A filha de Maciel, fundador dos Legionários de Cristo, casa. Força no Vaticano.

IHU – Nesta sexta-feira, 10 de junho, às 18h, na igreja barroca do convento de Las Salesas Reales, em Madri, dedicada a Santa Bárbara, casam-se com rito canônico Juan María Piñero de Miguel e Norma Hilda Baños Rivas. A noiva é filha do falecido fundador dos Legionários de Cristo, Marcial Maciel Degollado.

A nota é de Sandro Magister, publicada em seu blog, Settimo Cielo, 10-06-2011. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

O noivo fez o noviciado entre os Legionários e, depois de tê-lo abandonado, continuou seus estudos no Centro Universitário Francisco de Vitoria, em Madri, também de propriedade da Legião, onde conheceu sua futura esposa.

O noivo nasceu em Barcelona. A noiva, no México.

Na igreja de Santa Bárbara, estão sepultados os reis da Espanha Fernando VI e sua mulher, a rainha Bárbara de Bragança, enquanto o ex-convento de Las Salesas Reales é a sede da Suprema Corte de Justiça da Espanha.

Há mais de um ano, a Legião está comissariada pelo Vaticano. O delegado papal com plenos poderes é o cardeal Velasio De Paolis.

Mas os líderes que encobriram os maus atos do “falso profeta” Maciel – três acima de todos: Luís Garza Medina, Álvaro Corcuera e Evaristo Sada – continuam nos postos de comando, impedindo qualquer renovação.

Ou melhor, as autoridades vaticanas não hesitam em estender o tapete vermelho para eles.

No Vaticano, entre os dias 16 a 18 de junho, haverá um pomposo Executive Summit on Ethics for the Business World, promovido conjuntamente pela Pontifícia Academia das Ciências e pelo Ateneu Pontifício Regina Apostolorum, dos Legionários.

A cúpula será aberta pelo cardeal Tarcisio Bertone e encerrada pelo cardeal Peter K. A. Turkson, presidente do Pontifício Conselho “Justiça e Paz”. O cardeal De Paolis presidirá a missa na Basílica de São Pedro.

E quem organizou a cúpula? E quem vai tirar suas conclusões efetivas, com o beneplácito dos supraditos cardeais? Luís Garza Medina, número um dos companheiros de Maciel, ainda vigário-geral da Legião, e Marcelo Benítez, diretor financeiro da Integer, o instrumento criado por Garza para controlar as maiores propriedades da Legião, em particular suas 150 escolas e 20 universidades em todo o mundo.

8 Comentários to “A filha de Maciel, fundador dos Legionários de Cristo, casa. Força no Vaticano.”

  1. Triste!
    No entanto, vários padres legionários estão deixando os LC e várias “consagradas” também. Quatro padres, da influente família Oriol, da Espanha, deixaram os legionários recentemente. Dezenas fizeram o mesmo nos últimos meses ( cerca de 80, de acordo com o site http://www.regainnetwork.org). Muitos, inocentemente esperando por uma renovação, entenderam que ela ou não virá, ou será demasiada pálida e tardia.
    Muitos, porém, ainda se preocupam com as minúcias inventadas pelo padre Maciel e acham que isso é “seguir a Cristo”, como no caso desse padre legionário: http://live.regnumchristi.org/2011/06/pizza-pops/
    Enquanto o padre Luis Garza Medina se preocupa com o dinheiro e a influência financeira da legião, enquanto os que abafaram o escândalo continuam em posições de comando escrevendo amenidades no site do RC, almas sacerdotais sofrem e fazem sofrer, leigos se escandalizam, almas vão ficando pelo caminho.
    De fato, a notícia acima é desalentadora. Mas é muito importante que se circule a verdade sobre os LC/RC. Sem falsa caridade, sem meias palavras.
    Outro dia, no mercado, encontrei uma senhora que ficou escandalizada com o tipo de caridade praticada pelos legionários. Ela perdeu a fé católica. POR CAUSA DO ESCÂNDALO.
    Essa história dos legionários é uma enorme e grotesca tragédia.

    Em Cristo,
    Patricia Medina

  2. Quantos pesos e quantas medidas – das mais variadas e diversas, ao gosto do frêgues e da ocasião. Oportunidade e conveniência…Sinceramente, não consigo entender. Alguém pode me explicar? Meu Senhor, até quando? A cúpula dos Legionários ao que parece é uma quadrilha (sim, porque com certeza são mais de três pessoas envolvidas nos desmandos e escândalos) e pq não se toma uma atitude efetiva? Não me parece que estender tapete vermelho para essa gente seja a solução mais adequada. Seria eu o errado, ingênuo, tolo? Pode até ser, mas durmo tranquilamente todas as noites. Será q tal comportamento por parte das autoridades vaticanas é fruto de mero interesse econômico, já que a Legião tem muito dinheiro – aliás, amealhado em grande parte em função das viúvas incautas seduzidas pelos “dotes” do “falso profeta”? Desculpem o desabafo. Começo a pensar que o bordão da Ana Maria Nunes faz sentido: Dá-lhe plena comunhão!

  3. Em complemento a mensagem anterior na qual fiz meu desabafo quanto aos legionários, gostaria de registrar que até hj nunca ouvi falar de um tal escândalo no meio tradicionalista, da FSSPX as comunidades Ecclesia Dei. Claro, somos humanos e todos podemos errar, mas não é curioso?

  4. Sem duvida, os pecados de omissão foram um dos mais cometidos pelo clero nas ultimas décadas.São casos absurdos de acobertamento e “tapinha nas costas”.

  5. Imagine se algo parecido tivesse acontecido dentro dos muros tradicionalista certamente seriamos colocados numa fogueira , ou entao não haveria descanço enquanto a cabeça de todos não estivesse rolado..mas como os LC estão em plena comunhão não a necessidade de tanta rigorosidade assim né … triste e trágico !!!!

  6. Para quem achava que Roma estava tomando providências em relação aos escândalos dos Legionários, agora o que irão dizer?

    Essa é a Roma de hoje: Para os escândalosos é só tapete vermelho e tapinhas nas costas, para os sacerdotes e leigos fieis aquilo que tudo a Santa Igreja ensinou, desprezo e deboche.

    FSSPX, não faça acordo com Roma enquanto Ela não tomar jeito nas suas atitudes.

  7. Essa é a plena comunhão! Vejam como eles são unidos e se amam.

  8. Viva o beato JPII que possibilitou tudo isso acobertando o pedófilo imundo.