Bomba de Roma: Dom João Braz de Aviz compara Pe. Roberto Lettieri a fundador de Legionários de Cristo.

Apresentamos nossa tradução de uma resposta de Dom João Braz de Aviz, prefeito da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e Sociedades de Vida Apostólica, em entrevista concedida a John Allen Jr:

O que o escândalo envolvendo o fundador dos Legionários de Cristo significa para o senhor?

Certamente é doloroso quando você vê a expansão de um movimento que se apresenta como carismático, e então a indignidade de seu fundador é revelada. Como tal coisa é possível permanece um mistério, e os Legionários não são o único exemplo. No Brasil, tivemos o caso da Toca de Assis. Era uma comunidade que vestia um hábito no estilo franciscano e que atraiu muita atenção, inserindo-se na Canção Nova [uma rede brasileira de grupos vagamente afiliados ao movimento carismático]. Eles criaram uma forte imagem de si, com irmãos que alegavam dar glória a Deus cantando e dançando. Tinham recrutado seiscentos moços. Depois se descobriu, entretanto, que o fundador tomou parte em comportamentos moralmente indignos com seus seguidores.

Quanto aos Legionários, nunca me convenci pela falta de confiança na liberdade pessoal que eu via nas suas estruturas. Era um autoritarismo que procurava dominar tudo com disciplina. Eu retirei os seminaristas de Brasília de seus seminários, porque vi que as coisas não poderiam continuar dessa forma.

Na mesma entrevista, Dom João defende a teologia da libertação e expõe sua ruptura com os procedimentos de seu antecessor [você encontrará alguma coisa dele aqui] nas relações com os religiosos. Curiosamente, um pontificado que afirma ad nauseam a tal continuidade, não consegue impô-la sequer na sucessão de um chefe de dicastério.

98 Comentários to “Bomba de Roma: Dom João Braz de Aviz compara Pe. Roberto Lettieri a fundador de Legionários de Cristo.”

  1. Renato Lima, a mim parece que Bento XVI não tem escolha. A situação aqui e em Portugal é REALMENTE muito crítica. Não existem outros nomeS. Tanto faz deixar um sujeito desses como outro menos ruim por um tempo até surgirem padres puramente católicos que suportem um bispado. É preciso paciência e oração — e cobrança, tb.! Façamos nossa parte!

  2. http://www.30giorni.it/articoli_id_77419_l1.htm

    Na 30 Giorni a entrevista completa é pior! TL FORA!!!!

  3. Gostaria de saber que cristianismo se prega, hoje, na Igreja, com tantas aberrações.

  4. É meu windons travou, mas pra quem na sabe é só ver os videos com o padre Roberto no youtube, quando ele ainda era seminarista em campinas, ele teve contato com o Pe Rifan então, ponta de lança da tradição etc… E em uma de suas palestras ele diz que quem santifica a Missa não é o rito, é o padre… Conheci pessoas que também tentaram trazer ele pra tradição doando livros e até mesmo recebiam ele nessas conferencias; então ao contrario do que muitos pensam o Pe Roberto desde o começo teve contato com a tradição e não era de todo ignorante do tema da Missa etc, porem quis seguir por outro caminho. Até encontrar mais tarde a traição e ai Dom Rifam mais conciliado com os pensamentos dele.
    Porém me parece muito imprudente se soltar uma informação com essa assim, uma sentença sem julgamento ou existe esse julgamento?
    Outro ponto é destacar que o o problema da toca de assis são mais profundos também por ser um instituto de vida que não tem formação e outras tantas deficiências doutrinais que Roma nunca olhou e sempre permitiu.

    • Fernando Zanelatto, se há imprudência, ela é toda do Prefeito dos Religiosos. Foi ele quem deu uma entrevista a um vaticanista renomado, para um site que tem muito mais acessos que o nosso.

      Que Dom João Braz não é lá grande nome para assumir cargo de tamanha importância em Roma, todos sabiam; agora, que ele é também “trapalhão” por soltar uma informação guardada a sete chaves no Brasil num site [supostamente] católico dos mais lidos do mundo, ah, essa é nova…

  5. Calma, foi isso que eu quis dizer… ele e não o fratres.

  6. Gente, então quer dizer que essa história do Pe. Lettieri é verdade? Porque se realmente for, isso ainda vai dar uma baita confusão!

  7. Qual é o caso da Toca de Assis? E o que acontenceu com o Pe. Roberto?

    Pergunto, pois, obviamente, conhecia (não pessoalmente) da época que era carismático, ia à CN.

    Como me afastei já alguns anos, não sei de nada a respeito dele, da Toca de Assis e fiquei curioso agora com essa matéria.

    Se alguém puder esclarecer, obrigado!

  8. Até onde eu sei o que tinham contra o pe. Roberto eram só calúnias. Será que Dom João sabe de algo que nós não sabemos? Se sim, de fato foi imprudente.

    Mas pode também não ter sido imprudência, pode ter sido uma tentativa deliberada de difamar o pe. Roberto. “De fato, os que pertencem a este mundo são mais espertos, no trato com os seus semelhantes, do que aqueles que pertencem à luz.”

  9. Mistério da Iniquidade.

  10. É lógico que a CNBB e seus bispos “vermelhos” sabem da verdade, e deveriam começar a expor a imprensa os seus escandalos internos que concerteza sao muito maiores que as quedas do padre Roberto.

  11. Prezado Ferretti, grato pela ajuda.

    Li tudo, inclusive os comentários, e não consegui visualizar nada no sentido do motivo do afastamento do fundador, bem como motivos para reestruturação da Toca de Assis.

    Sem querer especular ou fazer fofoca aqui, mas gostaria de saber o que realmente tenha dado ensejo a isso tudo, o que realmente é verossímil.

    Abraço!

  12. interessante falar algo que não temos provas….Até hoje pelo que bem conheço ao fundo da história tudo se passou de conversas e reuniões a portas fechadas…Sim muitos religiosos acabaram saindo,a Cn retirou o padre por um tempo….Mas nada nada pode ser dito e acusado sem provas cabiveis,se o Padre Roberto José Lettieri entrar com um processo ele pode ate ganhar e com certeza hoje esta página sera copiada e guardada….Não queremos briga e nem discussões na Sta Igreja,mas infelizmente, os homens estão suscessiveis a erro e com certeza se este homem errou foi pq ele é HUMANO

  13. É mesmo 100% segura essa informação ?
    Se for realmente é uma BOMBA !!
    Eu ainda não estou acreditando no que Dom João Braz de Aviz está dizendo : Pe. ROberto está envolvido em escandalo sexual é isso mesmo ou eu entendi errado ???

  14. Talita, copie e guarde à vontade. Aproveite e processe o AUTOR das afirmações, lá na cúria do Estado do Vaticano…

  15. Bem, sempre ouvi rumores sobre a situação do Pe Roberto Littiere e a Toca de Assis.
    Como resido em São Paulo e tenho por aqui conhecidos bem informados, os “ruídos” eram mais detalhados…
    Não conheci o Padre Littiere.
    Mas conheci algumas pessoas da “toca”, que no primeiro contato me parecerem ser gente de boa índole.
    São carismáticos, mas ao menos não são exibicionistas ao ponto de idolatrarem pseudo carismas.
    Acusar o Padre Littiere de ser semelhante ao fundador dos Legionários, penso que seja um tremendo exagero.
    Salvo se o que fiquei sabendo do Pe Litiere foi mentira ou então minimizado…
    E vejam que ele alivia a imagem da Canção Nova no imbrólio, pois disse: “…atraiu muita atenção inserindo-se na Canção Nova…”.
    Uma ova!
    A CN abraçou de corpo e alma todo o trabalho da Toca.
    Tudo ali na Toca tinha a ciencia e o aval da CN.
    E o comentário de Dom João cai por terra esvaziando sua denuncia quando ele elogia a TL.
    Não gosto da Toca nem nunca gostei de comunidades carismáticas porque são grupos na sua maioria heterodoxos e alienantes.
    Mas falar mal da onça elogiando a hiena…não dá.
    Olegario.

    Em tempo: Tambem tenho ouvido muito sobre o silencio de Mons. Jonas…muito!

