Foto da semana.

Kairós Kids em Cachoeira Paulista, 17 de junho de 2012: Porque depois de um ou outro lapso de sacralidade e respeito, a Canção Nova continua a fazer do Catolicismo um circo.

51 Comentários to “Foto da semana.”

  1. É por causa da mentalidade extremamente protestante da qual a Canção Nova e a RCC estão encharcadas até a médula!!!

    A propósito, ver este interessantíssimo texto sobre as origens protestantes da RCC e consequentemente de todos os movimentos ligados a ela, inclusive a Canção Nova, é claro!

    http://auxiliodoscristaos.blogspot.com.br/2012/05/quem-e-rcc-de-verdade-como-nasceu-e.html

  2. Isso significa que, a Canção Nova está dividida. “Fratres” neles!

  3. É, depois daquele Corpus Christi tão bem realizado, a CN tinha que mostrar a que sempre veio…

  4. Que coisa mais ridícula dá até nojo ver uma palhaçada dessa, mas é nisso que dá a busca pelo NOVO.. transformam tudo num teatrinho, quanto mau faz à liturgia essa maldita rc”c” pentecostal .

  5. Alguém pode me explicar o que é isso? “Karóis Kids”? Do que se trata? Não assisto à Canção Nova… Aliás, gostaria de saber notícias do tal Edinho após ter sido pressionado a retirar seu programa político Pró-PT do ar. Grata!

  6. Discordo! A sacralidade pra eles apenas é parte do rito circense! Mais um modismo entre tantos deles, porque respeito eles não têm!

    O que eu acho engraçado nos neo-conservadores é que eles vivem de migalhas litúrgicas, se contentando com um acertozinho aqui, outro ali, para gritarem sempre “Deo Gratias!”.

    Não! Não adianta nada disso! Não existe isso de arroubo litúrgico de ocasião!

  7. Cadê o povo do Vitola rasgando o verbo em elogios agora?

  8. Em tempo: discordo com toda consideração pelo Fratres!

  9. Vale o comentário de sempre: eles aceitam o CVII e a Missa Nova. Portanto, estão em plena comunhão. A Redeptionis Sacramentum precisa ser interpretada.

  10. Deformação Carismática, quando veremos o seu fim??

  11. “Senhor, até quando assistireis impassível a este espetáculo?”. (Psalm. XXXIV,17)

  12. Uma pena… Deus queira que um dia aprendam.

  13. Não entendi muuuito claramento o abuso em questão.

  14. Viniciius Faria,

    Um tempo atrás, não faz muito tempo, o Pe. Paulo Ricardo falou sobre palhaços na missa. De certa forma, a sua resposta também vale para o caso da foto. Veja!

    81 – Pároco pede aos catequistas para se vestirem de palhaços na Santa Missa, o que fazer?

  15. Olha, meus irmãos, rezemos pelo Padre Paulo sempre na Eucaristia. Como precisamos desse padre! É ele quem nos ensina, quem é a defesa da Santa Madre Igreja e do Santo Papa no Brasil. Nosso amado “Dom da Vida”, Dom Bergonzini, já não está mais aqui… Que lá de cima ele interceda por nós, para que tenhamos firmeza, perseverança e muita caridade para aguentar tanta agressão, tanto sofrimento. Para quem tem filhos, este tempo é ainda mais duro e cruel. Deus os abençoe e aos Fratres in
    Unum pela defesa da Santa Madre Igreja!

  16. rsrsrsrrsrsrsr Mas isso é coisa de Deus! rrsrsrsrs

  17. Parece que a Canção Nova tem memória curta.
    Não bastasse o escândalo internacional daquela “dancinha” em frente ao Santíssimo,
    agora apresentam mais essa pérola.

    Ridículo, mais uma vez !

  18. Vinícius Farias,
    E então? O que acha?
    Cadê o seu entusiasmo em defender a CN?

  19. São Tarcísio, uma criança que morreu defendendo a Eucaristia, não acharia mais lugar nos dias de hoje. Rogai pela Igreja, São Tarcísio!

