O exemplo da Catedral de Colombo.

Católicos leigos do Sri Lanka reivindicam um código de vestuário

A Associação Nacional de Leigos Católicos (CNAL) no Sri Lanka reivindica que pessoas de todos os credos se vistam com modéstia em locais de culto.

A CNAL está preocupada com as roupas cada vez mais indecorosas durante as festas religiosas, casamentos e missas dominicais.

Em um apelo aos fiéis, Victor Silva, secretário da CNAL, observou “com grande tristeza e desalento a tendência infeliz dentre os fiéis leigos católicos de se vestirem de maneira imodesta e mais desrespeitosa ao participarem em atos litúrgicos, com pouca atenção ao sentido do sagrado.”

As autoridades do Sri Lanka já ordenaram a retirada de outdoors exibindo mulheres com decotes ousados ou expondo coisas para anunciar produtos ou serviços.

O chamado por parte da CNAL chega como parte de um movimento para fazer com que os freqüentadores de igrejas se vistam de maneira apropriada durante as cerimônias religiosas.

Muitos católicos têm reclamado de que os freqüentadores de igrejas em Colombo aparecem para as cerimônias de mini-saia, bustiês, blusas decotadas e shorts.

O governo do Sri Lanka estabeleceu um painel de credos diferentes para elaborar um código de vestuário para locais de culto.

O artigo está acompanhado de uma foto (veja acima) indicando que agora na Catedral de Colombo, Sri Lanka, as mulheres precisam usar o véu durante a Missa.

A motivação para fazer com que as mulheres usem o véu ao freqüentar a Missa na Catedral de Colombo parece ter começado no ano passado, quando, de acordo com um artigo de setembro de 2010 no UCAN, os padres da catedral começaram a insistir em um código de vestuário apropriado para as pessoas que freqüentam a missa. (Anteriormente, o uso do véu para a Missa estava limitado grandemente às mulheres da minoria étnica Tamil  — veja este artigo.)

Fonte: Rorate-caeli

19 Responses to “O exemplo da Catedral de Colombo.”

  1. Pelo pouco que conheço de cardeais, o Cardeal Arcebispo dessa arquidiocese seria o candidato menos pior à sucessão de Bento XVI.

  2. Quis dizer: no pouco que conheço, pode ser que haja outro menos pior do que ele.

  3. Fico imaginando e sonhando com o dia, em que no Brasil surgir um grupo católico forte, que peça códigos de vestuário e outras coisas também igualmente necessárias.

    Vocês não tem idéia de como é triste ir à Santa Missa em região litorânea, e ser forçado a ver tamanho desrespeito para com o Nosso Senhor Jesus Cristo e sua Casa.

    Salve Maria Imaculada!

  4. Pq menos pior e não melhor?
    o Cardeal Ranjith, ou Piacenza, ou Burke seriam bons nomes sim para sentarem no trono de Pedro, e não opções menos piores.

  5. Concordo com o Pedro!

    A questão é que o hoje qualquer um que se diz tradicional ou tradicionalista coloca-se acima de cardeais, papas etc… E faz julgamentos e manifestações temerárias acerca de outras pessoas e atitudes.

    Só para vocês terem ideia: Teve um rapaz de um grupo desses que se achava Deus. E outro que já tinha certeza!

    Quanto à notícia do blog, fico feliz pela atitude daquelas pessoas!

    Viva o Cardeal Ranjith

  6. Vcs acham que alguém da FSSX daria um bom papa? Façam um abaixo assinado para o Espírito Santo – Único a governar a Igreja Católica…

  7. A FSSPX tem cacife para dar a Igreja n só um Papa mas VÁRIOS. E n só papa mas vários cardeais, prova disso são os sacerdotes que têm.

