Williamson está ameaçado de expulsão?

O negador do Holocausto, Richard Williamson, poderia ser expulso da Fraternidade [Sacerdotal de São] Pio [X], caso ele não retire suas declarações até o final de fevereiro, disse um sacerdote da Fraternidade.

Pe. Matthias GaudronMainz (kath.net). Um representante da Fraternidade [Sacerdotal de São] Pio [X] anunciou que o negador do Holocausto Richard Williamson poderia ser ameaçado de expulsão da Fraternidade. Assim anunciou a ORF. Padre Matthias Gaudron esclareceu no Programa ZDF “Johannes B. Kerner”, que Williamson teria recebido um ultimatum até o final de fevereiro. Caso Williamson não rechace suas afirmações até esse prazo, ele estaria ameaçado de expulsão da Fraternidade [Sacerdotal de São] Pio [X].

Richard Williamson, Bispo da Fraternidade Sacerdotal São Pio X (FSSPX – Fraternitas Sacerdotalis Sancti Pii X.), disse em uma entrevista de televisão que ele estava convencido de que não houve quaisquer câmaras de gás e que, no máximo, 200.000 a 300.000 judeus teriam sido mortos durante o período do nazismo, porém, nenhum deles em uma câmara de gás. Ele negou o genocídio de cerca de seis milhões de judeus.

 

“Como católicos tradicionais, não temos motivo algum para minimizar Hitler ou de alguma maneira apresentar esse Regime Nazista como se mesmo não fora tão ruim”, disse o Padre Gaudron para “Kerner”. Williamson causou um dano “a nossa Fraternidade”.

Tradução: T.M. Freixinho

 

26 Comentários to “Williamson está ameaçado de expulsão?”

  1. É profundamente assustador observar que os católicos se equivocam, a cada dia mais, naquilo que se refere ao genocídio dos judeus, erroneamente chamado de holocausto, transformando esse terrível acontecimento em Dogma de Fé segundo a visão dos Judeus Liberais e Sionistas.

    Ninguém, de bom senso, e temos certeza de que Dom Williamson é dotado de retidão e cultura suficientes, negaria o horror do genocídio, mas daí a tranformar a “shoá” em Dogma de Fé para a Religião Universal que eles querem implantar já é demais!

    Já se falou o suficiente o quanto esse “holocausto” tem sido manipulado pela mídia, controlada pelos judeus, ao passo que os outros, não menos terríveis e condenáveis, são calados e ignorados, como o caso do genocídio dos armênios e outros. Será que os Judeus têm poder de transformar, para a Igreja Católica, a “shoá” como um novo dogma de fé sem a qual ninguém pode se salvar?

  2. Realmente o Sr. José tem toda razão!

    Como é possível a Fraternidade ameaçar de expulsão Mons. Williamson somente porque o mesmo discorda dos dados históricos que elevam ao máximo o numero das vitimas e por contestar os meios de extermínio utilizados pelos satânicos nazistas?

    Acaso é dogma de fé que foram 6 milhões de judeus que morreram, sendo ainda fator determinante, que se creiam na câmaras de gás???

  3. Parece-me mais uma medida de proteção à FSSPX que uma punição propriamente a Sua Excia. Revma.!

  4. O lobby judaico contra a Santa Igreja de Nosso Senhor ganhou maior força em consequência das afirmações de Dom Williamson e há muito vem mostrando sua influência em certos setores da hierarquia católica, mais preocupada em agradar aos judeus que se escudam na tão decantada Shoá para passarem a imagem de vítimas apenas. É nessa serpentina manobra que eles vão manipulando as consciências de muitos prelados e tentando a todo custo solapar as estruturas da Santa Igreja Católica. Seria bom que eles se ocupassem de suas questões pessoais e não se intrometessem em assuntos que não lhes dizem respeito, a começar pela forma como a Igreja é dirigida.

  5. Meu Deus, mas onde é que está definido pela Igreja que o “holocausto” ou “shoá” é um dogma de fé? E que negá-lo ou ao menos contestá-lo historicamente, com base em dados científicos, seja crime passível de expulsão, excomunhão ou qualquer outra sorte de execração? E um absurdo tão grande que parece irreal tudo isso!!!

  6. De fato é um absurdo crucificarem Dom Williamson por discordar dos números das vitimas e dos métodos empregados naquelas que foram assassinadas pelos ímpios nazistas. No que isso fere a verdade e os dogmas de fé da Igreja? E sendo assim também os armênios e os ruandenses devem ter direito aos mesmos postulados defendidos pelos judeus. E o que dizer do que acontece na Faixa de Gaza?