  20. Divino Pai eterno…
    Como um sacerdote chega a tamanha ridicularidade, e o pior, expor Nosso Senhor a um picadeiro tão banal e vulgar. Só coisa de movimentos de raízes totalmente protestantóides mesmo, porque nem os protestantes sérios são capazes de tamanha palhaçada e banalização do Sagrado.
    Deus nos livre e guarde…

  21. Essa bela catequese de Bento XVI sobre São Tarcísio, padroeiro dos coroinhas e mártir da eucaristia, publicada – pasmem – no site da CN parecer cair no olvido e sublinhar, com escândalo, essa grande contradição: “(…) o testemunho de São Tarcísio e essa bela tradição nos ensinam o profundo amor e a grande veneração que devemos ter pela Eucaristia: é um bem precioso, um tesouro, cujo valor não se pode medir, é o Pão da vida, é Jesus mesmo que se faz comida, sustento e força para o nosso caminho de cada dia e caminho aberto para a vida eterna; é o maior dom que Jesus nos deixou. (…) Desempenhai com amor, com devoção e com fidelidade o vosso compromisso de coroinhas; não entreis na igreja para a Celebração com superficialidade, mas preparai-vos interiormente para a Santa Missa! (…) A nós, provavelmente, não é pedido o martírio, mas Jesus nos pede a fidelidade nas pequenas coisas, o recolhimento interior, a participação interior, a nossa fé e o esforço de manter presente este tesouro na vida de todos os dias. Pede-nos a fidelidade nas tarefas diárias, o testemunho do Seu amor, frequentando a Igreja movidos por uma convicção interior e pela alegria da Sua presença…” (http://noticias.cancaonova.com/noticia.php?id=277291).

  22. Quando é que a Canção Nova realizou algum ato religiosos que corresponde ao catolicismo tradicional? Aliás estes satanistas fazem toda esta festa para comemorar todas as ofensas que se faz contra Nosso Senhor, que disse a Santa Faustina Kowalska que ia a muitas almas como se fosse outra vez para o calvário e a morte da cruz. Aliás a igreja que é seu corpo mistico vem sendo flagelada, coroada de espinhos e crucificada pelos seus pares.

    Não é a toa que na segunda guerra mundial que foi o segundo castigo anunciado por Nossa Senhora em Fátima, a capital da Polonia que é Varsóvia ficou totalmente em ruínas e nas contas mais otimistas 500 mil pessoas pereceram (ou seja metade) e em janeiro de 1945 tinha só 120 mil dos 1.200.000 habitantes.

    Fiquemos com estas palavras de Jesus Cristo a Santa Fautina:

    “No final da Via Sacra que eu estava rezando, Nosso Senhor começou a queixar-se das almas religiosas e sacerdotais, da falta de amor nas almas eleitas: – Permitirei que sejam destruídos conventos e igrejas. Respondi: “Jesus, mas tantas almas Vos glorificam nos conventos.” O senhor respondeu: – Essa glória fere o Meu Coração, porque o amor foi expulso dos conventos . Almas sem amor e dedicação, almas cheias de egoísmo e amor próprio, almas orgulhosas e presunçosas, almas cheias de perversidade e hipocrisia, almas tíbias, que tem calor apenas para elas se manterem vivas. O Meu Coração não pode suportar isso. Todas as graças, que diariamente derramo sobre elas, escorrem por elas como uma rocha. Não posso suportá-las, por que não são boas nem más. Institui os conventos para santificar por eles o mundo, e deles deve brotar uma forte chama de amor e sacrifício. E se não se converterem e não se inflamarem do amor primitivo, Eu os entregarei ao extermínio deste mundo. (…) Quando quis interceder por elas, nada consegui encontrar para a sua justificação e, não podendo pensar no que quer que fosse para a sua defesa, a dor apertou-me o coração e eu chorava amargamente.” (http://devotosdamisericordiadivina.blogspot.com.br/2012/06/destruicao-de-varsovia-na-segunda.html)

    Isso por causa das almas tíbias, o que esperar de pecadores públicos como os atuais sacerdotes e politicos católicos que invadem terras junto com o MST, participam de passeata homossexual e etc…

    Quando vier o terceiro segredo e castigo anunciado em Fátima que nações inteiras desapareceriam não sobrará nem 1 (um) porcento das pessoas tamanha a enormidade de pecados que se cometem contra seu preciosíssimo sangue derramado em vão.

  23. Não é só em cachoeira paulista mas por todo o Estado de São Paulo eles levam seus “soldados” para fazerem palhaçada, como a Missa de Pascoa com coelhido da páscoa:

    http://devotosdamisericordiadivina.blogspot.com.br/2012/03/catolicos-cancao-nova-celebram.html

  24. “Perigosíssimos” FRATRES;
    Ahhh…
    Que gentem mais maldosa!
    Os Kids estão contentes… isso é o que interessa!
    Afinal, “Deus é Dez!”
    Parece que a música de abertura foi aquela tão piedosa:
    “Vai, vai, vai começar a brincadeira!
    Tem charanga tocando a noite inteira!
    Vem, vem, vem, ver oc circo de verdade…”
    Que bonitinhooooooooooo !!!
    Daí pergunto:
    ESSA IGREJA CONCILIAR É SÉRIA ?
    E depois tem gentem que fica com beicinho…
    É, como disse a menina Jacinta Marto: “Coitadinho de Nosso Senhor!”
    Boa semana a todos!

  25. Ah, uma perguntinha:
    O “alcólito” foi o Bozzo ou foram o Patati Patatá?
    Dai-me alma$$$$$$$$$
    Dai-me paciência!!!
    Boa semana a todos os FRATRES!
    “Perigosíssimos” Fratres!
    Abçs

  26. Vinícius Farias,
    A CN merece ser defendida… e como toda boa árvore, merece ser podada, irrigada e amada para que produza mais e melhores frutos… Não se preocupe muito com os processos condenatórios sumários que aparecem por aqui… Todos aqui amam a Deus, mas na hora de amar os irmãos, algumas vezes não sabem bem como se expressar… Tentando eliminar o galho seco, terminanm achando melhor arrancar logo a árvore…

  27. Canção Nova faz “concessões” políticas às correntes litúrgicas conservadoras tradicionalistas, porque tem de fazer.

    Em primeiro lugar porque isso gera dinheiro. Quantos conservadores dão doações à CN toda vez que se entoa um canto em latim numa missa? Quantos tradicionalistas fazem generosas doações toda vez que um padre deles aparece de casula romana ou promove a comunhão de joelhos?

    Depois porque eles querem cessar os ataques. E os principais ataques à CN são oriundos justamente de conservadores e tradicionalistas. Então eles dão um “docinho” para o pessoal ficar quieto. Para amanhã ou depois os próprios conservadores e tradicionalistas defenderem a CN, lembrando-se de uma casula bem empregada, de uma cortina de incenso ou de um canto bem feito.

    Poder e dinheiro, eis o norte da referida comunidade.

  28. Aliás, não é por acaso que ela convida padres conhecidos nos meios tradicionalitas e conservadores, como o Padre Demétrio e o Padre Paulo Ricardo, respectivamente. Para que esses padres, formadores de opinião junto a um numeroso número de fiés conservadores e tradicionalistas, parem de atacar a comunidade e até sejam simpáticos a ela.

    Prefiro não comentar o que os referidos sacerdotes ganham com isso.

  29. A Canção Nova não pode dar o que não tem.
    Faço minhas as palavras do Eduardo Gregoriano: enquanto muitos se contentam com migalhas litúrgicas e outros farelos mais, como católicos, não podemos nos contentar com o mínimo possivel, que é a Santa Igreja de Deus em sua plenitude.
    O carismatismo nasceu da heresia protestante, e tem uma cosmovisão diametralmente oposta ao catolicismo, visto que, como os gnósticos de todos os tempos, começam por privilegiar o sentimentalismo acima da razão.
    Aprender a doutrina católica e colocá-la em prática não é com eles. Oração mental, reflexão, nada disso: privilegiam apenas as sensações momentâneas.
    Enfim, o mundo está de cabeça para baixo, e ainda há quem diga que os que percebem isso é que na verdade estão plantando bananeira.

