Legionários de Cristo criam comissão especial para atender vítimas de Maciel.

(IHU) A ordem Legionários de Cristo anunciou nesta segunda-feira a criação de uma comissão especial encarregada de atender as vítimas de Marcial Maciel, acusado de atos de pederastia.

A reportagem é de Rodrigo Vera e está publicada no semanário mexicano Proceso, 01-02-2011. A tradução é do Cepat.

A comissão terá duas tarefas: recolher os testemunhos das vítimas de Maciel e elaborar um relatório final que será entregue ao cardeal Velasio de Paolis, delegado designado pelo Papa Bento XVI para acompanhar a congregação.

Em um comunicado de imprensa, os Legionários detalharam que a comissão “terá duas tarefas fundamentais. Em primeiro lugar, ouvir as pessoas que, por causa do padre Marcial Maciel ou em relação com ele, solicitam ações por parte da congregação dos Legionários de Cristo”.

“Depois elaborará um relatório detalhado que submeterá ao delegado pontifício (Velasio de Paolis), que, ajudado por seus conselheiros, tomará as decisões sobre o que os Legionários de Cristo deverão fazer em cada caso”.

Inclusive proporciona um correio eletrônico – acercamiento@legionaries.org – para que através dele aqueles que tiverem uma queixa se dirijam aos Legionários, cujo fundador foi, precisamente, Marcial Maciel.

No texto se esclarece que a comissão atenderá somente os abusos cometidos pelo Maciel, e também não intervirá naquelas causas que estão à espera de resoluções por parte de tribunais civis ou eclesiásticos.

Por último, a ordem informou que o atual dirigente da congregação, o sacerdote mexicano Álvaro Corcuera, terá dois novos colaboradores em sua equipe de governo, os sacerdotes Juan José Arrieta Ibarrechebea e Jesús Villagrasa.

%d blogueiros gostam disto: