Estatísticas.

Rorate-Caeli | Com a ordenação de 4 novos padres nesta manhã [2 de julho], em Zaitskofen, Bavaria, a Fraternidade Sacerdotal São Pio X (FSSPX/SSPX) alcançou agora 550 padres membros.

Em comparação com sociedades de Vida Apostólica mundiais similares com um espirito missionário, e com uma história muito mais longa, isso significa que a FSSPX agora tem quase uma centena a mais de padres do que o  P.I.M.E. [Pontifício Instituto para as Missões Estrangeiras], mais do dobro de padres da outrora gloriosa Sociedade para as Missões Estrangeiras de Paris, e quase duas vezes o número de padres dos também outrora gloriosos e supremamente influentes Sulpicianos — ou em torno de dois terços mais padres do que a Ordem Basiliana de São Josafá, que fornece cuidado pastoral em todo o mundo para muitos fiéis da Igreja Católica Greco-Ucraniana, pouco mais de um quarto do número de padres da Prelazia Pessoal da Santa Cruz e Opus Dei (fundação original em 1928), ou, de uma perspectiva diferente, em torno de 7% do declínio no número de padres da Sociedade de Jesus nos últmos 40 anos…

Pedimos a nossos leitores para gentilmente acrescentarem números atuais de padres das sociedades e institutos Ecclesia Dei, assim como daquelas sociedades religiosas “amigas” da FSSPX nos comentários abaixo.

(Source: Ennemond – Fecit-Forum)

Fraternidade Sacerdotal São Pedro: 230 padres.

Instituto do Bom Pastor – IBP: 28 padres.

Mosteiro da Santa Cruz, Nova Friburgo – RJ: 2 padres

Familia Beata Mariae Virginis (FBMV): 2 padres (informação de Bruno L. Santana)

Instituto Cristo Rei: 57 padres e 80 seminaristas (informação de Marcos Mattke)

Administração Apostólica Pessoal S. J. Maria Vianney: 33 padres (informação de Marcos Mattke).

Anúncios

31 Comentários to “Estatísticas.”

  1. Sobre a foto,
    Eu achava que a casula dobrada tinha sido abolida nos anos cinquenta, alguém poderia dizer se ela permanece nos livros de 1962?

  2. Parabéns!!! FSSPX

    Dominus vobiscum.

    Glória tibi, Dômine.

    Salve!!! Maria!!!

  3. Pelo fruto se conhece a videira.

    Que Nossa Senhora proteja a FSSPX de qualquer acordo que faça-a abdicar do bom combate, i.e., contra o Vaticano II, a Missa Nova e contra o clero modernista.
    Que São Pio X interceda junto a Nosso Bom Jesus Cristo para que os Bispos da FSSPX tenham sabedoria para conduzir os colóquios.
    Que Nossa Senhora proteja Bento XVI dos lobos.

  4. Mosteiro da Santa Cruz, Nova Friburgo – RJ: 3 padres.

  5. Que o glorioso fundador da Fraternidade, o benemérito D. Lefebvre continue lá do alto do céu protegendo sua obra na terra.
    Em tempo: A casula dobra ainda se usa no rito de ordenação sacerdotal.

  6. Breve errata,
    o Mosteiro da Santa Cruz (Nova Friburgo-RJ) possui dois padres: Dom Tomás de Aquino (Prior) e Dom Antônio Maria. Informação dada pelo próprio Mosteiro.

  7. Em time que tá ganhando não se mexe!!!
    Nada de acordo!

  8. Jaqueline, a Opus Dei tem mais de 2.000 padres (veja o link na notícia) e sem declínio… Os jesuítas, mesmo declinando, têm mais de 12.000. Tirando os jesuítas por estarem declinando (já tiveram mais de 20.000), entre a Opus Dei e a FSSPX (ambas cada vez com mais padres), a Opus Dei fica na frente… Essa história de “time ganhando, por isso sem acordo” é questionável… Além do mais, nós sabemos que quando houver a volta da FSSPX (e ela tb tiver uma página neste site http://www.catholic-hierarchy.org) os seminários da FSSPX vão provavelmente explodir de tantos candidatos que hoje não vão pq não querem sair da obediencia ao Papa… Veja esse texto: http://cordialiter.blogspot.com/2011/06/ordinariato-apostolico-san-pio-x.html

  9. “os seminários da FSSPX vão provavelmente explodir de tantos candidatos que hoje não vão pq não querem sair da obediencia ao Papa…” kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Se hoje existe religiosos obedientes ao Papa são os tradicionalistas porque os PLENA COMUNHÃO a muito que deixaram de respeitá-lo .
    O Papa fala ordena manda e a CNBB entre outros fingem não ouvir , ou quando ouve adapta a fala do Santo Padre para a REALIDADE LATINO AMERICANA mudando completamente o que o Papa dissera .

    Falar em obediencia hoje ao Santo Padre por parte dos modernistas é uma grande FALACIA . Eles querem passar a idéia de que estão em obediencia ao Papa mas tudo não passe de demagogia .

    “Os verdadeiros amigos do povo não são os inovadores, mas os tradicionalistas”.
    Papa São Pio X, na sua carta encíclica “Notre charge apostolique”.

  10. Familia Beata Mariae Virginis (FBMV) = 2 padres

    ***

    A FSSPX cresce APESAR dos preconceitos, apesar das excomunhões, apesar das sanções, apesar das diatribes públicas que os episcopados em todo o mundo moveram contra ela, apesar do estigma pesado que marca seus fiéis e sacerdotes.

    Será que a Opus Dei teria esse desempenho todo, se estivesse em semelhante situação? Tudo bem, ela pode ser execrada em muitos meios midiáticos, e pelo visto, em alguns casos oferece o flanco à crítica… Mas ela cresce justamente por ter algo de tradicional, de conservador, no fundo, de católico. Quanto mais o movimento ou ordem se distancia da Igreja Católica em sua Tradição, mas tende ao declínio… Por isso não se compara uma ordem beneditina a padres salesianos, por exemplo… Enquanto uma mantêm alguma coerência em virtude de sua solidez monástica e precisão da regra, a outra vê o declínio constante, com seus padres totalmente secularizados, e cada vez menos católicos…

    Eu acho que nesse caso, os frutos da intransigência da FSSPX são uma prova cabal que ela está no caminho certo. Se ela permanece hoje como estava ontem, e se no final do ano o resultado dessa “teimosia” são padres 100% CA-TÓ-LI-COS de formação intelectual, de formação moral, de formação religiosa e de COSMOVISÃO CATÓLICA, então, sem jamais pretender viver como se nada de Roma prestasse, ou como se fosse possível ser católico sem o papa… Ainda assim, que fique como está.
    A fórmula é simples: quando Roma se manifesta em coerência com o que ela mesmo sempre ensinou desde sempre, então, que a FSSPX acate tais coisas para ontem… Se ela destoa, respeitosamente, que não seja acatada. Se alguém aqui acha que, se o papa mandar se jogar na ponte, o católico pode obedecer sem pagar pelo pecado do suicídio, por favor, vão ao quintal procurar uma pedra bem pesada para chegar mais rápido ao fundo do rio.

    É o tipo da coisa: como pode a FSSPX “voltar”, se o pecado dela, aos olhos do mundo, foi justamente “Não ter ido” junto com os que mudaram?
    A FSSPX não saiu da Igreja, mas Roma a pôs para fora dos quadros administrativos e canônicos, e agora a mesma Roma quer encaixá-la novamente. E a FSSPX até agora permanece do mesmo jeito que D. Lefevbre deixou. Intransigente como sempre. Graças a Deus.