  30. SM!

    Num circo as crianças estariam prestando atenção no palhaço, isto parece mais um mercadão!!!

    Estas meninas vestidas de forma imodestas, uma delas com as costas nuas; todas preparadas pelo mundo para servirem o mundo!

    Qto a Nosso Senhor Jesus Cristo … resta-nos apenas gestos de reparação, orações em desagravos; e tbem uma profunda tristeza em ver como estas crianças estão sendo ensinadas a se comportarem diante O REI dos Reis!

    Ave Cor Mariae!

  31. No Corpus Christi teve gente que falou um tanto. Eu disse que não era nada. Mas infelizmente a maioria tem uma alma boa que afeta uma análise melhor, isto é, falta maldade mesmo. Acha que tudo é bom. Tem gente que se converte e fica bobo.

    CN vai mudar quando a sacralidade e tradição for conveniente, principalmente no quesito financeiro.

  32. Não há nada de errado na foto, a não ser o fato lamentável movido por um espírito de anti-cristo, de pessoas que querem dividir a própria Igreja. Quem os constituiu juiz para julgar a sua própria igreja por meio de uma foto? Palhaçada? isso sim é palhaçada, quando a doutrina da Igreja é contestada por protestantes é compreensível, mas quando os próprios católicos se dividem, fica a pergunta a quem compete Julgar? A Canção Nova tem a plena aprovação da Igreja para existir e evangelizar… Jesus mesmo disse: “Da boca das crianças sai um perfeito louvor”. e ainda em outra passagem Jesus diz: “ A quem compararei esta geração. Eu toquei flauta (Fiz festa) e vocês não dançaram.Eu cantei canções de lamentações (musicas fúnebres) e vocês não choraram.” ( Mateus 11:17).

    O Santíssimo Sacramento é a própria pessoa de Jesus presente em meio a sua Igreja, seu Corpo, Sangue, Alma e Divindade estão presente na hóstia consagrada devemos à Ele todo respeito sim, mas devemos considerar que Ele nos chamou a sermos seus amigos, e não servos.

    Aqueles que julgam a foto, sim é os que estão errados, pois não foram constituidos, nem juizes, nem reis, não receberam nenhuma autoridade para praticar tal atitude, e o próprio Jesus nos orienta, … não julgueis e não sereis julgados, e em outra passagem São Paulo diz: Não julgueis pela aparencia, mas julgai conforme a verdade; ora como julgar segundo a verdade, se só Deus é a verdade, como julgar a sua Igreja, na foto há um Sacerdote ajoelhado se nã somos bispos? se não recebemos o Espírito Santo para isso?

    Um reino dividido contra si mesmo não subsistirá; fica a pergunta que tipo católicos são esses dividem a própria Igreja?

  33. Pelo visto não só a FSSPX reflete a crise da Igreja e suas divisões: a Canção Nova também deve padecer do mesmo espelho esfacelado.
    Enfim: Pastor ferido, ovelhas dispersas.

  34. Eita povo chorão, esse do Fraters……

    Se vocês são os “especialistas em tudo o que é sagrado”, mostra-nos então, como trabalhar o sagrado para crianças. FALAM MUITOOOOOOO!!!!!!!1

  35. Vejo que alguns comentarios postados aqui no fratres por alguns, são bem exagerados e carregado de “paixões”. Recomendo a todos que assinem o curso do Pe Paulo Ricardo sobre os dons carismaticos e teologia mística antes de criticarem com injustiça a RCC como um todo, voces adoram botar tudo no balaio. Quanto a CN, eles erraram nesse ponto, mas é injusto tecer qualquer comentario condenando toda a obra por causa disso, as coisas nao se resolvem assim. E percebo que nao é a primeira vez que isso ocorre por la, existe uma compreensão errada por parte de alguns membros da comunidade ao tentar adaptar a Liturgia para crianças, pois todo ano ocorre esse Kairos Kids por la, e sempre foi assim.

  36. Acho engraçado (para não dizer muito triste) o fato de alguns se constituírem em “super juízes” para julgar e condenar quem julga algo. Dessa forma, me parece claro que tal atitude é uma forma de desconversa.

