“Só podia ser a Canção Nova”.

25 Comentários to ““Só podia ser a Canção Nova”.”

  1. Hilário demais

  2. “Pifou?? Só podia ser a canção nova..kkkkkkkkkk” Depois de uma noticia triste um pouco de alegria proporcionada por Dom Orani, quem diria..

  3. Só podia ser canção nova! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  4. Só podia ser a Canção Nova, e seu péssimo aparato tecnológico! kkkkkkkkkkkkkkk

  5. Acho que esse foi comentário mais ortodoxo que D. Orani fez ao longo de todo sua carreira episcopal.kkkkkkkkkkkkk

  6. D. Orani esculacha a CN. #Like a boss.

  7. Canção Nova, que tanto bem faz. Uma pena que esse tipo de piada parta de excelentíssima autoridade.

  8. Essas gafes de bastidores… Aqui na Bahia aconteceu uma gafe horrivel também, e eu estava presente. O funeral do antigo arcebispo-cardeal D. Lucas Moreira Neves. Numa certa altura, logo após o ataúde ter sido colocado no chão e fechado com duas grandes tampas de concreto com o epitáfio escrito, os fiéis e os acólitos colocaram as coroas de flores. Num dado momento, quando a missa estava no fim, o então vigário da catedral, monsenhor Adhemar, disse para uns funcionários – SÓ QUE O MICROFONE CAPTOU POR ISSO EU, QUE ESTAVA BEM LONGE, OUVI – “chega de colocar flores, amanhã vai dar um trabalho danado de tirar”…Que piedoso, não?

  9. KKKKKKK, só podia mesmo

  10. A Canção Nova é muito atuante. Trabalha em todos os lugares. rsrsrs

  11. Todas as críticas que se façam a D. Orani não nos devem fazer esquecer que ele apoia incondicionalmente a Missa na forma extraordinária do Rito Romano, celebrada todo o domingo em mais de uma Igreja da cidade, entre as quais a imponente Antiga Sé, em pleno centro histórico, desde 2010. Não tenho certeza, mas já ouvi que pediu a padres da Administração apostólica de Campos que formassem os próprios seminaristas do Rio de Janeiro na liturgia tradicional. Sua exposição midiática pode parecer excessiva, concordo, e faz concessões um pouco exageradas à cultura de massa, ainda mais quando me lembro da reserva e da discrição do saudoso D. Eugenio. Só que D. Eugenio sempre foi respaldado pela mídia graças à sua amizade pessoal com Roberto Marinho. D. Orani está tentando reconquistar, para a Igreja no Rio, um espaço que já foi dela e que, nos últimos anos, foi se fechando. E fazer isso não é fácil: usar dos meios de comunicação, tê-los favoráveis a si, sem deixar-se dominar por eles. D. Eugenio fazia isso com maestria, como tudo aliás, mas os tempos eram outros.

  12. hahaha… Por essa do Dom Orani eu não esperava. Logo o Exmo. da Arquidiocese do Rio, que figura como um dos Bispos mais politicamente correto do Brasil, me sai com uma dessas. Muito bom…!

  13. Hahaha, quem mais poderia ser, não é?

  14. FONTE DONDE SAI AGUA LÍMPIDA E LODOSA?
    Não foi à toa que lá em casa paramos de contribuir com a Canção Nova há tempos; garantido nela que sei é apenas o grande Pe Paulo Ricardo!
    Desautorizar o sr D Orani nessas condições é um tapa no rosto da Igreja!
    Pensando bem: a tv do cinturão peso pesado do relativismo: Pe Fabio de Mello, dos RCCs praticantes pentecostalismo protestante, dançando em frente ao SS Sacramento…

  15. O comentário acima, do Mário, foi perfeito, faço minhas as suas palavras:

    “hahaha… Por essa do Dom Orani eu não esperava. Logo o Exmo. da Arquidiocese do Rio, que figura como um dos Bispos mais politicamente correto do Brasil, me sai com uma dessas. Muito bom…!”

  16. O projeto da Canção Nova – cria da esquerda católica assim como o PT, era promover falsos profetas como Chalita, Edinho Silva e padre Fabio de melo, para que os fiéis católicos além de divorcias virassem também pró abortista e casamento homossexual. É um projeto petista tendo o Gilberto Carvalho e o Eto como arquitetos da destruição do sagrado nos fiéis católicos.

    Ocorre que devido a trabalho como blogs ao nivel do Frates, com a intercessão de Maria Santíssima, conseguimos destruir seus principais homens e hoje a Canção Nova parece naufragar pois ela não é aquela que foi anos atrás.

    Ou ela adota a doutrina católica verdadeira e se converte aos ensinamentos de Cristo ou ela irá perecer em seu protestantismo-socialista.

    Muitíssimas almas não se converterão ao catolicismo verdadeiro, mas também a esquerda católica que é a sinagoga de satanas não está conseguindo arrastar os catolicos para seus planos de destruir por completo o catolicismo no Brasil.

  17. Coragem… essa eu não esperava… valeu D. Orani

  18. Pelo que eu vi, a globo colocou o microfone em cima do microfone da canção nova. Se eu fosse o Arcebispo eu falaria “Tinha que ser a globo”, ela quem atrapalhou tudo. Infeliz comentário de um pastor. Ficou com medo da globo.

  19. Desculpem, mas vou na contramão: comentário infeliz de D.Orani. Inoportuno, para dizer o mínimo.

  20. Será que ele estava irritado por se dar conta de que ainda não foi criado cardeal e, portanto, não estará no conclave do mês que vem?

  21. Azar de momento. A Canção Nova, graças ao “para-dízimo” que recebe, possui um ótimo aparato tecnológico. O que não presta é o aparato teológico

  22. Lucas, dizer que a Canção Nova é cria da esquerda católica é no minimo ridiculo. Se você quiser questionar o fato dos coordenadores dessa obra terem a mania de acender suas velas para todo mundo, eu até concordo. Mas a unica vez que alguém que se diz da famigerada esquerda tentou usar o canal foi o tal Edinho com seu programa E mesmo assim, no lançamento do tal programa, nem a tal esquerda se quedou em apoia-lo ou defendê-lo quando o programa foi cancelado.

  23. Dar palestra em loja Maçonica e “abençoar” escola de samba são coisas bem piores do que ser da Canção Nova! Ou não?

  24. Sérgio,

    aí é que está: Cristo disse para separar o joio do trigo, quando se acende vela para todo mundo seria por acaso para converter os que andam no caminho errado ou para apodrecer os que andariam no caminho correto? eu duvido que acendendo uma vela pra Deus e outra para o diabo seja o melhor caminho.

    Outro ponto é que a Canção Nova nunca pediu desculpas por ter contratado o Edinho Silva, Chalita e o padre Fabio de Melo ainda por lá. Não foi o Edinho que chegou lá e pediu para ter um programa, ele foi contratado.

    Se os blogs de leigos católicos não denunciassem as manobras da esquerda católica toda aquela escoria ainda estaria na CN.

    Já que você disse que a CN não foi criada pela esquerda católica, então porque não contratou os príncipes brasileiros D. Luis e seus irmão D. Bertrand para terem um programa? Por que são castos e da TFP? agora contratar abortista e homossexualista pode?