Legionários de Cristo reconhecem comportamento ‘inapropriado’ de fundador.

Link para o originalNew Haven, Fevereiro 3, 2009 / 01:29 pm – Respondendo a revelações não confirmadas de comportamentos impróprios pelo fundador dos Legionários de Cristo, Pe. Marcial Maciel, o porta-voz dos Legionários de Cristo dos Estados Unidos reconheceu de maneira não específica ações que “não eram apropriadas para um padre Católico”. Entretanto, ele insistiu que Pe. Maciel “foi e será sempre o pai da Legião”.

O blog “Exlcblog” afirmou que Pe. Scott Reilly, o Diretor Territorial dos Legionários de Cristo em Atlanta, Georgia, anunciou àqueles da Direção Territorial que Pe. Maciel tinha uma amante, era pai de uma criança e vivia uma vida dupla. O blog reivindicava que os Legionários de Cristo estão agora renunciando Padre Maciel como seu pai espiritual.

Padre Marcial Maciel DegolladoCNA contatou o porta-voz dos Legionários de Cristo, Jim Fair, mas recebeu uma confirmação não específica de qualquer das alegações.

“Soubemos de algumas coisas sobre a vida de nosso fundador que são surpreendentes e difíceis de entender”, disse Fair à CNA na terça-feira.

“Podemos confirmar que existem aspectos de sua vida que não foram apropriados a um padre Católico”.

“Obviamente, ele tinha sentimentos humanos, mas permanece verdade que através dele nós recebemos nosso carisma, que foi aprovado pela Igreja”

“Nosso comprometimento permanece e seguiremos adiante, amando a Cristo e servindo a Igreja”, observou.

Ao ser pedido para confirmar as acusações específicas, Fair respondeu:

“Pe. Maciel morreu há mais de um ano e obviamente o que quer que tenha ocorrido está entre ele e Deus, e o julgamento e misericórdia de Deus, então nós deixaremos ele tomar conta disso”.

CNA pediu a Fair que confirmasse se os Legionários de Cristo estavam distribuindo informações sobre as acusações através de seus diretores regionais.

“Nós comunicamos internamente, mas não posso fazer outro comentário além disso”. Respondeu Fair.

“Sei que houve rumores sobre nós estarmos de alguma maneira o denunciando. Obviamente nós não estamos. Padre Maciel foi e será sempre o pai da legião.”

“Um dos mistérios de nossa fé é que Deus às vezes trabalha através de seres humanos com defeitos”.

Em 2006, a Congregação para a Doutrina da Fé, citando a idade avançada e a pouca saúde de Pe. Maciel, decidiu abrir mão de ouvir as acusações de que ele abusou sexualmente de em torno de 20 adolescentes recrutados para os Legionários de Cristo já na década de 80. A Congregação convidou o Pe. Maciel a “uma vida reservada de penitência e oração, renunciando a qualquer forma de ministério público”.

Pe. Maciel morreu em 30 de janeiro de 2008.

2 Comentários to “Legionários de Cristo reconhecem comportamento ‘inapropriado’ de fundador.”

  1. Sendo assim faz muito sentido o Santo Padre ter pedido pessoalmente para a revogacao dos votos privados professados por seminaristas e padres dos Legionarios de Cristo. Enquanto o padre Alvaro Corcuera nao se pronuncia, alguns legionarios envergonhados corajosamente pedem desculpas por terem defendido o padre Maciel no passado.

    Eis o que disse o editor do National Catholic Register (jornal dos Legionarios):
    “All I want to say is, I’m sorry.
    I want to say it here, because I defended Fr. Maciel here, and I need to be on the record regarding that defense:
    I’m sorry, to the victims[detalhe que ele fala no plural], who were victims twice, the second time by calumny. I’m sorry, to the Church, which has been damaged. I’m sorry, to those I’ve misled.
    I did it unwittingly, but this isn’t a time for excuses.
    The Church gave me great, great good in Regnum Christi.
    The Church did bring justice, and did penalize this man.

    Thank God for the Church.

    I seek repentance and forgiveness, and I leave it at that.”

    http://amywelborn.wordpress.com/2009/02/03/way-truth-and-life/#comment-11484