  11. Giovanni Tiberino, meu namorado irá à La Reja nos próximos dias para participar da Semana de Humanidades, à convite do priorado de Santa Maria. Ele mesmo irá ficar em casa de fiéis pois o seminário está super lotado (de seminaristas da FSSPX) ao contrário do Seminário de Bidasoa em que a Obra atende aos seus e os de diversas diocese do mundo (e não está lotado).
    E quanto a “não querem sair da obediencia ao Papa”, penso que deves rever bem o conceito de quem mesmo desobedecendo o Santo Padre.
    Ah e sobre o catholic-hierarchy, conhecemos bem o Sr. David Cheney.

  12. N sei o pq essa gente acha que os seminários da FSSPX estejam vazios. A propósito, quem tem no orkut, facebook, blogue e afins seminaristas da FSSPX?

    Mais vale 550 CATÓLICOS a 2mil ecumênicos!

  13. …interessante…mas o que são 550 padres em comparação com o resto da Igreja?

    …não é pelo numero que Deus salva Israel.

    Hi in curribus, et hi in equis; nos autem in nomine Domini Dei nostri invocabimus. [Vulgata, Salmos 19.8]

    Estes confiam nas suas carroças, e aqueles nos seus cavalos; nós, porém, invocaremos o nome do Senhor nosso Deus.

  14. Às vezes acho que a situação da FSSPX só vai começar a mudar quando a mesma converter alguém muito importante.

    Por exemplo:

    Um rei, ou um principe muito conhecido; um primeiro ministro ou um presidente muito famoso; um políco muito escândaloso;…

    Se nocaso de um rei da Europa for convertido por padrês da FSSPX, e a Santa Sé perceber que esse rei está dando todo o apoio para a FSSPX, Roma não poderá fazer mais nada. Vai ter de aceitar a FSSPX do jeito que deve ser:

    CONDENANDO O CONCÍLIO VATICANO II.

  15. “Mas ela cresce justamente por ter algo de tradicional, de conservador, no fundo, de católico. Quanto mais o movimento ou ordem se distancia da Igreja Católica em sua Tradição, mas tende ao declínio”…
    Gostei da colocação…
    É visível, é patente, só não ver quem não quer, quando se afasta da Tradição Católica e sem mete pelos pântanos horríveis e engolidores do Modernismo ou, pior ainda, da putrefata, nojenta e asquerosa tl, nada permanece de pé, nada dá frutos que prestem…
    Pessoal, é só olhar os institutos, as ordens, outrora grandes e frutíferos de vocações e agora, agonizando…Está aí, não precisa de análises difíceis ou de peritos para tirar a conclusão…
    Enquanto os remanescentes da maldita tl continuarem dando pitacos aqui e acolá, enquanto os Seminários e institutos e pucs, que de católicas não têm absolutamente nada, continuarem na formação de padres, as vocações irão, e tomara Deus que vão mesmo para locais onde a FÉ CATÓLICA E DIVINA é ensinada e vivida, não tem jeito…
    Mas, os padrecos, as freirocas, os seminaristazinhos, os noviços (as) envenenados por bofs, betos, e companhia, com o ridículo anel de tucum nos dedos, celebrando as deploráveis e abjetas “missas” afros e similares, farão muito estrago na Igreja de Deus ainda.
    O que nos consola e nos anima são as palavras de Nosso Senhor a Pedro, lidas na Santa Missa de ontem, Solenidade de S. Pedro e S. Paulo, infelizmente tirada de sua data oficial para ontem pela CNBB, no tempo em que esta tinha prestígio em Roma, estava mais infectada do que atualmente pelos loucos da tl, no tempo em que os Dons Isnards e Dons Bugninis da vida eram os papas em questões litúrgicas: “Eu edificarei a minha Igreja e as poder do inferno nunnnnnnca poderá vencê-la”.

  16. Pe, Alejandro,

    Qual a qualidade do resto da Igreja. Poderia definir melhor? Quantos ecumênicos fazem parte do resto?

  17. O Instituto Cristo Rei possui atualmente 57 sacerdotes e 80 seminaristas.

    Campos, por sua vez tem 33 padres.

