Entrevista de Dom Fellay. O estágio atual das discussões teológicas: “Chegamos provavelmente ao fim de uma fase”.

Da entrevista concedida por Dom Bernard Fellay, superior geral da Fraternidade Sacerdotal São Pio X, por ocasião de sua visita ao Gabão, 1° de junho de 2011, via La Porte Latine:

Permita-nos terminar, Excelência, com duas perguntas. A primeira tem a ver com as relações entre a Fraternidade e Roma. Em que ponto estão os senhores em vossos contatos? Pergunta complementar: é possível  esperar, a médio prazo, uma normalização dessas relações?

Os contatos continuam. Chegamos provavelmente ao fim de uma fase de discussões. Isso ainda não está completamente claro. O que vai acontecer? Qual será o resultado dessa fase? Isso responde à segunda pergunta. O que Roma prevê neste momento para nós? Não devemos nos enganar: estamos inteiramente na crise da Igreja; ela certamente não terminou. Qual é o nosso destino nesta crise? Porque creio que em algum lugar o Bom Deus nos ligou a esta crise, pois trabalhamos pela restauração da Igreja, mas ela ainda pode ainda durar uma década, talvez duas. É necessário ter muita coragem e perseverança. Isso pode se resolver amanhã, pode se resolver depois de amanhã. Tudo está nas mãos do Bom Deus. Simplesmente continuemos fiéis.

Minha segunda pergunta diz respeito ao vosso sentimento imediatamente após a beatificação do Papa João Paulo II.

Um sentimento muito mesclado. [Tem-se] A impressão de uma precipitação inacreditável, que despreza todas as regras que a Igreja mesma se deu antes de proceder esse tipo de ato. A impressão de uma imprudência. Um exemplo: quando se quer beatificar ou canonizar, examina-se muito detalhadamente o que foi dito e escrito pelo candidato que dito “venerável”. Ora, aqui a maior parte de tudo que ele escreveu se encontra nos arquivos secretos do Vaticano que ainda não foram abertos. Permanecemos, portanto, desconfortáveis. Tememos ver aí uma vontade de chancelar uma causa que João Paulo II colocou em prática, que quis continuar durante o seu pontificado, da qual quis ser o apóstolo.

3 Comentários to “Entrevista de Dom Fellay. O estágio atual das discussões teológicas: “Chegamos provavelmente ao fim de uma fase”.”

  1. N sei se viverei mais duas décadas, mas deixarei com toda certeza um homem Católico na terra.

  2. QUE DEUS LHE ATENDA ESTE PEDIDO E TE ABENÇOE, ANA MARIA.

  3. Obrigada Osires, que Deus te guarde e aos seus!