  16. Dona Talita

    O articulista do blog não acusa nada nem ninguem, apenas reproduz uma entrevista interessante.
    E só.
    A sra. já tentou manifestar seu desejo de processar comunidades carismáticas que dizem que o Padre Léo é santo…?
    Ora, isso a sra. pode fazer porque alem de ser uma mentira os carismáticos induzem católicos ignorantes ao erro.
    E esse negócio de ameaçar fatos jornalisticos, imprensa e meios de comunicação é coisa do PT.
    E se a sra. gosta do Pe Littiere e da Toca de Assis, é sinal de ser católica.
    E católico não pode uitilizar o modus operandis do PT.
    Reze pelo Pe Littiere.
    E se sobrar um tempo, reze por mim tambem.
    Olegario.

  17. Q. comparação mais absurda. Só Deus na causa!!! É um desrespeito esse comentario de Dom Aviz. Quem acompanhou pelos noticiarios o ocorrido com fundador dos legionarios, sabe que em nada se pode compará-lo com Pe. Roberto Lettieri.
    Rezemos por todos os que exercem cargos de poder na igreja, para que os exerçam com justiça, prudência e misericordia acima de tudo.

  18. Uma coisa é certa, até agora nenhum dicastério levantou a voz contra a Opus Dei. De duas uma: ou os ex-membros mentem (não só o caso da francesa noticiada pelo Fratres, pois as críticas dos ex-membros caminham em um mesmo sentido); ou a Opus tem uma influência muito grande na cúria e goza de prestígio com o Papa. Sinceramente, não sei qual a resposta.

  19. Eu também Fábio, só sei que ele foi afastado e ninguém deu um esclarecimento, e parece que Dom João resolveu esclarecer a questão!!

    Eu sinceramente espero que não seja verdade!

  20. Concordo com o Olegario mas,
    Tem ouvido o que? A verdade tem que ser divulgada, não se pode esconder a verdade Olegario.

  21. Eu acho o seguinte se Dom João de Aviz está afirmando isso ele deve estar bem fundamentado . Não acredito que ele levantaria um falso testemunho dessa magnitude sabendo que causaria repercussão se não tivesse como provar o que ele sustenta..

    Bom, se ele começou gostaria muito que ele esclarecesse melhor e revelasse motivo que o leva a comparar Pe. Lettiere ao maniaco sexual , se ele não provar aí o sujo é ele . Mas se ele provar aí só lamentação e choro .. situação muito delicada .

  22. Eu li o comentário, mas sinceramente, não me convenci de coisa alguma.
    A TL tem despeito da RCC e suas filiais… E como há muito que a maioria do episcopado e dos sacerdotes perderam a fé, então, não me admira que sejam menos inescrupulosos em mentir ou difamar.

    Não sei se o arcebispo mentiu ou difamou. Mas não coloco a mão no fogo MESMO. Para mim D. João é altamente suspeito de falar, porque ele demonstra ser modernista, por apoiar a TL e por seu histórico de perseguições à Missa Tradicional. Se um bispo vai contra a ortodoxia, porque seria mais escrupuloso com pecados menores?

  23. Eu gostaria muito que todos que acredito serem catolicos, pudesse se colocar de joelhos para pedir aos nossos padres, bispos e todo o clero.Ao inves de gastarmos tempo com discussoes de certo e errado, disse ou nao disse e ou nao e ?
    Em um momento onde nosso Papa pede por oraçoes, sera possivel que ainda ninguem entendeu o tempo do silencio , do jejum de lingua?
    Seria muito prudente e digno de nossa parte ditos cristaos,Unidade de Igreja Catolica Apostolica Romana
    de sermos mais irmaos, e menos ignorantes para defender nossa ideias ou nossas opinioes a respeito de um ou de outro , que tal silenciar nossos coracoes e ouvir o que Deus pede para cada um, ja sabendo que temos um Deus misericordioso que nos Ama e que tambem Ama o pecador, mas que tambem cobrara de cada um no seu acerto de contas Pessoal e Intransferivel.
    Eu do Apostolado da Oraçcao fico triste como sei que tambem fica o coraçao de Jessus Cristo diante de tanta polemica, opinioes, julgamentos.Peco encarecidamente que ao inves de dar continuidade a isto ou aquilo, se coloque de joelhos pelos nossos pecados, pela nossa condiçcao humana de pecador, para que eu possa ter o silencio e o Amor no meu coraçcao para respeitar , e guardar em silencio aquilo que maltrata o coraçao do meu Senhor e meu Deus!Obrigada pelo momento de liberdade de expressao, e espero nao ter magoado ninguem somente, lembrar nosso papel dentro da Igreja.

    Roseli

  24. Pe. Roberto como sacerdote ajudou a muitos a compreender o mistério do Santo Sacríficio, através de seu Pastoreio. Incomodou muito, a Maçonaria no Brasil, esclarecendo seus laços luciferianos,enquanto pregrava, foi diversas vezes ameaçado pela mesma. Incomodou e incomada na Diocese de Campinas, onde é a sua Diocese, e a TL e a Maçonaria reinam. Só o fato dele usar a Batina em sua diocese já o faz ser caçado, e odiado por isso. Dom Joao, com suas palavras, nao agiu sozinho, tenham certeza que muitos “Vermelhos” falaram por suas palavras. Só os cegos não veem isto. Se ele caiu ou não, a nós nao se remete o juízo, somente as orações. LDVM! Salve MARIA!

  25. Só sei de uma coisa:

    Nessa briguinha entre o clero modernista, vou acompanhar de camarote.

    A única coisa que me entristece é que mais uma vez esses sacerdotes mundanos modernistas irão mancha a Santa Marde Igreja Católica.

  26. Talita, se é assim como você falou, há que se explicar a carta de Dom Bruno Gamberini. Você acha que Dom Bruno iria escrever aquela carta se não houvesse algo concreto? De fato não há provas, mas ninguém é tirado do cargo de superior geral de uma comunidade para investigaão e vai para um convento no fim do mundo por nada.

    Por outro lado sabemos o quanto o Demônio tenta os sacerdotes, pois são eles que nos trazem Jesus na Eucaristia e nos perdoam os pecados. E de fato os padres são humanos.

    Agora não é por isso que vamos fingir que não está acontecendo nada. Todos esses casos envolvendo tantos sacerdotes famosos devem nos levar a rezar incessantemente pela santidade do clero e pela nossa própria santidade, sem contudo botar panos quentes ou enfiar a cabeça no chão como os avestuzes.

    A Toca faz um bem inestimável aos probres de rua. Eles fazem o trabalho que ninguém quer fazer (salvo as MC).

    Por outro lado, há aspectos que podem e devem ser corrigidos (muito contato físico entre eles, danças, festas, orações diante do Sacrário que mais parecem uma feira livre), quando na realidade a vida de São Francisco foi extremamente mortificada. Pintam um São Francisco pop que não é exatamente o que se lê nas biografias sérias.

  27. Dª Maria:

    O melhor comentário sobre o trabalho da Toca quem deu foi a senhora.
    Impecável!
    Olegário

  28. A RESPEITO DO COMENTÁRIO DA ROSELI – NÃO É HORA DE CALAR!!! SE CALARMOS AGORA, DEPOIS NO FUTURO HAVERÃO DE NOS COBRAR PELA OMISSÃO DIANTE DESSAS GRAVES SUSPEITAS. É NECESSÁRIO QUE SE AVERIGUE SE É VERDADE OU NÃO, PARA QUE SE FOR VERDADE, NÃO SE DEIXE DE PUNIR E CORRIGIR OS CULPADOS. POR EXEMPLO, ATUALMENTE A IGREJA ESTÁ PADECENDO MUITO NO HEMISFÉRIO NORTE POR QUE MUITOS CASOS DE PEDOFILIA FORAM TRATADOS DE MANEIRA INCORRETA. O PE. MARCIAL MACIEL NO PASSADO FOI TIDO COMO INOCENTE CALUNIADO. DEPOIS, COM AS INVESTIGAÇÕES, DESCOBRIU-SE QUE ELE ERA CULPADO DE MUITOS DELITOS GRAVES. QUE NÃO SE REPITA, PORTANTO, NO PRESENTE OS ERROS DO PASSADO.

  29. Todos os TL odeiam a Toca de Assis e esse ódio começou em Campinas onde vivia esse Pe Roberto.

  30. Silêncio do Monsenhor Jonas Abib?? Alguém pode explicar?

  31. Bem citado, Paulo Morse, sou da Arquidiocese Campinas. A mesma, é conhecida como capital mundial da TL ( um sacerdote daqui que me disse), e a TL odeia a Toca e todos que procuram comungar nos lábios, Padres que usam Batina e etc. O unico Pe. que usa batina aqui na Diocese, é o Pe. Roberto, não conheço outro. Seminaristas que são meus amigos, já me disseram, que muitos Padres daqui, caluniavam o Pe. Roberto e O Pe. Joao, outro Sacerdote que usava batina, e procurava ser Fiel ao Papa. LAVS DEO!

  32. Dom Joao, alem de prefeito , virou garçon, entrega de bandeija !! rsrs

  33. Também gostaria muito de saber sobre o tal silêncio do Monsenhor Jonas Abib. Ele sumiu da Canção Nova alguem poderia comentar ??

  34. Dou o benefício da dúvida a ambos os lados. Um dia saberemos a verdade.

  35. “Quanto aos Legionários, nunca me convenci pela falta de confiança na liberdade pessoal que eu via nas suas estruturas”.

    Engraçado, ele mete o dedo no olho dos legionários, mas não diz nada sobre a praga jesuítica que se instalou num dos lugares mais nobres da capital federal.

  36. Isso é verdade Alex, sei que fecharam varias casas de Adoração Perpétua da Toca de Assis, depois que o bispo diocesano de Campinas juntamente com o novo Conselho da Toca resolveram reformular as regras da fraternidade. Agora os toqueiros podem tudo, muitos tem perfis no Facebook, Twitter e orkut. No tempo do Pe Roberto isso nao acontecia. Agora eles podem tudo. Muitos irmaos da Toca, pararam de receber Jesus Sacramentado na boca e de joelhos. Inclusive se nao me engano as toqueiras nao fazem mais a Adoração Perpetua na Canção Nova que foi estabelecida desde 2008, acho que ficou a cargo agora da propria comunidade que se revezam na capela.

  37. Não sabemos se é verdade os possíveis casos de abusos sexuais por parte do Pe. Roberto; o certo, é que o futuro cardeal do dicastério não poderia dar uma entrevista dessas. Até porque não houve nenhuma pena formal dada pela Penitenciaria apostólica, ou pelo mesmo dicastério, etc. ao fundador da toca. O ônus da prova cabe a quem acusa! Esse Dom Aviz não tem futuro! Pena que é “novo” e antes de ficar emérito vai fazer muita bobagem!

  38. Bom, já que o senhor prefeito falou…

    Sei que realmente aconteceram alguns fatos. E quando começou, não fizeram nada, alguns com medo, outros para proteger o padre.
    Quando o problema ficou insustentavel, algumas irmãs, contra a vontade de uma maioria, foram até Dom Bruno e contaram toda a história, ele chamou o padre e encaminhou para um psiquiatra que diagnosticou Transtorno de Personalidade Paranóide. Como o problema não era novo, o psiquiatra disse que não havia cura, mas apenas tratamento, ou seja, se fosse tratado desde o começo, seria reversível.
    Quando Dom Bruno ficou sabendo do diagnóstico, ele chorou falando com as irmãs: “Porque vocês não me avisaram antes? Porque deixaram meu filho chegar nesse estado?”

    A partir daí, o padre foi enviado pra Jerusalém, onde ficou 1 ano. E desde que voltou, continua sob a visão permanente de Dom Bruno, que por sua vez assumiu a responsabilidade da Fraternidade, nomeando superiores para os institutos masculino e feminino… E o padre está afastado de forma definitiva da sua fundação.

  39. Prezado sr. Alex, você pode provar o que afirma com tanta convicção sobre a minha arquidiocese? Ainda, quantos sacerdotes da Arquidiocese você conhece? Quem calunia quem? Acho “engraçado” aqueles que se afirmam católicos e atacam deliberada e irresponsavelmente a Igreja Católica. Tristes tempos onde todos se fazem papas…

    Padre Rodrigo – Arquidiocese de Campinas

  40. Prezado sr. Vinícius disse “Isso é verdade Alex, sei que fecharam varias casas de Adoração Perpétua da Toca de Assis, depois que o bispo diocesano de Campinas juntamente com o novo Conselho da Toca resolveram reformular as regras da fraternidade.”

    Por favor, amigos (posso falar assim?) não digam daquilo que não sabem. As casas foram fechadas pois não havia recursos para mantê-las. Não sejam tão imprudentes julgando coisas pelas quais não têm elementos para fazer sequer uma crítica. Se o Arcebispo fosse leviano manteria tais casas e fadaria a Toca ao fim. Pelo contrário, reuniu uma comunidade em sua própria residência (!) e remanejou casas da própria diocese para a subsistência dos toqueiros. Seria isso desamor, desatenção ou coisa que o valha?

    Por favor, não enveredem por este caminho: estou chocado com a leviandade dos comentários (em geral) e visão das coisas nos comentários.

    Padre Rodrigo – Arquidiocese de Campinas

    • Revmo. Pe. Rodrigo, obrigado pelos esclarecimentos. A propósito, como está a saúde de Dom Bruno? Aproveitando a mensagem: o senhor poderia nos informar como está a aplicação do motu proprio Summorum Pontificum na arquidiocese de Campinas? Há demanda? E se há, como está sendo atendida? Pedindo sua benção e orações.

  41. Amigos,

    O Mons. Jonas Abibi sofre de um tipo de esclerose cenil.Ele pode conversar e agir normalmente, limitado apenas pela idade, mas, pouco tempo depois esquece onde está e o que está fazendo.É algo comprometedor para um líder, um pregador e fundador.

    Dizem que ele adoeçeu mais após a morte do grande amigo Pe. Léo e também com as mudanças de direção e de “profetismo” da Canção Nova.Uns dizem que porque o Pe. Jonas adoeceu, a Comunidade desandou.Outros afirmam o contrário que é porque primeiro a comunidade se perdeu que o Pe. Jonas, se sentido traído e decepcionado, adoeceu e hoje não manda em mais nada.A comunidade está hoje muito dividida e sem reações com os desmandos politicos de Etto e CIA.Muitos membros antigos e importantes tais como Laércio Oiveira e sua familia sairam.

    O Pe. José Augusto faz ainda um grande trabalho e diferença dentro dos demais, contudo, ele fala e depois é silenciado a exemplo da pregação do período das eleições.Existem muitas pessoas boa ali dentro, mas são subservientes ao carisma e aos estatudos da comunidade.Etto é um administrado, do Espiritual ele entendo pouco, ainda assim, manda bastante.

    Me alegro somente quando o Pe. Paulo Ricardo ( que desde Janeiro começou a celebrar a missa Tridentina) aparece por lá.

    Em Cristo,

  42. Por um lado, o “silêncio até que se tenha provas conclusivas” faz sentido para não se cometer uma injustiça, mas por outro não é justo esconder dos postulantes e simpatizantes quem verdadeiramente é o fundador da obra na qual querem ingressar. Quem já está lá, tudo bem, mas quem quer entrar numa congregação tem todo o direito de saber a personalidade e caráter do seu fundador.

    Também é de se imaginar a situação de conflito das vítimas, que, muitas vezes por pressão do grupo, se sente obrigada a ocultar fatos, cuja revelação poderia ajudar a proteger outras pessoas da congregação. Se falam, “faltam com a caridadde” e “causam divisão” se não falam “são cúmplices dos abusos”, pois sabiam e permitiram que outros embarcassem em canoa furada.

    Pessoalmente, creio que abusos sexuais, especialmente, envolvendo níveis hierárquicos superiores (onde evidentemente ocorrem constrangimentos e manipulação mental) devem ser prontamente denunciados, para que não se chegue a estragos para outras pessoas e para a própria ordem.

    Falo em geral, não somente neste caso específico, onde as especulações não nos permitem ver claramente as implicações.

  43. Amigos(as),

    Já ouvi também histórias tenebrosas do Pe. Roberto, mas acredito mesmo que o mais provável é que ele tenha passado por esse problema psicológico e por isso tenha preciso parar tudo o que estava fazendo.

    Interessante frisar que foi a CNBB quem pediu o afastamento dele a partir do Bispo.Incrivel que eu não me lembro da CNBB ter feito isso com tantos outros casos mais graves.Mas, quando ouço as pregações do Pe. Roberto em que ele critica e acusa veementemente o clero Brasileiro, compreendo o pedido da famigerada “CNB do B”.

    Sinto saudades do Pe. Roberto.Sobrou muito pouco ou quase nenhum para falar abertamente contra os inimigos da Igreja.

    Em Cristo,

  44. Prezado G. M. Ferretti, Salve Maria! Infelizmente nosso Arcebispo Dom Bruno está em um estado delicado no tratamento de sua saúde: em repouso seguindo tratamento médico indicado e realizando os procedimentos para saber quais passos tomar para que possa retomar sua qualidade de vida.

    Acredito que exista sim uma demanda mas, infelizmente, ainda não atendida em bom termo. Pouco tempo atrás anunciou-se que a Catedral ofereceria uma Missa extraordinária aos domingos mas até o presente ainda não se concretizou. Infelizmente a maioria de nós, sacerdotes, não se enquadra no quesito idôneo apontado pelo Papa.

    Deus te abençoe! Reze(m) por nós, pela nossa santificação.

  45. Engraçado, o que vejo aqui são algumas pessoas que defendem claramente dois movimentos modernistas: A Canção Nova e a Toca de Assis.

    O que mais me chama a atenção é que tanto um como o outro são movimentos (me baseio pelos comentários dos defensores dos fundadores de ambos os movimentos), da CN e Toca de Assis, foram fundados por pessoas que parecem terem algum problema de transtorno psicológico.

    Monsenhor Jonas Abib, como falado mais acima pelo Heitor Souza de Carvalho , sofre “de um tipo de esclerose cenil”.

    Pe. Roberto, segundo foi falado pelo Rocha, sofre de Transtorno de Personalidade Paranóide.

    Nossa!, como que depois do Vaticano II, abaixando a guarda é claro, todas as pessoas que tem algum problema psicólico conseguiram ganhar tanta confiança da Santa Sé?

    É claro que os problemas desse dois fundadores de movimentos modernistas se agravaram depois das invenções e loucuras que eles mesmos criaram e aprovaram.

    Agora que já foi provado que fundadores de movimentos modernistas tem algum problema, como pode então achar que as aberraçõe lá existentes (dentro desses movimentos) pode ter alguma coisa que se diga no mínimo fiel a tudo o que a Madre Igreja Católica sempre pregou?

    E para piorar, a satânica Teologia da Libertação por não ter um opositor fiel a Doutrina Católica, está com toda a forma novamente.

    Obrigado RC”C” e Toca de Assis por nada!

  46. penso que houve maledicência por parte do Cardeal (puro pecado);
    o fundador da Toca de Assis produziu bons frutos nessa Igreja destruída pelo modernismo e relativismo.
    se o padre pecou ( e pelo que se comenta houve algo grave) o mesmo vem agindo de forma a “suprir” tal ato: foi para Jerusalém passando lá muito tempo em retiro: se afastou do comando a Toca, etc….
    volto a afirmar: se ele “pecou” aparenta está bastante arrependido, e age tomisticamente.
    Agora por que esse Cardeal não denuncia o movimento gay do Brasil? Por que não promoveu um Seminário verdadeiramente católico?
    Por que não denuncia os Padres que defendem o homossexualismo e os Bispos (tal qual o de Minas gerais) que é um fraco na fé e na moral?
    Ele deveria denunciar Frei Beto, não acham?
    Vejo que o que está destruindo a Toca de Assis é na nov condução dada pelos que hoje a dirigem: até o “véu” das irmãs se aconselhou a reduzir, as famosas horas de Adoração forma desaconselhadas;culpa de que Bispo? do de Campinas? Muitos dizem que sim!!!
    Aproveitaram-se da suposta queda do fundador para mudar uma regra que estava dando certo, nessa Igreja que na figura de seus membros não é a de Cristo!
    Salve Maria! Dominus Vobiscum!

  47. A questão que passou despercebida é que Dom João Braz acusa e equipara a “doença” do Pe Lettiere ao crime cometido pelo mexicano Maciel, e lança impiedosamente a comunidade toqueira à fogueira.
    Disse e repito: Não me alinho com comunidades eclesias carismáticas, pois tenho comigo que elas mais atrapalham do que ajudam. Mais fazem o mal do que o bem.
    Agora, por que será que Dom João não “toca” na Canção Nova?
    A CN vive fazendo repeteco de bobagens e é quase uma seita protestante confessada; e por que ninguem passa uma reprimenda nisso?
    Por que na Toca pode defenestrar e na CN ninguem “toca”?
    Será que na TOCA por ser pequena e sem dinheiro todos são “tocados” e na CN que vive uma rotina de industria privada endinheirada eles são “inTOCÀveis”?

  48. Lamentável essa entrevista de D.João.
    Fez uma acusação séria. Isso vai ter desdobramentos….

    E para completar, essa Apologia da TL.
    Como pode tal pessoa estar no Vaticano ??
    Não me recordo dele como defensor da TL.

  49. Bendita Igreja Católica !!
    Quem segue a tradição não erra , quem permanece fiel a Santa Missa Tridentina não erra !!

    Engraçado que quem frequentou a RCC escutou muito isso : ” A rcc veio salvar a Igreja Católica, pois a igreja estava precisando de um novo sopro ” … . GRANDE FALÁCIA !!!

    Não tem pra onde correr o caminho é a tradição católica o caminho é a Missa Tridentina !!!

  50. Prezado Pe. Rodrigo,

    A palavra de Sacerdotes e Seminaristas que conheço da Arquidiocese de Campinas, são provas, desta Arquidiocese que pertence ao Sr. e a mim, que sou membro da mesma, pois moro nessa Região. Agora, tratando de apresentar essas provas, isso não é conveniente, pois os mesmos pedem para que isso não aconteça, temendo assim represálias do próprio Clero.

    Se falo sobre esses fatos, é porque existe o conhecimento dos mesmos, e ainda mais graves.

    O Sr. se refere a quem se diz conhecer por Católico (se referindo, provavelmente a mim e a outros) que termina por atacar deliberadamente a Igreja Católica. Trata disto, como se Dom Joao Braz não o fizesse? Expondo mundialmente uma situação mal esclarecida da Igreja Católica que ocorre aqui no Brasil?

    Digo o que sei, da boca de membros do Clero. Não desejo defender essa ou aquela pessoa, o que há de ser defendido, é a Tradição e o Amor a Igreja, caminhando com o Pontífice Romano.

    Sobre o motu proprio Summorum Pontificum em campinas: um sacerdote que tem preferencia pelo Rito Tridentino, me disse que sua preferencia não pode ser exposta a todos, somente a poucos, pois ele teme ser ferozmente perseguido e caluniado.

  51. Respeitem o futuro cardeal. Se ele falou, tá falado. Entenderam?
    N venham com blablabla que ele é tl; pq teve gente aqui neeeste blogue, que jurou que ele ia consertar os kikinhos do Japão.

    Muitos aqui vivem uma eterna adolescência religiosa, vcs n imaginam como andam a ‘união’ na vida sacerdotal (de muitos), e essa informação vem de dentro da área. Viva a primavera rosa!

    Tenho um amigo da ‘área’ que estava acompanhando um sacerdote velhinho doente e ele me contou que o velhinho disse: antigamente se entrava no seminário menino e saia de lá padre e homem. Hoje n sai de lá nem padre e nem homem.

  52. É claro que foi lamentável a comparação feita por Dom João! Um bispo que calunia, toma partido e não sabe travar a língua é perigoso!!

    Fato é que o Pe. Roberto fez muito bem para a Igreja ao despertar muitos jovens para um amor à Santa Missa, a cultivar um coração eucarístico, etc…

    Quanto a problemas psicológicos, qualquer pessoa está vulneravel, os que são contra e os que são a favor do Vaticano II.r a língua é perigoso!!

    Fato é que o Pe. Roberto fez muito bem para a Igreja ao despertar muitos jovens para um amor à Santa Missa, a cultivar um coração eucarístico, etc…

    Quanto a problemas psicológicos, qualquer pessoa está vulneravel, os que são contra e os que são a favor do Vaticano II.

  53. Desculpe-me Padre Rodrigo, mas parece que o senhor não conhece sua diocese. Nem o Arcebispo usa vestes clericais quando vai, por exemplo, uma missa de Crisma. A diocese é extremamente TL. A SS Eucaristica é distribuida em duas espécies e os fiéis que tingem no Preciocissimo Sangue, tudo isso com a autorização do bispo. Os Toqueiros eram sim perseguidos pelos padres por comungarem na boca ou de joelhos. (como moro na cidade já presenciei padres ordenando a todos os fieis comungarem nas mãos). Fora os problemas de sexualidade de vários padres do clero. (prefiro omitir fatos). Desculpe, mas moro nessa diocese há mais de 25 anos e já vi muita coisa…..

  54. Amigos (as),

    “Esclerose Cenil”, “transtorno psicológico”, etc…não são castigos de Deus nem o “sinal” de que as doutrinas desses sacerdotes são erradas.São doenças e pronto.

    Comparar o Pe. Roberto com o Falso profeta, pedófilo, ladrão, mentiroso e crápula do Pe. Marcial Maciel é possivel somente na mente já adoecida pela TL.Eles são completamente diferentes.

    Em Cristo,

  55. Sinto-me no dever de rezar pelo clero e incentivar aos leigos uma linguagem melhor do que às vezes temos entre nós, embora difícil na elucidação de fatos visando solução de problemas. Quem nunca pecou gravemente ainda pode pecar. Os seminaristas que vão estudar com os Legionários recebem formação bem melhor do que na maioria dos seminários, podendo, sem dúvida, ser muito melhor. Desconheço pessoalmente algum seminarista de tais seminários que reprovasse a formação recebida.

    Vanderley,
    Morei por um semestre em Ponta Grossa, onde ouvi o testemunho de algumas pessoas de que ele manifestava fortemente simpatia pelo PT. Digo isso como registro da informação, não como crítica, por justa que fosse. Em Brasília desentendeu-se com o governo petista; alguns o afirmam como motivo de sua remoção. Grato se rezar por mim.

    Renato
    Problema mental não significa falta de santidade ou doutrina, embora se verifiquem problemas nos referidos casos atuais. Santo Alberto Magno começou a perder a memória três anos antes de sua morte: http://www.diocesedeanapolis.org.br/2011/leitura-crista/1962.html. Grato se rezar por mim.

  56. Eu não duvido que isso seja mentira, ainda mais quando na entrevista a Teologia da Libertação é elogiada!

  57. Manoel Carlos falou tudo! to de total acordo, inclusive a respeito das mudanças na Toca, isso é o que todas as pessoas de bem que amam a Toca dizem. Inclusive conheço um ex-toqueiro guardião de uma das casas que saiu justamente por esse motivo, a Toca não é mais a mesma de antes, muito do carisma de inicio se perdeu, e nao adianta tapar o sol com a peneira, isso é visivel e gritante, ta bem explícito. Os jovens tem saudade da radicalidade e do profetismo do inicio.

  58. Gostaria que o sr. Olegario enumerasse os motivos porque acusa a Canção Nova de seita protestante.
    Isso é uma acusação grave! Acaso agora tu queres ser Papa e condenar o que nem o nosso amado Bento XVI fez? Quero recordar-lhe que a CN possui reconhecimento pontifício, todos os seus estatutos são aprovados pelo Pontificio Conselho para os Leigos.

    Se voce citar a oração em Linguas, te digo tem 40 anos que oramos assim e jamais recebemos qualquer repreensão, nem de João Paulo II e nem de Bento XVI. Portanto nos da RCC continuaremos a orar em Linguas e pode ter certeza, se um dia o Santo Padre nos pedir que paremos de usar o Dom de Linguas, nos atenderemos, pois nos temos um pastor que nos governa e somos submissos a ele, e estamos em “PLENA COMUNHÃO” com a Igreja!

  59. Caríssimo Pedro Pelogia, embora deve ser elevado ao cardinalato no próximo consistório, Dom João ainda é mero arcebispo. Rezemos para que a Providência faça algo antes do consistório…

  60. No mínimo curiosa a diferença de tratamento que Dom João Braz dá às religiosas norte-americanas e ao pe. Lettieri. No caso das primeiras, para ele seria mais um caso de falta de confiança e de diálogo, que serve de desculpa até para alfinetar a conduta de seu predecessor, cardeal Rodé. Já sobre o pe. Lettieri, é pertinente e imediatíssima a comparação com o mais que censurado e comprovado pe. Maciel! Para Dom João: que Todos sejam Um! Mas somente os da loja maçônica dos focolares e afins!

    Imagino que muitos que aqui comentam devem saber, pelas evidências, que o modernismo materialista da TL produz escândalos em freqüência e magnitude superiores que aquele supostamente cometido pelo pe. Lettieri. Antes de atirar pedra nos outros, ele, Dom João Braz, deveria se preocupar com sua fama, e com a de alguns padres de Anápolis e de Brasília que o cercam.

  61. Esquecemos muitas vezes de fazer o que grandes santos na Igreja, incluido Santa Faustina, nos incentivava a fazer: a mortificação da língua. Quantas vezes caímos por ela.. usamos dela com tanto furor e veneno e acabamos, em nome da “verdade”, maculando o nosso coração. Mortificar, isso que nos falta!

    Quantos sacerdotes teriam sido tocados pela graça de Deus se muitos de nós aqui tivéssemos mortificado a língua (ou melhor, os “dedos” no teclado) ao tecer tantos comentários infrutuosos. Como temos muito o que aprender ainda como católicos, como ainda estamos longe da santidade. E o pior: querendo exigir a santidade dos sacerdotes, se nós mesmos estamos muito além disso.

    Vamos calar a nossa boquinha e dobrar mais o joelho no chão. Eu me pergunto: será que 70% dos comentaristas aqui parou pra rezar pelos sacerdotes? Tenho cá minhas dúvidas..

  62. Caro João,

    Se me permitir abreviar, eis abaixo só o fio histórico da meada:

    http://www.rccbrasil.org.br/noticia.php?noticia=6710

    Cordialmente,

    Antonio

  63. Dom João Braz de Aviz o senhor não conhece a Igreja do seu próprio país, como pode ter sido indicado para a Prefeitura da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e Sociedades de Vida Apostólica no mundo?????????????? Uma lástima a sua declaração! Caluniando e difamando os da sua própria família. Lembre-se que os seus erros agora tem uma dimensão MUITO maior, e a quem muito o Senhor deu – se é que foi o Espirito Santo que o colocou aí – MUITO será cobrado!

    Da obediência, do silêncio, da fidelidade à Igreja, do exemplar amor a JESUS EUCARÍSTICO, do amor aos pobres, enfim, de toda atitude de profunda maturidade com que o Padre Roberto tem vivido diante da humilhação , isso o senhor não falou, não é? A maneira como ele , pacientemente, santamente, tem se subordinado, à espera da palavra do seu Superior Dom Bruno Gamberirni ,que o tem acompanhado, isto o senhor não falou, não é? Por que será?????????????

    Peço que os que acompanham estes comentários escutem a pregação do Padre Paulo Ricardo “O Poder Paralelo na Igreja”, esta atitude do Prefeito está toda descrtita nas palavras dele.
    http://padrepauloricardo.org/audio/26-parresia-o-poder-parelelo-dentro-da-igreja/
    Igreja acorda!