  18. Concordo com o pe Alejandro. Não são os números que importam numa obra de Deus. Mas, sinceramente, achava que a FSSPX fosse muito mais relevante do que de fato é. Só 550 padres? Tem certeza? Quanto é isso? 0,15% ou 0,2% do total de padres da Igreja?

    E fui pesquisar no site do Opus Dei e lá fala que são aproximadamente 1.900 padres incardinados na Prelazia (e há uns 2.000 outros sacerdotes a ela vinculados através de uma Sociedade Sacerdotal) que servem a 85.000 membros, dos quais uns 25.000 numerários (as), isto é, celibatários por vocação divina e dedicação integral ao apostolado.

  19. Defino melhor sim.

    [Elias] Teve enorme zelo pelo Senhor Deus dos exércitos, porque abandonaram teu pacto os filhos de Israel: destruíram teu altares, mataram teus profetas a espada, só fique eu sozinho e buscam a minha alma para ma tirar. (FSSPX)

    [Deus] Reservei-me em Israel sete mil homens cujos joelhos não se dobraram perante Baal e toda boca que o não adoro beijando-lo na sua mano.(Igreja)

    III Reg 19, 14 e 18

    Zelo zelatus sum pro Domino Deo exercituum, quia dereliquerunt pactum tuum filii Israel : altaria tua destruxerunt, prophetas tuos occiderunt gladio, derelictus sum ego solus, et quærunt animam meam
    ut auferant eam.

    Et derelinquam mihi in Israel septem millia virorum, quorum genua non sunt incurvata ante Baal, et omne os quod non adoravit eum osculans manus

  20. Viva a FSSPX!

    Tomara que abdique da idéia romana e suas propostas de firmar um acordo. Roma concorda ainda com o ditado: “O que não desejo para mim, não quero para os outros”. Ela não deseja recusar o Vaticano II, e acha que vai permitir a FSSPX ter outra linha de pensamento? Duvido.

    Que Deus acompanhe esses diálogos e que ambas as partes mantenham uma grande humildade.

  21. Faltou na lista D. Lourenço, de Permanência, a incluir-se nas “comunidades amigas”.

  22. D. Lourenço não é do mosteiro da Santa Cruz? Formalmente, a quem ele está vinculado? Se ao mosteiro, por que o próprio mosteiro (segundo comentário de leitor acima) não o elenca entre seus padres? Talvez fosse melhor procurar esclarecimento a esse respeito.

  23. Novas ordenações sacerdotais e diaconais, seja na FSSPX, como as noticiadas hoje, ou na FSSP, alguns dias atrás, deveriam ser motivo de nossos agradecimentos a Deus e incentivo para mais orações rogando o envio de novas vocações (São Mateus IX, 38). Tenho certeza que os 550 sacerdotes da FSSPX, com a humildade que deve guiar todo o católico, não perdem seu tempo achando que valem mais que os sacerdotes de outras ordens ou comunidades, mas trabalham para bem realizar o seu serviço pastoral. Da mesma forma, os sacerdotes da Obra buscam responder ao chamado do Senhor, obedecendo sim ao Santo Padre, como podem comprovar os que com eles convivem. Um abraço fraternal a todos.

  24. Espero que o Opus Dei tenha no futuro 10.000 padres; que o Instituto Cristo Rei tenha 2.000;
    queo IBP tenha 500 padres e etc.

    Que a FSSPX tenha 5.000 padres . Mas dentro da Igreja !!

  25. Sr. Aurélio Novaes,

    Vá às fontes: pergunte a D. Lourenço.

  26. LOUVADO SEJA NOSSO SENHOR JESUS CRISTO!! Para sempre seja louvado!!!

  27. Dom Lourenço obedece (está vinculado) a Mons. de Galarreta, que é o bispo encarregado dos religiosos. Há muitos anos que ele não está sob a égide do superior do Mosteiro da Santa Cruz.

