Sharia será base da lei líbia; homens poderão ter 4 esposas.

Catholic Culture | Tradução: Fratres in Unum.com: Mustafa Abdul-Jalil, líder do governo de transição líbio, anunciou que a sharia será a “fonte básica” da lei na Líbia pós-Kadaffi.

“Somos um país islâmico”, disse Abdul-Jalil. “Tomamos a religião islâmica como o centro de nosso novo governo. A constituição será baseada em nossa religião islâmica”.

Agências de notícias informaram que Abdul-Jalil anunciou que o novo governo levantará “restrições quanto ao número de esposas que os homens líbios podem ter”. O corão permite aos homens ter quatro esposas.

Segundo a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico, a lei líbia atualmente permite a um homem assumir até quatro esposas, mas apenas com o consentimento da primeira e mediante a prova de que pode sustentar mais que uma esposa.

14 Comentários to “Sharia será base da lei líbia; homens poderão ter 4 esposas.”

  1. Imaginemos o que os muçulmanos farão se continuarem avançando na Europa, transformando os templos católicos “vazios por falta de vocação” em mesquitas e chegarem a ter mais fiéis praticantes na Europa a ponto de elegerem politicamente muculmanos ao Governo do País.

    Enquanto os Apóstolos dormiam judas estava bem acordado.
    Enquanto o pós-concílio devasta a Igreja os muçulmanos avançam sem armas e dominam a Europa.

  2. Acho engraçado quando nós ocidentais aplaudimos a invasão e destituição de ditadores árabes. Observando bem, TODOS os países invadidos tiveram seus regimes mudados para o fundamentalismo islâmico. Nos que já eram assim, ficou pior ainda.
    No Iraque e no Egito, os cristãos passaram a ser perseguidos e martirizados.
    Esses ataques somente servem para fortalecer a Irmandade Muçulmana, e unificar o poder em todas as nações. Qual será o objetivo das forças Ocidentais?

  3. Alguém tinha alguma dúvida sobre isso? O Ocidente está criando um Magreb fanaticamente islâmico que futuramente o destruirá. As profecias de santos falam de uma invasão árabe apoiada pela Rússia. Com o auxílio das populações muçulmanas nas cidades européias essa invasão não parece mais um cenário de ficção científica.

  4. Eu não disse no artigo sobre o padre e o Kadafi? A Libia se transformou em um trampolim para enviar misseis contra a Europa. Misseis, diga-se, MUÇULMANOS.

    Estranha politica de Obama que gasta bilhões de seu orçamento em guerra contra o Islã e agora entrega a Europa, de bandeja, ao Islã.

    Ontem teve eleições democráticas na Tunisia, pela primeira vez. Estavam todos felizes. Todos diziam que sabiam que estavam votando em muçulmanos mas confiavam que eles não iriam misturar religião com politica, que não iriam impor a sharia à Tunisia… Tolos! Acordarão sob lei marcial.

  5. Sai de uma ditadura para entrar em outra.

  6. Enquanto eles querem 4 esposas, os nossos sacerdotes querem apenas uma.

  7. Caro Ferreti,

    Hoje as matérias estão quentes. Valeu!!!

  8. Ferdinand (ou demais)
    quais santos e quais profecias?

    Perdoe a minha ignorância.

  9. Uma coisa é certa: se os Cristão serão massacrados, os judeus não escapam. Pelo visto, o Estado de Israel está com os “dias” contados.

  10. O Obama n combate o Islã!

    ***************** ùnica coisa que presta na sharia é ausência de juros :(

  11. De fato, o europeus e o EUA arrumaram “para a cabeça”.
    Ditaduras islâmicas + radicalismo no horizonte.

  12. Imaginem a loucura… Querem ter 4 sogras… E os cunhados?
    Eles são loucos

  13. Caro Chistiano,

    A estratégia do muçulmanos é exatamente esta, que vc definiu muito bem.

  14. Quando a cabeça desse sacerdote estiver abaixo de uma adaga prestes a decapitá-lo, ele verá qual o efeito “positivo” da sharia.