O tolerante Evangelho rosinha.

O deputado federal Dr. Rosinha (PT do Paraná), presidente da Comissão de Seguridade Social da Câmara e relator do projeto que revoga a lei 12845 — que na prática instituiu o aborto no Brasil – ficou tristinho. Mas quem teve a coragem de magoar Rosinha? Algumas centenas de cidadãos brasileiros inconformados com um seminário sobre “saúde reprodutiva” (eufemismo para vocês sabem o quê) realizado no começo do mês.

Ah, essa democracia! Só vale a pena quando os mandatários podem fazer o que bem entendem, até agir na surdina, como fizeram com o PLC 3/2013

Cristo expulsa os vendilhões do templo - Rosinha faltou nesta aula de catequese.

Evangelho não é cor de rosa: Cristo expulsa os vendilhões do templo – Rosinha faltou nesta aula de catequese.

Subject: Seminário de Parlamentares da América Latina e Caribe para debater a Saúde Reprodutiva, Materna, Neonatal e Infantil e os Objetivos da Meta do Milênio
Date: Wed, 11 Dec 2013 10:52:49 -0200
From: dep.dr.rosinha@camara.leg.br

Prezadas,

Prezados,

Como recebi centenas de e-mails sobre o mesmo tema, ficou impossível responder individualmente a cada uma das mensagens. Aliás, é bom que se diga que algumas continham textos idênticos, o que demonstra que a ação foi orquestrada.

Assim, optei por uma resposta coletiva e pública, que será divulgada em forma de artigo.

Cristãos intolerantes

Cristo, em sua breve passagem pela Terra, nos ensinou muita coisa, sendo uma delas a tolerância. Parece que boa parte dos que atualmente se dizem cristãos não aprendeu essa lição. Outro ensinamento de Cristo é o compromisso com a verdade: nunca mentir. Este ensinamento também é ignorado por grande parte dos cristãos.

Brinca-se que quando alguém é perguntado sobre determinado tema e não sabe a resposta, a pessoa em tom de chacota responde“eu faltei nesta aula”. Parece que muitos cristãos e cristãs faltaram na catequese no dia em que foi ensinada a importância da tolerância e a ter compromisso com a verdade.

Na semana passada fui vítima dos intolerantes e dos mentirosos.

Explico: a Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados, presidida por mim, organizou o “Seminário de Parlamentares da América Latina e Caribe para debater a Saúde Reprodutiva, Materna, Neonatal e Infantil e os Objetivos da Meta do Milênio”. O requerimento que gerou o Seminário foi aprovado por unanimidade dos membros da Comissão. Portanto, pela importância do tema, nenhum parlamentar se opôs.

A Organização das Nações Unidas (ONU) firmou em 2000 um compromisso com muitos países, os chamados Objetivos do Milênio, de reduzir em 75 % até 2015, as mortalidades infantil e materna. Há outros objetivos do milênio, porém o nosso Seminário se propôs a debater estes dois.

A mentira e a intolerância estão quando muitos cristãos e cristãs espalharam na internet mensagens caluniosas apregoando que “sou contra a vida”, que estou “promovendo o aborto” no Brasil, que “sou mau presidente”, que “desenvolvo a cultura da morte” e outras ofensas que sequer quero reproduzi-las. Antes de qualquer coisa, repudio a todos estes adjetivos e, ao contrário de Cristo, não ofereço a outra face.

Algumas mensagens, para a minha tristeza e decepção, eram assinadas por padres, professores, diáconos, bibliotecários, alunos, etc., gente que sempre pensei, pelo cargo que ocupam, serem inteligentes. Sempre vi num professor, se não um pensador, pelo menos alguém que ajude ou ensine a pensar. Sempre vi num padre, num diácono, num pastor um tolerante, alguém que não mente.

Segundo o dicionário Houaiss, tolerância é o “ato ou efeito de tolerar; indulgência, condescendência; tendência a admitir, nos outros, maneiras de pensar, de agir e de sentir diferentes ou mesmo diametralmente opostas às nossas”. Definição essencialmente cristã.

