Papa abençoa imagem da Virgem que resistiu à bomba atômica de Nagasaki.

Ao fim da audiência geral de hoje, o Papa Bento XVI abençoou uma imagem de Nossa Senhora que resistiu à bomba atômica lançada sobre Nagasaki, Japão, em 9 de agosto de 1945. Fonte: Il blog degli amici di Papa Ratzinger.

Ao fim da audiência geral de ontem, Bento XVI abençoou uma imagem de Nossa Senhora que resistiu à bomba atômica lançada sobre Nagasaki, Japão, em 9 de agosto de 1945. Fonte: Il blog degli amici di Papa Ratzinger.

Tags:

15 Comentários to “Papa abençoa imagem da Virgem que resistiu à bomba atômica de Nagasaki.”

  1. A História dessa imagem é um dos simbolos de Fé mais impressionantes do século XX, nem uma arma nuclear derrubou a virgem.Na atual crise da Igreja esse pequeno gesto de Bento XVI pode passar desapercebido da mídia maldita que esta ai,entretanto para quem sabe ler os sinais que o Espirito Santo nos dá a visita desta pequena imagem ao pontífice da Igreja pode revelar-nos muita coisa.
    Que Deus proteja a Bento XVI.

  2. Muito bem lembrado José.

    Em meio as constantes avalanches de notícias e ataques à Igreja, lá está ela firme e forte para nos ajudar a encontrar o caminho para o Céu. Nossa estrela da manhã!

  3. É impossível separar Maria da história da salvação. Ela desde o princípio esteve nos desígnios de misericórdia de Deus. Ela antecedeu Jesus no tempo e nos deu o salvador.

    E como afirmou São Luiz de Montfort “ela nos deu Jesus uma vez e preparará o retorno de seu Filho”, e só não enxerga isso quem é cego ou protestante.

  4. A mídia sedenta de escândalos se serve de todo e qualquer porrete para bater no Papa: não me admirará se os inimigos “midiotas” evocarem o PASSADO NAZISTA do Império Japonês, que se aliou à Alemanha de Hitler e à Itália de Mussolini na Segunda Guerra, e fizer disso uma nova fofoca contra o Santo Padre. Será uma atitude deveras idiota, mas as atitudes idiotas SÃO para os idiotas.

  5. Bomba esta lançada pelos malditos maçons nas católicas Hiroshima e Nagasaki.

  6. Rogério, o que? Essas cidades eram (ou são)católicas? No Japão da 2ª guerra? Pode falar mais?

  7. Eram as cidades do Japão onde se concentrava a população católica do país.

  8. Kiko, as católicas Hiroshima e Nagasaki foram bombardeadas em 6 e 9 de agosto de 1945, enquanto Hitler havia cometido suicídio em 30 de abril do mesmo ano. Agora eu te pergunto: depois deste claro sinal capitulação por parte da Alemanha, já que não somente Hitler se matou, mas quase toda a cúpula do governo nazista, entre civis e militares, cometeram o mesmo ato (sugiro a assistência do filme “A queda: as últimas horas de Hitler” baseada no relato de sua secretária Traudl Junge), o que justificaria a morte de mais de 180.000 pessoas (sem contar as mortes pelos efeitos da radiação)? Nem se as duas cidades fossem centro militares estratégicos, nada, absolutamente nada, justificaria esse crime, nem mesmo a persistência do Japão em continuar a guerra, que já havia se findado na Europa com a morte de Hitler e a invasão soviética a Berlim em Abril. A rendição japonesa era questão de tempo.

  9. Simplesmente, a guerra já havia acabado. Se os americanos tivessem perdido a guerra, os responsáveis pelo assassinato de 200.000 civis seriam julgados como em Nuremberg.

  10. Rogério sua observação foi soberba é isto mesmo , o macabro ataque nuclear dos protestantes norte americanos foi em cima de duas cidades com grande numero de católicos,mas a mídia imunda satanica e maldita faz de tudo para esconder esta verdade!

  11. Legal Rogério, obrigado pelas informações. Muito boas. Incrível a quantidade de católicos por lá naquela época.
    Quanto ao EUA ato lamentavel, com a guerra já ganha; injustificavel.

  12. José JR, os EUA são protestante, mas antes de tudo judeus-maçônicos. É a raça de víboras, filhos do demônio atacando a Cristo e a seu Corpo Místico: a Igreja.

  13. Rogério,

    Sua observação é muito interessante, se os japoneses de hiroshima e nagazaki fossem maçons ou protestantes , como os EUA eram talvez a historia teria sido diferente, mas como eram na maioria católicos …. bomba neles.