Cardeal Castrillón Hoyos: “a maçonaria está engajada e se une a outros inimigos da Igreja”.

Não me arrependerei jamais. Mantenho a minha posição, pois é a postura tradicional da Igreja […] em alguns destes casos a maçonaria está engajada e se une a outros inimigos da Igreja […] É uma pena que haja idiotas úteis no seio destes que se prestam a tal perseguição”.

Palavras do Cardeal Darío Castrillón Hoyos à rádio colombiana RCN

* * *

“A Igreja é uma sociedade perfeita, gozando, portanto, das três funções de qualquer sociedade perfeita (a capacidade de legislar, a capacidade de aplicar suas leis e a capacidade de julgar segundo o seu próprio direito). Por conseguinte, o direito canônico sempre reivindicou um privilégio dos clérigos de depender da justiça canônica e não da justiça temporal. Na situação atual das relações entre  a Igreja e os Estados, este privilégio quase não é  mais aplicado. Isso significa simplesmente que, para evitar um mal maior ou favorecer um bem (como as relações harmoniosas com o Estado), a Igreja deixou de reivindicar este direito. Mas isso não impede, absolutamente, que esta isenção permaneça a regra.  É isso que o Cardeal Castrillon Hoyos escreveu a Monsenhor Pican”.

Palavras de Vini Ganimara, editor do blog Osservatore Vaticano, citado na matéria de Golias contra o Cardeal Castrillón

21 Responses to “Cardeal Castrillón Hoyos: “a maçonaria está engajada e se une a outros inimigos da Igreja”.”

  1. Cardeal Castrillón Hoyos não poupou palavras para dar nome aos bois.

  2. Disse a mais pura verdade o Cardeal Hoyos.

    A maçonaria está mais viva que nunca.

  3. Infelizmente, os tribunais eclesiásticos perderam completamente sua credibilidade. Além de despreparados, os juizes desses tribunais não gozam de nenhuma garantia para julgar com isenção. Não conheço nenhum caso de um juiz que tenha prolatado uma sentença em favor de um padre perseguido por seu bispo. Quando Mons. Lefebvre foi esmagado pela prepotência dos hereges modernistas e a sua Fraternidade declarada fora da lei, recorreu inutilmente â Signatura Apostólica que nem sequer acolheu sua petição. Graças a Deus, que há tribunais civis que nos garantem um mínimo de justiça. Há males que vêm para o bem. É caso, por exemplo, de a Igreja ter perdido uma jurisdição efetiva sobre os seus fiéis. Se não fossem esses tribunais, civis, os modernistas nos teriam já condenado à morte. Que Deus aja. Do contrário, apesar de sua santidade intrínseca, a Igreja abrigará em seu seio muita injustiça, imoralidade e hipocrisia.

  4. Há mais de quarenta anos não se vê um cardeal denunciar as tramóias da maçonaria contra o governo de Cristo.
    E há mais de quarenta anos não se vê sair do órgão oficioso da Santa Sé referências ao exclusivo clerical, isto é, o privilégio da Igreja em julgar penalmente os seus religiosos…

    O otimismo conciliar pelo visto, devagar e cada vez mais vem dando espaço ao realismo pré-conciliar… Assim não há gaudium et spes que aguente! Voltarão os dramáticos – porém sensatos – anos de Pio IX, onde a Igreja era uma praça sitiada?
    Espero que sim. Espero que seja uma praça sitiada, imune à penetração liberal e modernista…

    Deste modo, não tardará para que entendam o grande golpe da maçonaria no Concílio… Talvez não esteja distante o dia em que veremos passar o Romano Pontífice de Sedia Gestatoria e Tiara na cabeça, e seus cardeais em Cappa Magna…

  5. Malditos maçons!!!!! Essa raça pérfida não desafia aos homens, mas é a Cristo, Nosso Senhor. O dia de sua humilhação ainda vai chegar.

