Com a presença de Bento XVI, Papa Francisco nomeia 19 novos cardeais.

O Globo, com Reuters e Rádio Vaticano – RIO e ROMA (Itália) — Com a presença do Papa emérito, Bento XVI, o Papa Francisco realizou, na Basílica de São Pedro, no Vaticano, o primeiro consistório de seu pontificado na manhã deste sábado. A cerimônia, que começou às 11h (7h, no horário de Brasília), consistiu na nomeação dos novos 19 cardeais da Igreja Católica, entre eles, o arcebispo do Rio, dom Orani Tempesta, que recebeu o barrete e o anel cardinalícios das mãos de Francisco, já vestido com a nova batina. O anúncio de que dom Orani, principal organizador da Jornada Mundial da Juventude, seria um dos novos cardeais foi feito pelo Papa durante a oração do Ângelus em 12 de janeiro.

A presença do Papa emérito na celebração não era esperada e foi uma surpresa. Foi a primeira vez que ele apareceu em um evento público desde que renunciou em fevereiro de 2013. Além de Bento XVI, estava presente também a presidente Dilma Rousseff, vestida de preto e sentada na primeira fileira dos convidados. Nesta sexta-feira, ela, foi recebida por Francisco e o convidou a assistir aos jogos da Argentina na Copa.

Além do Brasil, países como Itália, Alemanha, Reino Unido, Nicarágua, Canadá, Costa do Marfim, Argentina, Coreia do Sul, Chile, Burkina Faso, Filipinas, Haiti, Espanha e Santa Lúcia passam a ter representantes entre os cardeais. Dos 19 anunciados, 16 têm menos de 80 anos e poderão votar no Conclave que elegerá o sucessor do atual Papa.Com os novos purpurados o Colégio Cardinalício passa a ter 218 cardeais vindos de 68 países.

A cerimônia deste sábado foi marcada por cânticos e orações, na melhor tradição da Igreja. Na homilia, o Papa Francisco comentou o Evangelho de Marcos, sublinhando duas afirmações do texto: “Jesus caminhava à frente deles” e “Jesus chamou-os”. Após a homilia e o profundo silêncio de recolhimento que se lhe seguiu, o Papa Francisco procedeu à leitura da fórmula de criação e proclamou solenemente os nomes dos novos cardeais, para os unir com “um vínculo mais estreito à Sé de Pedro”.

Logo depois, seguiu-se a profissão de fé e o juramento dos novos cardeais, de fidelidade e obediência a Francisco e seus sucessores, “agora e para sempre”. Um a um ajoelharam-se aos pés do Papa, para dele receberem o barrete cardinalício, imposto “como sinal da dignidade do cardinalato”, significando que todos devem estar prontos a comportar-se “com fortaleza, até à efusão do sangue”, como refere-se o ritual. O Papa, então, entregou aos novos cardeais o respectivo anel, para que se “reforce o amor pela Igreja”. Foi atribuído a cada cardeal uma igreja de Roma, simbolizando a “participação na solicitude pastoral do Papa” na cidade. Cada um recebeu ainda a bula de criação cardinalícia, momento selado por um abraço de paz.

Além do anel, do barrete e da nova batina, dom Orani e os novos cardeais já haviam recebido, na quinta-feira, uma nova cruz. Durante a cerimônia na Basílica de São Pedro, os cardeais vestiram uma espécie de capa por cima da batina, de cor púrpura. A cor representa o martírio pelo sangue — pois, como cardeais, eles estão agora mais próximos do papa. Nesta sexta, perguntado pelo GLOBO se sentia o peso de ser cardeal, dom Orani disse:

— É o peso da responsabilidade, porque é um grupo de 120 cardeais do mundo inteiro (reunidos agora em Roma). Estamos perto do Santo Padre e sabemos que o papa não só tem a responsabilidade na Igreja Católica como é líder mundial também nas questões de paz, fome, justiça, refugiados. Peço a Deus que me ajude para poder exercer bem essa missão.

12 Comentários to “Com a presença de Bento XVI, Papa Francisco nomeia 19 novos cardeais.”

  1. Pergunta boba:

    Não avisaram o papa que o campo sem “aba” do barrete fica pro lado esquerdo?

    Abraços!

  2. Hoje cedo escutei na programação da “Band News FM” que o novo cardeal Tempesta vai liderar um bloco de carnaval “cristão” aqui no Rio de Janeiro. Uma idiota membro da organização dessa folia dizia em entrevista que essa “folia de cristo” (O “folia de cristo” é por minha conta mas é assim que muitos se referem a esse evento profano.) “…é bem diferente porque ninguém fica o tempo todo rezando numa igreja nem ouvindo palestras” Espero que o novo purpurado ao liderar esse bloco de carnaval vá de roupa civil como o faz sempre. É perigoso confundir “Púrpura” com “fantasia de Momo”.

