Inacreditável – a única maneira do moribundo Mario Palmaro conseguir uma Missa de Réquiem no Rito Tradicional: pedir autorização do município para que o pároco envergonhado a “permitisse”.

Por Rorate-Caeli | Tradução: Teresa Maria Freixinho – Fratres in Unum.com – O ódio atroz pela Missa Tradicional continua mesmo após a morte – em janeiro, nosso colaborador Joseph Shaw apresentou o guia da Latin Mass Society sobre a maneira de garantir que a sua própria Missa de Réquiem seja celebrada de acordo com o Rito Romano Tradicional (pelo menos, em algumas jurisdições, veja aqui: Um Guia Prático para conseguir uma Missa de Réquiem no Rito Tradicional). 

Agora, habituado como estava ao ódio diabólico pela Missa em Latim, o finado Mario Palmaro (requiescat in pace) concebeu, durante vários meses de sofrimento e dores excruciantes causadas pela doença que o levou à morte, uma outra maneira de garantir que o pároco da catedral de sua cidade, Monza, “permitisse” que a sua Missa de réquiem fosse celebrada no Rito Romano Tradicional na Duomo:

“Mario Palmaro deixa esposa e quatro filhos jovens, assim, a fim de ter um funeral católico, ele teve que recorrer a um tipo de estratagema: enquanto ainda estava vivo, pediu ao pároco (arcipreste) da catedral de Monza que a Santa Missa Católica [Vetus Ordo] fosse celebrada em sua morte: o padre respondeu – ‘de maneira alguma.’ Porém, Mario ameaçou pedir ao Prefeito, caso o funeral fosse recusado na Igreja, que ela fosse celebrada por um padre católico (fiel ao Vetus Ordo) na praça [fora da catedral]. Assim, diante de algo que poderia ter se tornado um escândalo vergonhoso, o pároco permitiu que a Missa de Sempre fosse celebrada dentro da Catedral na presença de uma multidão profundamente comovida.” [Riscossa Cristiana, em italiano]

Um grande amigo do Rorate esteve presente na Duomo, e ele nos conta que mais de mil fiéis compareceram à Missa de Réquiem. Palmaro agiu com base em sua experiência: um dos primeiros artigos que publicamos em tradução aqui por Mario Palmaro e Alessandro Gnocchi foi sobre a recusa da Missa de Réquiem no Rito Tradicional para o próprio pai de Alessandro Gnocchi (Outra Misa de Réquiem no Rito tradicional negada por uma diocese, 11 de novembro de 2011).

29 Comentários to “Inacreditável – a única maneira do moribundo Mario Palmaro conseguir uma Missa de Réquiem no Rito Tradicional: pedir autorização do município para que o pároco envergonhado a “permitisse”.”

  1. O tal arcipreste estava possuído da mais imunda horda de demônios. Como pode se sentir do direito de proibir que a santa Missa seja Celebrada ? Nem o próprio pontífice romano tem poder para tal. Ainda mais se tratando de um funeral, foi tão indigno a ponto de negar uma Missa a um homem prestes a morrer. É simplesmente vergonhoso de embrulhar o estômago. Enquanto isso, sua santidade se preocupa mais em agradar comunistas TL, protestantes, judeus e até mesmo pagãos.

  2. Terrificante. Tanto o mais para nós, que nos rincões brasileiros peregriamos, sabendo que milhas e milhas separam-nos da Eucaristia própria e dignamente ministrada, isto é, de mãos ordenadas que recordem ainda o rito perene tão familiar aos santos e querido pelos anjos. O ódio de certos partidos aos gestos que Papa Pio codificou assombra: fúria contra árvore tão frutífera só se explica por inspiração do príncipe da destruição.