    Vamos dizer, se uma pessoa diz: “Que absurdo! Que sacrilégio! A Canção Nova não presta!”, o outro, o “super juiz” limita-se a dizer “Fulano, quem é você pra julgar? Nosso Senhor ensinou (…)”, ao invés de entrar no mérito da questão:

    1) É lícito um fiel apontar um desvio, cometido ou só aparentemente cometido por outros fieis? Essa resposta já sabemos que é “sim”, até porque o próprio “super juiz” já exerceu essa função sem maiores pudores;

    2) O ato mostrado na foto apresenta algum problema? É aceitável, estando o Santíssimo exposto, fazer tal atividade recreativa? Se for aceitável, isso evangeliza de alguma forma as crianças? Se não evangeliza, isso é “apenas” uma falta de bom senso ou é uma tentativa de normatizar a dessacralização?

    3) Se o ato for condenável, é justo condenar a Canção Nova como um todo? No sentido contrário, o ato, se condenável, não deveria ser criticado internamente na Canção Nova, ser corrigido e banido? Se o ato for condenável e uma devida auto-crítica não é feita, o que os demais fieis devem fazer? Qual é o ponto em que a benevolência, a paciência, a caridade com quem erra passa a ser conivência com o erro em prejuízo de outros irmãos?

  37. Sergio:

    mostra-nos então, como trabalhar o sagrado para crianças.

    Bem, não se pode trabalhar o sagrado através da DESSACRALIZAÇÃO. As crianças já existiam antes da Deforma Litúrgica bugniniana, o que inexistia era a função do Palhaço Eucarístico, que parece ser um direito privado concedido à Canção Nova pelo silêncio e omissão das autoridades eclesiásticas.

    E se pensares em replicar-me, por favor, não ataque com “as crianças não entendem latim, lhes soará estranho, não se sentirão envolvidas”, por favor: Padre João Batista Reus foi criança também, não nasceu com cinquenta anos…

    Sr. Roberto de Campos, nós os perigosos “fratres” não tencionamos dividir a Igreja: tudo o que fazemos é EVIDENCIAR a divisão que já existe, a qual o sr. e seus pares modernistas ignoram ou não querem ver. Além de profanar o Santíssimo, o sr. e a Canção Nova se utilizam de recursos didáticos já obsoletos no trato com as crianças nesse nosso mundo em “constante evolução”: achar que as crianças eletrônicas do Orkut, do Facebook e do MSN ainda se encantam com “palhacinhos”, infelizmente, só reforça a tese de que o sr. e o clero brasileiro vivem numa eterna década de 80…

  38. Eu por acaso assisti à rede Canção Nova esse dia lemantável e fiquei triste, pois há pouco tempo atrás a mesma Canção Nova dava sinais de que a sacralidade da Santa Missa estaria voltando aos seus acampamentos. Com todo o respeito o membro da Canção Nova que aparece ao fundo próximo ao Ostensório, que muitas vezes se veste de anjo deveria estar usando este óculos em um outro local e não próximo ao Senhor Vivo e Ressuscitado.

  39. Nossa Senhora em Fátima foi muito didática em suas revelações aos três pastorinhos, criancinhas analfabetas.

    A primeira coisinha que ela mostrou para eles foi o INFERNO, uma visão tão tenebrosa, que dizia-se que, muitas décadas depois, em idade avançada, quando perguntavam à irmã Lúcia sobre a visão do inferno, a freira ao ouvir ainda estremecia, só da lembrança daquele momento.]]

    Vocês, modernistas, contaminados com a visão tacanha de nossos dias, não podem compreender que grandeza da Igreja consiste em ser apresentada tal como ela é, sem máscaras e sem rodeios.

    Nosso Senhor disse: Quando meu corpo for levantado (uma alusão a sua morte de cruz), atrairei tudo para mim. As crianças não precisam de ENTRETENIMENTO na Igreja, elas precisam de alimento espiritual. São almas não formadas, que buscam a verdade das coisas, e de bom grado aprendem, mas para isso devem ser ensinadas corretamente, não através de apelações que visam agradá-las, tratando-as como imbecis.

    Tratar as crianças como dementes é insultar a própria inteligência delas.

