Papa Francisco recebeu Dom Fellay.

Rorate obteve a informação, e pode confirmar com exclusividade, que o bispo Bernard Fellay, Superior Geral da Fraternidade Sacerdotal São Pio X (Fraternité sacerdotale Saint Pie X – FSSPX / SSPX), foi recebido pelo Papa Francisco na Domus Sanctae Marthae em algum momento dos últimos meses. A fim de proteger as nossas fontes, não podemos detalhar a data e as pessoas envolvidas na reunião, mas só geralmente localizá-lo no tempo – e se o atual pontificado até agora pode ser dividido em duas partes, a reunião teve lugar na segunda delas.

Podemos ainda acrescentar, como parte desta informação exclusiva, que não foi um evento meramente fortuito – ou seja, muitos encontros não agendados com Sua Santidade têm ocorrido desde a sua eleição, precisamente porque sua estadia na Casa Santa Marta faz dele alguém muito mais acessível e disponível quando comparado com pontífices anteriores. Não, isso não foi absolutamente o caso: o papa foi prévia e devidamente informado e devidamente encontrou-se com Dom Fellay. A reunião foi aparentemente curta e cordial.

O Papa tem um verdadeiro interesse em resolver esta situação, parece ser este o entendimento de nossas fontes.

Fonte: Rorate Coeli – agradecimento ao leitor Alexandre pela tradução.

12 Comentários to “Papa Francisco recebeu Dom Fellay.”

  1. Esperando algum desmentido ou posicionamento oficial da FSSPX sobre o assunto.. sem mais!

  2. Primeira parte? Segunda parte? A mim parece uma só.

  3. Não acredito que Dom Fellay tenha se encontrado com o Papa Francisco, até porque Dom Fellay já declarou várias vêzes(inclusive em “posts” aqui no “fratres” que Francisco é modernista, o que é incontestável). E já que este Papa, além de midiático, adora o marketing, tal visita já teria sido divulgada.

  4. Espero mais informações acerca desse suposto acontecimento, mas acho improvável que uma visita de Dom Fellay ao Papa passasse despercebido em Roma tanto pela imprensa católica como pela laica.

    Ademais, a FSSPX não teria motivo para manter uma visita dessas em sigilo a não ser que fosse da vontade do Santo Padre.

  5. Das duas uma: ou esse diálogo é a Igreja, mãe e mestra, querendo a união dos seus filhos e assim, querer resolver essa situação da FSSPX ou é a mesma Igreja, fragilizada com o seu modernismo e seu calvário, agindo no desespero, querendo abafar a FSSPX.

    Deus o sabe.

  6. Gostaria de conhecer a opinião de da. Gercione Lima, sobre a presença, nesta mesma ocasião, dos dois Assistentes da FSSPX, Padres Nélu e Pgluger, membros da cúpula dirigente da Fraternidade, que assistiram a missa da manhã celebrada no rito ordinário na capela da Casa Santa Marta pelo Papa Francisco, sem chegarem a concelebrar, conforme informou a agência I.Media (http://www.imedia-info.org/). Os lefevristas assistem missa no chamado rito ordinário? Tal assistência em Santa Marta sinaliza birritualismo à vista? Mons. Lefebvre preconizou o birritualismo?

  7. Vale a Pena Ver de Novo: a novela “Roma x FSSPX” volta às telas dos nossos computadores.
    Culpa do marasmo e da calmaria em Roma?

  8. Existe audiências com o santo Padre que não são registrados a pedido do mesmo e o religioso convidado recebe a notificação que o encontro é de cunho secreto e quem é chamado não pode divulgar. Se for dessa maneira só saberemos quando não tiver mais graça e caduca o acontecimento.

  9. Sei lá, eu sempre fui um entusiasta de um acordo de reconciliação entre a Santa Sé e a FSPPX, mas depois do que aconteceu aos Franciscanos da Imaculada, tenho lá minhas dúvidas se seria conveniente hoje uma reconciliação.

  10. Salomão, nem uma coisa e nem outra. Não foi audiência. Depois vou traduzir uma Carta da SSPX esclarecendo certas “estratégias” e o histórico dessas conversações pra ver se as pessoas param de conjecturar e dizer tanta asneira sobre algo do qual não tem o menor conhecimento.

  11. Gercione, agradeço a resposta. Saiu um desmentido de dom Fellay sobre a assistencia de dois altos prelados da FSSPX à missa matinal na Casa Santa Marta. E com isto fica afastada a hipotese do birritualismo, que seria a dedução logica da noticia divulgada pela agencia romana I.Media. Fiquemos atentos. Orai e vigiai.