Arcebispo apóia a igualdade.

Por Padre Ray Blake | Tradução: Fratres in Unum.com

O Arcebispo de Westminster disse em recente entrevista de imprensa após a assembléia semestral dos bispos [da Inglaterra]:

Gostaríamos de enfatizar que as parcerias civis efetivamente proporcionam uma estrutura na qual as pessoas do mesmo sexo que querem um relacionamento duradouro [e] uma parceria duradoura podem encontrar o seu lugar, proteção e estatuto jurídico…

[…]

Como Igreja estamos muito comprometidos com a noção de igualdade, a fim de que as pessoas sejam tratadas da mesma maneira em todas as atividades da vida. A Igreja dá grande valor de compromisso nos relacionamentos e empreendimentos que as pessoas dão. A estabilidade na sociedade depende da confiabilidade dos compromissos que as pessoas dão. Isso pode ocorrer no oferecimento para realizar um trabalho, mas especialmente em seus relacionamentos uns com os outros. Igualdade e compromisso são ambos muito importantes e nós lhes damos todo apoio.

Ele prosseguiu dizendo: “igualdade e compromisso não significam matrimônio”.

Conforme salientamos aqui, “A posição da conferência episcopal sobre parcerias civis parece ter mudado desde 2003, quando ela disse ao Governo que as uniões civis não iriam promover o bem comum e que, portanto, opomo-nos fortemente a mesma”.

Parece que o documento da Congregação para a Doutrina da Fé, de 2003, “Reconhecimento Legal de Uniões Homossexuais” somente se aplica ao Matrimônio em si mesmo e não às “parcerias civis”. Obviamente, entendi mal, conforme os bispos fizeram naquela época.

8 comentários sobre “Arcebispo apóia a igualdade.

  1. O triste é ver que, atualmente, a incoerência é a única coerência existente nas Conferências Episcopais. Nós tupiniquins que o digamos, não?!

    Curtir

  2. As notícias estão me cansando, haja criatividade para n ficar sempre no mesmo comentário ou então teremos ( a maioria, ironicamente falando!) que ler Sidney Sheldon como alguns para aprender a jogar piada.

    Curtir

  3. Mais uma vez concordo com D. Ana Maria Nunes. Eu me repito dizendo que não comento matérias sobre cretinices. Tem coisas tão sórdidas nas atitudes desses bispinhos que não merecem a atenção de ninguém.

    Curtir

  4. Francisco de Assis Lima, n é a primeira vez que vc me cita e n tive a oportunidade de lhe responder pq o post foi fechado ahuahuahu Fico feliz que vc concorde com alguns comentários meus, foi muito difícil criar espaço aqui nos comentários, ‘certos achólogos’ são machistas.
    Deus o guarde e aos seus tb, abraço

    Curtir

Os comentários estão desativados.