Vaticano adverte bispos americanos sobre Medjugorge. “Vidente” Ivan forçado a cancelar viagem aos EUA.

A carta a seguir foi divulgada, aparentemente, primeiro no site pró-Medjugorgje “Spirit Daily”. No mínimo, ela sinaliza que a Comissão Medjugorje ainda está investigando ativamente as supostas “aparições”, e refuta a suposição, tida em alguns círculos “marianos”, que as aparições se presumem verdadeiras enquanto se aguarda o julgamento final de Roma.

De acordo com um post datado de hoje em “Medjugorje Today”, as viagens para os Estados Unidos foram canceladas: “as aparições públicas ao vidente Ivan Dragicevic, programadas no final de outubro, foram canceladas após as instruções do chefe da Congregação para a Doutrina da Fé. Os bispos americanos foram convidados a não permitir organizações [de eventos] que tomem as aparições como verdadeiras.”

A seguir, a tradução da carta:

Reverendíssimo Monsenhor Jenkins.

Escrevo a pedido de Sua Excelência, o Reverendíssimo Gerhard Ludwig Müller, Prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé, que pede que os Bispos dos Estados Unidos sejam advertidos, mais uma vez, do seguinte (cf. minha carta de 27 de Fevereiro de 2013, com o mesmo número de protocolo ). Desta forma, Sua Excelência deseja informar os Bispos que um dos chamados videntes de Medjugorje, o Sr. Ivan Dragicevic, está programado para aparecer em certas paróquias de todo o país, ocasiões nas quais ele fará apresentações sobre o fenômeno de Medjugorje. Prevê-se, além disso, que o Sr. Dragicevic vai receber “aparições” durante estas apresentações agendadas.

Como o senhor bem sabe, a Congregação para a Doutrina da Fé está em processo de investigação de determinados aspectos doutrinários e disciplinares do fenômeno de Medjugorje. Por esta razão, a Congregação afirmou que, no que diz respeito à credibilidade das “aparições” em questão, todos devem aceitar a declaração, datada de 10 de Abril de 1991, dos bispos da antiga República da Iugoslávia, que afirma: “Com base na investigação que tem sido feita, não é possível afirmar que houve aparições ou revelações sobrenaturais.” Segue-se, portanto, que os clérigos e os fiéis não estão autorizados a participar de reuniões, conferências e celebrações públicas, durante as quais a credibilidade de tais “aparições” seria tomada como garantida.

Com o intuito, portanto, de evitar escândalo e confusão, o arcebispo Müller pede que os bispos sejam informados sobre este assunto o mais rápido possível.

Aproveito esta oportunidade para apresentar-lhe os meus sentimentos de profunda estima, e permaneço,

Sinceramente seu em Cristo,

+ Carlo Maria Viganò
Núncio Apostólico
———————-
Monsenhor Ronny Jenkins
Secretário-Geral da USCCB
3211 Fourth Street NE
Washington , DC 20017

 

49 Responses to “Vaticano adverte bispos americanos sobre Medjugorge. “Vidente” Ivan forçado a cancelar viagem aos EUA.”

  1. Nossa Senhora da Salette tem razão (Aparição em 1846), Deve-se rezar muito pelos seus filhos prediletos, pois os mesmos estão tão envolvidos pelos pecados, e que muitos perecerão. Estão cegos aos sinais dos tempos.

  2. E,..o que dizem dos bons FRUTOS Espirituais (Conversões de vida…curas milagrosas..fenomenos que reativam a Fé…), que existem em MEDJUGORJE???????

    MARANATHA!

  3. Como se lê, a carta ora divulgada reitera advertência feita em mensagem datada de 27-02-2013, véspera da despedida de Bento XVI que, no seu longo período de exercício do encargo de Chefe da Congregação para a Doutrina da Fé e no tempo do seu pontificado parecia, implicitamente, aprovar as aparições de Medjugorje, com base nos bons frutos evidentes. Constata-se, assim, mais uma flagrante ruptura entre o pontificado de Francisco I e os de seus dois antecessores (para não dizer todos os seus antecessores).

  4. Obedeceremos Roma incondicionalmente. Estamos com o Papa Francisco e com o Prefeito da Sagrada congregação para a Fé, agora e sempre. Amém.

  5. “Doravante todas as gerações me chamarão de bem-aventurada” (Lc 1, 48).

    Estranhamos tal advertência, principalmente assinada por um dos integrantes (seja denunciante ou denunciado) do escândalo Vatileaks, Carlo Maria Vigano. Historicamente, a Igreja sempre se abstém, prudentemente, de pronto reconhecê-las oficialmente. A propósito, LOURDES (vidente: Bernadete) teve que esperar 33 anos e FÁTIMA (videntes: Lúcia, Francisco e Jacinta) 13 anos para confirmação da veracidade de suas aparições. Em Medjugorje, a Virgem nos alerta que são os últimos apelos à humanidade para que se converta, voltando-se a Deus. Resumo de Mediugórie: Nossa Senhora Rainha da Paz vem aparecendo em Medjugorje, desde jun/81, ou seja, um mês após a tentativa de assassinato do papa João Paulo II (13/mai/81). Desde La Salette (Franca, 1846), passando por Fátima (Portugal, 1917) e Akita (Japão, 1973), e chegando até os dias de hoje em Medjugorje (Ex- Iugoslávia, 1981).

    As mensagens que Nossa Senhora transmite à humanidade, notadamente há aproximadamente 96 anos, são sempre as mesmas:
    - Orar com o coração – o rosário;
    - Penitência;
    - Eucaristia;
    - Leitura da Bíblia);
    - Conversão rápida.

    Da simples leitura desses pedidos, contata-se que provém de Deus. Senão, seremos obrigados a admitir que Satanás se converteu, o que seria uma TERATOLOGIA (conclusão absurda, que foge à lógica divina e contraria até bom senso religioso).

    Lamentavelmente, o Povo de Deus ainda não colocou em prática seus pedidos, não atendendo seus apelos de conversão, de mudança de vida.

