Os brumosos interesses políticos das comunidades carismáticas.

Clique para ampliar

Clique para ampliar

O vice-presidente da Canção Nova, Wellington Silva Jardim, conhecido como Eto, e Gilberto Gomes Barbosa, fundador da comunidade Obra de Maria, através de um cartaz (foto), pretendem indicar “verdadeiros representantes da nossa Igreja” para os cargos eletivos em disputa no próximo domingo. Não bastasse a ousadia de falar em nome da Igreja, é notável o fato de que os indicados sequer puderam se comprometer contra a maldição do aborto, sendo um deles inclusive do PT! Não é demais recordar a punição de dois deputados petistas que ousaram defender a vida, tendo, nas palavras do partido, assumido “uma dimensão militante e agressiva contra diretriz definida em resolução do 3º Congresso Nacional do PT”.

Tais indicações renovam antigas suspeitas sobre as ligações políticas da entidade de maior expressão da Renovação Carismática no Brasil, a Canção Nova.

No início de 2006, a doação à comunidade de uma fazenda de 87 hectáres  em Lorena, SP, pelo  governo de Geraldo Alckmin, cujo então secretário da educação era Gabriel Chalita, conhecido colaborador da Canção Nova, foi alvo de grande desconfiança.

Chalita, brilhante intelectual, com mais de 40 livros publicados, homem de princípios, não se envergonha de retificar seus caminhos quando necessário — ou quando as alianças do Partido Socialista Brasileiro, ao qual pertence, exigem: hoje considera Lula “um dos maiores estadistas de nosso tempo” e “tem muita empolgação” pela campanha de Dilma Roussef, “uma mulher corajosa, que tem sensibilidade, que tem essa visão de ser humano que aprendeu muito com o Lula”. Sua firmeza em seus ideais o obrigou a processar uma comunidade católica que, supostamente, teria divulgado  “vídeos nos quais [Chalita] tecia alguns elogios a Marta Suplicy e à candidata à Presidência da República pelo mesmo PT“. Eis a integridade acima de qualquer suspeita!

Outra obscura manobra envolveu, ainda em 2006, um dos homens de confiança da Canção Nova na política: o Deputado Federal Salvador Zimbaldi, à época também do PSB,  acusado de ter ligações com a máfia dos sanguessugas, que superfaturava ambulâncias, teria intercedido para que algumas delas fossem encaminhadas à Fundação João Paulo II. Sob fogo cruzado, mais tarde a Canção Nova viria abandoná-lo e rejeitar sua amizade. No entanto, o episódio parece não ter abalado a relação de Zimbaldi com outras figuras da Renovação Carismática; candidato à reeleição, tem como grandes cabos eleitorais Ironi Spuldaro, que também apresenta um programa na TV Canção Nova, e o fundador da TV Século XXI, Pe. Eduardo Dougherty.

Ao fim e ao cabo, entre outros dons, os carismáticos aspiram também os das benesses da política. No entanto, as recorrentes suspeitas e alianças espúrias permitem desconfiar que esse interesse seja mais interessante que os outros.

24 Responses to “Os brumosos interesses políticos das comunidades carismáticas.”

  1. “Não há nada escondido que não venha a ser revelado, nem oculto que não venha a se tornar conhecido.” (Mateus 10:26).

    Rezar, sofrer, combater…

  2. Aqui em MG também existe um panfleto apoiando Eros Biondini para o cargo de Deputado Federal, que se diz assiando pelo Welligtnon Silva Jardim…
    PArtidarismo dentro de uma obra…

  3. Ironi Spuldaro apoia candidato paranaense ao Senado, Ricardo Barros (PP) em seu programa eleitoral: http://www.youtube.com/watch?v=AJwN-Y3a1Qs&feature=player_embedded

  4. Gabriel Chalita processa Comunidade Católica que trabalha pelas Comissões em defesa da vida do Estado de SP pelo REgional SUl-1 da CNBB:

    http://www.regina-apostolorum.com/2010/09/gabriel-chalita-processa-comunidade.html

  5. Salve Maria!

    Como disse o André acima, usando as Palavras de Deus, “Não há nada escondido que não venha a ser revelado, nem oculto que não venha a se tornar conhecido”… eu penso que a C.N. junto com todas as cobras que criou logo vai ser engolida pelo seu próprio veneno, isto é questão de pouco tempo.

