Um comentário que merece um post e um obrigado dos católicos.

Dom Antonio Rossi Keller, bispo diocesano de Frederico Westphalen, RS.

Dom Antonio Rossi Keller, bispo diocesano de Frederico Westphalen, RS.

Em relação à questão de se buscar uma reversão deste quadro, a situação é bastante clara: quem obteve do Conselho do Tribunal de Justiça do RS tal determinação, a da retirada das imagens sagradas? Um grupelho insignificante…

Desculpem-me questionar…: mas onde estão os fiéis cristãos leigos do RS??? Onde estão os advogados que professam a fé católica, e que poderiam atuar no sentido de encaminhar esta questão, juridicamente? Sinceramente, é lamentável em primeiro lugar que até agora, só eu tenha me manifestado, como Bispo, em relação a isto. Onde estão meus “irmãos no episcopado”? Um paulista, bispo da Diocese mais longínqua do interior do RS… Em segundo lugar, o silêncio medroso do restante dos católicos daqui… Tempos difíceis mesmo…

Interessante que, em alguns posts acima, fica parecendo que a responsabilidade do silêncio e da falta de iniciativa dos demais católicos do RS seja minha…

Comentário de Dom Antonio Rossi Keller ao artigo “O repúdio de um Bispo Católico…”.

Excelência, permita-nos dizer: muito obrigado pela coragem, por ser uma voz que brada no deserto. O senhor, longe ter culpa, tem o mérito (triste mérito, é verdade) de ser o único bispo a levantar sua voz. Deus lhe pague!

27 Comentários to “Um comentário que merece um post e um obrigado dos católicos.”

  1. Excelência,

    que o Bom Deus o recompense pela coragem! Suas palavras são uma doce consolação para nós, fiéis católicos, tão acostumados com o amargo abandono de nossos pastores!
    Deus lhe pague, Dom Keller!

    Em Cristo,
    Patricia Medina

  2. Caríssimo D. Keller.
    Peça a seus amigos juristas do Opus Dei que tomem alguma medida judicial, certamente eles não se acovardarão.
    Rogando sua benção.

  3. Dom Keller,não sei se o sr. estava se referindo ao meu comentário,mas quando falei em reversão da decisão estava pensando em algum católico advogado que tomasse essa medida ou também em algum advogado católico que fosse instado por algum religioso que fosse de sua relação.

    Já por umas duas vezes,se não me engano,em tópicos antigos aqui no fratres,sobre outros assuntos,mencionei se não teria algum advogado católico propenso a tomar alguma medida judicial.

    No mais,despeço-me pedindo sua benção e o pedido que reze por mim.

    Fiquem com Deus.

    Flavio Dornellles

  4. D. Antonio , parabéns pela coragem (continue assim).

    Não se deixe levar por comentários de uma minoria radical, que
    não enxerga “dois dedos à frente”.

    A maioria dos católicos, “tradicionalistas” ou não, reconhecem sua
    postura ao longos desses anos, como Bispo da Igreja e em defesa dela.

  5. Excelentíssimo Dom Antonio
    Sua Bênção

    Moro em Brasilia, alem dos meios de comunicação o qual posso com veemência lutar contra essa decisão diabólica da Justiça de vosso estado, se preciso for mesmo com dificuldades posso ir até RS protestar pessoalmente, concordo plenamente com o senhor os católicos de RS deveriam protestar em frente ao fórum,. Fiquei feliz de ouvir vossa admoestação tão rara hoje em dia, obrigado, agradeço a Deus por ver que no Brasil ainda ha sacerdotes que não aderiram ao jeitinho paz e amor do estado sem Deus , Deus lhe Pague

    In corde Iesu et Maria
    Neto

  6. A questão não deve apenas ser tratada juridicamente, permita-me dizer. Não são contra as forças terrenas que lutamos, mas contra as forças demoníacas.

    Uma coisa sr. Bispo. Louvo vossa coragem e o fato de ter sido um dos primeiros a se manifestar. E assim deve ser, um Bispo da Santa Igreja Romana deve guiar o povo fiel, de estar a frente dando o exemplo e indicando o caminho. Não espere que o povo católico se manifeste, pois esse já se encontra há muito tempo desorientado por tantos maus bispos que possuem sua morada nesse mundo e não creem mais na Pátria Celeste.