    Em Fátima (1917), na cova da Iria, transmitiu ao mundo mensagens que foram concretizadas. Avisou previamente sobre a 2ª Guerra Mundial e esta aconteceu. Em 01/jan/01, em Mediugórie, Nossa Senhora Rainha da Paz nos alertou que Satanás estava livre de suas correntes e convidou-nos a consagrar ao Imaculado Coração de Maria e ao Sagrado Coração de Jesus para sermos protegidos por Deus. E o que ocorreu desde então: no mesmo ano (11/set/01) atentado nos EUA e agora, a renúncia do papa Bento XVI (fev/13).

    O teólogo mariano René Laurentin, que fez uma comparação muito interessante sobre as últimas aparições marianas no mundo moderno:
    Inicialmente, em Lourdes, a Virgem aparecia de manhã. Em Fátima aparecia às 12h (meio-dia) e, atualmente, em Medjugorje ela aparece no final da tarde.

    Moral da história: Ele afirma que Nossa Senhora agora está aparecendo à tarde porque nós não estamos no começo, nem no meio, mas no fim, ou seja, estamos próximo ao final dos tempos, visto que o dia termina às 18h. O momento é de vigilância e oração.

    Encerro com a seguinte mensagem:
    “Queridos filhos! Dizei àqueles sacerdotes que não crêem em minhas aparições, que eu, desde sempre, transmito ao mundo mensagens da parte de Deus. Lamento, que não acreditem.” (N.Sa. Rainha da Paz, em 31/12/1981).

    • Nossa Senhora dá logo o seu recado e vai cuidar de coisas mais importantes do que ficar aparecendo várias vezes por mês durante décadas e ficar calada diante da exploração comercial da fé por “videntes” cada vez mais ricos e nada penitentes.

    • Concordo que muitas vezes o processo de aceitar aparições leva anos.
      Pelo tom da carta acima, quando diz “a Congregação para a Doutrina da Fé está em processo de investigação de determinados aspectos doutrinários e disciplinares do fenômeno de Medjugorje,” não creio que este seja o fim da história.
      Acredito que houve improbidades que geraram a demissão do padre envolvido nesta história em 2009
      ( http://fratresinunum.com/2009/07/27/bomba-criador-de-medjugorje-reduzido-ao-estado-laical-por-bento-xvi/ ) e que mais estudos são necessários até terem certeza.

      Por enquanto o certo a fazer (como sempre foi) é obedecer o Vaticano. Lembre-se que obediência sempre foi ensinado por Nossa Senhora em Fátima. “Roma Locuta Est, Causa Finita Est”

    • Livre de suas correntes..sei..quer dizer que antes de 1 de janeiro de 2001 ele não poderia tentar ninguém? Faça-me o favor..e quando foi Lúcifer acorrentado? Quando o homem pisou na “lua”?

  6. Enquanto isso… os psiquiatras dos EUA aceitam pedofilia como “orientação sexual”. Será que o Núncio Apostólico, Carlo Maria Viganò, irá advertir os bispos dos EUA sobre esta diabólica decisão? Do contrário, será dois pesos e duas medidas?
    Como as coisas de Deus são difíceis: dos apóstolos na época de Cristo, um traiu, outro negou e a maioria fugiu, apenas o apóstolo querido (S. João) e Nossa Senhora ficaram de pé no calvário.
    Sempre foi assim, sempre será assim.
    Vigiai e orai, pois os tempos são maus!

  7. melhor seguir a bíblia, o magistério da Igreja . #apenasAcho

  8. Para os crentes nestas ditas “aparições” de Medjugorje, acredito que o mais simples é ver são de vida dos videntes de cada aparição, e teremos se vem de Deus ou não.
    As 2 aparições mais importantes dos século XX:
    1) Fátima: os 3 jovens converteram-se e tiveram uma vida santa.
    2) Lourdes: a jovem (bernadete) se converteu e teve uma vida santa.
    3) Medjugorje: por favor, alguém pode informar se houve conversão de vida a Deus nos supostos videntes?

  9. Acho estranha essa supervalorização que se tem dado as essas supostas aparições! É de se notar que a Igreja através das autoridades competentes ainda não julgou como verdadeiras ou falsas essas aparições. Se o número de vezes que essa aparição ocorre e outras coisas que a imaginação das pessoas relaciona sem uma conexão com o todo fossem critério para afirmar a veracidade delas, a Santa Sé já teria se pronunciado. Acontece outras dados devem ser levados em conta e, nem todos vem à público, mas no tempo certo,certamente, virão ,quando o veredíco definitivo for dado em relação a esses fenômenos.
    É de se notar também que o Papa Bento XVI nunca aprovou essa aparição, nem quando Cardeal. E, quando Papa, instaurou um processo de investigação sobre essas supostas aparições. Mesmo João Paulo II que era muito favorável a ela nunca a aprovou!
    Outra coisa que é digna de nota é a maciça divulgação dessas aparições nos EUA. Em nenhum outro lugar do mundo essas aparições são tão divulgadas como lá! Por que logo nos EUA, o país mais rico do mundo?! Não parece haver uma certa comercialização da fé? Não estariam por trás disso interesses materiais (dinheiro)? Dom Andrea Gemma falou nesse sentido.
    Para concluir meu comentário, gostaria de lembrar São João da Cruz, um dos maiores místicos da Igreja. Ele sempre dizia que Deus age mais por meis ordinários (pelas leis da natureza, através da luz da razão) do que por meios extraordinário (visões, revelações etc.) Os casos em que Deus age por meios extraordinário são raros e devem ser tratados com cautela. Santa Faustina que vivia praticamente quase em continuas visões sempre se submeteu às autoridades da Igreja. Eis um exemplo da própria literatura mística que serve para esclarecer como lidar com tais fenônemos extraordinários.