  6. Continua ativa a Maçonaria e odiando a Igreja:que eu saiba, a Alta Vendita nunca foi revogada.

  7. Bruno, trata-se do blog francês Osservatore Vaticano, e não do L’Osservatore Romano.

  8. Esta seita luciferiana chamada maçonaria,a séculos persegue a Igreja, neste ano especialmente ela esta com todas as forças tentando uma cartada final contra os católicos, mas como previu nosso Senhor As portas do inferno jamais prevaleceram sobre sua Igreja.

  9. Concordo com a posição do Cardeal Hoyos se o Bispo elogiado calou-se para resguardar sigilo sacramental. No entanto, se houve omissão desse Bispo, sem uma sanção mais severa ao sacerdote culpado, tal como a perda de ordens, considero o elogio do cardeal errôneo e ouso dizer injusto. A pena canônica para esses padres deve ser a mais severa possível. Evidentemente, eles podem se arrepender, confessar-se e serão assim perdoados por Deus, mas não teriam a menos condição de continuar com o ministério sacerdotal.

  10. Obrigado Ferretti. Mas a fim e a cabo, já que o negócio deles é observar, acaba ficando tudo para inglês ver, mesmo…

  11. Os Católicos (…) não devem esquecer que todos os caminhos levam a Deus. E vão ter de aceitar que esta corajosa ideia do livre pensamento, a que podemos realmente chamar uma revolução, difundida através das nossas lojas maçónicas, se espalhou de forma magnífica por sobre a cúpula de S. Pedro.
    (Yves Marsaudon, do Rito Escocês, no seu livro Ecumenism Viewed by a Traditional Freemason, louvando o ecumenismo nascido do Concílio Vaticano II.)

    Caro José JR ..

    A maçonaria perseguiu a Igreja Católica até Pio XII, após o concilio vaticanoII a maçonaria viu seus ideais triunfarem dentro da cupula de sao pedro através dos liberais, filhos legítmos da alta Vendita .

    Os liberais são maçonicos vestidos de ministros de Deus.

  12. Os inimigos da igreja estão dentro dela, fazem parte dela, sem essa de de maçonaria.
    Quando o cardeal tentou encobrir a denuncia de um padre pedófilo, apoiando o bispo que agiu dessa forma, ai estava o inimigo da igreja.
    Se o mal fosse erradicado no inicio, o papa não estaria passando por tantas agruras e com ameça de envolvimento com a pedofilia.

  13. Basilío,

    Sem essa de negar a maçonaria. Não se pode negar a ação da maçonaria, nem mesmo dentro da Igreja.

    Dê uma olhada nisso aqui..quem tiver olhos para ver (e intelecto para compreender) que vejam.

    http://www.montfort.org.br/index.php?secao=veritas&subsecao=papa&artigo=retorno_bxvi&lang=bra

  14. O Cardeal não tentou encobrir nenhum caso, já existia
    toda uma denúncia e investigação com a justiça.

    A polêmica está torno de uma carta que envio ao bispo.

    Os inimigos da Igreja estão, tanto dentro como
    fora dela (principalmente).

    Qualquer pessoa com mediana inteligência percebe
    que se trata de uma campanha midíatica e orquestrada
    com a finalidade de atingir a Igreja e o Papa.

    Esses casos de abusos (que são verdadeiros) são
    usados para esses fins.

    Se de fato a midia e a sociedade quisesse combater
    a pedofilia e abuso sexual, deveria mostrar todo
    os agentes causadores, sendo os casos na Igreja
    uma percentagem reduzida (mas, sem dúvida, deploráveis).

    Quanto ao restante, há uma silêncio profundo e
    revelador.