    Dê o exemplo sr. Bispo. Reuna o povo católico para a recitação do Rosário diante do tribunal de justiça do RS. Leve o Santíssimo Sacaramento para adoração e mostre a esses sequazes do demônio que embora eles possas retirar os nossos símbolos dos tribunais, das salas de aula, etc, eles jamais expulsarão o catolicismo da vida pública.

    Cordialmente, Pedro Henrique.

  7. Na Carta Pastoral, muito me admirou o zelo do Bispo para com as imagens sacras que serão banidas dos locais públicos. Viraram um inconveniente, um estorvo. A mando do Bispo, o clero de Frederico Westphalen irá buscá-las. Louvado seja Deus!

    Seria um santo Desagravo se, ao menos na sede do Bispado, se fizesse uma Procissão Solene pelas ruas com essas imagens, expulsas, escurraçadas pela “Justiça” amoral! O jurista Rui Barbosa, convertido no fim da vida, disse na Oração aos Moços que “Não há justiça sem Deus!” Expulsando a Deus, o nome “Justiça” no Brasil torna-se cada dia mais irônico!

    E nas demais dioceses, que destino terão os crucifixos e imagens sacras? Certamente o porão dos escritórios da “Justiça” riograndense, ou mesmo o lixo!

    Rendo graças a Deus pelo Bispo Dom Antonio Keller, preocupado com a salvação de seu rebanho e com a sua própria. Essa preocupação seus “irmãos no episcopado” não possuem, e o próprio Cristo já os advertiu: “Quem me negar diante dos homens, Eu os negarei diante de meu Pai!”

  8. Ao olhar esta postagem, algo me passou pela cabeça: interessante que o único bispo do Rio Grande do Sul a se manifestar contra este ataque aos cristãos é exatamente este que se veste como bispo, católico, inserido numa tradição milenar. Ora, ainda que o uso das insígnias episcopais não garanta a nenhum bispo sua ortodoxia, sem dúvidas elas denunciam que aquele que as porta ainda tem amor a sua missão: guiar e defender o seu rebanho.

    Deus lhe pague, D. Antonio Keller.

  9. Foi uma atitude digna a de S. Excia. Rvma. Dom Keller? Sem dúvida que sim, para tempos onde mais vale agradar que dizer a verdade… Porém, para tempos normais, isto é, para quando a maioria do clero tinha em seu peito a fé católica, a atitude de Dom Keller seria obvia e até obrigatória.
    Como católico agradeço a Dom Keller por não se ter abstraído ao seu dever, como o fazem a maioria dos bispos, envergonhando-nos e entristecendo-nos.

  10. Parabéns, D. Antônio. Que Deus o abençoe e às ovelhas confiadas a si.

    Percebe, senhor bispo, o grande mal que acomete os católicos?

    Se a hierarquia está doente, o que dizer dos leigos?

    padre santo, povo bom
    padre bom, povo regular
    padre regular, povo ruim
    padre ruim, povo péssimo

    A doutrina do liberalismo que foi combatida por tantos e tantos papas, conseguiu se infiltrar como um vírus na igreja.
    Os católicos não podem lutar, porque estão desorientados e porque estão anestesiados.

    Poucos se moverão, porque só se ama o que se conhece. Ora, como podem defender a religião, se nem conhecem mais a religião?

    Vendo o seu pronunciamento solitário, percebo o quão penoso é ser um bispo católico de verdade em nossa idade das trevas.

    Excelência, faça tudo como se as coisas só dependessem do senhor. E confie na Providência como se o senhor nada pudesse fazer. Convoque seu clero e suas ovelhas para um desagravo público contra mais esta ofensa, mas não espere nada de ninguém. Faça o seu dever de bispo, recolha os crucifixos rejeitados e vá para a porta do fórum de roxo ou de preto, e reze publicamente para Nosso Senhor contra esta desconsideração.
    E com certeza, muitos talvez não vejam o desagravo, mas Deus verá. E Deus é um ótimo público…

    Desagravo já!

