Documentário “À direita do Vaticano – Os tradicionalistas”.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Documentário “A la droite du Vatican”, da televisão pública France 3, sobre os tradicionalistas franceses.

Tags:

15 Comentários to “Documentário “À direita do Vaticano – Os tradicionalistas”.”

  1. Quem sabe alguma boa alma não se disporia a legendar o filme!?

  2. Seria possível incluir legendas? O documentário parece ser bastante interessante, mas eu não falo francês.

  3. Assisti ontem ao documentário. Muito bom!

  4. SM !
    Muito bom o documentário ;)
    Os melhores sacerdotes que conheci sabiam francês; com a língua francesa vc vai diretamente na fonte da Tradição Católica.

  5. Sobre a direita, è sempre bom lembrar as palavras do nosso querido Pe Reginald Garrigou Lagrange:

    “Pessoalmente, sou um homem de direita, e não vejo porque o haveria de esconder. Creio que muitos daqueles que se servem da fórmula citada, fazem uso dela porque abandonam a direita para se inclinar à esquerda, e querendo evitar um excesso, caem no excesso contrário como aconteceu em França nos últimos anos. Creio, também, que é preciso não confundir a verdadeira direita com as falsas direitas, que defendem uma ordem falsa e não a verdadeira. Mas a direita verdadeira, que defende a ordem fundada sobre a justiça, parece ser um reflexo do que a Escritura chama a direita de Deus, quando diz que Cristo está sentado à direita do seu Pai e que os eleitos estarão à direita do Altíssimo” (Cit. in O Legionário, n° 313, de 11 de Setembro de 1938).

  6. A Tradição vive! Se possível traduzam pois não falo francês!

  7. Luiz ou Eduardo, poderiam traduzir, por favor? :))

  8. Assiti com proveito o documentário. É muito bom. recomendo vivamente.

  9. Muito bom o documentário, especialmente em se tratando de um jovem jornalista. Foi honesto, me pareceu.

    Belo ver como os fiéis franceses defendem a Fé e a Tradição Católica com coragem e determinação em meio a um sistema pagão e hostil aos valores mais básicos da lei natural, como o direito à vida -, ou quando valentemente resistem, participando da Santa Missa do lado de fora da igreja porque o Bispo local progressista não quer lhes dar nem uma pequena capela.

    Como diz uma das entrevistadas, eles não tem “crises existenciais”, como muitos outros franceses. Tudo é muito claro, quando se sabe estar do lado certo – o de Deus e da sua Santa Igreja.

    Agradeço ao Gederson pela citação do Pe. Garrigou-Lagrange.

  10. alguém sabe se esse vídeo tbm está no youtube ? gostaria muito de adiciona-lo ao meu orkut.

  11. Infelizmente meu francês é tão bom quanto meu árabe.
    Mas me contento com as imagens.
    Excelente produção.
    Os seminaristas e padres da fraternidade tem um diferencial dos outros, a coragem de Dom Lefebvre.
    Essa coragem identifica e atrai os jovens que querem ser padres mas que tem em comum essa qualidade e virtude.
    O documentário já começa com uma imagem dramática (para os dias de hoje), Dom Lefebvre consagrando seus bispos.Impossível não ser contagiado por essa coragem.

    Roberto F Santana
    robertofsantana@aol.com

  12. Excelente esse documentário. Já o havia assistido quando foi postado no Rorate Caeli. Muito bom mesmo!

  13. Estou de acordo com o jornalista Serge de Becket: se não fosse o combate de Mons. Lefebvre, não restaria nada do catolicismo na França e talvez no mundo. É o santo Atanásio do século XX.
    Pe. João Batista de Almeida Prado Ferraz Costa

  14. SM !
    Encontrei os links para download num forum de uma rádio francesa.
    http://radiocourtoisie.leforum.eu/t6142-A-la-droite-du-Vatican-les-traditionalistes.htm
    Ana Maria, desculpe mas não sei francês nesse nível para tradução, futuramente quem sabe, espero tb que alguma alma caridosa traduza logo logo rs