  40. Replico ao Sergio: nós não choramos a toa. Se não fosse pela nossa indignação e o trabalho do “frates”, é certo que certos tipos de “católicos” canção nova como o Chalita e o Edinho Silva ainda estariam tranformando os católicos em abortistas e pró-casamentos homossexuais. Então valeu a pena o choro porque a Virgem santissima e São Miguel atenderam aos nossos choros.

    Para o catolicismo Tradicional há uma forma correta de fazer a adoração ao Santíssimo Sacramento. Não éporque são crianças que se deva proceder daquela maneira, a própria Mãe de Deus mostrou o inferno aos pastorinhos em Fátima e pediu que se seguisse a forma de piedade tradicional. Agora cade o véu das mulheres? Porque há igrejas evangélicas que as crianças se vestem de paleto e gravata e saia e veu e os católicos tem que ir de qualquer jeito? Cade a modestia? Por que a CN não filma as crianças rezando o terço e adorando o santissimo com cantos gregorianos? Porque os evangélicos com menos de 10 anos leem partituras musicais e os católicos viraram LEIGOS que hoje é sinonimo de burro e ignorante.

    E o mais importante: missa é a Renovação incruenta do sacrificio de Nosso Senhor na Cruz e não uma festança como se todos já estivessem salvo.

  41. SR. Pelogia. Replico sim, já que aqui é um espaço democrático.
    Quando peço para mostrar como trabalhar o sagrado para crianças; não me interessa se será em português ou latim, que é o nosso idioma enquanto Igreja Católica, mas que mostre uma maneira que você julgue adequado, oras. Por acaso, a FSSPX tem algum formato? Ou o senhor acredita que a criança deve agir como adulto e pronto. Lembrando que criança deve respeitar o sagrado, sem necessariamente ser uma cópia do adulto.
    Sr. Pelogia, você afirma ao Roberto que a clero brasileiro parece que vive nos anos 80. E o senhor, com a maioria de vocês, que vivem com a cabeça nos anos 50 e ainda querem que nós todos voltemos pra lá?
    No mais, concordo com o Larsen. A Canção Nova é esperta demais da conta, e usa a todos (conservadores, carismáticos, bispos, etc.) para atingir seus objetivos. O Padre Paulo se sujeita a essa palhaçada, porque quer ser bispo e se livrar do covil que é Cuiabá.

  42. Sr Larsen,
    o sr escreveu o seguinte:
    “Aliás, não é por acaso que ela convida padres conhecidos nos meios tradicionalitas e conservadores, como o Padre Demétrio e o Padre Paulo Ricardo, respectivamente. Para que esses padres, formadores de opinião junto a um numeroso número de fiés conservadores e tradicionalistas, parem de atacar a comunidade e até sejam simpáticos a ela.

    Prefiro não comentar o que os referidos sacerdotes ganham com isso.”

    Aviso-lhe para ter muito cuidado ao fazer afirmações e insinuações tão perversas e levianas acerca de um sacerdote. Calúnia é pecado mortal, ainda mais quando se refere a um padre, que se fez Cristo ao receber este tão alto sacramento.
    Aliás, não sei quanto ao sr, mas definitivamente não me vendo por migalhas corretas para passar por cima de abusos litúrgicos e desrespeito a Nosso Senhor. Portanto, se, a Canção Nova faz algo correto( o que não afirmo), se deve concordar com este circo, felizmente não somos da mesma opinião.
    Deve-se corrigir o erro e aplaudir os acertos. Não importa se é da Canção Nova ou de Roma.Mas é evidente que a Canção Nova é apenas um grupo que não tem lugar nenhum na hierarquia católica. E que não fará a mínima falta se for extinta.

