Fátima: Secretário de Estado do Vaticano diz que «Segredo» mantém atualidade.

Cardeal Tarcisio Bertone evocou sofrimentos da Igreja, na sua primeira intervenção na Cova da Iria.

Fátima, Santarém, 12 out 2013 (Ecclesia) – O Secretário de Estado do Vaticano disse hoje em Fátima que o “Segredo” revelado aos Pastorinhos, em 1917, continua a ser atual e a revelar-se no sofrimento da Igreja e no “mal da incredulidade”.“É impressionante, neste lugar, ver como o coração dos três Pastorinhos bate em uníssono com o coração da Igreja, como amam o Papa, cujos sofrimentos tinham pressentido naquele misterioso cortejo do chamado Segredo de Fátima”, declarou o cardeal Tarcisio Bertone, na saudação inaugural da peregrinação internacional de outubro, na Cova da Iria.

Tendo como pano de fundo a profecia sobre os sofrimentos do Papa, que foi revelada na terceira parte do Segredo de Fátima, publicada em 2000, o cardeal italiano falou num “cortejo que acaba em martírio”.“Apesar do seu cabal cumprimento no século XX, aquele cortejo é uma profecia para todos os tempos. Não terminou o mal da incredulidade; não deixou de correr o sangue dos mártires. Este é o sangue da redenção”, relatou.O colaborador mais direto do Papa trouxe uma “bênção” particular de Francisco e rezou pela “Igreja que sofre”, “em prece pelo futuro de toda a humanidade”.“O mundo do futuro – este mundo novo que penosamente vai nascendo na era da globalização – precisa do tesouro da fé, que os cristãos, há dois mil anos, se esforçam por viver e transmitir”, acrescentou.O secretário de Estado cessante do Vaticano é considerado um especialista na Mensagem de Fátima, tendo sido enviado por João Paulo II para dialogar com a irmã Lúcia acerca da interpretação da terceira parte do ‘segredo’.Segundo D. Tarcisio Bertone, aquilo que move o coração dos mártires “não é a dor, mas o amor”.“Fátima é um apelo ao amor. Olhando o exemplo e confiando na intercessão dos beatos Francisco e Jacinta e da serva de Deus irmã Lúcia, ofereçamo-nos para aceitar as provações que o Senhor nos envia”, apelou.O cardeal italiano vai ser substituído esta terça-feira no cargo de secretário de Estado do Vaticano por D. Pietro Parolin.

7 Comentários to “Fátima: Secretário de Estado do Vaticano diz que «Segredo» mantém atualidade.”

  1. Já mudou de ideia? Antes tudo já tinha se cumprido quando João Paulo II sofreu o atentado e saiu vivo graças a intercessão da Virgem. Agora o conteúdo do Segredo é atual e fala de um sofrimento por causa do mal da incredulidade.

  2. O Cardeal Bertoni ainda não se convenceu e continua a mentir descaradamente.Está mais do que claro que o 3º segredo se referia ao CV II,este sim continua a abalar a Santa Igreja até os alicerces.Será que ele pretende morrer com esse pecado,de desobedecer a Santíssima Virgem que mandou revelar em 1960?

  3. Vi muitos católicos se interessando pela a obra “O mínimo que você precisa saber para não ser um idiota” do Olavo de Carvalho. Não li a obra, portanto não condenaria a sua leitura apesar de ser autor não recomendável. Todavia, penso que todo católico que milita pela Santa Tradição e pela Santa Missa deveria ler, antes de qualquer outro livro, a obra “O derradeiro combate do Demônio”, do Reverendíssimo Padre Paul Krammer; e também o livro “Entre Fátima e o Abismo” de Araí Daniele.

  4. Palavras também importantes de D. Bertone à chegada a Fátima, na Capelinha:

    «A profecia de Fátima, apesar de se cumprir cabalmente no século XX, está longe de ter terminado. A Igreja caminha, tal como na visão, para o Monte do Calvário e continuamente o sangue dos mártires continua a ser derramado. Como nos lembra a parábola, o trigo e o joio crescem juntos, isto é, no mundo de hoje, a graça e o pecado crescem juntos. (…) Fátima é um apelo ao amor. Olhando o exemplo e confiando na intercessão dos beatos Francisco e Jacinta e da serva de Deus irmã Lúcia, ofereçamo-nos para aceitar as provações que o Senhor nos envia».

    E usou uma lindíssima mitra e casula romana:

    http://4.bp.blogspot.com/-HPEgUw_ii2E/UlnXXjav2jI/AAAAAAAAGug/1oHiCi6H-fg/s1600/Imagem6.png

    http://3.bp.blogspot.com/-vDnPin0yUiQ/UlnXYIwxX2I/AAAAAAAAGuw/wouJhFlWrFI/s1600/Imagem8.png

    http://3.bp.blogspot.com/–6MGALrWikw/UlnXYWS1uLI/AAAAAAAAGu0/BVaYDPHlVhE/s1600/Imagem9.png

  5. O Cardeal Bertone tem razão absoluta, “o mal da incredulidade” não acabou, “não deixou de correr o sangue dos mártires”, os sofrimentos do Papa ainda não acabaram, razão pela qual o apelo de Fátima é ainda bem atual. O “Segredo” de Fátima é uma defesa inconteste do Papa, de todos os Papas até agora. É uma defesa do Papado. Que Nossa Senhora de Fátima cure a Igreja do “mal da incredulidade!” Que principalmente todos acreditem no Papa. Fátima é “um apelo ao Amor” que move os mártires: “Por fim o Meu Imaculado Coração triunfará!” O coração é simbolo do Amor (Caridade). Portanto, no fim o Amor triunfará, o que significa que os Católicos, purificados de todo mal, viverão o Amor uns pelos outros e sobretudo por Deus. Atualmente a Caridade está em falta, no lugar dela reina “o mal da incredulidade”, sobretudo da incredulidade no Papa, apenas alguns poucos homens praticam hoje a Caridade, e podemos citar o nome deles: Bento XVI, o Papa Emérito, e Francisco, o Papa atual. Não tenhamos medo de acreditar neles, pois em Fátima Nossa Senhora já fez uma grande apologia em favor deles. Diante de Fátima os motivos de incredulidade nestes Papas carecem de consistência e reclamam o ato de fé. Nossa Senhora de Fátima, ora pro nobis.

  6. e hoje mais do que nunca!