    Quanto ao abaixo assinado, por favor passa o endereço, pq tenho certeza que vcs da “plena comunhão” n cessam os mesmos. Celular ou email tb tá valendo… em dom de tosse(estou resfriada)…

  8. Quem dera que em todas as paróquias de nosso Brasil fizessem o mesmo, no esntano há muitos padres mais preocupados em agradar os caprichos dos jovens do que agradar a Nosso Senhor Jesus Cristo.
    Que nossa Santa Mãe, Nossa Senhora Aparecida, livre seu Brasil o quanto antes desse flagelo que entristece os fiéis tão sedentos da beleza de Deus expressa pela liturgia.

  9. O pior não é não termos, aqui no Brasil, um grupo de pessoas interessadas em criar um código de decoro ou outra coisa. O pior é saber que temos um orgão assim, a CNBB e que está dividida em vários setores sobre liturgia, mas que não tem autoridade nem a boa vontade de mudar alguma coisa…

  10. Me agrada muito a ideia de termos como sucessor de São Pedro, o cardeal Ranjith, mas não sou eu que dita as regras da Igreja e nem podemos especular. O Espírito Santo, ao seu tempo, fará com que as coias tomem seu devido lugar. Como dizia uma velho ditado romano: “Quem entra papa na Capela Sistina sai cardeal”.

  11. e la vem gente fazer maledicencia dos tradicionais

  12. Começou a hora da detração…

  13. Um artigo estranho no site saopiov.org:

    Posições contraditórias e ambíguas na Fraternidade São Pio X

    http://www.saopiov.org/2011/01/posicoes-contraditorias-e-ambiguas-na.html

  14. Como é triste vermos a hipocrisia com que nossos pastores no Brasil tratam as coisas mais Santas, como a Santa Missa.

    É triste.

    E tem gente que acha que está tudo muito bem, tudo ótimo. E ainda abrem a boca para criticarem iniciativas como as da FSSPX, que faz de tudo para ensinar corretamente a Sã Doutrina.

  15. Abaixo assinado para o Espírito Santo é no mínimo pecado contra o segundo mandamento…

  16. “Estranho” não é o artigo saído no blog saopiov, e sim o que certos padres da FSSPX fazem ao irem na contramão de D. Fellay e “excomungarem” as Missas “do Summorum Pontificum” (estas, a primeira reivindicação da Fraternidade antes de se reaproximar de Roma, e apoiadas por D. Fellay), com argumentos típicos de um cismático.

    Nada mais natural, portanto, que o pessoal que concorde com a ideia de tais padres imaginar algum Bispo menos pior que o Cardeal Ranjith… Ué, mas, para estes, quer dizer então que a volta dos véus na Arquidiocese do Cardeal Ranjith nada tem a ver com a restauração da moral de sempre?

  17. Nao me entendam mal!
    eu admiro bastante o empenho da FSSPX em manter o que é tradicional.
    Porém tem gente que tem mania de achar que tudo em Roma está perdido. Achar que Roma inteira apostatou é terrível, pq é duvidar que Cristo disse que estaria com a Igreja até o final dos tempos.

  18. Caro Senhor Pedro H.L.,

    Salve Maria Imaculada!

    Você tem toda a razão quando diz que Roma não apostatou por inteiro. A Igreja sempre foi e continua sendo de Cristo, e Ele está na Igreja até o fim.

    Eu só penso que algumas pessoas são levadas a pensar diferente disso, devido a falta de iniciativas que visam a correção fraterna. Para os “leigos” no assunto, parece que a Igreja se fragmentou e cada um faz o que bem entende. O que não é verdade – apenas parece.

    Por exemplo: Veja a CNBB. Será que lá em Roma ninguém sabe da bagunça que temos aqui? Os brasileiros sentem falta de ações concretas da Santa Sé. O Senhor viu quem foram os últimos padres chamados a serem Bispos??? Creio que temos padres muito mais afinados com Roma, bons mesmo, e que sequer são lembrados para tão missão.

    Não sou de grupo nenhum. Apenas quis propor uma reflexão.

    Abraço em Cristo
    Rafael Farias

Trackbacks