Missa Antiga – e muitas perseguições.

Missa antiga celebrada pela Fraternidade São Pedro.

Missa celebrada pela Fraternidade São Pedro.

Kreuz.net – Na Alemanha existem 133 lugares onde se celebra a Missa Antiga, informou o sítio ‘paixliturgique.at’ com relação ao número publicado pela organização alemã ‘Pro Missa Tridentina’.

Em 58 locais, a Missa Antiga é celebrada somente durante a semana – sem os domingos. Esse número perfaz 43 por cento de todas as possibilidades oficiais específicas de se freqüentar a liturgia antiga.

Em outros 26 locais – também 19,5 por cento – a Missa Antiga é celebrada somente de tempos em temos em um domingo ou não regularmente todos os domingos.

Outros 19 centros de missa – 14 por cento – certamente conhecem missas dominicais no Rito Antigo. No entanto, essas missas são celebradas em horários impróprios para as famílias.

Tais horários são antes das 9.00 h da manhã ou à tarde.

O número de locais onde a missa é celebrada todos os domingos, semanalmente e em horários convenientes às famílias, limita-se a trinta do total de 133 centros de missa. Esses são não mais de 22,5%.

A Fraternidade de São Pio X mantém cinqüenta centros de missa na Alemanha.

Em 43 centros de missa da Fraternidade há missas regularmente aos domingos e dias de semana.

No passado, os bispos alemães causavam tensões esperadas entre os fiéis ao impedir a Missa Antiga.

Todavia, a experiência depois do ‘Summorum Pontificum’ tem mostrado que isso foi um bicho-papão.

Dessa forma, o ‘paixliturgique.at’ insta os bispos a finalmente implementarem o ‘Summorum Pontificum’.

A associação recorda uma pesquisa do instituto ‘Harris Interactive’, de fevereiro de 2010,  segundo a qual existe um grande potencial de fiéis interessados na Liturgia Antiga dentre os católicos alemães :

“Quarenta por cento das pessoas que vão à missa regularmente na forma ordinária, certamente, iriam ao menos uma vez por mês à Missa tradicional”.

9 Comentários to “Missa Antiga – e muitas perseguições.”

  1. Aqui no Brasil, dá para contar nos dedos.
    Alguns padres,por pressão da paróquia, do bispo ou mesmo por capricho, espremem a Santa Missa em horários nada higiênicos.
    Para quem tem uma família “relativamente grande”, fica difícil acordar uma tropa domingo para assistir uma Missa às oito da manhã.No meu caso, teria que acordar às seis e meia!
    Já vi casos do padre propor a Missa para o meio-dia.
    E existe o absurdo de uma Missa dominical rezada aos sábados às 14:30hs!Desrespeitando o preceito de domingo e um jejum razoável de três horas.
    É interessante que quando Pio XII autorizou a Missa à tarde, teria que ser sob certas condições e com autorização do bispo local.
    Tradicionalmente aos domingos eram rezadas três Missas pela manhã com horários que iam das oito até às onze horas.
    A Alemanhã está melhor mas parece que esse bicho-papão alemão veio morar no Brasil.

    Roberto F Santana
    robertofsantana@aol.com

  2. E aqui em Sorocaba que nem tem!!
    O unico PADRE que conheço que queria celebrar ,foi embora do Brasil.
    Talvez nem volte,É triste muito triste .Quem sabe um dia,quem viver verá.

  3. Aqui no Rio temos nossa Missa somente no terceiro sábado do mês. Dizem que é pq tem pouco fluxo de fiéis. Porém, a Missa é celebrada às 12:30hs na Igreja NS da Glória do Outeiro (que como sabem, fica num alto de um morro…).
    Pq será então que pouca gente vai???

    A propósito, alguém sabe me dizer se está confirmada pra este próximo sábado?

  4. Thiago,
    a Missa Tridentina no Outeiro da Glória no Rio está confirmada para este sábado (21/8).
    Não poderei ir por causa de um evento familiar importante. Desde já eu peço que você compareça em nossa Reunião no dia 29/8 (domingo) na Igreja do Outeiro da Glória após a missa das 9h (missa nova).
    Esta reunião é importante para tratarmos de detalhes sobre a promoçaõ da Missa Tridentina na cidade do Rio depois que ela for estabelecida em definitivo numa paróquia determinada.
    Contarei mais detalhes na reunião. Compareça.

  5. No estado do Rio de Janeiro, as melhores opções de missas dominicais são a Capela S. Miguel, no bairro de Cosme Velho (18:00h), e a Capela Nossa Senhora da Conceição, em Pendotiba (09:15h).

  6. Pendotiba é lá no meio do mato, depois de Niteroí, longe pra chuchu… A Capela São Miguel, no Cosme Velho, é também de acesso complicado, tem que subir ladeira num lugar quase deserto, à noite, arriscado a ser assaltado, perto de favela… sem falar que lá os pernilongos te comem vivo…!!!!
    No Outeiro da Glória, sábado à tarde ninguém merece…
    Sem falar nas Missas em Sepetiba… Lá onde Judas perdeu as meias!
    Estamos abandonados… Mas é melhor ter estas Missas do que nenhuma…

  7. Luis Martins, faço minhas as suas palavras. Em duas das quatro vezes que estive no Cosme Velho fiquei uma semana empolada e com uma coceira horrível com dezenas de picadas de pernilongo. Os bichos são tão safados que conseguiram atravessar camadas de tecido e picar minha barriga em vários locais.

    Nunca fui na capela de Pendotiba, mas sei que é o fim do mundo porque já fui num cemitério lá. E quanto ao Outeiro há que ser jovem e sem problemas de locomoção, além de não ter filhos pequenos para dar almoço nessa hora. Local, horário e dia escolhidos a dedo para desestimular as pessoas, sem contar que as missas até agora (depois de 1 ano!!!) são marcadas e confirmadas apenas de um mês para outro.

  8. Luis Martins, bom dia!

    O incômodo de chegar às missas da Mosteiro da Santa Cruz/FSSPX no Cosme Velho e em Pendotiba devem ser entregues como penitência para alívio dos Sagrados Corações… Com os meios de transporte atuais, nossa tarefa é muito mais fácil do que em épocas como a revolução francesa ou russa, creio… Em relação aos pernilongos, pior para as mulheres; mas nada que o bom off! não resolva. Afinal, melhor ser picado pelos pernilongos na carne; não admito é receber picadas na minha alma, pelos pernilongos das heresias, que se multiplicam assustadoramente… A falsa luz da maçonaria “ilumina” o mundo e as paróquias!

    Dom Lourenço e o padre Rodolfo são sacerdotes piedosos, preocupados sinceramente com o progresso da vida cristã dos fiéis, com simplicidade, sabedoria e afabilidade…

    Prezado Luis, estou convencido de que não merecemos ter um grande número de bons sacerdotes em nossos tempos. Somos punidos por 400 anos de afastamento gradual dos Seus desígnios; rezemos pelos sacerdotes e pelo Papa, para que lute contra os lobos e consagre a Rússia.

    Atc,
    André