Esclarecimento do Presidente da Conferência Episcopal Alemã, Arcebispo Dr. Robert Zollitsch, sobre o Levantamento das Excomunhões dos Bispos da Fraternidade Sacerdotal Pio X.

Hoje (Sábado, 24 de janeiro de 2009) foi publicado o levantamento das excomunhões dos bispos da Fraternidade Sacerdotal Pio X, que o Papa Bento XVI retirou através de um decreto da Congregação para os bispos, de 21 de janeiro de 2009, explica o Presidente da Conferencia Episcopal Alemã, Arcebispo Dr. Robert Zollitsch: 

 

“O levantamento das excomunhões dos quatro bispos sagrados sem permissão pelo Arcebispo Marcel Lefebvre, em 30 de junho de 1988, foi publicado hoje pela Santa Sé, demonstra a prontidão do Papa Bento XVI em dar um outro passo na direção do movimento cismático do falecido Arcebispo, a fim de promover a unidade da Igreja. 

 

O Papa Bento XVI estende a mão à Fraternidade Pio X. Juntamente com ele espero e rezo que a agarrem.

 

O Papa mostra a possibilidade de retorno em plena comunhão com a Igreja católica e ao mesmo tempo não deixa nenhuma dúvida de que as decisões do Concílio Vaticano II constituem um fundamento indispensável para a vida da Igreja.”

 

Fonte: Conferência Episcopal Alemã

Tradução de Teresa Maria Freixinho

Nosso comentário: Que decreto o Senhor Arcebispo leu? Nem o documento da Congregação para os Bispos (o que realmente importa) e nem o Comunicado da Sala de Imprensa (absolutamente sem valor) sequer insinuam,  quanto mais não “deixar nenhuma dúvida” , que “as decisões Concílio Vaticano II constituem um fundamento indispensável para a vida da Igreja”. Já nos referimos a esse Arcebispo aqui.

3 Responses to “Esclarecimento do Presidente da Conferência Episcopal Alemã, Arcebispo Dr. Robert Zollitsch, sobre o Levantamento das Excomunhões dos Bispos da Fraternidade Sacerdotal Pio X.”

  1. Como se diz aqui na Bahia: “Deixe estar! O que é dele está guardado”.

    Esse arcebispo cismático (onde já se viu uma conferência episcopal usurpar uma autoridade que não é sua, e dizer que não concorda com as posturas da Santa Sé, e portanto não vai acatá-las?) além de desobedecer ao Santo Padre, ainda mente! Quem é cismático aqui? Quem merece ser fulminado por excomunhão?
    Que cara-de-pau falsear descaradamente um decreto e uma declaração de imprensa. A palavra Vaticano II nem sequer foi tocada, nem nada que de longe mencionasse “aceitação” ou “submissão”.
    Vejamos até quando esses bispos cismáticos e heréticos irão tentar tapar o sol com a peneira… Será que não vêem que o cerco se fecha?

  2. Ele está desmentindo o próprio presidente da Comissão Eclesia Dei, Cardeal Castrillon Hoyos, que disse em inúmeras entrevistas que não se podia chamar os fiéis da FSSPX de cismáticos. Que lamentável!

    Vamos continuar agradecendo a Deus pela graça maravilhosa do levantamento das excomunhões, rezar para as próximas etapas que estão por vir e recomendar toda essa situação à Nossa Senhora.

Trackbacks