  11. Subscrevo integralmente os comentários do Bruno e do Pedro Henrique. O Opus felizmente conta com muitos advogados e juristas eminentes, que bem poderiam articular uma reação. Enquanto isso, uma manifestação com direito a tudo o que o Pedro Henrique sugeriu (rosário, adoração do Santíssimo, etc.) deixaria clara a indignação dos católicos, além de apazigüar a ira divina.

  12. ANTONIO! QUE ME LEMBRA OUTRO ANTONIO….também de uma diocese longínqua, mas que, no passado, como o ANTONIO de hoje, também sozinho clamou no deserto! Mas, ao ANTONIO DE HOJE, digo que A VOZ QUE CLAMA (SOZINHA) NO DESERTO, tanto no passado como hoje, EMBORA SOZINHA, é sempre ouvida!! Dia chegará em que, também para as VOZES QUE CLAMARAM SOZINHAS NO DESERTO, se dirá o que disse WISTON CHURCHUL aos pilotos da RAF: “NUNCA, NA HISTORIA DOS CONFLITOS HUMANOS, TANTOS DEVERAM TANTO A TÃO POUCOS!”.

  13. Caro Ferreti,

    O Dr Rafael Vitola me informou que vários grupos católicos estão se organizando para tentar reverter a decisão do TJ-RS.

  14. Cadê os advogados que ficam na net ameaçando processar um e outro por divergência de opinião? AJUDEM o Bispo e a Igreja.

    Dom Keller, o senhor tem o meu respeito e as minhas orações. Obrigada pelo seu grito sozinho.
    Deus o recompensará grandemente.
    Muito Obrigada pelo senhor n ter medo de fazer, o que tem que ser feito.

  15. Deus seja louvado! Nao ha justiça, nao ha justos. HIPOCRITAS TOGADOS!

  16. Excelência, não se entristeça com os comentários de alguns “católicos”, É muito fácil “discursar” descompromissadamente. Pura verborragia! Cegados que estão, não conseguem enxergar, quiçá admitir, que existam bons sacerdotes fora de seus grupos, por isso encontram defeitos até onde eles não existem. Todos os que possuem o mínimo de sensatez admiram sua coragem e fidelidade a doutrina perene da Santa Igreja.

  17. Uma andorinha não faz verão, mas pode indicar que o verão está chegando. Um brado corajoso como este certamente acordará muita gente. Vamos esperar e confiar.

  18. É uma lástima que exista quem ouse “alfinetar” esse Bispo, ou ainda, deixar de forma escondida nas entrelinhas uma certa responsabilidade atribuída a ele pela omissão dos covardes.

    A Tradição não precisa de gente assim, que degrada a luta da daqueles que querem resgatar o clero, que fazem os bons serem jogados no mesmo buraco ideológico que se meteram.

    Basta disso, a Tradição não precisa desse modus operandi.

    A FSSPX não é uma seita, mas estes são sectários infiltrados nela. E ela é vista como sectária graças a este modo de pensar que não representa o que ela ensina e zela. Há quem joga na lama a luta dos padres tradicionalistas, tão essencial para os dramas modernos. Nunca está bom! Agradeço a Deus por não serem padres ou freiras!

    Só ficarão satisfeitos quando, eles próprios, forçarem a mão dos Bispos a escreverem o que eles querem. Basta!

    Obrigado Dom Rossi Keller! Viva muitos anos!

  19. Dom Keller,
    Que o Bom Deus lhe pague por defender Nosso Senhor diante dos homens. Deus dará a paga a cada um por isto tudo que estamos vendo com perplexidade. Pobres magistrados, tão importantes diante dos homens, mas tão distantes da grande graça que é professar a fé verdadeira no único Deus verdadeiro, única coisa que realmente importa nessa vida.
    A cruz tornou-se incômoda para eles.

