Nenhuma surpresa…

Ordenações em Winona - Festa do Sagrado Coração de Jesus, 2009causaram as ordenações sacerdotais da Fraternidade Sacerdotal São Pio X em Winona, Estados Unidos, aos que conhecem o mínimo de sua vida. As mesmas já estavam oficialmente previstas no calendário acadêmico 2008-2009 do seminário Saint Thomas Aquinas e seu convite estava disponível a qualquer um que se interessasse a diligentemente esclarecer notícias comumente imprecisas da blogosfera pouco inteirada. Também outros meios católicos noticiavam com razoável antecedência a realização das ordenações, de modo que não poderiam nunca ser consideradas “às escondidas” ou “por debaixo dos panos” [1, 2, 3].

As ordenações de Winona seguem a mesma política adotada pela Fraternidade em relação às ordenações de Zaitzkofen e Ecône: “Quando, em 21 de janeiro de 2009, Roma retirou o decreto de excomunhão de 1988 contra os quatro bispos da Fraternidade, o Santo Padre certamente tinha em vista uma medida de vida e não de morte”, explicou o reitor do seminário alemão, padre Stefan Frey. “Não podemos simplesmente dizer agora, ‘parem de respirar’. Nós precisamos respirar. E, definitivamente, se o Papa foi tão bom ao retirar as excomunhões, significa que ele não quer que agora morramos”, recentemente declarou Dom Bernard Fellay. Sua Excelência ainda afirmou que “o problema é apenas na Alemanha. Em Roma há simpatia por estas ordenações, mesmo se dizem que é ilegal e não está de acordo com o Direito Canônico. Disseram-nos que estamos em um estado intermediário no qual podemos falar de paz, no qual Roma pode também observar-nos”.

O que surgiu como surpresa a alguns se deve ao fato dos bispos americanos e suíços não terem se juntado ao episcopado alemão em seu “escândalo farisaico”, consequentemente, não atraindo os olhos da mídia anti-católica ávida em atacar a Igreja. Entretanto, o que surpreende na verdade são aqueles que inconscientemente acabam apoiando, por um suposto zelo, a postura de boicote sistemático dos bispos germânicos ao Papa Bento XVI.

Um comentário sobre “Nenhuma surpresa…

  1. Quando se trata de aliviar os teólogos progressistas os Bispos progresistas falam de misericáordia e perdão.Porém com os tradicionalistas exigem a aplicação da lei.
    As ordenações serão realizadas e após o retorno da SÃO PIO X a plena regularização jurídica eles terão pelna liberdade de ação para a glória de Deus e da Igreja .

    Curtir

Os comentários estão desativados.