  64. Prezado Sr. João – Carismático.

    O Sr. me pede para “enumerar” os motivos de que acuso a CN de ser uma seita protestante instalada no seio da Igreja…
    Filho, se eu o atendesse, a lista e os demandos da CN ” não caberiam nesse livro…”
    Mas aponto a voce que em algumas situações a CN se supera na irracionalidade espiritual e maldade na condução dos fieis, superando em muito a acusão de “protestante”.
    Pois veja que ela (a CN) mantem Chalita na sua grade de progamação e na mais alta conta de prestígio em Cachoeira Paulista.
    E Chalita, o sr sabe, APOIOU a Marta Suplicy, que é do PT, que quer o aborto, o casamento gay, e a destruição de tudo que nos remete a Deus.
    Isso nem PROTESTANTE fez!
    Logo, a CN até para ser HERÈTICA, consegue se superar.
    No mais, destaco uma afirmação sua:

    “Portanto nos da RCC continuaremos a orar em Linguas e pode ter certeza, se um dia o Santo Padre nos pedir que paremos de usar o Dom de Linguas”

    Filho, esse “carisma” funciona ao bel prazer dos carismáticos?
    Tipo um “start”…?
    É como ascender ou apagar uma lâmpada?

    Forte abraço, fique com Deus e tenha juízo.

    Olegário.

  65. Dom João se o seu principal objetivo é “reconstruir a confiança”, abordando questões de uma maneira nova – “sem condenações de preferência”, , “e por ouvir as preocupações das pessoas.” Falas-te uma coisa e fizeste outra, ao expor seu filho, o fiel Pe.Roberto Lettieri. Uma lástima…

  66. “Era um autoritarismo que procurava dominar tudo com disciplina.” Eu ein!

    Sou professora numa escola, imaginem se digo para meus alunos: “durante a aula façam muita bagunça, gritem, pulem nas carteiras, sujem as paredes e não estudem”. Ah isso sim seria o certo e, exigir disciplina é que é o errado, porque os professores seriam autoritários e não educadores.

    Fala boa a sua hein Excelência! Que papelão!

    Agora, um sacerdote diocesano prefeito dos religiosos. Que raios e ele entende da vida religiosa?!

  67. Rosana, perfeito e totalmente justo o desabafo, ! Da sua boca saíram as palavras de minha própria indignação, e, tenho certeza, a indignação de milhares e milhares de católicos, em especial os latino-americanos. Leonardo Boff e Cia. não servem para limpar o chão onde pisaram Franscisco de Assis, Teresa de Calcutá, Dulce dos Pobres, Pe.Pio, Pe.Roberto… O grave e mais preocupante problema é ver essa verdadeira hoste do mal atuando DENTRO da Igreja, e pior, a partir do governo da Igreja. Eles são minoria, mas é esta minoria que está (des)instruindo e (de)formando os leigos católicos

  68. Parabéns Sr. Olegário realmente a CARISMÁTICA consegue ser pior que os PROTESTANTES. E digo mais ela se tornou a porta de saída da Igreja Católica pois aqui na minha cidade conheço dezenas de ex-católicos que deixaram a renovacao carismatica para se tornarem protestantes .

    As missas carismaticas sao as que mais ofendem o CONCILIO VATICANO II , e note que os carismaticos afirmam estarem em PLENA COMUNHÃO COM O PAPA KKKKKKKKKKKKKK

    Se o documento da SACROSSANCTUN CONCILIUM fosse posto em prática pelos carismaticos as suas missas protestantoides deixariam de existir pois esse documento PROIBE palmas musicas que não seja o canto gregoriano com órgãos além do latim que NUNCA FOI AB ROGADO..

    Agora imagine Sr. Olegario uma missa carismatica de acordo com o que o Vaticano II exige na sacrossanctum concilium !!!!

    Por isso afirmo que a carismática só existe ainda porque é DESOBEDIENTE ao que a Sacrossanctum Concilium exige .
    Fique com Deus

  69. Sinceramente eu ja nao aguento mais ouvir falar de Teologia da Libertação, mas infelizmente isso é o que impera hoje na Igreja do Brasil. É triste tudo isso, porque a nossa “amada” CNBB faz vista grossa a tudo isso. Pois a situação que relatei acima é a triste realidade de muitas dioceses do Brasil. Conforme disse nossa irma Rosana, vejamos o video do Pe Paulo Ricardo em que ele denuncia o Poder Paralelo dentro da Igreja. É a descrição perfeita de tudo que ocorre aqui no Brasil !

    Aqui na minha diocese – Leopoldina MG, nenhum seminarista usa sequer clergyman, e muito menos sacerdotes, nem o nosso bispo (que foi recentemente transferido para Cachoeiro do Itapemirim – ES ).
    É raro ver um padre por aqui usando casula, nem nas missas de domingo. Nem sonho em assistir Missa no Rito extraordinario por aqui.
    Os seminaristas podem tudo, bebem no bar, saem pra balada nos fins de semana, se divertem como qualquer jovem comum. Imagina que tipo de formadores são esses!
    Aqui na minha diocese pra conseguirmos confissão e uma orientação espiritual é quase uma tarefa pra ninja. Os padres nao gostam de atender confissão, e nem consideram certos atos sexuais como pecados, ja fui muito mal orientado por alguns, e digo que se eu nao tivesse o pouco de formação católica que possuo, certamente ja teria abandonado a Igreja. Agora fico imaginando como deve ser a cabeça dos jovens catolicos dessa diocese, dos poucos que buscam a santidade, sera até quando vao conseguir suportar? Junta o secularismo invandindo a Igreja, a sociedade progressista, e bagunça no clero brasileiro, a crise na Igreja, imagina a babel que isso virou!

  70. Rosana 9:35, observem o que ela diz:
    Lembre-se que os seus erros agora tem uma dimensão MUITO maior, e a quem muito o Senhor deu – se é que foi o Espirito Santo que o colocou aí – MUITO será cobrado!

    kkkkkkkkkkk o Espírito Santo é a la carte, só age quando favorece os catogélicos.

  71. Pelo que sei, houve uma acusação ( ou algumas acusações) contra o Pe. Roberto e ele foi imediatamente afastado de suas funções como fundador e também proibido de celebrar publicamente e outras coisas mais. Depois foi para a Terra Santa, ficando lá pouco mais de um ano, se não me engano. Nesse tempo disseram que ele esteve no Brasil, mas só se foi por bilocação.
    Passado esse tempo, ele retornou e ficou morando em SP, sendo ajudado (alimentação, moradia, etc) por amigos. Mas continuavam as mesmas proibições.
    Também aconteceram algumas mudanças no instituto.
    As horas de adoração diminuiram.
    As fotos do fundador sumiram.
    Houve a Ordenação Sacerdotal de um membro desse instituto, mas que segundo o Arcebispo é um padre da diocese emprestado para o instituto – maravilhosa definição canônica.
    Agora as freiras ou candidatas usam borboletinhas no cabelo, algo bem franciscano.
    Alguém disse que havia um processo em Roma contra ele, mas depois se viu que não havia (ao menos até aquele momento). Então veio a solene carta de Dom Bruno, afirmando algumas coisas e explicando outras. Parece que a carta chegou em Roma. E alguém com um pouco de bom senso se perguntou: esse padre é culpado de tudo isso? Então devia ser punido de forma mais dura, talvez sendo reduzido ao estado leigo. Mas se ele é inocente, não estará havendo uma manipulação para destruí-lo moralmente com essas sanções injustas?
    Nesse clima, o Arcebispo permitiu-lhe sair um pouco mais. A globo o mostrou em Friburgo, por exemplo. Mas, proibido de se aproximar dos religiosos da Toca e de celebrar a Missa publicamente.
    Ainda não houve, se não me engano, nenhum julgamento, nenhuma avaliação, nenhuma possibilidade de defesa. Somente acusações, na maioria de ex-membros (não existe nada pior que um ex).
    E se não houve julgamento, certamente não foi pelo poder que ele tem na Igreja. Em Roma, essa Toca de Assis e o seu fundador, são um famoso ninguém. Até porque numa visão mundial, não são o único grupo desse estilo de franciscanismo radical com um suporte de carismatismo.
    No Brasil, o Pe. Roberto era conhecido pela adoração ao Santíssimo (que depois se chamou de profanação), por eventuais dons carismáticos (que depois e disse ser um surto), pela Missa (que depois se disse ser um culto a si mesmo), por criticar o governo (especialmente o PT) e a CNBB (que coisa injusta!). Dizem que muitas vezes houve sérias reclamações contra a Canção Nova por causa dele, por exemplo quando criticou os Redentoristas de Aparecida, as bandas de Rock “””””Católico””””””, a Revista de Liturgia das Pias Discípulas, etc…
    É certo que ele não é um santo canonizado. Mas, afinal de contas, vivemos num tempo onde até os santos canonizados tem sua canonização posta em dúvida…
    Agora, mesmo que todas as acusações fossem verdade, o ilustre prefeito deveria ter um pouco mais de bom senso. Uma coisa para mim é clara, quanto ao Pe. Roberto, temos que esperar um pouco, mas quanto a idoneidade do prefeito dos religiosos…