  3. São os efeitos da misericórdia bergoliana aplicada às “periferias” …

  4. Se você pede uma Missa São Pio V, mesmo um condenado a morte teria direito a um ultimo pedido, a resposta é de maneira nenhuma e os padres modernistas ficam irritadíssimos, como o meu bispo:

    http://fratresinunum.com/2012/04/04/um-bispo-acolhedor-e-inclusivo-espiritas-sim-catolicos-nao

    Agora o comunista Pedro Stédile vai a Roma com dinheiro pago pelo otários católicos para pregar o fim da propriedade privada e clero modernista nada fazem, mas se irrita com um pedido de um fiel por uma missa são pio v.

    Então a conclusão é: essa Missa São Pio V deve atrapalhar e muito o plano das forças infernais e a reciproca é verdadeira, que a missa nova ou do papa paulo VI tem muito pouco ou nada a favor de Cristo e Seu Reino.

  5. “E o que você acha que o Vaticano vai achar de sua participação no ‘The Voice’?”
    “Com muito bom humor a Ir. Cristina disse: “Eu acho que receberei uma ligação do Papa Francisco! Ele mesmo tem-nos convocado a sair das igrejas e dos conventos para evangelizar…”

    http://www.acidigital.com/noticia.php?id=26868

    Para ver a apresentação de Suor Cristina no The Voice Italy 2, confira o vídeo:

    É cantando música mundana em um programa mundano que vai evangelizar alguém?

    • Torres, custo a acreditar, isso é montagem. Seja sério. Por favor.

    • Agora, depois de saber que essas moças são atrizes, falando sério, elas não podem brincar com hábitos católicos. É sacrilégio!

    • Alguém foi evangelizado aí? Ela disse alguma palavra no Santíssimo nome de Nosso Senhor…ela pregou o evangelho? infelizmente não traduzo o italiano e não peguei nada, alguém pode me dizer…

    • Robert,

      basta clicar o link que o Torres disponibilizou como fonte, lá, no acidigital, tem a conversa entre a pretensa freira – que inclusive disse que fez o noviciado no Brasil. Será conspiração contra nosso país? Ou aqui isso é muito comum? – e os jurados.

      ver o link: http://www.acidigital.com/noticia.php?id=26868

      aproveite e salve, acho que não vai ficar disponível muito tempo(no final da entrevista tem o link do youtube onde se assiste ao vídeo).

  6. No reino do Papa Francisco, a missa de São Pio V é inaceitável. Vá odiar assim as coisas de Deus lá no reino de eterno fogo.

  7. O vídeo dessa galinha de hábito cacarejando é real ou é uma brincadeira de mau gosto?
    Observaram que a diaba usa um anel que os estercos da tl usam???
    Depois daí, será que essas galinhas foram pra onde comemorarem com seus galos???

    ETA NOVA EVANGELIZAÇÃO…………

    • Caro Marcelo,
      seu comentário foi um pouco pesado. Não se deve desrespeitar desta forma, pois apesar de tudo, ela é uma consagrada. Rezar por esta religiosa e pedir sua conversão é um ato de caridade que devemos fazer. Não somente por ela, mas por todo o clero. Suplicando a conversão e santificação.
      A intenção de ter postado o vídeo é para ver o quanto é triste e está sendo muito triste ver que consagrados que deveriam estar se dedicando a vida de oração, salvação das almas… sendo testemunhas vivas do Santo Evangelho e imitadores de Nosso Senhor Jesus Cristo estão cada vez mais sendo seduzidos por Satanás e se deixando levar por coisas mundanas. Percebemos cada vez mais a crise espiritual e profunda que vem se espalhando dentro dos conventos… e também dos seminários. Além disso, percebe-se a forma distorcida de como estão entendendo esta “nova forma de evangelização” que o Papa Francisco sugere: de sair das igrejas e conventos para evangelizar. O que torna mais perplexa a situação é a cegueira espiritual da religiosa: querer evangelizar cantando música mundana, sua expressão corporal ao cantar… que testemunho de santidade pode haver aí? Quantos podem vir a perde a fé, pois se escandalizam ao ver tal acontecimento. Outros dizem: “se uma freira, padre… pode isso e aquilo por que eu também não posso?” São coisas para pensar e que mostram o quanto sacerdotes, religiosos, religiosas… necessitam de muitas orações.

