Dom Bergonzini: “A CF, infelizmente, não faz alusão ao aborto”.

Da entrevista de Dom Luiz Gonzaga Bergonzini, bispo emérito de Guarulhos, à Zenit:

Como o senhor está vivendo a Campanha da Fraternidade na sua diocese?

Dom Luiz Bergonzini: Com muita preocupação. O tema é saúde pública, que só pode ser proporcionada por prefeitos, governadores e presidente da república.  A presidente Dilma cortou 5,4 bilhões da saúde neste ano. Temos conhecimento que há distribuição de abortivos nos postos de saúde, que há recomendação para laqueaduras e outros atentados contra a vida. A CF, infelizmente, não faz alusão ao aborto. Os políticos não dão a menor importância para a saúde do povo.

6 Comentários to “Dom Bergonzini: “A CF, infelizmente, não faz alusão ao aborto”.”

  1. Para que a CF faria alusão ao aborto expressamente se ela tutela o direito inviolável à vida?

  2. É pena que a palavra da CNBB em geral seja insossa; a palavra da CNBB não salga.
    É pena que palavra de Dom Milton Santos,sdb – Arcebispo Metropolitano de Cuiabá, em particular, seja insossa; a palavra de Dom Milton Santos,sdb – Arcebispo Metropolitano de Cuiabá não salga.

  3. deveriamos ter mais bispos como este…. estamos mal de nomeações nessa CNBB, rezemos pelos bispos para q se convertam!

  4. “Dom Bergonzini, infelizmente, ainda espera um resquício de cristianismo vindo da CNBB”

  5. Eles estão reformando o código penal e com isso vão praticamente liberar o aborto,pois vai bastar a mulher dizer que não pode arcar com a gravidez que poderá abortar sem problema algum.Isso é muito sério e está passando desapercebido.

    http://www12.senado.gov.br/noticias/materias/2012/03/09/juristas-confirmam-ampliacao-das-hipoteses-de-aborto-legal

    Fiquem com Deus.

    Flavio.

  6. Eu escrevi um texto sobre isso (Campanha da Fraternidade e o aborto – http://alobrandalise.blogspot.com/2012/02/campanha-da-fraternidade-e-o-aborto.html), onde tento chamar os católicos a aproveitar esta CF e fazer algo de útil.