  6. São muito cara de pau mesmo! Além de pedir seu dinheiro, sua moeda, seu pé de meia, sua joia, sua aliança, agora pedem até o voto!!

  7. A Canção Nova tem atitudes tão asquerosas que há muito eu nem arrepio meus cabelos com eles. Ignoro essas pessoas, embora não ignore o que eles fazem. Ignoro o som de suas vozes, ignoro conversar com eles, ignoro ouvi-los, mas sempre no dia-a-dia se eu tiver que chamar um ou outro deles “à ordem”, eu chamarei.

    Eles já têm o IBOPE que querem, portanto, que vão todos para a mesma vala. (Não estou criticando o Fratres, nem sugerindo que aqui estão dando mais IBOPE pra eles. Matéria muito oportuna, para mostrar os lobos e os interesses escondidos)

  8. Essa máfia chamada Canção Nova, mais conhecida como o Celeiro de Heresias (e agora Quartinho de Despejo), está num processo de auto-destruição, estrebuchando desesperada. As altas somas arrecadadas dos incautos já não estão bastando para sustentar os pelêgos, precisam compactuar com a politica suja, levando candidatos anti-católicos para fazerem leituras durante as missas carismáticas, apoiando larápios do erário público, enfim, fazendo o jogo mais baixo possível para quem se diz “um dom para a Igreja”.
    Tá podre? Vai cair!!!

  9. Essa canção nova está se revelando uma IURD piorada, porque a seita de Macedo extorque mas ao menos não profana Hóstias Consagradas…

  10. Tenho nojo! Somente isso!

  11. Acredito na audiencia deste blog:

    Chalita, você é um desonesto. Você vale bem pouco…

    Pare de ser hipocrita…

  12. E por falar em dinheiro…
    Sabem quanto custa um aluguel de canal de satélite para transmitir esse lixo carismático para todo o Brasil?
    Não?
    4 milhões por mês.
    É muito dízimo, não?!
    Daí a necessidade de compactuar com o Capeta para um “reforço de caixa”; afinal, manter o “carisma” da “comunidade” e o vidão custa caro, né?…
    É a apokatástase em pleno funcionamento!!!

  13. Mas, irmãos, esse caso nem chega a surpreender. Essa tal de RCC (rede de comunicação do capeta, he, he), a tal da “teologia” da “libertação”, esses progressistas malditos, modernistas e infames que tais, NÃO INTEGRAM A IGREJA CATÓLICA APOSTÓLICA ROMANA, MAS, SIM, UMA OUTRA ‘IGREJA’, UMA ‘IGREJA’ DEMONÍACA, HOSTIL AO CRISTO E AO MAGISTÉRIO DA SANTA MADRE IGREJA, HOSTIL AO SANTO PADRE E AO CATOLICISMO DA TRADIÇÃO, CHAMADA ‘IGREJA DA LIBERTAÇÃO’. Como eu sei disso? Ora, foi confessado pelo próprio comunista leonardo Boff à revista Época, em recente entrevista.
    Portanto, devemos sempre dizer o seguinte: ‘igreja da libertação’ apóia Dilma e o PT (ELES SE MERECEM), não a Igreja Católica, não os católicos. Nós, católicos de verdade, somente apoiamos o Papa. Essa é a verdade.

  14. Se a Canção Nove está em “plena comunhão” com o Papa, por que os seus padres não aplicam o Motu Proprio Summorum Pontificum e celebrem a Missa Tridentina?

  15. Ô Cleir, veja lá: se aquelas bestas não sabem sequer celebrar a Missa do V. II, vão saber a Tridentina?