  10. Sério que ainda tem gente que acredita nessas “aparições”? Mesmo depois de ver os “videntes” enricando com a venda de lembrancinhas das supostas “aparições”? Gente, vamos ler sobre a mensagem de Fátima, essa sim aprovada pela Sé Apostólica e livre de qualquer dúvida. Sobre Medjugorje sugiro a leitura: http://veja.abril.com.br/101208/p_094.shtml

  11. Jesus fala no esfriamento da Igreja: Mateus: 24, 1ss. Esse é o momento que vivemos… esfriamentos… Igrejas vazias… nas pastorais só vêem líderes que querem poderes… sacerdotes com teologia luciferiana e missas vazias… o cristão que questiona não tem voz e nem vez…. são expulsos… isto é, sacerdotes acham que tem o poder de expulsar… e Nossa Senhora clama em lágrimas de sangue por orações. Rezemos por eles e toda Igreja… pois não querem reconhecer a Mãe que nos alerta que Seu Filho Jesus está triste por ser traído por muitos Judas.

  12. “Eu prometo fazer você feliz não neste mundo, mas no próximo”. Essas foram as palavras de Nossa Senhora a Bernadette Soubirous. Com os pastorinhos de Fatima não foi diferente: dois foram levados para o céu em tenra idade e Lucia ficou enclausurada, longe dos holofotes desse mundo até o final de sua vida.
    Hoje quando eu vejo essa enxurrada de videntes sorrindo a caminho do Banco, viajando e dando entrevistas como celebridades, distribuindo mensagens repetitivas por anos a fio, participando e promovendo missas que são um espetáculo de sacrilégios, eu não preciso que alguma autoridade da Igreja venha a público declarar o engano. Qualquer Católico com dois neurônios deveria ter discernimento suficiente para fugir desse tipo de evento.

  13. Caro Luís,
    Não é dogma de fé acreditar em revelações particulares (Fátima, Lourdes…). Diferentemente, dos quatro dogmas dedicados à Nossa Senhora (Virgindade perpétua; Mãe de Deus, Imaculada Conceição e Assunção). Todavia, as Sagradas Escrituras nos trazem algumas pistas: “pelos frutos, se conhece a árvore”. E quais são os frutos de Mediugórie: milhões de conversões (inclusive a minha), sem contar as curas (Câncer) e os milagres (AIDS…)….

    Penso que o bispo exorcista foi bastante infeliz ao declarar que Mediugórie é obra diabólica (qdo há uma investigação criteriosa em curso). Insisto: caso Mediugórie seja uma obra diabólica, Satanás se converteu.

    Discordo totalmente da posição do bispo, todos os videntes sem exceção levam uma vida simples, sem opulências como a verificada pelo bispo alemão Tebartz-van Elst (Limburg-Alemanha), que gasta o dízimo com viagens luxuosas e construiu uma casa de mais de 30 milhões de euros (onde reside).

    Em breve, serão revelados os dez segredos de Mediugórie (semelhantes as 10 pragas do Egito).

    Encerro com uma frase do saudoso e futuro santo papa João Paulo II:
    “SE EU NÃO FOSSE PAPA EU JÁ TERIA IDO A MEDJUGORJE PARA CONFESSAR”.

    PS.: Entre ficar com a opinião de um bispo (seja ele exorcista ou não) e um papa, fico com a segunda.

  14. O interessante é que Nossa Senhora continue a dar mensagens há mais de trinta anos. Parece que nao vai acabar nunca. Por que todas as outras aparições duraram pouco tempo? Não só nesse Lugar, mas contemos também com as milhares espalhadas no mundo e inclusive no Brasil que nunca acabam.

  15. Frutos espirituais???? Tipo,o padre largar a batina e ir viver com uma das “videntes”?????
    N.Senhora apareceria num cenario desses?????

    • Tamara, de onde vc tirou que o padre foi viver com uma das videntes? Impressionante seu julgamento…espero que possa prová-lo. Todas as videntes estão casadas vivendo com suas famílias.

  16. No início, eu acreditava em tais aparições, mas vi duas coisas que me fizeram desacreditar totalmente:

    1) em uma entrevista, uma das videntes afirmou que Nossa Senhora afirmou que muitos vão para o inferno, mas que a maioria das pessoas vai para o purgatório. Poucos vão diretamente para o céu. Além de inverter o ensino do Evangelho (porta estreita e porta larga), tal afirmação tem o objetivo principal de fazer as pessoas relaxarem na oração do terço e das demais coisas citadas pelo Renato. Claro que o diabo é inteligentíssimo e, para enganar os inocentes e não despertar suspeitas acerca de suas reais intenções, repete aquilo que a igreja sempre recomendou (terço diário, jejuns, Eucaristia, como o Renato escreveu acima). No entanto, ao afirmar que a maioria das pessoas vai para o purgatório e, consequentemente, para o céu mais cedo ou mais tarde, ele faz com que as pessoas achem que a oração de um ou outro terço e a feitura de boas obras certamente a levarão para o céu. “Só mesmo os maus irão para o inferno”, pensam os inocentes. Em suma, ao dizer que a maioria irá se salvar, o efeito é que aquelas recomendações de terço e cia perdem a força e passam como letra morta. Francisco, em Fátima, foi instado a rezar muitos terços para que ganhasse o céu.

    2) a existência de 10 segredos, a serem revelados gradualmente, é outro fator chave. A fixação de um sinal visível na colina das aparições, a partir do qual ninguém irá mais duvidar, leva também ao relaxamento na busca pela salvação pessoal. Afinal, se virá um sinal, “posso esperar por ele e então deixo para rezar (ou me converter) quando isso de fato surgir. Vai dar tempo.” Ora, Jesus virá como um ladrão. Não vai dar aviso prévio. Quem ficar esperando por isto, poderá ter seu destino selado no inferno. A promessa de sinais futuros aliena e desarma os corações, que deveriam estar sempre prontos para a chegada do noivo. A hora de conversão é agora. A verdadeira Nossa Senhora pede sempre a urgente conversão e mudança de vida.

