Ordenado o primeiro Padre Brasileiro do Instituto do Bom Pastor.

Conforme já havíamos anunciado, no último dia 29, festa dos Santos Apóstolos Pedro e Paulo, em Bordeaux, Dom Fernando José Monteiro Guimarães, bispo diocesano de Garanhuns (PE), ordenou sacerdote o brasileiro Daniel Pereira Pinheiro, juntamente com Yvain Cartier e Giorgio Domenico Lenzi. Outros dois brasileiros, Luis Fernando Karps Pasquotto e Renato Arnellas Coelho, foram ordenados diáconos.

Já no Brasil, Padre Daniel celebrará uma Santa Missa solene às 10h30, no próximo dia 7, sábado, 5º aniversário da promulgação do Motu Próprio Summorum Pontificum, na paróquia Santo Cura d’Ars, situada na 914 sul, em Brasília (DF). Também no domingo, na mesma paróquia, ele celebra Missa às 11:30.

As fotos da primeira Missa do Padre Daniel podem ser vistas aqui.

10 Comentários to “Ordenado o primeiro Padre Brasileiro do Instituto do Bom Pastor.”

  1. Que a Virgem Santíssima auxilie e proteja o Pe. Daniel, a fim de ele possa configurar-se, cada dia mais, a Cristo Sacerdote!

    E… quando será consagrado o primeiro bispo do IBP, de qualquer nacionalidade? No dia de São Nunca?

  2. Que alegria!

    DEUS seja bendito!

  3. Pessoal, alguém poderá, por caridade, filmar a Missa ou ao menos gravar o áudio da homilia?
    Acho que seria interessante.
    E quem souber de mais alguma movimentação acerca do aniversário do Summorum, por favor, dê a conhecer.

  4. Se Deus quiser eu estarei presente no sábado e no domingo!

  5. Parabéns ao Pe. Daniel. Deus conceda que seja o primeiro de muitos brasileiros no IBP. Parabéns também aos outros dois neo-sacerdotes! Laus Deo!

  6. Interessante é que dom Fernando Guimarães não pensa que o “rito extraordinário” faça mais mal do que bem…

  7. Um padre brasileiro no IBP! Deo gratias! Rezemos por ele e por todo o IBP. Que todos sejam sempre bem unidos em defesa da Fé; plenamente fiéis à Sagrada Tradição!
    Quanto ao IBP vir um dia a ter bispo, se for para (que Deus nos livre!) promover uma baldeação ideológica inadvertida no sentido de introduzir entre os tradicionalistas o progressismo, ou então, vir a ser fator de rebeldia e divisão, é melhor que IBP NUNCA o tenha; e, sobretudo, NUNCA OS tenha!!!

  8. Ferretti, sabe nos dizer sobre a IBP aos vocacionados lusófonos em terra tupiniquim? No caso, para ingressar no Instituto, devemos ter domínio no idioma francês e irmos para à França? Brasilzão… nada?

  9. Qual dos três é o brasileiro? Na casula do padre que está no meio tem o brasão de Monsenhor Lefebvre bordado, dever ter pertencido a ele.

  10. Aproveitando a pergunta do Alex, se for possível, informe como devem proceder os vocacionandos interessados em ingressar na Fraternidade Sacerdotal São Pedro?