Minha decepção é para com todos os homens e mulheres, cristãos ou não, que não conseguem ser tolerantes, que não conseguem respeitar os demais, que têm na sua verdade, a verdade única e absoluta. Minha tristeza é para com aqueles que leem e não conseguem interpretar. Meu repúdio é para com aqueles e aquelas que leem e agem de má fé nas redes sociais. Usam-nas para disseminar a sua interpretação ou mesmo se aproveitam dos que não leram e disseminam a mentira. Poderia fazer como Cristo: “Pai, perdoai-os, eles não sabem o que fazem”. Mas, não posso agir assim, porque sabem o que fazem e porquê fazem. Posso perdoar os inocentes úteis, como por exemplo, um rapaz de cerca de 20 anos de idade que no dia do Seminário dirigiu-se a mim dizendo:

- “O senhor está excomungado!”

De início fiquei estupefato com esta “excomunhão”. Em seguida, tive dúvidas se ria ou se perguntava com que autoridade e em nome de quem me excomungava. Por fim, preferi o silêncio, a pena e a compaixão. Compaixão e pena pela inocência deste rapaz e ao mesmo tempo preocupação com o seu futuro. O mundo é diferente do que estão lhe ensinando. Ou ele faltou no dia da catequese sobre tolerância ou os seus “mestres” faltaram com a verdade e não ensinaram a ele o significado desta palavra e deste gesto.

Por tudo que li do que me enviaram, por tudo que ouvi, sinceramente ainda estou estupefato com o comportamento destes cristãos. Em que Igreja aprendem ou aprenderam? Qual Evangelho leem ou leram? Com certeza não é o mesmo que leio e tampouco é o mesmo que lê o Papa Francisco.

Dr. Rosinha

Tags: ,

22 Responses to “O tolerante Evangelho rosinha.”

  1. Qurendo ensinar o que Cristo mandou fazer….mas na parte de colocar a outra face, essa melhor pular……jajajaja. Fim dos tempos

  2. Usam o discurso da tolerância Cristã como combustível para suas ideologias malucas.
    e ainda citam o papa Francisco, coitado, seu discurso agora virou combustível renovado para essas ideologias

  3. Eu contesto o Deputado rosinha com dois artigos meus feitos no passado e que ainda hoje são atuais:

    1-) Que os maus não tem misericórdia com os bons, por isso não adianta qualquer “acordo” com gente do naipe do rosinha:

    http://devotosdamisericordiadivina.blogspot.com.br/2012/03/cristianofobia-misericordia-dos-maus.html

    2-) Os maus que dizem ser nós cristãos intolerantes, são os primeiros a agredir:

    http://devotosdamisericordiadivina.blogspot.com.br/2012/05/agredidos-pela-tolerancia-dos-ativistas.html

  4. Eu fico estupefato é com a ignorância ou, mais próximo da verdade, má intenção nesse deputado em dizer essas palavras como se fosse as de Cristo, a do Evangelho, a da Igreja!

    É impressionante! O homem apoia o aborto e cita um acordo que diz diminuir em 75% o número de mortes infantis. O homem não tolera a vida do nascituro, não respeita os inocentes assinados antes de sequer nascerem e ainda fala de “tolerância cristã”. Eis o que a teologia da libertação ensina: tolerância com os pecados e com os erros como se fosse isso o que Jesus ensinou, deste modo condenando as verdades divinamente reveladas pelo Cristo real.

    Faço a mesma pergunta que dr. Rosinha fez:
    Qual Evangelho o senhor, dr. Rosinha, lê ou leu? Com certeza não é o mesmo que leio e tampouco é o mesmo que Jesus Cristo revelou e que São Pedro viveu, ou o que leram São Leão Magno, São Pio X e Bento XVI mais recentemente.

