Comunicado do Superior Geral da Fraternidade Sacerdotal São Pio X.

A excomunhão dos bispos sagrados por S.E.R. Dom Marcel Lefebvre no dia 30 de junho de 1988, que tinha sido declarada pela Sagrada Congregação para os Bispos por um decreto do dia 1 de julho de 1988 e que nós sempre contestamos, foi retirada por outro decreto da mesma Sagrada Congregação no dia 21 de janeiro de 2009, por mandato do papa Bento XVI.

Queremos expressamos [sic] nossa gratidão filial ao Santo Padre por este ato que, além da mesma Fraternidade, será um bem para toda a Igreja. Nossa Fraternidade deseja poder ajudar sempre mais o papa a por remédio nesta crise sem precedentes que comove atualmente o mundo católico, e que o papa João Paulo II tinha designado como um estado de “apostasia silenciosa”.

Além do nosso reconhecimento ao Santo Padre, e a todos aqueles que ajudaram a chegar a este ato corajoso, nós estamos contentes de que o decreto do dia 21 preveja como necessário “conversações” com a Santa Sede, conversações que permitirão à Fraternidade Sacerdotal São Pio X de expor suas razões doutrinais de fundo que ela considerada como a origem das dificuldades atuais da Igreja.

Neste novo clima, nós temos a firme esperança de chegar logo a um reconhecimento dos direitos da Tradição católica.

Menzinger, 24 de janeiro de 2009.

Bernard Fellay

Original: DICI

Tags: ,

One Comment to “Comunicado do Superior Geral da Fraternidade Sacerdotal São Pio X.”

  1. Viva o Papa!
    Viva a Igreja!
    Viva a Tradição!

    Deo Gratias!