  43. Aliás, mais um adendo para quem acha que é preciso descer o nível para falar com crianças. Elas são muito mais inteligentes do que vocês imaginam. Eu fui catequista de crianças de 6 a 8 anos, durante um ano inteiro. Nunca precisei apelar para a dessacralização.Muito pelo contrário. Elas gostam quando falamos SÉRIO com elas e as escutamos, sem tratá-las como animaizinhos fofos.
    Fazia brincadeiras, sim. mas muito diferente disso. Uma delas, por exemplo, foi a de fabricar um jogo da memória com imagens de santos católicos. Não precisei falar com eles como uma retardada. Aproveita-se o ensejo para falar das vidas dos santos e do catolicismo em geral. Fiz também um painel com fotos da Igreja, com fotos “tradicionais”, moça de véu, Missa Tridentina e elas gostaram muito.
    Nada como a prática para destruir um mito.

  44. Prova de que esse método bobo não funciona, é a distração total da maioria das crianças! É preciso inspirar piedade nas crianças e ensinar que o que eles estão fazendo é algo sério.

  45. Mas essa é a questão. A Canção Nova só está nesse patamar, pois é o unico grupo que teve coragem de tentar evangelizar através da TV. Questiono muito seus metodos, mas tenho que reconhecer que coragem não lhes falta. Creio também que os blogs conservadores estão se tornando a “polícia da fé” e que os bispos (a maioria, paspalhos), só estão se mexendo para ajustar algumas questões, porque a “polícia da fé” está cutucando.
    Porém, creio que não basta apenas ficar citando as palavras de Jesus Cristo a Santa Faustina ou alguma frase em latim, para falar que estamos certo. É preciso ir além, mostrar alternativas, não apenas se esconder no que tinhamos há cinquenta anos e foi guardado no armário da história com o Concilio Vaticano II.
    Creio que nessa missão, o bondoso D.Antônio Keller, poderia nos ajudar. Ele, o unico bispo que se dignifica a conversar com a gente, e mesmo assim ainda é espezinhado por alguns radicais que só servem para chorar e chorar e chorar.

  46. Tudo dentro da normalidade da igreja pós-conciliar. A Canção Nova é a cara do Vaticano II

  47. Ora, a CN pode e deve trabalhar com as crianças.

    Somente que não precisa transforma-los em idiotas !
    Não é porque lida-se com crianças que precisa fazer do local onde
    é exposto o Santísssimo um “circo infantil” !

    Considere ainda o (d)efeito destrutivo nessas imagens contaminando
    ainda mais as mentes “brilhantes” que povoam esse país.

    Quanto a CN: deve ser criticada ou elogiada de acordo com as posturas
    que tomarem.

  48. “Perigosíssimo” FRATER Sérgio;
    Algumas considerações:
    * Primeira: a maioria dos bispos conciliaristas não é composta de “paspalhos”. Na verdade estão no “concílio das maravilhas”, tomando se chazinho, junto com a Alice, enquanto o mundo real não lhes interessa… Só se preocupam com o little world…
    *Segunda: o tal concílio não guardou nada em armários. Jogou no lixo…
    Os armários fez lenha para queimar os missais, os breviários, as via Crucis, as novenas, as relíquias, os Sacramentos, etc., etc., etc., ad infinitum…
    *Terceira: quanto ao Latim, acredito que bem poucos o utilizam, devido á pouca compreensão da lígua de Virgílio…
    *Quarta: realmente existem alguns que choram, choram, choram… Enquanto há outroa que realmente se tornaram “políca da Fé”.
    Você só se esqueceu que há muitos que já não são mais “polícia da Fé”, mas sim, “Delegados”, Promotores”, Juízes” e “Procuradores”, gente importante.
    Nós, pobres e incultos Tradicionalistas devemos nos resignar diante dos sábios…
    Creio que você acerta quando fala que muitos atacam Dom Keller, um dos pouquíssimos Bsipos Católicos deste País.
    Realmente, tem alguns que atacam. Eu mesmo tinha minhas reservas quanto a ele, visto que é membro da Opus Dei. Porém, tenho percebido que ele é prudente, atencioso e muito amável, dando-nos sempre seus conselhos.
    Quanto àqueles que atacam Dom Keller, ah sim, são os membros do “Judiciário da Fé”, aqueles que tudo sabem e tudo entendem.
    Aqueles que nos julgam e nos condenam…
    Quanto a nós, pobres e incultos Tradicionalistas, o “pequeno resto”, nos basta Guardar a Fé, e claro, diante de tantos problemas, tais quais estes que se nos apresentam a cada dia neste “nosso” Blog, basta-nos comentar, rezar e rir…
    Afinal, essa igreja conciliar é cômica!
    Abraços, Paz e Bem!
    Felipe.