    • Torres,

      Não entendo, se ela é consagrada não precisa de conversão como quer o senhor. Pelo que sei, quem consagra galinhas ao demonio são os macumbeiros.

  8. Será q o mundo precisa da evangelização segundo o “marcelo”, dizendo coisas como “Depois daí, será que essas galinhas foram pra onde comemorarem com seus galos???”
    Como seria a sua evangelização, nobre colega?
    Fiquei curioso…

  9. Deixem a carijó em paz… quer dizer, a freira…e nos preocupemos com o fato gravíssimo dos modernistas em nossas igrejas proibirem a missa de sempre.

  10. Há muito tempo que observo certas…..”freiras” e “irmãs” em Salao de Beleza fazendo as unhas, o cabelo, cantando musicas modernosas….ou seja um comportamento um pouco mundano…..Sei lá!
    Acho estranho….”étrange”….Dommage!…….????????????????????????????….!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    MARANATHA!

  11. PEDRO HENRIQUE!!!!

    “Carijó”????…..he..he..he..he..he..he…rs..rs..rs..!!!!!!!!

    Acho que exageras……De qualquer forma é uma Consagrada de DEUS!!!……….. Nós temos que respeitar,mesmo se considerarmos o seu (dela!) comportamento fútil….mundano…..INCOMPATIVEL com a Consagração que ela, livremente fez!!!!

    Ela, coitadinha…….ainda não entendeu o sentido do SAGRADO, e nem do CONSAGRADO (=separado,…..para DEUS!!! ) !!!!! NÂO ENTEDEU!!!!!

    É digna de pena! ……e, de orações, para que coloque JESUS em primeiro lugar, na sua vida!!!! e,largue de mundanidades, de vaidades bobas!!! COITADA!

    DEUS a ilumine!!! Amém e,……perdoe toda a sua Ordem! Amém!

    SANTA TERESA D’AVILA e SAINTE TÉRÈSE DE LISIEUX….rogai por nós e por essa…”freira”!!! Amém!

  12. Cada vez que leio compirtamentos estranhos, como sendo praticado por religiosos….verifico quão DIFICIL é o CRISTIASNISMO!!! como não é nada fácil, na prática….!!!

    TERRIVEL! Como, um SACERDOTE pode impedir a realização de uma SANTA MISSA no RITO TRADICIONAL????????????????????..!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Ghandi tinha razão……em sua famosa frase sobre os…..”cristãos”…….CRUZES!

    MARANATHA! MARANATHA, GESÙ,AMORE mio!!!! presto!!!

  13. Nunca se falou tanto em evangelização como hoje e o povo nunca foi tão desevangelizado como nos tempos atuais. No Brasil, tambem, nós temos freiras cantoras, padres cantores e dizem que com isso estão evangelizando e o povo não sabe nada de evangelho, nem de doutrina.

  14. Nobre colega, a minha não, a da Igreja, é a EVANGELIZAÇÃO que sempre foi feita, segundo o Magistério 2 vezes milenar que temos, sem galinhas estrebuchando e rebolando e caquerejando e tucunzadas, como se tivessem colocado ovos…
    Tentar, com a graça de Deus, viver a doutrina da Igreja e passar o que ela diz, não o que penso ou acho, nem do modo que acho que é melhor, mas o que A IGREJA DIZ…
    A Santa Igreja tem 2 mil anos, eu tenho algumas décadas, quem sou para ridicularizá-la ou contestá-la seja com meus atos ou minhas palavras???
    Nobre frater, procure saber um pouquinho mais da “evangelização” que essa tchurminha recebe e é convidada a fazer na dona CRB nos famosos cursos pra candidatas(os), novinter, postulinter, diabinter, etc….

    Caro frater Pedro Henrique, gostei de seu convite: “Deixem a carijó em paz(rsssss)… quer dizer, a freira…e nos preocupemos com o fato gravíssimo dos modernistas em nossas igrejas proibirem a missa de sempre.”

    Só acrescento, não só a Missa tridentina, mas também a de Paulo VI, que rarissimamente é celebrada de acordo com as rubricas do “novus ordus”.

