Final da novela Thiberville.

Nossos leitores acompanharam de perto a novela de Thiberville. Eis o seu último e definitivo capítulo.

O blog Rorate Caeli traz a notícia da conclusão, embora não satisfatória, do caso Thiberville:

Uma pequena igreja em uma pequena aldeia – mas a apenas alguns quilômetros a sudoeste de sua velha igreja paroquial. Padre Francis Michel, o heroi de Thiberville, tornar-se-á o reitor da menor igreja de sua diocese, em Le Planquay (5 km de Thiberville  Normandia). A sua resistência compensou – mesmo que não seja uma solução perfeita, o intervento direto da Congregação pelo Clero, por meio de seu mediador designado (o Bispo Mons. Boulanger, de Bayeux/Lisieux), assegurou que o ordinário local, Mons. Nourrichard, não poderia manter o Padre Michel mais do que a uma curta distância do seu caro rebanho.

É mais fácil de dizer do que fazer, o sabemos, mas nós continuamos a crer que os sacerdotes que não têm nada a esconder não devem temer represálias por defender a Tradição: um Bispo hostil pode fazer apenas muito dano (Fonte: Perepiscopus).

Fonte: Rorate Caeli.

3 Comentários to “Final da novela Thiberville.”

  1. Ultimamente nada mais é definitivo. Nem a Doutrina da Igreja.

    Mas será muito bom ver aqui no Fratres, daqui há alguns meses, que o povo todo vai até a pequena igreja de Padre Francis, deixando a de Thiberville vazia. Que dirá o bispo então?

  2. Olhando o Padre assim de longe, me lembrei do Pe Joel D’Anjou. O Ferretti poderia inaugurar aqui no Fratres uma seção “Por onde anda”, começando com uma entrevista com o Padre Joel.

  3. Gederson,
    O Pe Joel D´Anjou está em missão nas Filipinas.

%d blogueiros gostam disto: