Nova gripe, subterfúgio para novos costumes. Santuário Nacional de Aparecida há anos não distruibui a Sagrada Comunhão na boca, “por mais que o romeiro queira”.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Caso não consiga visualizar o vídeo, clique aqui.

“Cegos, na verdade, a conduzirem outros cegos, são esses homens que inchados de orgulhosa ciência, deliram a ponto de perverter o conceito de verdade e o genuíno conceito religioso, divulgando um novo sistema, com o qual, arrastados por desenfreada mania de novidades, não procuram a verdade onde certamente se acha; e, desprezando as santas e apostólicas tradições, apegam-se a doutrinas ocas, fúteis, incertas, reprovadas pela Igreja, com as quais homens estultíssimos julgam fortalecer e sustentar  a verdade”. (Gregório XVI, Encíclica Singulari Nos, 7 Jul. 1834).

14 Comentários to “Nova gripe, subterfúgio para novos costumes. Santuário Nacional de Aparecida há anos não distruibui a Sagrada Comunhão na boca, “por mais que o romeiro queira”.”

  1. Estive em Aparecida em 2008 e comunguei na boca em pé. Quando fui comungar… não houve nenhuma dificuldade.

    Não sei se essa foi um excessão, mas, o título do texto dá a entender que não há possibilidade de haver comunhão na boca.

    Sursum corda!

  2. Enviei o video e uma reclamação ao Santuário, pediram desculpas e dizeram que minha reclamação procede. Esse padre que aparece no video que respondeu e disse que era por causa da gripe, só que os avisos sairam muito depois de que n poderia comungar na boca.

    Ou seja: n gostam de dar comunhão na boca e de joelhos!

    E a tal “freira” continua sem hábito e entrega a Eucaristia com absoluta precisão mecânica!

  3. Bom, não sei qual é o modismo, mas eu não comungo das mãos de ministros e sempre me ajoelho e espero que o sacerdote me dê a Santa Hostia na boca.

    Se eu pegar alguma doença… será para a Glória de Deus. Afinal é tão facil ser cristão hoje em dia!!!! Não há mais imperadores a te ameçar a vida em troca de renegar Deus.

  4. Consegui visualizar o vídeo, sim, Ferreti.

  5. Durante toda a semana essa imprensa podre que nós temos não falaram de outra coisa:

    ”Igreja Católica proíbe comunhão na mão por causa da gripe suína.”

    ”Igreja Católica de São Paulo proíbe comunhão na mão até passar o surto da gripe suína.”

    ”Cardeal de São Paulo proíbe comunhão na boca para impedir alastrarmento da gripe suína.”

    E outros blá blá blás.

    Para falar a verdade isso não me surpreende: A CNBB gosta muito desta imprensa (a mesma inprensa que assim que aparece uma oportunidade, não vai pensar duas vezes em atacar a Santa Igreja Católica). É só vocês verem como foi a reunião dos bispos em Itaci: Cheio de repórteres.

    Hoje em dia parece que muitos sacerdotes, querem ser um astro em potencial.

  6. Não consegui ver o vídeo.

  7. Neste domingo, o padre me surpreendeu na Missa, em Campo Grande/MS. Ele deu a comunhão na boca!!! Tb convidou ao abraço da paz. Os ministros, no entanto, deram a comunhão na mão. Como eu so comungo com padre… Fiquei aliviada por ter podido comungar honestamente.

    Aqui não há ainda um posicionamento oficial da Igreja. Nada foi publicado. Mas há paroquias que profanam a Santa Hostia há tempos. O que me fez afastar da Santa Missa por um longo periodo, pq não suportava ver tanta ofensa e… não poder fazer nada.
    Marquei uma audiencia com o bispo, mas foi infrutifera. Ele está se aposentando. Pediu-me apenas para ter paciencia e continuar indo à Missa apesar das heresias e tudo!!!

    Não há onde reclamar.

  8. Consegui ver o vídeo – mas apenas CLICANDO “AQUI” conforme diz o post

  9. Entre não comungar fazendo uma boa comunhão espiritual e comungar na mão cometendo SACRILÉGIO, prefiro a primeira opção. Pelo menos assim, tenho certeza de que não estarei ofendendo o Senhor Crucificado.

  10. Jesus creio que não seria pessoalmente ofendido neste aspecto creio, Já que você tem plena consciência de receber o corpo e sangue de Cristo e adoração primeiramente é ato interno… Ate porque muitos comungam na ignorância do que recebem por falta de ensino. Ofensa seria aproximar-se por conveniência social. Um padre me contou que em certa ocasião numa capelania militar um oficial declaradamente Agnóstico se colocou na fila de comunhão antes de sues soldados e comungou. Após a misa o padre o questionou já que el não acreditava na presença Real de Cristo. Ao que ele respondeu. Era meu dever dar o exemplo aos meus subordinados. Tenho certeza de que se a comunhão fosse de joelhos e n boca provavelmente ele não teria ido. A adoração no ato de comungar ao ajoelhar-se como sinal externo faria muita gente ficar incomodada. Já pensou prefeitos,governadores e outras autoridade se ajoelhando para receber o Senhor único e soberano? Ai veríamos que crer estar recebendo Jesus em pessoa ou não…ao mesmo tempo que reforçaria nas almas simples a antiga fé de nossos pais e os mesmos teriam se retomaria o culto de Cristo em seus sacramento de Amor e redenção no hora mesmo da santa comunhão.

  11. “Durante a peste na Idade Média, tudo fechou. Mas as igrejas ficaram abertas. Em 1918, ocorreu o mesmo com a gripe espanhola” afirmou Karpf. “Desta vez, atuamos com base na ciência e estamos conseguindo de líderes religiosos que estabeleçam orientações aos centros espalhados pelo mundo sobre eventuais mudanças de comportamentos e rituais, além da possibilidade futura de fecharem suas paróquias.”
    Cristãos

    Cristãos também se adaptaram. Na Argentina, a Igreja Católica recomendou a padres que façam a comunhão sem colocar a hóstia na boca dos fiéis. A saudação de paz também foi suspensa. No Reino Unido, a Igreja Anglicana recomendou evitar água benta. Nos EUA, a Igreja Batista cancelou missas. (Joranl Diario do Nordeste. 15.08.09)
    Não será o inico do poder do Atni-Cristo? E só umap ergunta? Desde quando Batsitas celebra missa?

  12. Olha só que interessante! Os carismáticos estão apoiando as heresias:

    http://www.cleofas.com.br/virtual/texto.php?doc=NOVIDADE1&id=ni10499

  13. Hoje na Missa, no memento da comunhão me ajoelhei e o Padre disse: Na mão. Eu balançei a cabeça (dizendo NÃO), abri a minha boca e o Padre depositou em minha boca o CORPO DE NOSSO SENHOR, ao fim da Missa o Padre leu um comunicado de Reverendissimo Bispo de nossa Diocese, que aconselhava aos fiéis para receberem a SAGRADA COMUNHÃO nas mãos(não impunha somente aconselhava) por conta da gripe “A”. Bem como foi dito acima se eu pegar alguma doença, esta será para a Glória de DEUS. O engraçado é que o Bispo tambem aconselhava a não ter a saudação a paz, entretanto esta ocorreu como sempre(em que se esquecem de QUEM está sobre o altar).