  15. Como sair na rua para evangelizar? Ele não disse ao Scalffaro que o proselitismo “é mais solene estupidez”? Ele deve estar mandando o pessoal sair da igreja e ir para rua para fazer o que o Stédile anda fazendo. Isto é, agitação comunista por meio da esquerda católica.
    Veja que sobre a Ucrânia a misericórdia bergogliana não se faz notar. Aliás, o negociador americano, Kerry, é abortista e elemento da esquerda católica. Daí os americanos, tb com Obama, não fazer nada para socorrer a católica, em grande maioria, Ucrânia. E o Bergóglio chamou o primaz da Ucrania para uma conversa em Roma. Rezemos pois pode ser ordem que ele vai dar ao episcopado ucraniano para a capitulação ao comunismo.
    Podemos esperar de tudo, mas de tudo mesmo, menos simpatia com a vetus ordo e os tradicionalistas.

  16. Mário Palmaro viveu seus últimos dias nesse mundo acompanhando Nosso Senhor Jesus Cristo na Via Sacra. Sofreu a perseguição, o abandono, foi rejeitado pela Rádio Maria, padeceu dores insuportáveis pra completar em seu corpo o que faltou à paixão de Cristo e se não fosse por sua amizade com um homem do povo, um novo “Nicodemos” prefeito de Monza, que já havia dado permissão para que seu funeral fosse realizado em praça pública, os verdugos infiltrados na Igreja que ele tanto amou e defendeu, teriam lhe negado até seu último desejo que foi a Missa Tradicional. Quiseram oferecer-lhe vinagre ao invés da água pura que jorrou do lado esquerdo de Cristo no verdadeiro Sacrifício. Mas eu tenho certeza que Nossa Senhora o acompanhou até o último momento e todos os rosários em sua intenção não foram em vão.
    Só Deus sabe o porque de tudo isso. O mundo precisa de novos mártires pra que de seu sacrifício e exemplo brote uma nova geração de verdadeiros Cristãos, porque o que a gente vê agora é essa ignomínia fantasiada de hábito religioso.
    Esse vídeo aí acima é um exemplo. Elas começam assim, pra mais tarde se entrincheirar entre os piores inimigos da Igreja.
    Jeanne Cordova, que foi freira do Instituto do Imaculado Coração em Los Angeles durante os anos 60, conta como acabou bandonando a Ordem Religiosa pra se transformar numa ativista do Movimento homossexual. Ela relata suas experiências sob o patrocínio da cultura do apetite, num livro entitulado “Chutando o Hábito- As Freiras Lésbicas”.:

    Sua revolta ainda é palpável depois de 20 anos do acontecido:

    ” Eles me prometeram vestes monásticas, gloriosa liturgia tradicional em latim, a proteção dos três votos sagrados, a paz dos santos em uma cela tranquila e a irmandade de uma família religiosa santa. Mas eu estava entrando pra vida religiosa no mesmo ano que João XXIII estava partindo: 1966. Os padres da Santa Igreja Católica e Apostólica estavam sentados no Concílio Vaticano II destruindo em nome da MUDANÇA, todos os meus sonhos: “ deletem o ritual em latim, tirem o hábito, às favas com a obediência, enviem padres e freiras para o mundo REAL”. Se eu quisesse mesmo o mundo REAL, teria permanecido nele. Não precisaria ter entrado pra uma ordem religiosa para isso”.

    Como parte de sua entrada para o “mundo real”, Irmã Córdova foi matriculada no Colégio do Imaculado Coração que era a escola principal da Ordem. Ali ela foi submetida ao Projeto de Educação inovada que era um programa de “treinamento de sensibilidade” que os próprios professores já haviam tomado em primeira mão.
    Jeanne Cordova relata que em seu entusiasmo pelos grupos de encontro de Carl Rogers, as irmãs mais velhas pareciam não se dar por conta de que toda aquela experiência era extremamente desconfortável e constrangedora para noviças como ela.
    Ela assim relata: “muitas vezes eu ouvi colegas dizendo que elas tinham sido forçadas a dizer coisas que elas não queriam dizer […]. Uma outra noviça disse ter se sentido completamente perdida nesses encontros: “Eu senti que perdi algo nesses encontros do grupo, me sentia nua, era como se todos soubessem tudo a meu respeito”.
    Não demorou muito pra que as freiras começassem a se sentir nuas, principalmente como resultado de terem perdido o auto-controle em nome de uma abertura bem no estilo californiano. Algumas já estavam mesmo tirando a roupa e praticando sexo umas com as outras.
    Ao invés de fazerem uma leitura atenta dos livros de Roger, analisando criticamente aquelas passagens que revelam como “encontros de grupo frequentemente geram sentimentos com componentes sexuais” e assim tomar precauções pra que esses encontros fossem feitos de acordo com o voto de castidade, as freiras do Instituto do Imaculado Coração, em nome da “abertura e inovação”, decidiram aprender por elas mesmas lições sobre paixões humanas, na dura escola da experiência.
    Em nome da abertura, a ascese desapareceu da vida do convento. Irmã Cordova parou de frequenter a missa das 6.30 da manhã porque isso já não era mais obrigatório.
    Na medida em que a prática religiosa foi se evaporando de suas vidas, as freiras começaram a buscar umas às outras para consolo mútuo. Amizades íntimas floresceram e na atmosfera permissiva daqueles tempos, algumas dessas amizades inevitavelmente se transformaram em sexuais. É claro que a vida no convento havia se tornado caótica e mesquinha.
    Por volta da primavera de 1967, Irmã Córdova relata que a maioria das freiras já não frequentavam mais a missa.
    Era o início de um tempo de muitas amizades íntimas, de toda uma subcultura de “dentro do grupo e fora do grupo”[…]. Ser uma jovem postulante solitária num mundo sem amigos era considerado um ultraje absurdo.

    “Eu perdi o amor por Jesus e pelo Instituto do Imaculado Coração que havia traído e zombado da minha inocência. Eu estava afundando num pântano de sonhos desfeitos. Tudo que eu sempre quis foi ser freira. Agora eu era e podia dizer que era um inferno”. […]

    Na atmosfera sufocante do Convento Católico modernista, Irmã Cordova foi buscar consolo em uma outra freira. Ambas amarguradas e extremamente sexualizadas por seus experimentos no convento, acabaram se convertendo em lésbicas e ativistas homossexuais com o mesmo fervor que diziam ter antes pela Igreja pré-conciliar:

    “Eu transformei toda a minha revolta em amor pelos gays e por qualquer grupo oprimido. Minha amargura exige que o mundo heterosexual passe a aceitar nossos direitos. Eu aprendi que a minha raiva me leva onde outros tem medo de ir e o meu ultraje é algo bom aos olhos de qualquer Poder Superior que ama a justiça e ainda que eu esteja equivocada, a raiva serve pra nos proteger”. […]

  17. Correção: A água pura que jorrou do lado DIREITO de Cristo: Este texto, seja em português, latim ou qualquer outro idioma, é utilizado durante o Tempo Pascal:

    Vidi aquam egredientem de templo, a latere dextro, alleluia: et omnes, ad quos pervenit aqua ista, salvi facti sunt, et dicent, alleluia, alleluia.

    Em português, segundo o Missal:

    Eu vi água jorrando do templo pelo lado direito, alleluia; todos aqueles que a água tocava obtinham a salvação e exclamavam: alleluia.