  20. Interessante notar o silêncio da CNBB.

    Caso fosse uma ordem judicial ordenando a extinção do chamados “movimentos sociais” com toda a certeza, nossos bispos, já teriam manifestado críticas, repúdios e convocado a sociedade e os “homens de boa vontade” a se indignarem. Mas como se trata somente de sinais da fé do povo brasileiro e da fé que eles deveriam professar, põe os rabinhos entre as pernas e publicam notas sobre o dia da Mulher.

    Nossa Senhora Mãe de Deus, rogai por nós.

  21. Vós sois realmente um pastor, pronto para guiar e para se levantar contra lobos ferozes que se levantam contra a fé. Fingem defender um estado laico, entretanto querem implantar um estado ateu. Parafraseando os franceses “A república pode ser laica, mas o Brasil será para todo o sempre CRISTÃO”.

    Infelizmente, alguns dos nossos bispos assemelham-se muito mais com lobos. Ou como mercenários que somente pensam em sua paga, não obstante estão ajuntando para si próprios a ira de Deus que será implacável com nós todos no Juízo Final.

    Que nossa pátria possa verdadeiramente ser entregue e consagrada nas mãos de Nossa Senhora Aparecida para que o erro e a peste se afastem destas terras.

    Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil. Rogai por nós!

  22. Excelência Reverendíssima,
    Dom Antonio Carlos Rossi Keller.

    Não sou gaúcho, moro no interior de São Paulo, mas agradeço profundamente à Deus por ter suscitado uma voz solitária que clama no deserto, onde tantos bispos deveriam gritar, mas permanecem escandalosamente calados, enquanto o mal prossegue sua obra demolidora. A voz que se ergueu é a vossa, Excelência! Deus o recompense copiosamente por não fugir de vossa grave missão: ser pastor e custodiar o rebanho. Feliz é o povo cujo cuidado está sob vossa responsabilidade! Ad multos annos!
    Obrigado por fazer a diferença, quando há tanta covardia e omissão no episcopado brasileiro.

  23. Meus parabéns a D. Antônio Keller. Felizes as ovelhas que têm S.Exa.Revma. como pastor.

  24. Caros arcebispos e bispos do Regional Sul-3,
    Vossas Eminências Reverendíssimas não se pronunciaram por quê?
    No aguardo,
    Eduardo

  25. Sou Seminarista da Igreja Católica e concordo plenamente com as determinações judiciais a respeito da retirada de símbolos religiosos de lugares públicos.

    Não quero ver a Cruz em prontos-socorros e hospitais, onde pessoas são tratadas
    piores que os animais e morrem sem atendimento nos corredores imundos.

    Não quero ver a Cruz de Cristo em tribunais, onde os pobres não têm direito e sentenças são vendidas e compradas por alguns juízes imorais e corruptos.

    Não quero ver a Cruz nas Câmaras Legislativas, onde a corrupção acontece natural e livremente sem peso de consciência e punições.

    Não quero que a Cruz do Senhor da vida esteja no gabinete da presidente que luta em desfavor da vida humana- pró-aborto.

    Retirem a Cruz! Tenho certeza que Cristo não participa e não abençoa a sórdida política brasileira, suja, inescrupulosa, perversa e corrupta que é causa da desgraça dos pequenos e pobres.

    Podem tirar de nós a Cruz de Cristo, mas jamais poderão tirar de nós a fé e a adesão ao projeto de Nosso Senhor!

  26. Alguns membros do Regnum Christi em POA, advogados, juristas, estão trabalhando nesse sentido, pelo que sei. Talvez alguns do Opus Dei também.

    Da minha parte, sei que a tal Liga das Lésbicas pretende que o Poder Executivo também determine a retirada dos crucifixos dos prédios públicos ligados a ele. Como delegado de Polícia, da minha Delegacia eu NÃO obedecerei a uma ordem iníqua dessas! Aliás, duvido que o Governador Tarso Genro, que é petista mas não é bobo, dê algum crédito ao pedido da Liga das Lésbicas, uma vez que é uma medida impopular e, diferentemente dos magistrados, o chefe do Poder Executivo é eleito pelo povo (e ele não vai querer se indispor com o povo…). Repito: da minha DP, cruz alguma sairá!

  27. Deus abençoe esse Bispo que não se calou diante dessa atitude anti-religiosa!