    Só mais duas coisinhas…
    Em uma entrevista, uma das videntes afirma que a oração mais bela é o Credo. Nada contra essa bela oração, mas isso contradiz o que Nossa Senhora e a Igreja sempre afirmaram: o Pai Nosso é a oração mais perfeita, pois ensinada pelo próprio Jesus. Já a Ave Maria é a compilação de saudação angélica, saudação de Santa Isabel e um acréscimo dada pela Igreja, todos ditados por Deus Pai ou inspirados pelo Espírito Santo. A ave maria é a oração mais odiada pelo demônio, como ensina S. Luís de Montfort.

    Nem mencionei o ecumenismo e a afirmação de “Nossa Senhora” de que todas as religiões são boas. Quem não vê aqui o espírito maçônico, que quer destruir a Igreja Católica, deveria repensar seus conceitos.

    Fiquem com Deus.
    Rodrigo

    • Complementando…
      Acerca de sinais extraordinários, nunca nos esqueçamos que o demônio também os pode fazer, seja aparecendo na forma humana, seja batendo no Padre Pio ou fazendo soprar alguns ventos sobre algumas nuvens e dando a elas a forma que quiser.

      Acerca de curas, cabe lembrar que Jesus sempre dizia: “vai, tua fé te curou” ou “seja feito conforme sua fé”. É claro que a fé na cura produz efeitos, independentemente de estarmos na Europa ou no Brasil. A provável explicação para que existam tantas curas anunciadas em Medjugorje é o fato de que as pessoas que se dirigem para lá já vão totalmente convencidas de que serão curadas. Isso é plenamente factível, pois se alguém ouve dizer que há um lugar em que há curas realizadas por Nossa Senhora, tal pessoa se sente super encorajada a economizar tudo que têm para ir até aquele lugar. A fé em Deus e em Nossa Senhora leva à cura, ainda que não seja ela a aparecer aos videntes.

      Acerca de conversões, das duas uma: ou as pessoas que lá vão já estão predispostas a se converterem e aquele clima de aparição mariana a faz dar o passo definitivo em direção a Deus; ou as pessoas não predispostas se convertem pela oração dos familiares e amigos. Ninguém duvida que os corações mais endurecidos podem ser convertidos pela oração. Se não fosse assim, seria inócuo o pedido de Nossa Senhora de Fátima para que rezássemos pela conversão dos pecadores. Se só se convertessem aqueles que quisessem, ninguém se converteria. Seria um paradoxo. Sim, nós podemos converter todos os nossos irmãos, desde que os consagremos ao Imaculado Coração de Maria.

      Fiquem com Deus.
      Rodrigo

    • Muito interessante a sua colocação. A Igreja, e, nós temos que ter discernimento; pois a Nova Ordem (Nova Era) quer se apossar da Igreja. Ela não só se faz presente na Igreja de Roma como também está infiltrada em várias religiões e seita. Seu projeto é colocar um falso messias assentado no trono papal. Pode sim usar videntes (falsos) para confundir a todos, daí se fala no esfriamento da Igreja; a fé abalada dos fiéis. Não se sabe em quem acreditar, até que o silêncio de Jesus, do Espírito Santo e de Nossa Senhora venha para cumprir o quase total caos.

  17. Penso que devemos aguardar com paciência e submissão o juízo da Igreja. Se o Magistério, por ora, adverte que devemos ter prudência é porque tem dados e informações que nenhum de nós conhece. A fé que esteja dependente de revelações particulares não é, certamente, verdadeira.

  18. Caros fraternos,
    Vamos aguardar o veredito final da comissão do Vaticano. A pressa é a inimiga da perfeição. Veja a célebre frase do rabino Gamaliel para os dias de hoje:
    - “Se o projeto é de origem humana, será destruído, mas se vem de Deus, vocês não conseguirão aniquilá-los. Cuidado para não se meterem contra Deus.” (At 5, 38- 39).

    Como falta esta sabedoria milenar na Igreja Católica Apostólica Romana dos dias atuais.

    O novo Secretário da CDF é alemão, e o clero alemão, em geral, é muito estranho: veja o caso do bispo alemão Tebartz-van Elst (Limburg-Alemanha), citado acima por Renato, bem como o caso do então bispo alemão Karl Lehmann, presidente da conferência dos bispos da Alemanha (co-irmã da CNBB), que pedira a renúncia do então papa João Paulo II, provocando uma grande revolta. Quem não se lembra da recepção, com frieza, dos bispos da Alemanha ao Santo padre o papa Bento XVI, seu irmão de sangue (vide: http://www.youtube.com/watch?v=jPr7__LbmNE).

    É bom lembrar que Nossa Senhora prometeu um grande milagre para confirmar a autenticidade tanto das revelações de Garabandal quanto de Medjugorje. (As de Garabandal foram rejeitadas pelo bispo local, na ocasião; as de Medjugorje, transformaram-se numa questão de briga entre o bispo de Mostar e os franciscanos da Paróquia. Foram esses bispos de Mostar, inclusive o atual, que têm feito ferrenha campanha contra as aparições).

    Enquanto isso… Satanás vai jogando areia nos olhos das autoridades da Igreja. Vocês já imaginaram qual será o vexame se, logo depois de concluírem negativamente quanto às aparições, Nossa Senhora fizer o grande milagre prometido?

    Quem visitou Medjugorje: reconhece que se trata do pulmão espiritual do mundo, tantas são as orações, as confissões, as comunhões, tantos são os sacrifícios, tantos são os frutos… Mas, para certas autoridades de hoje não bastam os frutos óbvios e ululantes. Elas preferem “dar nó em pingo d’água”…

    “Se o projeto é de origem humana, será destruído, mas se vem de Deus, vocês não conseguirão aniquilá-los. Cuidado para não se meterem contra Deus”, profetizou Gamaliel há 2.000 anos atrás.