  18. Cristo libertador, libertai esse padre pra viver o amô!

  19. Evangelização para essa gente (os progressistas católicos) é doutrina ESMIGALHADA, destruída e despojada do verdadeiro sentido do dogma católico. Quantas vezes nesse último ano não se fez referências negativas aos ‘católicos do denzinger’, como se o desejo de conhecer a doutrina da Igreja com precisão fosse algo negativo? Quantas vezes se condenou um tal proselitismo, como se fosse pecado transmitir a genuína doutrina da Igreja e informar que se não se converterem e fizerem penitência serão condenados eternamente? Evangelização para essa gente é feita de forma bem genérica para acomodar a todos os que se dizem cristãos. Não se prega mais a doutrina da Igreja em sua integridade, mas sim o ‘amor de Deus’, sua misericórdia, a Jesus Cristo… até aí tudo bem, mas tudo isso é transmitido de maneira falsificada, de modo a ocultar o restante da doutrina para acomodar a todos numa pseudo-religião-modernistóide…

    O único e verdadeiro Deus não seria mais a Santíssima Trindade e seu único Filho, Jesus Cristo. Afinal de contas, católicos e muçulmanos adoram o mesmo Deus.

    Jesus Cristo não seria mais o único Senhor, cuja aceitação ou recusa definiria nosso destino eterno, através da Nova Aliança, que foi seu sangue derramado na cruz pelos nossos pecados. Afinal de contas, “um olhar muito especial é dirigido ao povo judeu, cuja Aliança com Deus nunca foi revogada” e também: “Juntamente com eles, acreditamos no único Deus que actua na história, e acolhemos, com eles, a Palavra revelada comum.” Quem disse essas coisas? Adivinhou quem pensou no humilde Francisco. Para o iluminado, católicos e judeus acolhem a palavra revelada comum. Não ha como não retirar daí a seguinte conclusão: ou os judeus passaram a acreditar no novo testamento ou Bergoglio só considera como revelado o antigo testamento. Mas nem isso, pode-se falar que os judeus creem de forma correta o que foi revelado, pois eles interpretam de maneira completa equivocadas as passagens referente ao Messias.

    E a Igreja Católica não seria mais a única e verdadeira Igreja instituída por Nosso Senhor para perpetuar a sua obra, onde todos seriam obrigados a se converter a ela. Afinal de contos, como ensinou o nosso (deles, modernistas) muro de Berlim “por isso, as Igrejas (19) e Comunidades separadas, embora creiamos que tenham defeitos, de forma alguma estão despojadas de sentido e de significação no mistério da salvação. Pois o Espírito de Cristo não recusa servir-se delas como de meios de salvação cuja virtude deriva da própria plenitude de graça e verdade confiada à Igreja católica.”

    Que coisa… o protestantismo não seria mais seitas heréticas e falsificadores do evangelho. Seria uma espécie de uma outra forma de religião cristã, embora com defeitos e desprovidos da plenitude de graça e verdade confiada à igreja católica, mas ainda assim essas seitas não “estão despojadas de sentido e de significação no mistério da salvação. Pois o Espírito de Cristo não recusa servir-se delas como de meios de salvação”

    Eis a evangelização para essa gente. Incapazes que são de confessar os principais dogmas de nossa Santa Religião. Daí que não há surpresa alguma que uma freira deixe de agir como tal para agir como uma carijó cacarejante num programa televisivo. Daí podemos também ver o porque dos modernistas tratarem o rito da Missa da forma como eles tratam. Simplesmente não acreditam.

  20. Quem quiser mais informações:

    http://www.elmundo.es/television/2014/03/20/532b2bf3ca47411c288b4581.html?cid=SIN12201

    A parte final da matéria:

    Finalmente Scuccia se decantó por el del rapero italiano J-Ax, “por ser el primero que se dio la vuelta”.

    “Tú y yo somos imbatibles. ¿Sabes por qué? Somos el diablo y el agua bendita. ¡Ven conmigo!”, fue el mensaje de J-Ax para su nueva compañera de concurso.

  21. Quando nos bons tempos do clero santo, havia muito – paradoxo, pois para Virgem Santíssima nunca é muito – de devoção a Santíssima Virgem Maria, assim, invocada na ladainha, Porta do Céu, a Santa Igreja, única de Deus, revela que Nossa Senhora é imprescindível para a salvação.

    Ensina-nos os santos místicos que a devoção ao Santo Rosário – entre tantos outros benefícios que nos são concedidos – era como batidas na Porta do Céu, decorre, daí, que Ela está, e é obvio, o Sagrado Magistério ensina-nos isso, acima de todos os santos – é Rainha – portanto muito mais que São Pedro.