  49. “Perigosíssimos” FRATRES;
    Diante de todo esse impasse de “pedagogia”, no que se refere a essa palhaçada, acredito que isso tudo é apenas um reflexo de tudo que se passa na igreja conciliar.
    Nessa cômica e mambembe igrejola…
    Basta ver a palhaçada, e que os Palhaços me desculpem classificar esses do “Kairos Kids” como os profissionais do riso…
    Sem falar nos vários exemplos do clero, do episcopado (como o da mitra penosa ou aquele que vai fazer micagens nas “loggia”… xiiiii tem até “Cardeais” membros delas…)
    Nem falemos dos corvos… Estão sijando por toda parte…
    Palhaçada é o que não falta…
    Será que já estão infundindo nas crianças este sentimento de que igreja, palco, picadeiro são sinônimos?
    Ah, deve ser coisa do “mega-evento”…
    Ou então do ecumenismo…
    Ensinar o Sagrado com esse espetáculo mambembe e ridículo?
    Não.
    Só na CN, afinal, dai-me alma$$$$$$$…
    Quanto melhor o show, maior a renda!
    Nunca precisei fazer espetáculos cômicos para ensinar meus filhos.
    Tenho quatro filhos.
    O mais velho tem 04 (quatro) anos, e o mais novo, seis meses.
    Rezamos, todos os dias em família, juntamente com as pessoas que nos ajudam no trabalho da casa.
    Apesar de tão crianças, meus filhos entendem que se passa algo sério, uma vez que nos ajoelhamos diante do Oratório da sala, ou se na Capela, diante do altar.(moro em uma Fazenda e temos uma linda Capela).
    Acredito que as crianças percebem o ambiente Sagrado.
    Há choro ou qualquer outro incômodo? Sim, às vezes, uma vez que temos um bebê .
    Não fazemos “palhaçadas”.
    Não precisamos disso, afinal, estamos diante de Deus.
    Palhaços, hummm, só os profissinonais do riso que os contratamos para as festinhas.
    Deus nunca muda, tampouco os Sacramentos.
    Ambiente de piedade e sacralidade, com as reservas e o respeito que devemos a Deus.
    Espetáculos mambembe… hummm… não curto essa de CN ou Rede Vida.
    Diante de tudo isso, faço aquela perguntinha incômoda:
    ESSA IGREJA CONCILIAR É SÉRIA ?

  50. Foto da semana.

    Jesus disse : – “Deixai vir a mim as criancinhas , pois, delas é o Reino dos Céus”.

    Jesus não disse: – ” O Reino dos Céus é um Circo e Eu sou um Palhaço”.

    A Canção Nova , Seita Pentecostal que finge ser Católica, trata Jesus como um palhaço e essas criancinhas como débeis mentais e retardadas. Transformou a Igreja Católica num CIRCO MAMBEMBE de quinta categoria..

    Pobres criancinhas, usadas para enganar pessoas de boa fé, visando apenas arrecadar dinheiro a qualquer custo, nem que seja por total desrespeito a Jesus no Santíssimo Sacramento.

    É um vale tudo, não consigo ver diferença nenhuma entre o Pe. Jonas e sua Turma e a Quadrilha de Ateus de Edir Macedo. Ambos fazem a mesma coisa, abusam da boa fé de pessoas que pensam que Deus precisa de Dinheiro e negociam Deus e a Fé. Ambos são MERCENÁRIOS DA FÉ.

    Um LEIGO fantasiado de palhaço , apoiado no altar como numa mesa qualquer , com óculos que a gente vê muito em paradas de sodomitas, aparentemente “pregando” e um sacerdote devidamente paramentado ouvindo, no meio da bagunça das pobres crianças, inocentes úteis, bem nos moldes do funesto Vaticano II que laicizou o sacerdócio e sacerdotizou o leigo.

    Pobre Igreja Católica, seus piores inimigos estão dentro dela.