  5. “Blá, blá, blá”………ZZZZZZZZZZZZZZZ

  6. Fui filiado ao PT e militante em Brasilia, quando estudava na UnB. Após inúmeros escândalos (corrupção, favorável à cultura da morte: aborto…), desfiliei-me deste partido comprometido com o Príncipe deste Mundo. Penso que quem vota neste partido (favorável ao aborto, casamento gay, liberação das drogas…) comete grande ofensa a Deus, cuja consequência imediata é o afastamento da amizade com Deus. Portanto, quem defende suas bandeiras (aborto, casamento gay, drogas, corrupção, divórcio, comunismo…) realmente, está excomungado “ex-officio’ da Igreja Católica. É impossível agradar a Deus e ao dinheiro (poder político).
    Por fim, gostaria de registrar que eu fui um dos que ligaram para o gabinete do deputado Rosinha (PT) em Brasília e deixei o meu protesto.

  7. um rapaz de cerca de 20 anos de idade que no dia do Seminário dirigiu-se a mim dizendo:

    - “O senhor está excomungado!”
    Ai que inveja desse rapaz! Ele fez o que eu queria ter feito. PARABÉNS! fez bem em dar essa informação!

  8. Leiam o livro O VERDADEIRO CATÓLICO PODE VOTAR EM PARTIDOS DEFENSORES DO ABORTO? – DELICADA QUESTÃO DE CONSCIÊNCIA FRENTE AO HOMICÍDIO NO VENTRE MATERNO, de Vanderlei de Lima, que mostra bem quem é o PT e quem é essa gente que se faz de coitada agora. Só não sei onde compra se não me engano é na Editora Ecclessiae de Campinas http://www.ecclesiae.com.br . Se não achar, pergunta lá, li vale a pena.

  9. Ah, o velho relativismo….
    Pelo visto, o nobre deputado andou frequentando a catequese realizada pela TL.
    Falam bonito, pregam a tolerância desenfrada e irrestrita.
    Adoram maquiar o Evangelho quando os convêm, e adoram esquecê-lo quando os revelam como sepulcros caiados.

  10. Cristo nunca ensinou a tolerância. Ele não admitiu que nenhum til fosse tirado da lei. Jesus foi convidado a comer na casa de um fariseu e durante o almoço Jesus chamou os fariseus de néscios e malditos, Um Doutor da lei, que estava presente, disse: Mestre assim tu nos ofende, ao que Jesus lhe respondeu. Malditos tambem vós Doutores da Lei. Jesus disse à mulher adúltera. Cadê os que te condenaram? A mulher respondeu. Nenhum Senhor. e Jesus lhe disse. Nem Eu te condenarei. VÁ E NÃO PEQUES MAIS. E quando Jesus entrou no Templo, fez um chicote com uma corda e fustigou os vendilhões e derrubou suas mesas. Quem é tolerante com o erro (o pecado) é o demônio.
    A situação de quem pratica um aborto e a de quem corrobora com ele é a excomunhão e é automática.
    LATAE SENTENTIAE, aquela em que o fiel incorre no momento que comete. “Eu digo isso para o vosso proveito, não para vos atirar um laço”. (São Paulo). Por conseguinte, o rapaz que falou sobre excomunhão não é um inocente útil, ele citou a lei da Igreja. a quem Jesus disse: o que litgares na terra será ligado nos céus e o que desligares na terra será desligado nos céus.

  11. Esta aí uma coisa que me enoja: gente dessa corja gosta muito de querer ensinar como ser cristão de verdade. Ah, vai p…

  12. Esses aí agem igualzinho demônios durante exorcismos. Quando a água benta cai no lombo, choram igual coitadinhos, imitam voz de criança e acusam o padre exorcista de ser intolerante, de não ter compaixão…etc.

  13. Enrolou, enrolou, enrolou e não disse nada, não foi capaz de se defender das acusações. Obviamente porque não tem resposta.

  14. Ele disse um monte de coisas contra a intolerância, e contra todos aqueles que protestaram contra ele. E em um texto de tantas linhas, em nenhuma delas ele se lembrou de dizer POR QUE tais pessoas protestavam contra ele, quais eram as críticas, ainda que fosse para se defender delas. Por que esta atitude? Provavelmente porque ele NÃO QUER expor o motivo das críticas. Aí ele teria de explicar porque a legalização do aborto tem alguma compatibilidade com o cristianismo. Ele iria vestir a carapuça e o texto poderia ser utilizado para desmascarar sua postura em relação ao aborto quando as eleições chegassem. Ou então ele teria de dizer que se arrependeu e que nunca mais defenderia a legalização do aborto. Mas, pelo jeito, isto ele não pretende fazer.