  19. Uma evidência de falsidade nas videntes de Medjugorje é a reação de cabeça da vidente a um gesto brusco contra seus olhos, durante seu suposto transe durante uma das supostas visões da Virgem Maria. Os videntes dizem-se totalmente desconectados com o mundo, não vendo nem escutando nada. Não é o que se vê no vídeo, já publicado por outros em comentários de outros artigos sobre Medjugorje neste blog, que recordo neste artigo para memória.

  20. Não quero cometer injustiças sobre Medjugorje. Recentemente, li uma obra sobre La Salette e fiquei chocado ao descobrir que vários membros do clero tentaram desacreditar os videntes. Um dos videntes – Maximin Giraud – morreu ao relento porque um padre lhe negou abrigo.
    O Vaticano até hoje não se pronunciou sobre Garabandal. Entretanto, o padre Malachi Martin, que conhecia o Terceiro Segredo de Fátima, disse que a aparição em Garabandal, em 1961, ocorreu porque o Vaticano não revelou o Terceiro Segredo em 1960.
    Vivemos uma época de grande enganação em que é difícil discernir a verdade da mentira. Honestamente, não sei se a aparição em Medjugorje é verdadeira. Eu, pessoalmente, acredito em Garabandal por causa do testemunho do padre Malachi Martin. Em Garabandal foram profetizados 3 eventos: Um aviso, um milagre e um castigo. A principal vidente de Garabandal – Conchita – está viva e sabe a data do milagre. Nossa Senhora é Nossa Mãe e não vai nos deixar desamparados.

  21. Para pensar Medjugorje, o livro do Michael Davis é a melhor sugestão que tenho a dar. Medjugorje: a Warning, é rico em documentos e referências e está completo na internet, para ser lido por todos.

    http://www.catholictradition.org/Mary/medjugorje.htm

    Em português, uma tradução de um artigo do mesmo autor, neste blog:

    http://www.christeeleyson.com/2010/09/os-fantasmas-de-surmanci-texto-inedito.html

  22. “Frutos espirituais???? Tipo,o padre largar a batina e ir viver com uma das “videntes”?????”

    NÃO FOI UMA DAS VIDENTES!

    Mas foi bom o comentário da Tamara pra mostrar como as supostas provas negativas (e também positivas) vão crescendo a medida que se comenta.

    A Igreja tem poder e autoridade pra saber, não sei porque ainda não sabe. Mas esperemos que um dia saiba.

    No entanto, se a Igreja disser que a aparição é verdadeira, quem não quer acreditar vai dizer: “Não se pode acreditar nas autoridades da Igreja hoje em dia”, e se disser que não é verdadeira, vão dizer “Viu, a Igreja falou, não se discute mais.”

    Na dúvida cumpramos as metas de Medjugorje “Façam penitencia, rezem o terço, vão a missa, confessem e rezem, rezem, rezem.”

    • Excelente comentário Teresa. Se fizermos isto que vc indicou (Na dúvida cumpramos as metas de Medjugorje “Façam penitencia, rezem o terço, vão a missa, confessem e rezem, rezem, rezem”.) estaremos ajudando o Coração de Nossa Senhora Triunfar independente se as aparições forem verdadeiras ou não.

  23. Penso que algumas coisas deveriam ficar mais claras. Não se está questionando a boa fé das pessoas que vão a Medjugorge. O que preocupa é a busca ávida ou até mesmo doentia pelo sobrenatural. O problema está aí, pois quando se busca o sobrenatural por curiosidade de ver coisas desconhecidas ou por outras motivações menos claras, como gula espiritual, vaidade ou soberba espiritual, está-se abrindo uma porta para o Diabo.

    Se por um lado é ruim o racionalismo que nega intervenções extraordinárias do céu, também é ruim uma fé irracional que se baseia exclusivamente em experiências místicas sem discernir de onde vêem!

  24. 37. ¿Qué dice Medjugorje? Su mensaje prueba
    que también es una falsa aparición
    “La Virgen siempre subrayo que no hay sino un solo Dios y que la separación no natural se ha
    aplicado por las personas. En verdad no se puede creer, ser un verdadero cristiano, si no
    respeta también a las otras religiones.”
    1
    – «Visionaria» Ivanka Ivankovic
    “La Virgen dice que las religiones están separadas en la tierra, pero que la gente de todas las
    religiones son aceptadas por su Hijo.”
    2
    – «Visionaria» Ivanka Ivankovic
    Pregunta: “¿La Santísima Madre está llamando a todas las personas a ser católicas?”
    Respuesta: “No. La Santísima Madre dice que todas las religiones son queridos para ella y su
    Hijo.”
    3
    – «Visionaria» Viacka Ivankovic
    Esto es una apostasía total del mensaje de Medjugorje. Es un rechazo del dogma católico; es un rechazo
    del dogma Fuera de la Iglesia Católica No Hay Salvación; y es un rechazo completo de la clara enseñanza
    del Evangelio sobre la necesidad de creer en Jesucristo, el Hijo de Dios, para la salvación. Esto prueba
    que Medjugorje, como los restos de las falsas apariciones modernas, son decepciones del diablo. Los que
    estén consientes de estos hechos y rehúsan a rechazarlo como una falsa aparición, estarán rechazando la
    fe católica.
    Notas de la 37º sección:

    1 The Apparitions of Our Lady of Medjugorje «Las Apariciones de Nuestra Señora de Medjugorje», edición inglesa,
    Franciscan Herald Press, 1984.
    2 The Apparitions of Our Lady of Medjugorje «Las Apariciones de Nuestra Señora de Medjugorje», edición inglesa,
    Franciscan Herald Press, 1984.
    3
    Janice T. Connell, The Visions of the Children, The Apparitions of the Blessed Mother at Medjugorje, «Las Visiones de los
    Niños, Las Apariciones de la Santisima Madre en Medjugorje», St. Martin’s Press, agosto, 1992.

  25. Parece-me que Nossa Senhora está precisando urgente aparecer no vaticano .Um cego não guia outro cego.Que Deus nos ajude..

