“O crucifixo é obrigatório”, diz o prefeito de Pádua.

Escolas e prédios públicos exibem símbolo doado pela cidade 

Por ANSA | Tradução: Teresa Maria Freixinho – Fratres in Unum.com- Pádua, 25 de junho – O prefeito de Pádua, no norte da Itália, declarou na quarta-feira que todos os prédios públicos devem exibir um crucifixo católico.

“Agora todo gabinete e toda escola receberão um belo crucifixo obrigatório doado pela cidade. Tirem as mãos do crucifixo ou vocês terão problemas”, escreveu o prefeito Massimo Bitonci, que pertence ao partido da Liga do Norte Anti-imigrantes, em sua página no Facebook.

Ele também postou uma foto sua em 2009, sentado enquanto distribuía crucifixos gratuitos na cidade vizinha de Abano Terme, onde uma escola pública removeu um crucifixo a pedido da família de um aluno.

Enquanto a Constituição de 1948 diz que a Itália é um Estado secular e que todas as religiões são iguais perante a lei, o governo nunca ab-rogou explicitamente os decretos que tornam os crucifixos obrigatórios que datam o regime fascista precedente.

Consequentemente muitos hospitais, tribunais e escolas ainda exibem o símbolo católico.

Tags:

16 Comentários to ““O crucifixo é obrigatório”, diz o prefeito de Pádua.”

  1. Viva Cristo Rei !
    Ah se houvesse mais católicos políticos como esse senhor.

    Deus seja louvado.

    • Apenas um comentário jurídico: a Itália obteve, na Corte Europeia de Direitos Humanos, o reconhecimento da possibilidade de exibir crucifixos em prédios públicos, no caso Lautsi v. Itália, de 2011 (caso que tratava da exibição de crucifixo em sala de aula na Itália). Portanto, até mesmo do ponto de vista jurídico, o ato do referido prefeito italiano está plenamente amparado seja pelo ordenamento jurídico italiano, seja pela decisão do mais elevado tribunal de Direitos Humanos da União Europeia.

  2. Beto –

    Quem sabe algum jurista brasileiro lê esta notícia e resolve fazer alguma coisa por aqui. O estado laico aqui no Brasil, foi “imposto” por pessoas incomodadas com as atitudes dos católicos de acolher todos os “seres humanos” indistintamente do credo, origem e raça, isso incomoda-os.

    Com tanta coisa a ser feita para ajudar nossa sociedade e tem pessoas que estão “encostadas” em cargos públicos e com tempo de sobra, ficam gastando o nosso dinheiro em ações que não levam a nada e não acrescentam coisa alguma de bom à Sociedade.

    Parabéns ao Prefeito de Pádua, Sr. Massimo Bitoncipela pela Boa Prática que fez ao povo daquela província, além é claro de ter enfrentado a sentença do tribunal.

    Embora tenha ouvido em minha comunidade através do nosso “mentor” espiritual quando houve a determinação para que fossem retirados os símbolos católicos das Escolas, Prefeituras, Fóruns e demais repartições Públicas, tinha sido a melhor coisa que acontecerá pois, nós católicos estamos horrorizados, enojados e envergonhados com as ações e atitudes dos nossos Políticos e desvincular nossa fé desses falsos cristãos é o melhor que poderíamos a fazer.

  3. Deo gratias. Feliz a nação cujo o Deus é o Senhor.

  4. Se fosse um protestante ou ateu político que cogitasse impor sua fé ou ideais à toda a sociedade, vcs seriam os primeiros a repudiar e tripudiar em cima. Quando a liberdade é ameaçada e desrespeitada todo homem de bem deveria combater, até mesmo DEUS dá liberdade ao homem, inclusive para ir para o inferno.

    • Falsa paridade, Carla. A sociedade italiana é católica. São os radicais do ateísmo — uma minoria estatisticamente insignificante, a despeito de mais de século de propaganda e perseguição — a tentar impor à sociedade católica o ateísmo de Estado. Escolas e hospitais são instituições sociais e, na Itália mais que em qualquer outro lugar, devem sua própria existência à catolicidade, provenham atualmente seus fundos de onde quer que seja.

      A atitude do administrador é louvável em dois planos, pois: a) ressalta a primazia da única e verdadeira Fé; b) defende valores sociais contra os radicais encastelados no Estado, que alhures a este empregam com assombroso triunfo pelo intuito de àquela vilipendiar, em vez de custodiá-la aos fins da boa política.

      Dessarte, fosse “um protestante ou um ateísta” a agir em sentido contrário na mesma configuração, efetivamente estaria a violentar a politeia e empregar suas prerrogativas de maneira perversa, ensejando justa resistência. Com efeito, é o que acontece em quase todo o ocidente, hodiernamente. Como se demonstrou, a situação é em tudo distinta.

  5. Conheço bem essa tática… Escreva o que vou dizer: é apenas uma atitude conservadora pra satisfazer aos católicos… mas,que, quando for derrubada, faça-se um estrondoso “urro pela vitória contra a extrema-direita obscurantista”.

    Virão com a história do “estado laico”, derrubarão a medida e os liberais capitalizarão, desencorajando a união das outras “99 ovelhas”.

    Nesse caso, fere-se uma ovelhas e as outras 99 se borram de medo!

    Anotem aí!

    • É assim, mais ou menos como o Professor Orlando Fedeli diz no vídeo “A Direita Política”.

      Quando veem que a reação anti-liberal é muito forte, eles [os liberais e socialistas] colocam um dos seus para ser arauto dos conservadores. Assim, sabotam o Conservadorismo por dentro, com erros estratégicos planejados.

      Tomam uma das ovelhas rebeldes (uma cidades, partidos, país, etc.), expõem-na, depois surram-na, isolam-na, e submetem as outras 99 ovelhas ao medo do isolamento, ao caos da confusão e das discussões vazias. Resultado: elas não conseguem se unir, pois a “ovelha escolhida” não era a que deveria ter sido escolhida.

      Mais ou menos como o leão quando vai caçar gazelas. Estão todas juntas, simulando algum estado de união artificial. Ele primeiro campeia, dividindo-as em grupos separados. Depois, catam uma mais ou menos resistente para impingir medo ás gazelas medianas.

      É assim que “divide-se para conquistar”: matando um herói mais forte, as outras se entregam.

  6. “Consequentemente muitos hospitais, tribunais e escolas AINDA exibem o símbolo católico”
    Ainda…
    Ainda…
    Ainda…
    Ainda…

  7. “Tirem as mãos do crucifixo ou vocês terão problemas”

    Que frase linda! Podiam adaptar aqui para o Brasil:

    “Tirem as mãos da Sagrada Hóstia ou vocês terão problemas”

  8. Aqui no Rio de Janeiro a celeuma do crucifixo começou nos tribunais. Ora, quer lugar melhor para se ter um crucifixo que nos Tribunais? Ainda que a pessoa não acredite em Deus a imagem remete Àquele que foi julgado e condenado injustamente. Talvez pelo Mundo atualmente não se preocupar com a verdade e a justiça algo que recorde dela traga tanto horror.

  9. Uma grande e corajosa atitude, mas que não nos pode enganar: os problemas da Lega Nord não tardarão a aparecer (e Roberto Saviano, independentemente dos seus próprios, já apontou alguns). Nossa lição quanto ao fascismo anticristão russo não pode ser esquecida.

  10. “Por isso deve-se concluir que, em nossos dias mais do que nunca, a principal força dos maus está na covardia e na fraqueza dos bons, e todo o vigor do reinado de Satanás está na tibieza dos cristãos. – Oh! se me fosse permitido, como fazia em espírito o profeta Zacarias, perguntar ao Divino Redentor: o que são essas chagas no meio de tuas mãos: quid sunt plagae istae em tuarum média manuum? A resposta não seria de modo algum duvidosa: estas me foram feitas na casa dos que me amavam: Sum plagatus em eorum médio aqui me diligebant; eu fui ferido pelos meus amigos que não fizeram nada para me defender e que, em qualquer confronto se tornaram cúmplices de meus adversários”.

    ( Trecho do discurso por ocasião da publicação do Decreto das virtudes heróicas de Santa Joana D’Arc no dia 13 de dezembro de 1908 pelo Papa São Pio X)

    http://www.vatican.va/holy_father/pius_x/speeches/documents/hf_p-x_spe_19081213_decreto-beatificazione_it.html

  11. Enquanto do outro lado do Atlântico, mais precisamente, no Brasil (considerado o maior país católico do mundo), verificamos o contrário:

    – A presidente do Brasil, Sra. Dilma, mandou a retirada da Bíblica e do Crucifixo do seu gabinete (http://www.em.com.br/app/noticia/politica/2011/01/09/interna_politica,202679/dilma-retira-biblia-e-crucifixo-do-gabinete-diz-jornal.shtml)

    – o TJ-RS, a pedido da Liga Brasileira de Lésbicas, fez que o Tribunal gaúcho retirasse das salas as imagens de Cristo e símbolos religiosos;

    – O novo layout das agências do Banco do Brasil S/A é proibido crucifixo e imagens religiosas cristãs…
    Sinal dos Tempos!

    Feliz a nação cujo Deus é o Senhor dos Exércitos!

  12. Se usa o crucifixo nos tribunais e no legislativo por tradição desde o tempo da monarquia brasileira e não por devoção. Se não é por devoção , por quê tê-lo ?

  13. Questão cultural, Jeff Costa. Se for retirar do Código Penal toda a influência do Catolicismo, não sobra quase nada.

    Agradeça também ao Catolicismo você poder fazer essa pergunta. Se fôssemos um país ateu como Cuba ou China, nem internet teríamos.