  15. A maçonaria está infiltrada na nossa amada Igreja.
    Papa Joao XXIII frequentava “a Loja” as quinta-feiras.
    Papa Joao Paulo II foi eleito pelo voto decisivo dado pelo Cardinal Sebastiano Baggio (Masonic code name “SEBA”)e Cardinal Jean Villot (Masonic Code Names: “JEANNI,” “ZURIGO”)entregou-lhe as chaves da Igreja Católica Romana.
    Existe uma lista de maçons copilada no “Bulletin de l’Occident Chrétien Nr.12, July, 1976, (Directeur Pierre Fautrad a Fye – 72490 Bourg Le Roi)”,encontrada em inúmeros sites na Net.
    Por exemplo:

    http://www.montfort.org.br/index.php?secao=cartas&subsecao=polemicas&artigo=20070112093003&lang=bra

    ou em sites variados,em inglês.Basta procurar por:
    “List of Masons in The Hierarchy of the Catholic Church”.
    Veja também:
    “Um ritual secreto de entronização do arcanjo Lúcifer no Vaticano” contado por Malachi Martin em seu livro:

    http://www.mensagensdemaria.org/lo.php?codigo_artigo=43

    ou na resenha do livro:

    http://www.montfort.org.br/index.php?secao=cadernos&subsecao=religiao&artigo=casa_varrida_ventos&lang=bra

    Veja tb a posição da Igreja: “Igreja Católica e Maçonaria”:

    http://www.padrereginaldomanzotti.org.br/index.php/sala-de-leitura/material-indicado-no-programa-fe-em-debate/maconaria

    e a posição da Maçonaria:
    “Does the Roman Catholic Church allow her members to join Freemasonry?”

    http://freemasonry.bcy.ca/texts/RomanCatholics.html#5

    sobre o CÂNON 2.335: “Pessoas que entram em associações da seita maçônica, ou outra do mesmo tipo que conspire contra a Igreja e a autoridade civil legítima, recebem excomunhão simplesmente reservada á Sé Apostólica.”
    É a tal fumaça de Satanás.E também de Lúcifer.
    Porém Nosso Senhor disse:
    “Também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela” (Mateus 16:18)
    In baculo cruce et in virga Virgine.

  16. A maçonaria etá dentro da Igreja:

    Lista de Maçons na hierarquia da Igreja:
    Fonte:Bulletin de l’Occident Chrétien Nr.12, July, 1976, (Directeur Pierre Fautrad a Fye – 72490 Bourg Le Roi.)

    http://www.montfort.org.br/index.php?secao=cartas&subsecao=polemicas&artigo=20070112093003&lang=bra

    http://www.mensagensdemaria.org/lo.php?codigo_artigo=43#1

    http://www.montfort.org.br/index.php?secao=cadernos&subsecao=religiao&artigo=casa_varrida_ventos&lang=bra

    CÂNON 2.335: Pessoas que entram em associações da seita maçônica, ou outra do mesmo tipo que conspire contra a Igreja e a autoridade civil legítima, recebem excomunhão simplesmente reservada á Sé Apostólica.

    http://www.padrereginaldomanzotti.org.br/index.php/sala-de-leitura/material-indicado-no-programa-fe-em-debate/maconaria

    Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela (Mt 16.18)

  17. Dom Pierre Pican, o bispo francês elogiado pelo Cardeal Hoyos e acusado de acobertamento, encaminhou o padre pedófilo para um tribunal eclesiástico?

    Não! Aparentemente, tudo o que Dom Pican fez foi transferi-lo de paróquia. Belo exemplo de justiça eclesiástica.

    O Cardeal Hoyos reivindica o direito dos padres serem julgados por tribunais eclesiásticos. Ótimo!

    Mas onde estão esses tribunais que, tanto quanto eu saiba, nunca julgaram ninguém nos últimos 50 anos?

  18. Boa João de Barros, seu esclarecimento derruba toda defesa de engrandecimento do cardeal.
    A minha mensagem anterior foi censurada pelo administrador, não continha ofensa nem calunia a ninguém, mas foi censurada.
    Apenas apontava onde estão os inimigos da Igreja.
    Sem essa de maçonaria.

  19. Não culpem a maçonaria pelos problemas da igreja. Eles são causados por muitos de seus membros.
    Em todas as instituições, inclusive a católia e a maçonica, tem telhado de vidro – com membros que não merecem participar delas.

  20. Agora que o papa Bento XVI está tentando por a Igreja nos trilhos corretos, eles estão se preparando para atacar com tudo que puderem.

Trackbacks