  26. O Documento desaconselha reuniões públicas, ou seja, essas reuniões devem ser de caráter reservado. O Documento não liquida Medjugorje. Uma amiga me apresentou razões substanciais em favor de Medjugorje. Há exemplos na história da Igreja de videntes e místicos que foram vetados por Roma. Frei Pio de Pietralcina foi terrivelmente perseguido por Roma, e hoje ele é Santo e com o corpo incorrupto ainda. Santa Faustina também foi proibida e teve o seu Diário, que contém as Revelações de Jesus, posto no Index dos Livros proibidos, e hoje ela foi canonizada, como prometido por Jesus numa de suas aparições para ela, e seu Diário saiu do Index. Isso indica que essas sansões não possuem um caráter definitivo, mas relativo. O próprio Jesus foi Crucificado pelos Romanos. Maximin Giroud foi também grandemente perseguido por Prelados por causa do Segredo de La Salette. O Movimento Neocatecumenal, pelo que parece teve sua liturgia proibida por Bento XVI, mas agora autorizada, se as informações desse site não estiverem equivocadas, pelo Papa Francisco.

    • Prezado Gerson

      O caso de Medjugorje não parece ser mera cautela/teimosia da Igreja perante aparições. Há indícios de sua falsidade, como alguns comentários acima apontam. Uma bela coletânea deles está no site Medjugorje senza maschera. A perseguição da Igreja em si não é indício de santidade dos perseguidos, no caso de santos injustamente perseguidos, mais uma prova pela qual passar para atestar sua veracidade. Será este o caso em Medjugorje?

      Em Medjugorje, como o artigo relata, os supostos videntes promovem o fenômeno Medjugorje, CONTRA a Igreja que proíbe a todos disso. Difícil pensar que videntes da Santíssima Virgem sejam capazes de se promover e se rebelem contra as autoridades eclesiásticas. Disseram abertamente que o Bispo deles estava sob a ação de satanás, e puseram estas palavras na boca de Nossa Senhora! Demonizam seus superiores por se oporem a eles. Quando que o céu faria isto? Nunca, isto é absurdo.

      Tem o vídeo num comentário acima, onde se constata a teatralidade da vidente em fingir que não vê nada no mundo exterior durante uma suposta visão, e no final, sua desculpa esfarrapada, de que levou susto porque a Virgem havia se descuidado e quase deixado cair o Menino Jesus. E o comentário do Robert expondo uma heresia que Nossa Senhora teria dito por meio dos “videntes” de Medjugorje! Sacrilégio! Absurdo total.

      De boa intenção, infelizmente, está cheio o inferno também. Ainda que hajam pessoas de boa fé frequentando o local, elas estão lá desobedecendo a Igreja, e se os videntes são falsários, devem ser desmascarados, e não adulados para não ferir sentimentos das pessoas, como parece ser o novo modus operandi.

  27. Caros fraternos, paz e bem!

    Vejam os defensores de Mediugórie:

    - Padre Gabriele Amorth, considerado o maior exorcista vivo da atualidade, perguntaram-lhe: “É certo que Mediugórie é um grande obstáculo para Satanás? Respondeu-lhes: “Seguramente. Mediugórie é uma fortaleza contra Satanás. Satanás odeia Mediugórie porque é um lugar de conversão, de oração, de transformação de vida”;

    - Beato papa João Paulo II: “SE EU NÃO FOSSE PAPA EU JÁ TERIA IDO A MEDJUGORJE PARA CONFESSAR”;

    - O jornalista Antonio Socci é um fiel defensor das aparições. Além de ter escrito um livro sobre o tema, ele atribui o despertar do coma de sua filha Caterina à intervenção de Nossa Senhora de Medjugorje;

    Podem ficar tranquilos os incautos na fé (leia-se: desprevenido) que não acreditam nas aparições da Rainha da Paz em Mediugórie, e ficam citando inclusive reportagens da revista VEJA (do Barão da imprensa brasileira e comprometido com os Bilderberg), tendo em vista que Revelações Particulares não constitui dogma de fé.

    Penso que Mediugórie é uma continuação das mensagens de Fátima.

    “Se o projeto é de origem humana, será destruído, mas se vem de Deus, vocês não conseguirão aniquilá-los. Cuidado para não se meterem contra Deus”, advertiu o rabino Gamaliel há 2.000 anos atrás (At 5, 38-39).

    • Vejamos os “defensores” de Medjugorje:

      - (…)a acusação do bispo-exorcista Mons. Gemma: “As aparições de Nossa Senhora? Completamente falsas: os videntes estão sob inspiração de Satã para lucrar economicamente”. Entrevista de maio de 2008 concedida ao site italiano Petrus.(…)[http://fratresinunum.com/2012/07/31/bispo-e-exorcista-andrea-gemma-a-respeito-de-medjugorje-absolutamente-diabolico/]
      Então, Padre Gabriele Amorth não tem consenso geral. Foi contraditado por outro grande exorcista e muito menos é infalível.

      - o nosso Beato papa João Paulo II não era lá um tanto prudente nestas questões. Havia nele alguma empolgação por um tal ecumenismo e fazer agrados a todos. Por exemplo: O Papa João Paulo II recebe uma marca na fronte de uma sacerdotisa de Shiva (dispensa fontes).

      - O escritor Antonio Socci está envolvido emocionalmente e vendeu muitos livros sobre o assunto.

      O senhor PENSA que é continuidade das revelações de Fátima: seu pensar pode até contar, mas não garante. Pelo contrário traz uma duvida e abre outra especulação absurda.

      Também é bom que se diga que os bem preparados na Sacra Doutrina, sabe que obras humanas iníquas não sobrevivem, mas causam grandes estragos.

