Angelus Domini nuntiavit Mariae.

[Os escravos de Jesus em Maria] terão uma devoção especial pelo mistério da Encarnação do Verbo, a 25 de março, que é o mistério adequado a esta devoção, pois que esta devoção foi inspirada pelo Espírito Santo: primeiro, para honrar e imitar a dependência em que Deus Filho quis estar de Maria, para glória de Deus seu Pai e para nossa salvação; dependência que transparece particularmente neste mistério em que Jesus Cristo se torna cativo e escravo no seio de Maria Santíssima, aí dependendo dela em tudo; segundo, para agradecer a Deus as graças incomparáveis que concedeu a Maria, principalmente por tê-la escolhido para sua Mãe digníssima, escolha feita neste mistério. São estes os dois fins principais da escravização a Jesus Cristo em Maria.

São Luis Maria Grignon de Montfort, Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem.

Anunciação de Nossa Senhora e Encarnação do Verbo

Angelus Domini nuntiavit Mariae

Et concepit de Spiritu Sancto.

Ave Maria, gratia plena, Dominus tecum; benedicta tu in mulieribus, et benedictus fructus ventris tui, Iesus. Sancta Maria, Mater Dei, ora pro nobis peccatoribus, nunc et in hora mortis nostrae. Amen.

Ecce ancilla Domini,
Fiat mihi secundum verbum tuum.

Ave Maria…

Et Verbum caro factum est.
Et habitavit in nobis.

Ave Maria…

Ora pro nobis, sancta Dei Genitrix.
Ut digni efficiamur promissionibus Christi.

Oremus.
Gratiam tuam, quaesumus, Domine, mentibus nostris infunde; ut, qui, angelo nuntiante, Christi Filii tui incarnationem cognovimus, per passionem ejus et crucem, ad resurrectionis gloriam perducamur. Per eundem Christum Dominum nostrum.

R. Amen.

2 Comentários to “Angelus Domini nuntiavit Mariae.”

  1. É um mistério pelo qual tenho uma devoção particular, não só por ser o início do Sacerdócio de Nosso Senhor Jesus Cristo e início da vida da Santa Igreja, mas porque fui batizado, pelo Bispo de Paracatu, num Domingo da Anunciação de Nossa Senhora, isso completa 25 anos hoje!

  2. Muito a propósito! Oxalá todos católicos fizessem o ato de consagração (escravidão a Ssma. Virgem) pelo método santificante de S. Luis de Montfort. Caminho perfeitíssimo de santidade e devoção. “Quem não tem Maria por mãe não tem Deus por pai”.