Em Chicago, uma triste novela mexicana… e US$ 12,7 milhões de indenização às vítimas de abuso sexual.

Cardeal Francis George, arcebispo de Chicago

O Cardeal Francis George, Arcebispo de Chicago e presidente da Conferência Episcopal dos Estados Unidos, firmou um acordo onde a Arquidiocese de Chicago pagará US$ 12,7 milhões a 16 vítimas de abuso sexual por parte do clero. Segundo o Chicago Tribune, a Arquidiocese mantém em sigilo os valores pagos em acordos com outras 250 vítimas. A matéria fala ainda sobre o escandaloso esquema mantido na Cúria da Arquidiocese de Chicago para acobertar os Padres criminosos.

O Cardeal George, que segundo os advogados das vítimas demonstrou grande transparência, tornou público seu depoimento. Diante das câmeras de TV, o Cardeal afirmou: “No sentido em que sou responsável por esta arquidiocese, eu tenho que aceitar a culpa”.

Segundo o vaticanista Sandro Magister, George, famoso entre os tradicionalistas por apoiar grupos favoráveis à Missa gregoriana como os Cônegos Regulares de São João Cantius (bi-ritualistas) e o Instituto Cristo Rei, pode ser substituído pelo atual Arcebispo de Denver, Mons. Charles Chaput.