  7. Será que essas informações procedem?
    Se a Fraternidade expulsa um bispo seu, corta a própria carne por causa de um probelma que não atinge o dogma nem a moral católica, isso trará consequências, nem tanto dos possiveis “negadores” do Holocausto, mas dos católicos mais simples, os que veriam nisso um sintoma que, a FSSPX já não seria mais a mesma, mas estaria se dobrando à pressão externa…
    Seria uma ironia a FSSPX permanecer doutrinariamente coesa, e se ver obrigada a expulsar alguém de seu meio, por esse ter uma opinião histórica diferente. Talvez se isso acontecer, muitos poderão passar a vê-la com desconfiança, como uma Instituição que está começando a temer represálias, como uma Instituição que tenha passado a obedecer ordens externas, como uma Instituição que tenha feito algum tipo de acordo secreto, nos quais se exige a expulsão de D. Williamson… Oremos, oremos muito nestes dias dramáticos…

  8. O aborto tem sido o maior holocausto do mundo, sendo descaradamente negado e olvidado pela humanidade.

    A Igreja Católica é justamente a única instituição a se levantar contra esse genocídio diário de bebês no ventre materno.

    Onde estão os judeus, os bispos austríacos e alemães para ficarem igualmente indignados com os negadores do genocídio de bebês no ventre materno?

  9. A impressão que a Fraternidade está dando, se for verdade esses boatos, é que está entrando no jogo dos judeus e modernistas contra a Igreja! Sabemos que Dom Williamson não nega o genocídio, apenas discorda dos números e dos métodos que foram utilizados. Ora então quem ganha com sua expulsão?

  10. Fernando, ao diminuir tão drasticamente os números das vítimas do Holocausto e basear suas conclusões exclusivamene no relatório de um cientista desacreditado, envolvido no tribunal de Nuremberg, pode-se dizer com razão que de fato ele negou o Holocausto, transformando-o apenas numa chacina. Disso não há dúvida. O Ferretti inclusive publicou parte de um excelente artigo do Christopher Ferrara sobre esse assunto.

    Por outro lado, os judeus alegam que 6.000.000 de vítimas eram basicamente de judeus, quando na realidade sabemos que este número incluiu cristãos, ciganos, deficientes físicos e mentais.

    O problema todo é que os judeus e os bispos de língua alemã transformaram o Holocausto num dogma de Fé!!!
    Isso é que é problemático e absurdo! O absurdo é que eles estão usando as declaraçoes pessoais de um dos bispos da FSSPX para atacar o Papa, embarreirar o processo de plena regularização canônica e ainda quem sabe estigmatizar todos os católicos tradicionalistas.

    Por outro lado, essa notícia está conflitando com a outra que dizia que Dom Williamson teria o seu próprio tempo para estudar o assunto e reformular suas declarações. Agora essa notícia diz que o prazo fianl é até o final de fevereiro. Isso não faz sentido.

    Vamos aguardar para ver se é mesmo verdade ou uma notícia para dar uma “acalmada” nos lobos.

    Vamos aguardar as conclusões. Nós aqui também não estamos sabendo o que está rolando lá dentro da FSSPX entre os quatro bispos.

  11. Pax.
    Eu não entendo o por que de tato alvoroço pelo questinamento do números de judeus que foram mortos,
    nós católicos não podemos fazer nenhum questinamenots para essas denominações religiosas, como fez Dom Williamsom, agora eles podem negar Jesus como Salvado e nós temos que ficar calados por que isso é direito de opinião? Fala serio .Eles podem colocar a foto do Papa Pio XII no museu dos calsadores do holocaustro e nós não pedimos para eles se retratarem?
    E sobre a expulsão de Dom Williamsom, realmente não acredito e acho que seu comentário não foi para tanto, isso foi só uma desculpa que os mordenistas encontraram para atingir a FSSPX.

  12. Nossa…
    Não sei qual a mentira mais criativa: essa ou aquela que disse que D. Williamson estava morrendo de câncer…

  13. Na minha concepção o padre autor deste artigo não é ortodoxo. Porém, diz uma verdade, e negação dos judeus a Pio XII?

    Eles, portanto, também não deviam ser corrigr?

    http://oblatvs.blogspot.com/2009/02/e-o-negacionismo-de-pio-xii.html

    Enquanto isso na Igreja conciliar, negação a Cristo na Eucaristia, negação da C.N.B.B. de levar as almas para olharem as coisas do alto, negação das conferencias episcopais de condenar os abortistas etc.

    Que confusão de reais valores é este tempo concilar…

  14. Negar o holocausto é no máximo um crime civil, não viola o estatuto da Fraternidade e não tem nada a ver com o levantamento de umas excomunhões injustas.