      Levando-se em conta: “Se o projeto é de origem humana, será destruído, mas se vem de Deus, vocês não conseguirão aniquilá-los. Cuidado para não se meterem contra Deus”.
      Então se faça a ressalva de que não se pode pretender que este projeto humano seja destruído em lapso de tempo predeterminado por agentes invisíveis. Porem pode-se afirmar que é certa sua destruição, levando-se em conta s a perspectiva da escatologia. Exemplo disso foi pensar o mesmo de Lutero, o herege, e que sua revolta não se daria por muito tempo e hoje se vê que só mesmo no campo do sobrenatural, um grande milagre, pode-se destruir o mal que ele causou ou mesmo no juízo universal. Mas isso não foi revelado por nenhuma autoridade.

      Lembro-me quando, pela historia, Padre Pio disse que tudo que vinha sofrendo de Roma era bom para Santa Igreja, já que sempre haveria lobos travestidos de pastores. Neste pormenor tenho certa preocupação com as disposições de Roma ao investigar casos tidos como sobrenaturais, pois o clero obcecado pelo modernismo a leva a cegueira extrema, a destruir tudo que faz óbice por essa motivação e levar a rápida condescendência com o erro.

      Por último não precisamos de veja para termo opiniões neste caso. Basta ler os escritos dos videntes.

  28. Acreditar ou não em aparições é facultativo. Cada qual segue o que achar correto.No entanto, a recomendação de Nossa Senhora em Medjugorje é a seguinte: Missa diária, confissão sacramental uma vez por mês, no mínimo, jejum a pão e água (de 24 horas) às terças e sextas feiras, reza diária do rosário, rezar durante quatro horas por dia. Pelo que fui informado, os videntes conseguem passar por essa “porta estreita”, sem embargo do que desde sempre sofreram críticas acerbas e perseguições. Quem mais se habilita a seguir esse programa de ascese e penitência pedido pela Mãe de Deus e nossa?

  29. Havia em minha paróquia aqueles folhetos que continham as revelações de Medjugorje. Quando lia, sempre tive a impressão de uma “Nossa Senhora Modernista”…Assim também me pareciam seus pretensos videntes e os conversos daquelas revelações. Tive a impressão de que tudo ocorria no plano psicológico. A grande maioria era de gente simples e de pouca formação católica. Hoje, ainda se encontram assim, meio que como em mingau, sem pisar em solo firme.

  30. Caro Miguel Frasson, não tive a intenção de dizer que Medjugorje está sendo perseguida, é que tropeçamos no problema de linguagem e também na nossa incapacidade de exprimir claramente nossas idéias e opiniões. Na minha opinião isso não é perseguição a Medjugorje, mas medidas necessárias: o vaticano tem que intervir não só no Movimento Medjugorjano, mas também nos movimentos carismáticos, neocatecumenais, Vassulianos, modernistas, tradicionalistas e tantos outros que existem por ai. Essas intervenções com proibições não as considero perseguições, mas regulamentações e restauração da ordem. Os Medjugorjanos devem promover Medjugorje de forma extraoficial, e isso deve ser bem claro. Também não vejo como problema que alguém afirme que alguma pessoa ou algum Bispo seja vexado pelo Demônio, em La Salette as crianças disseram que Nossa Senhora teria falado muito mais duramente que essas que você citou em Medjugorje. São Pedro advertiu, e os Clérigos de todo o mundo rezam todos os dias: “Sede sóbrios e vigiai, pois o diabo anda ao redor de vós, como um leão a rugir, buscando a quem devorar.” Também noutra parte ele disse que essas vexações do diabo são uma coisa sofrida por todas as pessoas. Então nada de desrespeitoso em afirmar que alguém esteja sendo possuído ou vexado pelo diabo. Me disseram que houve até santos que foram possuídos pelo demônio. Há muitos possessos que são almas vítimas, e ouso afirmar que todos os possessos são na verdade almas vítimas, pois antigamente considerava-se que só os que não cometeram pecado grave é que eram vítimas (cf. Tanquerey, se não me falha a memória), mas hoje os tempos são outros, já não podemos partilhar a opinião ou influência jansenista, e portanto creio que devemos incluir também os possessos que cometeram e cometem pecados mortais na lista das almas vítimas. Também o vídeo acima não prova nada, pois o cara quase fura o olho da Viska, e esse vídeo confundo êxtase com milagre, talvez por causa do fato ocorrido com Santa Bernadette Soubirous, que durante uma aparição, enquanto estava em êxtase, não foi queimada pela chama da vela. O êxtase é uma coisa, não ser queimada é outra coisa. Houve, pois, ali um Milagre e um êxtase. Milagres são coisas raras, mas o êxtase não, além do que há vários graus no êxtase, e uma pessoa pode ser impedida de chagar ou de permanecer nele. Portanto, esse vídeo não prova nada. Esse vídeo carece do parecer de um especialista em mística, e esse professor não acredito que domine essa área. Quanto a heresia que você disse, não posso dizer nada, pois não sei Inglês, e o vídeo está em Inglês, mas já analisei algumas mensagens consideradas heréticas e não encontrei as heresias que afirmam. Se houvesse heresia o vaticano já teria alertado.

    • Muito boa resposta Gerson. Cabe a Igreja definir se a aparição é verdadeira ou não. E nós creditamos ou não. Eis um relato de um padre teólogo explicando a ação do Vaticano:

      Padre jesuíta teólogo emérito explica a carta do Vaticano

      Sexta-feira, 8 novembro, 2013

      Robert Faricy é um padre jesuíta e teólogo, que é professor emérito da espiritualidade e da vida na Universidade de Marquette, em Milwaukee, Wisconsin, nos Estados Unidos. Ele é um professor emérito de Espiritualidade do Pontifício Instituto Bíblico na Pontifícia Universidade Gregoriana, em Roma. Fr Faricy escreveu livros sobre as aparições marianas, incluindo Medjugorje.