  3. “Naquele tempo, respondendo Jesus, disse: Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, que ocultaste estas coisas aos sábios e entendidos, e as revelaste aos pequeninos” (Mateus 11:25)

    Realmente, Sua Santidade o papa emérito Bento XVI surpreende novamente a todos, a exemplo do Espírito Santo que conduz a Igreja e sopra “onde quer”. O inferno deve estar tremendo de medo!
    Quando todos pensavam que ele já se encontrava “morto” para o mundo, eis que ele ressurge das “cinzas” e é aclamado, por todos os presentes, com uma salva de palmas (de pé).

    Decididamente, sua missão não está concluída. Valeria muito a leitura de sua trilogia sobre JESUS DE NAZARÉ. É o que estou fazendo. O capítulo 2, do 2º volume, “O Discurso escatológico de Jesus”, de modo especial a parte 1. O Fim do Templo, é de grande atualidade. Bento XVI parece falar do que está acontecendo (e do que está para acontecer) nos dias de hoje, a partir do que ocorreu com o Templo de Jerusalém, antes de sua destruição para posterior purificação. Vale a pena ler atentamente este capítulo.

    A propósito, segundo o maior exorcista vivo do mundo, Pe. Gabriele Amorth, “Satanás teme muitíssimo Bento XVI. Suas missas, suas bênçãos, suas palavras são como poderosos exorcismos. Todo o seu pontificado é um grande exorcismo contra Satanás. A maneira como Bento XVI vive a liturgia. Seu respeito às regras. Seu rigor. Sua postura. Tudo é extremamente eficaz contra o demÔnio. A liturgia celebrada pelo Pontífice é poderosa. Satanás é ferido cada vez que o Papa celebra a eucaristia” (livro: o último exorcista, minha batalha contra satanás, pg.179).

    Bento XVI é um profeta, ao revelar:
    – “Os ataques ao papa e à Igreja não vêm só de fora, os sofrimentos da Igreja vêm do seu próprio interior, do pecado que existe na Igreja”, declarou no avião que o transportava até Portugal (2010).

    Bento XVI, na homilia em Fátima (13/05/2010), disse:
    – Maria escolheu (este lugar) para nos falar nos tempos modernos;
    – Iludir-se-ia quem pensasse que a missão profética de Fátima esteja concluída;
    – Possam os sete anos (2017) que nos separam do centenário das Aparições apressar o anunciado triunfo do Coração Imaculado de Maria para glória da Santíssima.

    Sugiro, por fim, que todos atendam o pedido de Joseph Alois Ratzinger no seu discurso de posse como papa Bento XVI:
    “Ore por mim, para que eu não fuja dos lobos”

  4. Alguém pode me explicar a ausência dos patriarcas de Veneza e Lisboa na lista dos novos cardeais? Após a nomeação como patriarcas, não são eles os primeiros a serem elevados a cardeais no consistório posterior a nomeação?

    • No caso de Lisboa, penso que enquanto o Patriarca Emérito, D. José Policarpo se encontrar entre os cardeais eleitores não será criado cardeal D. Manuel Clemente…

    • G. Costa
      Não esqueça que Costumes Antigos e Tradição nesse papado é proibido até se falar e muito menos segui-los.

    • G. Costa , nesse consistório não foi levado em consideração como critério de nomeação os arcebispos de Sedes Cardinalícias. Foi ordem do Papa Francisco. Isso foi ate divulgado em jornais católicos da Itália.

  5. Lembro-me da Idade das Trevas que a o continente europeu submeteu-se na Idade Média, e acredito que não estamos muito distantes disto nesta era. Só o fato da nossa ‘ilustríssima presidente’ estar tão alegre já me dá uma queimação no estômago. Sinceramente, eu queria que isso passasse como flash sob meus olhos, mostrando a década de 2020 até a década de 2080, onde eu, idoso, como nosso Santíssimo Bento XVI pude-se dizer: Obrigado, Pai, já passei por tudo isto, finalmente.

    Quem viver, verá. Eu digo ainda que, é muito conturbado você se preparar para ver o que você já sabe que verá. Até lá, eu espero firmemente que os apóstolos dos últimos tempos sejam mais acessíveis.

    Monsenhor Marini, escreva o que puder por favor. A Basílica de Aparecida um dia vai ler a agradecer.

    Deus seja louvado.

  6. E, hoje, dia 22/fev/2014, por coincidência ou “teocidência”, a Igreja católica comemora a Cátedra de São Pedro.

  7. Caro Alexandre, desde quando a Idade Média foi a Idade das Trevas?

    Reveja suas informações.Idade das Trevas é essa em que vivemos.A Idade Média foi a Idade de Ouro,isso sim!

    • A Idade Média não foi a Idade das Trevas, a Idade das Trevas foi um período da Idade Média, onde a sociedade deu uma obscurecida intelectualmente, também diz do tempo marcado pelos escândalos papais.

      Reveja você, as suas informações.

  8. Esperava que Dom Walmor estivesse lá.