Foto da semana.

32e-pelerinage-de-la-chretiente_1625756

Peregrinação Notre-Dame de la Chrétienté de 2014: 10 mil peregrinos partem de Paris a Chartres. Para se reconciliar com Deus, fazer penitência e mudar de vida, não há lugar definido — pode ser no meio da rua mesmo.

14 Responses to “Foto da semana.”

  1. Não, não pode. Cade o confessionário de madeira ? Se não não tiver confessionário, como faz ? Onde já se viu. Confessar na rua. O padre vai olhar para minha cara. Isso é coisa da Igreja pós conciliar. Não pode.

  2. Chartres é um caminho para o Céu!

  3. Bendito seja Deus!

  4. O confessionário tem de ser de madeira? E se for de outro material? Se for só de madeira, que tipo de madeira? Pode ser envernizado, ou tem que ser em aspecto rústico? E a cortininha? Meu, você esqueceu de legislar sobre a cor da cortininha… Aproveite e sentencie se precisa de trilhos pra correr ou deve ser fixa.

  5. Eu fico lendo certos tipos de postagens e me admiro como a internet tem permitido a todo tipo de ignorante exercer seu direito de se fazer de ridículo!
    Um exemplo disso é quando alguém cita o Antigo Testamento como fonte da condenação moral do homossexualismo e o outro interlocutor ignorante logo sai com um contra-argumento citando aspectos da lei Civil ou da Lei Cerimonial que já não se aplicam à Nova Aliança.
    Os cegos sequer conseguem diferenciar a Lei Moral que representa a vontade de Deus para com o homem, que é aplicável em todas as épocas e que nunca foi abolida por Cristo, das leis religiosas e cerimoniais representadas pela legislação levítica do Antigo Testamento.
    Paralelamente, nos deparamos com o mesmo tipo de néscio na Igreja que não consegue distinguir entre situações ordinárias e extraordinárias. Toda igreja tem que ter um altar, uma tribuna ou púlpito, um confessionário.
    Se há uma tribuna, não justifica o celebrante ir para o meio da assembléia pra pregar. Se tem um confessionário, não justifica ele ficar cara a cara com o penitente numa atitude de bate-papo entre amigos, se tem um altar esse deveria ser usado para o Sacrifício e não uma mesa de refeições, se há um sacerdote não se justifica “ministros extraordinários da eucaristia”.
    No caso de peregrinações e caminhadas penitenciais estamos diante de uma situação extraordinária em que a confissão é feita pelo padre até enquanto se caminha, debaixo de chuva, debaixo de uma árvore ou até sentado no meio da rua como na foto postada.
    Por certo que pelo background histórico na foto, dá pra perceber que deveria haver muitas igrejas no trajeto, mas pra quem não sabe, em muitas delas é vedado o acesso de padres e fiéis da Tradição: “Sereis expulsos das sinagogas, e virá a hora em que todo aquele que vos matar, julgará estar prestando culto a Deus.(Jo 16,2)”.
    Digo isso de experiência própria porque já me confessei debaixo de um guarda-chuva, sob chuva torrencial enquanto a Catedral dos Mártires Canadenses ao lado estava vazia, mas não era permitido o acesso aos padres da SSPX para celebrações: só a anglicanos, judeus e protestantes
    Esses padres fazem malabarismos pra preservar a fé…até mesmo pregar de um púlpito que é a carroceira de um caminhão:

    http://sspx.org/en/media/photos/auriesville-pilgrimage-pics-4057

  6. Vinicios,
    tem que ser de madeira. Mogno ou jacarandá. Revestida acusticamente. Em estilo clássico. Nada muito modernista com as da JMJ, que por sinais eram horriveis e de péssimo gosto artístico. Pareciam uma coisa meio budista. Estranho.
    Não me confesso a 2 anos, pois ainda não achei na minha diocese ou em dioceses próximas um conferssionário pré conciliar…
    é tudo uma lástima…

  7. Dizem que é da autoria de Abraham Lincoln a frase: “É melhor calar-se e deixar que as pessoas pensem que você é um idiota do que falar e acabar com a dúvida”… Ou será que estamos diante de uma ironia? Bem, se não for o caso de uma ironia, é como dizem alguns: perdeu uma boa oportunidade de calar-se…

  8. “Não me confesso a 2 anos, pois ainda não achei na minha diocese ou em dioceses próximas um conferssionário pré conciliar…”

    Marcelo, vc não está agindo certo. Está falando sério ou é ironia?

  9. Faltou dar as medidas do móvel. Sem contar que você esqueceu o imprescindível: a cortininha (tecido, cor, trilhos).

    E só por curiosidade – não duvidando de sua capacidade legisladora universalizante – faltou um detalhe, embora de pouca importância: a fonte de suas afirmações.

  10. Quem não tiver pecados, que atire a primeira pedra. Imagem fantástica! Como o Espírito Santo é criativo para levar o povo de Deus de volta aos confessionários.
    Parabéns, pela divulgação dessa linda imagem de reconciliação.

Trackbacks