  72. Jaqueline, vc como professora deve orientar seus alunos para que tenham bom comportamento , isso é certo. Mas vc n pode exigir que seus alunos fiquem de joelhos horas olhando para o quadro. Vc n pode exigir que seus alunos fiquem sem comer em nome de jejum de dias ou beber somente água. N pode exigir que uma pessoa fique sem falar uma palavra por dias em nome do tal jejum de silêncio (esse jejum de silêncio me deixava indignada, e era o que mais queriam me dar kkkkkkkkkkkkk)

    As atitudes de disciplina em sã consciência de um professor ou dos pais, n tem comparação com a alucinação fanática de meios carismáticos. Tudo é pecado e ação maligna nas cabeças que se deixam alienar pelos meios carismáticos.

    Chegaram a me dizer que a torneira pingando é pq tem espírito ruim na casa, só se for espírito de lucro da sabesp kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  73. A Igreja é santa e una, pois tem como cabeça o próprio CRISTO e mesmo na condição de contar com seus membros, falhos, pecadores, humanos: As portas do inferno nunca prevalecerão contra ela! 2.011 anos de história, tradição, graça, conversão e salvação dos povos batizados, dão testemunho disto! O Espirito Santo age à la carte sim! De cada situação particular, por menor que seja, extrai um bem para que a verdade venha à tona e o povo de Deus possa comprovar que o Senhor caminha dia após dia em sua companhia, até o final dos tempos!

  74. Sr. Crhistiano,

    Obrigado pelo seu abono.
    Na verdade ficaríamos até felizes se a CN ou a RCC ( que são a mesma coisa) celebrassem ao menos com boa vontade a missa de Paulo VI.
    Nem isso eles fazem.
    Inventaram uma comunidade, uma dezena de carismas, e criaram OUTRA missa que não é católica…
    A missa carismática não segue um rito ordinário, pois esta a serviço do celebrante.
    Se ele num dia quiser cantar defronte ao SS, ele cante.
    Querendo sambar, ele samba;
    Querendo sapatear; sapateia.
    Em suma: O rito da missa carismática se define no ato e esta sujeita ao bom ou mal humor do sacerdote…Ou a sua invencionice.
    Um absurdo.
    A missa carismática é válida?
    Sim, é!
    E por que?
    Só Deus sabe…
    Olegario.

  75. Pe. Rodrigo,
    O senhor usa batina? Se não usa o Sr. Alex não está totalmente equivocado! E não precisava ouvir tamanho “sabão”…
    Se usa, mantenha!

    Sua benção.

  76. Os comentários do Antonio são bem interessantes. Atenho-me, contudo, a uma frase que ele disse:

    ” Somente acusações, na maioria de ex-membros (não existe nada pior que um ex).”

    Quando é que um membro atual pode fazer acusações contra o seu superior e continuar normalmente na congregação? Acho que fica um pouco difícil, né. hehehe

    De fato, pode-se considerar que uma acusaçãozinha não retira ninguém do cargo de superior, nem o faz ir para a conchinchina e ficar de bico calado. Salvo em outros países, como os Estados Unidos. Haja visto o caso do famoso padre Corapi, que foi afastado por causa da acusação de uma única pessoa, que, segundo sua empresa, se trata de uma ex-funcionária. E mesmo nesse caso ele já tinha bispos ultra-liberais atrás dele, que aproveitaram a deixa para pegá-lo.

    Por outro lado, é possível que a partir de uma acusação real, os poderes que ele acertadamente atacou (PT, maçonaria, CNBB e etc.) tenham contribuído para tuda essa punição. O resultado talvez só saibamos depois de muito tempo. Queira Deus não sejam verdadeiras acusações tão graves, embora, devido à fraqueza humana, não podemos nos surpreender.

    Quanto à CNBB, podemos ver a força dessa turma nos padres conservadores. Quem viu por exemplo os dois vídeos do padre Paulo Ricardo sobre a Campanha da Fraternidade poderá comprovar isso muito bem. O primeiro está excelente, com a denúncia corajosa e correta contra toda a baboseira promovida pela CNBB. Já no segundo vídeo ele quase pede desculpas e se explica muito de ter dito o que disse no primeiro.

  77. Pe. Marcelo Gabert Masi a sua benção.

    Onde foi que eu disse que problema mental significa falta de santidade ou doutrina?!

    Os sacerdotes suspeitos aproveitaram para institutir suas loucuras depois do Vaticano II. Isso não se pode mais esconder.

    EU garanto ao reverendo que Santo Alberto Magno mesmo começando a perder a memória não quis criar aberrações e depois espalha-las.

    Santo Alberto Magno, como todo Santo, rezou, fez penitências, mostrou sua amor a Cristo Jesus, e Sua Santa Igreja, e Nossa Mãe Maria Santíssima.

    Muito diferente dos fundadores dessas seitas protestantizadas como CN, Toca de Assis, TL., etc, etc, etc e etc.

    Eu rezo por todos os verdadeiros sacerdotes Pe. Marcelo. Mas peço a Deus que combata os falsos pastores.

  78. Sou da arquidiocese de Campinas e aqui é caos total. A Catedral e Dom Bruno têm um corpo de Baile que nas “missas solenes” as meninas entram vestidas com roupas questionáveis pela nave da Igreja, dançando e bailando com fitas e confetes em várias ocasiões da celebração. É sempre assim na Catedral. As paróquias são dominadas em 99% pela teologia da libertação, inclusive há a paróquia São João Maria Vianey onde se aprende inclusive não só o comunismo teórico, mas o prático, a militância direta. Já vi Missas que o Vigário Geral celebrou só de casula, sim, e tem vídeos na internet que mostram ele sem alva, sem estola, somente a roupa do corpo e a casula sobre ela (praticidade é tudo por aqui).

    Assista uma Missa mais ou menos certinha de Dom Bruno e mesmo assim irá se assustar. Na Basílica do Carmo as crianças não assistem Missa, na hora da celebração elas são levadas para os fundos ca Basílica para desenhar e brincar sendo privadas do direito ao méritos infinitos do sacrifício, isso é um pecado enorme. É uma espécie de escola dominical dos protestantes que os católicos imitaram, daí ficam só os adultos na MIssa (que tipo de pai e mãe são esses que não santificam os filhos?). Vão lá e vejam vocês mesmos.

    Os padres tratam o Ssmo Sacramento como um pedaço de qualquer coisa, e sim, há demanda em Campinas pela Missa Tridentina e Dom Bruno tolhiu todos, ele não recebe ninguém, não ouve ninguém. Quando tinha Missa Tridentina no Ordinariato Militar do Exército ele só não fez nada porque não tinha jurisdição sobre o Ordinariato, do contrário teria feito. Na última ordenação sacerdotal na Catedral os padres estavam na porta da Catedral fazendo abaixo assinado por direitos sociais etc e só vi 2 de batina que só usam em ocasiões especiais.

    Quanto aos seminaristas, esses eu prefiro é ficar quieto!

  79. A Igreja é prato feito – famoso PF -, desde os primeiros apóstolos e até hoje, para os Católicos, claro.

    As variações, listas de pedidos e self service é por conta do CVII com as suas novidades protestantes, como por exemplo, o rodízio de dons, ministérios, arrasta pé, rolamento do tal repouso, bracinhos pra cima e corpinhos balançando. Amém?