  15. Agora o mais importante é que as condições sejam favoráveis para que as discussões se iniciem. Acredito que o que a FSSPX menos quer neste momento é mídia por perto. Infelizmente, a “questão dom Williamson” ainda é recente e por pouca coisa a mídia pode retornar ao assunto para criar mais confusão. Parece-me que a questão do holocausto é mais uma desculpa que um motivo verdadeiro para o afastamento de Sua Excia. A gravidade das declarações sem dúvida é grande, mas não são motivo para este tipo de atitude. Penso que por parte da FSSPX, queiram evitar escândalo e mais tempestade na mídia. Só isso. Tendo acertado os pontos doutrinais com Roma, tendo a FSSPX ganho estatuto jurídico, é só reestabelecê-lo.

  16. Que a Virgem podeorsa nas batlhas venha em auxilio da Igreja e de Dom Williamson

  17. O Sinédrio está furioso, rasgam suas vestes diante da negação do “holocausto” ,que para mim, é um conceito exagerado, uma forma dos judeus chamarem atenção para eles.

    O verdadeiro holocausto é a Santa Missa, esse sim, é esse holocausto incruento, santo e verdadeiro que os bispos austriacos e os católicos deveriam se preocupar de defender.

    Enquanto a suposta expulsão de Dom Willianson, acho muito estranho Dom Fellay pedir silêncio em relação a midia e depois seus padres sairem com língua solta de encontro aos repórteres, não acredito nesta bobagem, Dom Fellay não faria isso.

  18. o holocausto é uma triste realidade nega-lo é uma falta total de conhecimento histórico,a raiz do problema esta no fato de que as lideranças judaicas supervalorizam o massacre nazista e não toleram nenhuma visão histórica minimamente diferente, enquanto ao bispo willianson foi terrivelmente infeliz caiu na armadilha dos inimigos da Igreja que são experts em deturpar noticias a seu favor, creio que o Santo Padre deveria baixar uma norma proibindo todos os sacerdotes católicos tradicionalistas ou não de concederem entrevistas aa veiculos de comunicação anti-católicos

    • Caríssimo Ricardo, Salve Maria. Agradeço a indicação, mas estou saindo a trabalho hoje e não poderei traduzí-la. Peço a algum amigo do blog que nos informe sobre os trechos mais importantes. Um abraço.

  19. O mundo inteiro está querendo o sangue da FSSPX. É uma medida de proteção em relação á fraternidade.

  20. O desastrado e desautorizado Dom Richard Williamson,será expulso da Argentina.O governo de lá,deu um prazo para que ele deixe o país.

  21. Faz dias que não posto nada.
    Por diversas razões que não cabe aqui dizer, mas que giram em torno de um culto idolatrico a certas pessoas.
    Não sou tradicionalista, mas sempre respeitei muitos dos posicionamentos da SSPX.
    Tudo a seu tempo e lugar.
    Acho que alguns dos senhores estão confundindo muitas coisas.
    As verdades e as contribuições que a SSPX possa dar a Igreja estão muito acima de pequenas “panelinhas” que se fazem, ora derrubando um Bispo como Rifan, ora Canonizando outro como Williamson.
    Menos, minha gente, menos….
    Cantar vitoria antes da hora, meter o pau antes de se inteirar dos fatos e sobretudo repetir manchetes sensacionalistas de jornais extrangeiros não é uma coisa sensata.
    Infelizmente vejo principios de fanatismo em algumas afirmativas.
    Sempre disse aqui que nosso dever era rezar enquanto sempre elogiei o Blog por sua postura imparcial e JORNALISTICA. CONTINUO ELOGIANDO…REFIRO-ME A ALGUMAS POSTAGENS APENAS DOS BLOGUEIROS….

    Quanto ao convite a sair da Argentina, acho correto.
    O incorreto é o SANTO PADRE TER PEDIDO IMEDIATAMENTE QUE DOM WILLIAMSON SE RETRATASSE E ELE NAO TER FEITO IMEDIATAMENTE O QUE PEDIU O PAPA.

    Obediência é uma virtude que a SSPX deve começar a reconsiderar se deseja de fato e direito pertencer à Igreja Romana.
    Abraços e meus respeitos.

  22. Quem sabe com o aumento das pressões e também das consequências de suas palavras infelizes, Dom Williamson não possa, realmente, refletir e retratar-se dentro de um espírito de verdadeira humildade.
    A maior vítima de tudo isso não é ele, mas sim a pessoa do Sumo Pontíficie, cada vez mais agredido pela desobediência das Conferências Episcopais e pela manipulação midiática por parte dos judeus e dos anti-clericais.

  23. Caro amigos,

    agora se diz que Dom Richard Williamson está desaparecido!

    se confirmar, é triste…

    http://cathcon.blogspot.com/2009/02/bishop-williamson-disappears.html