    Fazendo o parâmetro entre a Porta do Céu, que é a Virgem Santíssima, e das Chaves do Céu entregues a São Pedro, dizem os santos místicos que se São Pedro impedisse alguém de entrar no céu, Nossa Senhora às abririam. Ou seja, a própria Porta se abre e Ela mesma é entrada para o céu.

    Do exemplo dos místicos, quão suma importância da devoção à Virgem Santíssima e ao Santo Rosário.

    Certa vez, nos tempos de hoje, Sua Santidade disse assim: Se São Pedro “fecha” as portas do Paraíso Maria as abre, diz o Papa às religiosas de clausura.[http://www.acidigital.com/noticia.php?id=25886]

    Doutra vez, Card. Maradiaga: “A Igreja do Papa Francisco tem as portas abertas para deixar entrar as pessoas e deixar sair o Evangelho”.[http://pt.radiovaticana.va/bra/articolo.asp?c=752831]

    Que gerou o polemico trocadilho dessa segunda: “deixar o evangelho sair, ou seja, na pratica perder a verdade de sempre e deixar o profano entrar”.

    Entretanto da primeira (“Se São Pedro “fecha” as portas do Paraíso Maria as abre às religiosas de clausura”) a irmã “cocoricó” entendeu direitinho: a Madre abriu as portas da clausura e ele foi, empolgada com a dica de Sua Santidade, correndo cantar no “céu the voice italia”.

    Questiona-se se é verdade que a irmã cocoricó não foi fazer a festa com os galos, sei lá, mas o LOBO fez!

    Bem o disse no comentário de marcelo:

    ETA NOVA EVANGELIZAÇÃO…………

    p.s. se alguém escrever na caixa de pesquisa do google the voice Itália vai ver logo nos primeiros resultados as noticias da participação da irmã cocoricó, inclusive matéria na revista época, quanta gente neste momento vai perder a fé, vivendo como bem quiser:

    INDIFERENÇA RELIGIOSA, este é o resultado do trabalho de um ano de Sua Santidade.

  22. errata:”…e ela foi, empolgada…”

  23. Meu DEUS!!!……confesso que eu ainda não tivera a “coragem” de assistir ao vídeo…porque Não gosto de ver minha IGREJA CATOLICA passando….vergonha!!!!……. mas, hoje criei,coragem, até mesmo, para treinar o meu iniciante ITALIANO……!!!!

    Nossa! Que horrível é essa…”freira”..!!!!.tão mal orientada….de uma ingenuidade tão boba….que dá pena!…….
    Siciliana!!! representa bem , com uma voz razoável….mas, como falou no “diavolo’!…..e, fez gesto SATANICO….. e, no final, …subiu nos braços do “jurado” mais charmoso!!!…

    A “jurada” lhe perguntou se ela era mesmo…”sorella”!!! Claro! NÂO acreditou no que via!
    Todos riam, mas se os observamos bem, estavam surpresos, porque não imaginavam uma freira assim….e, sei, que no fundo….bem no fundo de seus corações….a reprovavam….e a boba, ria..ria…à bandeiras soltas…..MUITO RISO…..POUCO SISO!!!! já dizia minha avó!

    REPUGNANTE! Essas “ursulinas”….são realmente….umas “amigas-ursas”!!! Que “papelão’!….

    Veredicto: COITADINHA! tão informal….que não tem Postura Religiosa! Uma v e r g o n h a!!!!
    Fico triste em ver a IGREJA CATOLICA ser exposta ao ridiculo, dessa forma….BASTA!
    JESUS! Tomara que já volte, para acertar os ponteiros….! É o jeito!………
    É o fim.

    Só DEUS pode consertar este mundo, do jeito , em que se encontra……!!!!!!!!!!!
    TERRIVEL! Ó coisa feia…o que vemos nesse vídeo! ……. Dá vontade de chorar de vergonha!