  28. Um certo padre em terra de Santa Cruz elucidou esta questão do quantitativo de sacerdotes.
    Primeiro fez menção direta à analogia ao sal que Nosso Senhor a eles impingiu.
    Aí destacou que o sal dá o sabor e que para isso,(quem cozinha sabe), É IMPERATIVO QUE SEJA EM POUCA QUANTIDADE!
    Mas ele foi além e chamou à atenção a outro atributo do sal que é: EVITAR A CORRUPÇÃO.
    Mas evitar a corrupção de quem? Do objeto A SER SALGADO.

    Com efeito, qual o objeto que deve ser protegido da corrupção pelos sacerdotes?
    Diante disto, pela superabundãncia de corrupção das almas reinante neste século bem se vê como se está a cumprir o sacerdócio. E vejam mais: existem milhares!

    Padre António Vieira – O Sal da Terra

    “Vos estis sal terrae

    Vós, diz Cristo, senhor nosso, falando com os pregadores, sois o sal da terra; e chama-lhe sal da terra, porque quer que façam na terra o que faz o sal.

    O efeito do sal é impedir a corrupção, mas quando a terra se vê tão corrupta como está a nossa, havendo tantos nela que têm ofício de sal, qual será, ou qual pode ser a causa desta corrupção?

    Ou é porque o sal não salga, ou porque a terra se não deixa salgar.

    Ou é porque o sal não salga, e os pregadores não pregam a verdadeira doutrina, ou porque a terra se não deixa salgar, e os ouvintes, sendo verdadeira a doutrina que lhe dão, a não querem receber.

    Ou é porque o sal não salga, e os pregadores dizem uma coisa e fazem outra, ou porque a terra não se deixa salgar, e os ouvintes querem antes imitar o que eles fazem que fazer o que dizem.

    Ou é porque o sal não salga, e os pregadores se pregam a si e não a Cristo, ou porque a terra se não deixa salgar, e os ouvintes, em vez de servir a Cristo, servem os seus apetites.

    Não é tudo isto verdade? Ainda mal.”

    VIEIRA, Padre António, Sermões

    Padre António Vieira (Lisboa, 6/2/1608 – Bahia, 18/7/1697)

  29. CIDADE DO VATICANO, terça-feira, 5 de julho de 2011 (ZENIT.org) – As quatro ordenações sacerdotais realizadas no último fim de semana na localidade alemã de Zaitzkofen, por um dos bispos da Fraternidade Sacerdotal São Pio X (FSSP), separada da comunhão com Roma, são ilegítimas, esclareceu hoje o porta-voz da Santa Sé, Federico Lombardi SJ.
    O diretor da Sala de Imprensa respondeu assim às perguntas de vários jornalistas sobre estas ordenações sacerdotais, realizadas pelo bispo Bernard Tissier de Mallerais, um dos quatro bispos da Fraternidade São Pio X.
    Diante desta situação, afirmou Lombardi, “não resta mais do que afirmar o que já foi declarado em situações análogas do passado, ou seja, reenviar o afirmado pelo Santo Padre em sua Carta aos Bispos da Igreja Católica, de 10 de março de 2009”.
    “Enquanto a Fraternidade (São Pio X) não tiver uma posição canônica na Igreja, seus ministros não podem exercer ministérios legítimos nela”, destacou Lombardi.
    E acrescentou: “Enquanto as questões que concernem à doutrina não forem esclarecidas, a Fraternidade não tem nenhum estado canônico na Igreja”.
    “As ordenações são, portanto, consideradas ilegítimas”, concluiu.
    Neste ano, a FSSP já realizou 20 ordenações sacerdotais.

    E AGORA??????????????????????????

    • E agora, Ir. Emilia?… Agora que a ZENIT é tão bem informada que usa a sigla da Fraternidade São Pedro para designar a Fraternidade São Pio X.

      Mas continuem a discussão no post relacionado, por favor.