    O que gostam mesmo é de fuzarca: sambão na igreja, comunista fazendo leituras, mistureba com hereges, mistureba com macumbeiros, mistureba com gnósticos, Santa Eucaristia tratada a pontapés, Hóstia Consagrada jogada no mãozão de qualquer um, celebrações com batuque, cuíca, reco-reco e birimbau, gritaria despauterada e sem propósito algum, além de padrecos modernosos metidos a animadores de auditório e galãs de novela. Ah, isso tudo a corja sabe de letra. Missa Tridentina? Ora, faça-me rir…

  16. A Canção Nova tem uma curiosa mania de censurar seus ex-membros oficiais e oficiosos. Eles jamais são lembrados quando desertam da “missão” ou quando estão envolvidos com algum problema..às vezes um problema enorme! Vide a questão daquele padre pego literalmente de calças curtas e embriagado no carro

    JOutra coisa, onde está Padre Jonas Abib? Jogada de marketing ou o Padre Jonas está sofrendo de outra coisa além da suposta depressão?… rezemos pela conversão desses miseráveis!

  17. Onde estão os homens novos para uma terra nova?

  18. A CN me embrulha o estômago.

    Não é a toa que o Mons Jonas Abib está com depressão!

    A ovelha em meio a lobos ferozes.

  19. Mt 26,14-25
    Judas trai Jesus

    Então um dos doze discípulos, chamado Judas Iscariotes, foi falar com os chefes dos sacerdotes. Ele disse:
    – Quanto vocês me pagam para eu lhes entregar Jesus?
    E eles lhe pagaram trinta moedas de prata.
    E daí em diante Judas ficou procurando uma oportunidade para entregar Jesus.
    No primeiro dia da Festa dos Pães sem Fermento, os discípulos chegaram perto de Jesus e perguntaram:
    – Onde é que o senhor quer que a gente prepare o jantar da Páscoa para o senhor?
    Ele respondeu:
    – Vão até a cidade, procurem certo homem e digam: “O Mestre manda dizer: A minha hora chegou. Os meus discípulos e eu vamos comemorar a Páscoa na sua casa.”
    Os discípulos fizeram como Jesus havia mandado e prepararam o jantar da Páscoa.
    Quando anoiteceu, Jesus e os doze discípulos sentaram para comer. Durante o jantar Jesus disse:
    – Eu afirmo a vocês que isto é verdade: um de vocês vai me trair.
    Eles ficaram muito tristes e, um por um, começaram a perguntar:
    – O senhor não está achando que sou eu; está?
    Jesus respondeu:
    – Quem vai me trair é aquele que come no mesmo prato que eu. Pois o Filho do Homem vai morrer da maneira como dizem as Escrituras Sagradas; mas ai daquele que está traindo o Filho do Homem! Seria melhor para ele nunca ter nascido!
    Então Judas, o traidor, perguntou:
    – Mestre, o senhor não está achando que sou eu; está?
    Jesus respondeu:
    – Quem está dizendo isso é você mesmo.

  20. Que seja um é o que eu quero mais…. Existem erros em todasa as igrejas. Mas não podemos falar que um movimetno eclesial, venha do demonio não podemos generalizar pois existem muitas pessoas envolvidas.
    Precisamos pedir a Deus dicernimento para que não agridamos a nossa igreja.

  21. Parbéns Pe. José Augusto, a Igreja verdadeira esta precisando de sacerdotes como o Sr. que não cala a verdade, que não se deixa levar p/ corrupção de inúmeros anticritos que já habitam a casa de Deus, Graças Deus que ainda existe sacerdotes como o Sr. infelizmente outros já nos deixaram como o Pe. Léo e Pe. Valeriano e outros que creio que Deus já resgatou p/ que não fossem testemunhas dessa hipocrisia que estamos presenciando, realmente estamos no final dos tempos e como nossa Sra. disse em Fátima, muitos Pe. levaram muitas almas p/ o Inferno, isto é uma triste realidade.
    Rezemos…rezemos s/ cessar, conte c/as minhas orações

    Marlene
    Que Deus o abençoe conte c/ as minhas orações

  22. Eramos sócios e enganados por sinal, porém acordamos e deixamos de ser. Estamos em campanha para incentivar outras pessoas a deixaem de ser. Entre nessa também. Quem sabe o dinheiro do Chalita , Dilma, Lula e toda sua corja dê para manter as contas em dia. Temos a Bíblia, o terço e o rincipal a Eucaristia e estamos com o Pe José Augusto. Ele sim honra o Evangelho.

Trackbacks