    N adianta citarem o passado da Igreja como comparação, pq a zona de convergência tropical que se instalou é algo ‘ nunca antes” visto na História desta Igreja. Posso n ver, mas vou deixar ao menos um homem Católico na terra para presenciar a excomunhão das variações.

  80. Pergunta para os rccistas: Por mais santo que seja um sacerdote de vcs, me digam, ao comungar vcs teriam coragem de receber o sangue e corpo do Senhor junto ao sangue do HUMANO que celebrou a missa?

  81. Pe. Rodrigo. Deve-se criticar com firmeza a Arquidiocese de Campinas. Ora, se os sacerdotes não usam batina, isso é o de menos. O pior é a falta de piedade com o Santíssimo Sacramento. Nas paróquias que já fui; a hora da comunhão é praticamente um “self service” sob as duas espécies. Sem contar o teor das homilias, já ouvi heresias flagrantes. Esse Domingo mesmo escutei: “A Igreja não é perfeita, tem lá seus defeitos, mas devemos amá-la.”

  82. Ana, obrigado pela ajuda. São tantos comentários que alguns estão passando alguns indevidamente. Mea culpa, mea culpa…

  83. Padre Roberto sofre retaliações e difamações daqueles que tentam destruir a Igreja: teólogos da Libertação e maçons elesiásticos.
    Pe. R. Lettieri, Jesus diz “Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa”. (Mt 5.11)

  84. Vai em paz e n peques mais kkkkkkkkkkkkk n ia perder a oportunidade, com todo respeito!

  85. Eduardo Gregoriano, Havia um Sacerdote em Campinas, no Ordinariado Militar que estava se preparando para a Celebração do Rito Tridentino. Onde ele está agora? Foi remanejado para Roraíma…

  86. Padre Roberto esta sendo perseguido por ciúmes.

  87. As afirmações do Sr. Prefeito parecem-me imprudentes, uma vez que ninguém sabe exatamente o que ocorreu. A imputação é gravíssima. Os atos imorais do “padrecito” estão mais do que provados; os ora atribuídos ao Pe. Roberto não. No momento, nós, os fiéis católicos do Brasil e creio que muitos membros da Toca, não sabemos da verdade. E até que os fatos sejam provados e esclarecidos, há que se presumir, senão a inocência, ao menos a dúvida quanto aos atos atribuídos do Pe. Roberto. O Sr. Prefeito foi imprudente, repito, mas também merece o benefício da dúvida. A questão deve ser apurada e esclarecida, a fim de que:
    a) seja aplicada a sanção canônica cabível, se o Pe. for culpado;
    b) seja reabilitada a reputação do Pe., caso seja ele inocente;
    c) os fiéis não sejam, eventualmente, levados a pecar, realizando juízos temerários, em razão da declaração do Sr. Prefeito;
    d) antes de tudo, brilhe a verdade, seja qual for o seu contéudo;
    Assim, devem as autoridades eclesiásticas competentes manifestarem-se publicamente para o bem das almas, já que maior mal, parece-me, e que os fiéis pequem sejam elaborando juízos temerários, caluniosos ou maledicentes acerca do Pe., seja em relação ao Sr. Prefeito, acusando-o destes mesmos pecados contra o oitavo mandamento.

    Não custa lembrar o Catecismo:

    2477. O respeito pela reputação das pessoas proíbe toda e qualquer atitude ou palavra susceptíveis de lhes causar um dano injusto (236). Torna-se culpado:

    – de juízo temerário, aquele que, mesmo tacitamente, admite como verdadeiro, sem prova suficiente, um defeito moral do próximo;
    – de maledicência, aquele que, sem motivo objectivamente válido, revela os defeitos e as faltas de outrem a pessoas que os ignoram (237);
    – de calúnia, aquele que, por afirmações contrárias à verdade, prejudica a reputação dos outros e dá ocasião a falsos juízos a seu respeito.

    2478. Para evitar o juízo temerário, cada um procurará interpretar em sentido favorável, tanto quanto possível, os pensamentos, as palavras e os actos do seu próximo:

    «Todo o bom cristão deve estar mais pronto a interpretar favoravelmente a opinião ou afirmação obscura do próximo do que a condená-la. Se de modo nenhum a pode aprovar, interrogue-se sobre como é que ele a compreende: se ele pensa ou compreende menos rectamente, corrija-o com benevolência; e se isso não basta, tentem-se todos os meios oportunos para que, compreendendo-a bem, ele regresse do erro são e salvo» (238).

    2479. A maledicência e a calúnia destroem a reputação e a honra do próximo. Ora, a honra é o testemunho social prestado à dignidade humana e todos gozam do direito natural à honra do seu nome, à boa reputação e ao respeito. Por isso, a maledicência e a calúnia lesam as virtudes da justiça e da caridade.

  88. Retira te Satanas, nunca me aconselhe coisas vãs, bebe tu de teu veneno, e mal que me ofereces A Cruz sagrada seja minha Luz não seja o Dragão o meu guia. …. as Portas do Inferno não Prevalecerão contra Ela.
    una Santa Católica e sempre até a volta de Jesus

  89. Roberto,
    É isto! O sagrado direito da resposta.
    Também pelo número de comentários vê-se o quanto é importante para nós o sacerdócio do Padre Roberto, aí está a indignação e a mobilização de um povo que o Senhor lhe confiou e ele ganhou para o Reino, pela sua pregação e testemunho.
    Esta é a situação da minha alma que descobriu nas perfeitamente litúrgicas e maravilhosas celebrações da Santa Missa presididas por ele, a Real presença do Senhor vivo, no Sublime Sacramento do Altar.

  90. O caso Padre Roberto só foi enviado a Roma, porque os bispos do Brasil “pressionaram” Dom Bruno; pois geralmente Dom bruno abafa todos esses casos na Arquidiocese (que não são poucos). Deveriam fazer uma reportagem sobre a Arquidiocese de Campinas….Arapiraca ia “ficar no chinelo”.

  91. Isso é somente a ponta do iceberg, talvez o Pe. Roberto esteja sendo ” escanteado” pelos confrades e “hermanos” no Sacramento, a realidade de Campinas nao difere muito de Arquidioceses brasileiras, aliás Arquidiocese conservadora no Brasil eu nao me recordo de nenhuma, raras exceções como Garanhuns e Frederico Westphalen, achei a maior bobagem do mundo o Arcebispo Aviz levantar a tona uma questão que está longe de se esclarecer, até mesmo pq ninguém realmente sabe o que aconteceu e outra se foi escandalo sexual, não adianta punir um tem que se punir todos ( Muito Bispo vai ficar sem padre), o Arcebispo Aviz perdeu uma excelente oportunidade de ficar calado.

  92. As informações que expus acima, realmente me foram transmitidas por uma ex-irmã da Toca.

    Já faz muitos anos que me desliguei totalmente dos movimentos carismáticos, mas antes disso, eu fui da Fraternidade Toca de Assis, morei em Campinas na casa-mãe, naquele tempo, na mesma casa onde o Padre Roberto morava. Devo deixar claro que durante o tempo em que fiquei lá, não vi absolutamente nenhum ato suspeito ou arbitrário do Padre, pelo contrário, vi muitas demonstrações de santidade, amor à Igreja, à Santa Missa, Zelo total pela sagrada Liturgia e amor aos pobres.
    Inclusive, foi lá que tive o primeiro contato com a Missa de Sempre (Padre Roberto, a celebrava toda semana), lá eu aprendi a adorar Jesus Sacramentado (em silêncio, sem as estridentes músicas rccistas), lá aprendi a zelar pela casa de Deus, lá aprendi a romper com o ecumenismo tupiniquin, lá aprendi a amar a Igreja.

    Resolvi voltar ao assunto somente para fazer justiça. Não estou negando ou confirmando as acusações feitas contra o Pe. Roberto, apenas dizendo que PELO MENOS NO TEMPO EM QUE LÁ VIVI, NÃO VI ABSOLUTAMENTE NADA DISSO!!!