      A resposta do jesuíta sobre a carta do Núncio Papal …

      Declaração do Pe. Robert Faricy , SJ

      07 de novembro de 2013

      “Essas aparições em Medjugorje ou revelações sobrenaturais ainda não foram formalmente aprovados pela Igreja. Portanto , os clérigos e os fiéis não estão autorizados a participar nas reuniões ou celebrações públicas , durante as quais a credibilidade de tais aparições seriam tidas como concedidas. Mas é perfeitamente aceitável acreditar em tais aparições e recebê-lo nas paróquias. Por exemplo, uma igreja anfitriã pode dizer que aparição de Ivan será as 17:40 Para estar em conformidade com a carta da Reverendíssimo Gerhard Ludwig Mueller à Conferência USCCB (N. do T. United States Conference of Catholic Bishops – Conferência dos Bispos Católicos dos Estados Unidos), basta adicionar ao convite ou anúncio do horário da aparição: “Essas aparições não foram formalmente aprovadas pela Igreja” a paróquia , o clero e os fiéis , então, estarão em conformidade com a Nunciatura Apostólica dos Estados Unidos da América. PN 3980 .

      “A carta, informando a todos os Bispos norte-americanos, nunca afirmou o cancelamento da visita de um vidente de Medjugorje , como a agenda de Ivan . Ele afirma Ivan está programado para aparecer em certas paróquias de todo o país . O arcebispo Carlo Maria Vigano continua: ” Prevê-se, além disso, que o Sr. Dragicevic vai receber “aparições” durante estes encontros agendados”. Nunca afirma cancelamento ou proibição de visitas de Ivan. Estipula apenas a exigência de que a credibilidade das aparições não seja dada como adquirida. Portanto, o simples basta declaração : “Essas aparições não são formalmente aprovadas pela Igreja”. Ivan, portanto, é livre, juntamente com as paróquias, clérigos e os fiéis a terem reuniões, conferências e celebrações públicas, enquanto a declaração acima de “não formalmente aprovadas”. A declaração é feita de que a credibilidade das aparições não foi concedida. As aparições não foram provadas ou refutadas. É perfeitamente correto acreditar em tais aparições , e participar desses eventos.

      Fr . Robert Faricy SJ

      Traduzido do inglês por Gabriel Paulino – editor site http://www.medjugorjebrasil.com

      Fonte da matéria: http://crownofstars.blogspot.com.br/2013/11/a-jesuits-response-to-papal-nuncios.html

  31. Prezado Jorge Palha,

    Realmente, Satanás se converteu, pois desde junho/81 nos convida a :

    - Orar com o coração – o rosário;
    - Penitência;
    - Eucaristia;
    - Leitura diária da Bíblia;
    - Conversão rápida.
    - Consagração ao Imaculado Coração de Maria e ao Sagrado Coração de Jesus para sermos protegidos por Deus.

    Decididamente, não tenho mais dúvidas disso, após ler a sua réplica.

  32. O Professor de Mariologia da Universidade de Steubenvill, EUA, Dr. Mark Miravalle, escreveu um artigo, com algumas considerações sobre Medjugorje e alguns conselhos às pessoas que acreditam nessas aparições. Um tanto otimista em relação a Medjugorje, mas muito sensato também!

    http://www.motherofallpeoples.com/2013/11/medjugorje-followers-obey-pray/

    Gostaria de chamar a atenção para as últimas considerações do autor (as últimas partes do texto).

    Tradução

    Surpresa ou perplexidade não justificam desobediência

    Aos seguidores de Medjugorge em todo mundo, eu diria: obedeçam e rezem. Como especificado pelo Núncio na diretiva da CDF, quaisquer encontros, conferências ou celebrações públicas durante os quais a credibilidade de tais aparições sejam tidas como verdadeiras devem ser canceladas até ulterior notificação ou modificação pela legítima autoridade da Igreja.

    Medjugorje devotees must follow the stellar example of St. Pio during his some ten year prohibition by the Church from saying Mass publicly in light of the temporary Vatican and diocesan rejection of his reported mystical phenomena. During his time of prohibition, Padre Pio never denied the authenticity of his stigmata, bilocation, or other authentically supernatural wonders (how could he?—they were true!).

    Os devotos de Medjugorje devem seguir o exemplo luminoso do Santo Padre Pio que foi proibido pela Igreja de rezar a missa publicamente por 10 anos, devido à negação temporária dos seus fenômenos místicos por parte das autoridades vaticanas e diocesanas. Durante esse tempo de proibição, o Padre Pio nunca negou a autenticidade de seus estigmas, bilocação e outras autênticas maravilhas sobrenaturais (e como ele podia – eram verdadeiras!)

    He simplesmente obedeceu

    This prohibition was finally lifted in 1979 by the intercession of Bl. John Paul II, but only after many years during which Divine Mercy devotees had to obediently cease public celebration or distribution of the heavenly message of God’s infinite mercy.

    Recordemos também a proibição das mensagens de Jesus à Santa Faustian, tanto por parte da diocese loca como por parte da Congregação para a Doutrina da Fé, as quais agora constituem a universalmente aprovada e celebrada devoção à Divina Misericordia. Tal é o processo às vezes imperfeito da Igreja na difícil tarefa de avaliar o que o Beato João Paulo II chamou de “luzes espirituais.” Tal proibição foi finalmente retirada em 1979 pela intervenção do agora Beato João Paulo II, mas somente depois de os os devotos da Divina Misericordia terem cessado por muitos anos toda celebração pública bem como toda divulgação da mensagem celeste da Divina Misericordia.

    Os devotos de Medjugorge devem obedece também

    A nova restrição (a qual é diferente de uma proibição formal) pode, de fato, se tornar uma oportunidade providencial para mostrar ao mundo que a grande maioria dos seguidores de Medjugorje vivem e respiram de acordo com o coração da Igreja, em plena obediência à Igreja, e não são “fanáticos excentricos” cuja fé se apois apenas em uma suposta aparição, como certos críticos podem afirmar.

    Meu comentário: sinceramente eu não vejo obediência à Igreja por parte dos devotos de Medjugorge. De qualquer forma, vamos ver qual será o veredicto da Igreja.

Trackbacks