moderno

    Aos leitores deste blog que moram em BRASÍLIA: devido a ALTERAÇÕES NOS HORÁRIOS DAS MISSAS SEMANAIS, convido a entrarem no blog da missa em Brasília para conferir.

    http://missatridentinaembrasilia.wordpress.com/

  15. Esse Padre quer aparecer! Pergunta se ele celebra a Missa de Sempre! Deve ser um fanfarrão igual ao Pe Quevedo!

  16. “Frequentemente, os melhores sacerdotes são destinados a ser bispos ou a outros cargos.”

    A Fraternidade Sao Pedro, existe desde a dècada de 80, por que nenhum de seus Padres foi elevado ao episcopado?

    Interessante, para se questionar e refletir:

    Se a restauraçao è desejada, por que nao vemos a ordenaçao de Bispos tradicionalistas e se espera que estes Bispos sejam da FSSPX?

  17. Não há o que refletir ou questionar… é evidente, o demonio não quer guardiões da fé no Vaticano, para ele não é interessante, o mundo já está do jeito que ele gosta.

    A nossa nobre FSSPX é a resistência, é a esperança, pq não capitulou como a São Pedro nem como Campos.

  18. Gederson. Vc é demais! Genial sua observação. Os Legionários de Cristo possuem padres fabulosos e também quase nenhum foi elevado ao piscopado.Mistério!

  19. Gederson, há sempre uma resposta à tudo: não há Bispos na FSSP e no IBP para “facilitar” o apostolado; somente com Padres os Bispos diocesanos “acolheriam” com mais “tolerância” o trabalho destes institutos.
    Bom… essa é a intenção, mas como somente com “boas intenções” não se produzem bons resultados o que vemos é somente uma grande aplicação de verniz tradicional por cima de tudo – e, diga-se, uma única demão e bem fininha…
    Infelizmente o que ainda prevalece é a má-vontade atada a má-fé por parte imensa dos srs. Bispos; e isso sem falar nas ecumênicas benções carnavalecas, missas-show, show-missas e premios [de]meritórios…

  20. Sr. Paulo Morse

    O P. Amorth não é fanfarrão. Ele é um sacerdote exorcista que realmente sabe da existência “dos espíritos malignos espalhados pelos ares”, conforme menciona a Sagrada Escritura e redigida pelo Papa Leão XIII no Exorcismo contra satanás e os anjos rebeldes. Esse exorcismo era rezado ao final das Missas.

    Quanto à denúncia dele, acredito que tenha provas.

    Não entendi a colocação sobre o padre celebrar ou não a Missa de Sempre para ter credibilidade.

  21. Ana Maria, o VS deram uma resposta a um leitor sobre esta posição do Pe. Zezinho. Veja:http://www.veritatis.com.br/article/5331

    Recomendo tambem as seguintes leituras. Algumas são longas. Se possível, imprima e leia depois.

    http://www.adapostolica.org/modules/wfsection/article.php?articleid=394

    http://defesacatolica.org/index.php?option=com_content&task=view&id=97&Itemid=1

    http://pt.wikisource.org/wiki/Of%C3%ADcio_das_Benditas_Almas_do_Purgat%C3%B3rio

    http://www.oracoes.info/Purgatorio.html

    E tem do site do Filhos da Paixão sobre o purgatório, só que não consigo acessá-lo.

    Que catecismo devemos seguir: o da Igreja Católica, ou do Padre Zezinho?

  22. Querer associar a canonização do Papa João Paulo II a satanistas é o cúmulo.
    Vá lá que se ache que ele não possui as virtudes heróicas necessárias aos altares mas vincular a sua canonização, bem como o bem que ele inequivocamente realizou, aos interesses daquela gente sem Deus já é demais.
    Prudência e sabedoria ao falar não faz mal a ninguém, muito pelo contrário.

  23. Para uma melhor compreensão sobre a questão do exorcismo e possessão diabólica, vale a pena ler o bem documentado trabalho “Reféns do Diabo” de Malachi Martin. Nesse livro, Martin examina, em profundidade e com atenção aos detalhes, diversos casos reais de possessão e exorcismo. Os exorcistas e assistentes, além dos médicos e testemunhas que acompanharam os exorcismos foram entrevistados, suas anotações consultadas, assim como as transcrições das sessões, que foram gravadas. Altamente esclarecedor. Leitura obrigatória. Em português, esgotado, mas fácil de achar em sebos.

  24. Magna

    N entendo, aonde vc entende, que eu vá precisar desses links que vc me ofereceu.

    Minha postagem sobre o “padre” zezinho, observe que foi entre aspas, lá e cá, está ligada as palavras do Padre Amorth, que muitos sacerdotes e bispos negam verdades de fé. No final da postagem ainda disse, fique indignado. Releia.

    Que catecismo devemos seguir: o da Igreja Católica, ou do Padre Zezinho?

    Leia o meu blogue sobre purgatório:

    http://sucessaoaapostolica.blogspot.com/search/label/Purgat%C3%B3rio%20e%20Inferno

  25. Eu só sei que percebo agora com clareza as artimanhas deste grupo secreto na política,entretenimento,economia,saúde e religião querendo dominar o mundo e destruir a Igreja, visando o poder (GOVERNO ÚNICO GLOBAL)e o dinheiro.PURA ARROGÂNCIA!!!!.QUANDO A IGREJA(OS JUDAS,OBVIAMENTE)SE UNIREM A ELES (MAÇONS ,CABALISTAS E GNÓSTICOS DA SUPERELITE MUNDIAL),ESTAREMOS NO FIM DOS TEMPOS E A VOLTA DE JESUS IMINENTE.

  26. Angélica,
    nós já estamos no fim dos tempos. Os grupos que você citou já estão unidos. Antes, porém, do aparecimento do Anticristo, deverá haver uma guerra entre países que virá logo depois de uma grande anarquia interna das nações causada pelo comunismo cultural, que as enfraquecerá e provocará grandes divisões na sociedade. Os primeiros vagidos dessa anarquia já começamos a ouvir a partir dos anos 60 do século passado e continuarão aumentando em intensidade até o completo caos político do Ocidente.

  27. Ana Maria, os links que postei não foi também para você, mas para todos que visitam este blog. Creio que nem todos tenham um conhecimento fiel sobre o purgatório. Alguns links que enviei são complementos sobre a explicação cristã do purgatório. São indicados para qualquer. Seja teólogo, seja um leigo.

    E esta frase: “Que catecismo devemos seguir: o da Igreja Católica, ou do Padre Zezinho?” foi uma ironia. Era só abrir os links para perceber.

  28. Magna

    Então quando falar geral e indicar algo, NÃO cite meu nome.

  29. O britânico Times adulterou essa entrevista, dizendo: “Sex abuse scandals in the Roman Catholic Church are proof that that ‘the Devil is at work inside the Vatican’, according to the Holy See’s chief exorcist.”

    http://www.timesonline.co.uk/tol/comment/faith/article7056689.ece

    O Pe. Amorth nunca disse nada disso. Agora a mídia brasileira já está copiando o Times. Um jornal de SC veio com a mesma frase e acrescentou pedofilia ainda.

Trackbacks