Curta nota da Conferência Episcopal da Alemanha sobre as declarações de Dom Fellay.

Com a sua escolha de palavras na declaração de hoje o bispo Fellay demonstra a sua real atitude mental. Ela está impregnada de uma lamentável parcialidade. Rejeitamos a acusação de termos liderado uma rebelião aberta contra o Papa. Além disso, repudiamos a alegação de hostilidade inclemente.

Recente comunicado rancoroso do porta-voz da Conferência Episcopal alemã, Matthias Kopp, contra a recente declaração do bispo Bernard Fellay.

Fonte: Kreuz.net – Original: Conferência Episcopal Alemã

3 Comentários to “Curta nota da Conferência Episcopal da Alemanha sobre as declarações de Dom Fellay.”

  1. Ok, defender a Tradição e o Sagrado Magistério é ser parcial na visão míope da Conferência Episcopal alemã que ainda esconde as unhas afiadas para negar que tenha liderado uma rebelião aberta contra o Santo Padre (a rebelião já era velada e sempre pronta a sabotar as ordens de S.S. Bento XVI) e que tenham demonstrado uma hostilidade inclemente conta a FSSPX. Seria muito bom que, para esses senhores, como loção pós-barba, usassem óleo de peroba…haja paciência para esses senhores bispos!

  2. “Abri os olhos e acautelai-vos do fermento dos fariseus e do fermento de Herodes!” São Marcos VIII,15

    “Guardai-vos do fermento dos fariseus, que é a hipocrisia. Porque não há nada oculto que não venha a descobrir-se, e nada há escondido que não venha a ser conhecido. Pois o que dissestes às escuras será dito à luz; e o que falastes ao ouvido, nos quartos, será publicado de cima dos telhados.” São Lucas XII,1-3

    “Por que não compreendeis que não é do pão que eu vos falava, quando vos disse: Guardai-vos do fermento dos fariseus e dos saduceus? Então entenderam que não dissera que se guardassem do fermento do pão, mas da doutrina dos fariseus e dos saduceus.” São Mateus XVI,11-12

  3. Disculpa no pedida: acusación manifiesta.”…

    Rejeitamos a acusação de termos liderado uma rebelião aberta contra o Papa.”

    Dom Fellay nunca los acusó de eso y ellos se disculpan