  15. “Porém, seja feita a Tua vontade e não a minha”, disse Cristo depois de pedir ao Pai para afastar o cálice da crucificação, se fosse possível. As pessoas decoram poesias e não se surpreendem com as frases de Cristo! Igual ao Pai, de mesmo poder e glória e pedindo ao Pai o que Deus esperava que o homem sempre dissesse desde Adão. Tanto aos chorões Rosinha e Paim quanto aos liberais e comunistas de plantão devemos sempre lembrar que a Vontade a imperar é a de Deus e não a do homem entregue ao pecado. Vejam o absurdo! Eles choram pelo direito de pecar e reclamam tal direito contra os que só querem cumprir o que Deus pediu! Ou seja, eles rivalizam com a Vontade de Deus de igual para igual! E ainda choram pelas vítimas não só incomodadas ao pecar, mas incomodadas em querer fazer os outros (até crianças) pecarem! Bem que minha falecida mãe me advertia que quem vai para o inferno nunca quer ir sozinho. Sempre lutam em ter companhia na escuridão, até para se auto-justificarem. O homem que odeia a Vontade de Deus luta dia e noite para se auto-justificar e fugir do alarme da culpa. Talvez, por isso, chorem e também por isso se sintam eternas vítimas. Eu estudo profundamente o comunismo desde 1983 e posso dizer que no céu, muito provavelmente, o comunismo não passe da sua associação ou filiação ao poder de cizânia de Satanás. O comunismo deturpa tudo e prepara cápsulas para aprisionar o raciocínio em chavões de modo que o incauto e inculto que não tenha o horizonte a partir da Revelação de Deus, estaciona sua parca consciência ali e acredita ter encontrado a justiça e a caridade. São mestres da prisão para as consciências e ainda reinventam a liberdade de consciência como se esta não tivesse de ser formada ou como se fosse formada a partir dos instintos animais ou carnais. Fujam deles! São tão insidiosos como Satanás! Deveriam estar chorando pelas almas que ajudam a ir para o inferno! Vejam que não demonstram a mínima preocupação ou ética quanto a isso, mesmo quando citam Cristo, o papa ou algo católico. A você que se deixou levar pelo comunismo, advirto agora, porque só posso fazer isso antes de eu morrer ou de você morrer: analise o comunismo do ponto de vista do seu destino particular e do julgamento individual de sua alma. Veja se alguma vez se preocuparam com sua alma. Se lhe disseram para cuidar de sua alma porque ela é só sua para dá-la a Deus e porque só você pode fazer isso. Se já lhe disseram algo sobre o que vem depois da morte, mesmo negando tudo, porém, se lhe lembraram que a morte será só sua e que não lhe poderão ajudar em nada na hora da sua morte, a não ser fazer do seu velório uma festinha, onde contarão piadas e lhe esquecerão no dia seguinte. E acorde enquanto há tempo!

  16. No processo movido pelo núcleo das mulheres do PT contra o Deputado Henrique Afonso por ser contrário ao aborto, uma das testemunhas arroladas foi exatamente o Deputado médico ROSINHA.Quando da votação do PL 1135-91 da legalização do aborto o Dr Rosinha foi um dos maiores defensores e retirou-se do plenário na hora da votação.

  17. O Rosinha só frequentou catequese vermelha da CNBB: marxismo, “Cristo revolucionário” do Boff, TL, técnicas de invasão de terra e de guerrilha, cartilhas das CEBs, adoração ao “Santíssimo” D. Hélder Câmara, livre exame da Bíblia, Via Sacra dos Oprimidos ou da Mulher (feminismo), veneração do “Santo” Fidel Castro, etc.

  18. Que bela pintura essa do post. Será que esse foi o gesto mais contundente de Jesus nos evangelhos?

  19. O lobo querendo ensinar como as ovelhas devem se portar…

    Salve Maria.

Trackbacks