Bispos da Alemanha vendem editora que veiculava conteúdo esotérico e pornográfico.

Por KNA/FSSPX-Alemanha | Tradução: Fratres in Unum.com

Bonn/Würzburg – Os bispos católicos decidiram vender o grupo editorial Weltbild e alterar parcialmente o Conselho de Fiscal da empresa.

Os bispos, que são os acionistas da editora, tomaram essa decisão na segunda-feira à noite, em Würzburg. A assembléia de acionistas foi convocada subitamente em razão de uma exigência da Assembléia Geral da Associação de Dioceses Alemãs (VDD).

Eles instruíram o Conselho de Fiscal a proceder à venda do grupo editorial “sem qualquer demora”, comunicou a Conferência dos Bispos Alemães na terça-feira, em Bonn. A editora foi criticada porque disponibilizava para venda conteúdo esotérico e pornográfico. (Veja informe em pius.info)

A VDD detém 24,2% da maior parte do grupo editorial, que pertence também a 12 dioceses católicas e a pastoral dos soldados.

A VDD dirigiu suas críticas à direção da empresa da editora Weltbild. “A disseminação via Internet, bem como a produção de mídia que contradigam os objetivos dos sócios, em seu próprio escopo corporativo, não devem prosseguir. A credibilidade do grupo editorial e de seus acionistas foi afetada”.

Os sócios da Weltbild decidiram igualmente fazer alterações no Conselho Fiscal.

Nesse ínterim, o “Südeutsche Zeitung” informou (terça-feira) sobre possíveis compradores para a Weltbild. Entre outros, foram mencionadas as editoras Bertelsmann, Burda e Holtzbrinck. Assim, o presidente da Hubert Burda Media Holding, Paul-Bernhard Kallen, ficaria no Conselho Fiscal da Weltbild.

A editora de Augsburgo foi alvo de críticas porque oferecia também literatura erótica e esotérica para venda por Internet. Na semana passada, o representante do Conselho Fiscal, Klaus Donaubauer, demitiu-se. Duas semanas atrás, o Papa Bento XVI alertou que era hora de “restringir energicamente” a ampla disseminação de material com conteúdo erótico ou pornográfico, sobretudo, em países ocidentais, esclareceu o pontífice.

A Santa Sé vai se certificar de “que o empenho necessário em relação a esses abusos por parte da Igreja Católica na Alemanha seja claro e decisivo”.

Um pouco mais tarde os cardeais Joachim Meisner (Colônia) e Reinhard Marx (Munique), entre outros, criticaram duramente a orientação da Weltbild.

O boletim da Fraternidade Sacerdotal São Pio X – “Mitteilungsblatt” – apontou para os abusos já nos anos de 2006 e 2008. (pius.info berichtete).

One Comment to “Bispos da Alemanha vendem editora que veiculava conteúdo esotérico e pornográfico.”

  1. Bem, creio que estes senhores estavam zelando pelo ecumenismo, uma ves que publicavam de tudo.
    Ah, claro, também eles tinham que contribuir na evangelização…conciliar, evidentemente…

    Mas é uma pena que que a conferência episcopal alemã esteja a vender esta empresa, eles bem que poderiam publicar os entendimentos doutrinais de Fábio de Melo, pop star e metrosexual (modelo sacerdotal conciliar) – um padre “plugado e “logado” ao mundo…

    Publicariam também a estupenda apologética de Marcelo Rossi, prefaciada por Dom Figueiredo…

    Claro, uma boa editora como esta, vendendo de esoterismo à pornografia, de Marx a Chê, iriam publicar, a preços módcois claro, financiados em parte pelo “Adveniat” e pelo “Misereor”, as belíssimas e máximas coletâneas dos bispos do Brasil, homilias e chavões de invasões de terra, dos anos ’70 até nossos dias…

    Uma pena, já que estava no prelo a coleção importantíssima: “A verdade em Ario, Nestório, Lutero e Calvino”, com prefácio dos renomados, e conciliaristas famosíssimos: frei Betto, frei Boff e apresentação de K. Rhanner e, logicamente de d. Demétrio Valentim e Pastor Silas Malafaia… (ecumenismo, lembrem-se!)

    Pena eles venderem tão importante e conciliar empresa… quanto bem ela faz e fez à igreja do CVII…

    É, gente, o mundo está contra essa maravilhosa igreja conciliar… venda de editora conciliar e “perseguição” à CN e aos Mi$$ionário$, como Dunga, Eto e Mon$enhor Jona$…

    Tá na hora do mundo capitali$ta “dar uma forcinha” para as empresas cri$tã$ do CVII, afinal elas servem ao mesmo deus que eles, o capitali$mo…

    Deve ser por isso que elas estão indo tão mal… contrariam o evangelho segundo são Marxonde lhes falou o pai e inspirador de todo esse grande desenvolvimento mi$$ionário, dessa nova evangelização: Lúcifer…

    Por amor ao Imaculado e Doloroso Coração de Maria, livrai-nos ó Jesus do mal da apostasia!