Big Father.

Espanha: Padre se inscreve no programa Big Brother. Arcebispado publica sua suspensão a divinis.

Padre Juan Antonio Molina Sanz.

Padre Juan Antonio Molina Sanz.

BARCELONA, segunda-feira, 23 de janeiro de 2012 (ZENIT.org) – O arcebispado de Barcelona publicou em seu site um decreto dos Missionários do Sagrado Coração que suspende a divinis o padre Juan Antonio Molina Sanz, pertencente à congregação, enquanto ele mantiver o propósito de participar no programa televisivo Gran Hermano, versão espanhola do reality show conhecido no Brasil como Big Brother.

Juan Antonio Molina Sanz, 40, vive em Barcelona e se declara amante de motos, academias de musculação e heavy metal. Sua decisão não agradou nem sequer à sua família, de acordo com os meios de comunicação. Além de sacerdote, Molina também é professor.

O decreto publicado no site do arcebispado de Barcelona tem data de 19 de dezembro de 2011 e é assinado pelo superior geral dos Missionários do Sagrado Coração, Pe. Mark McDonald, e pelo secretário geral, Pe. Luis Carlos Araujo Moraes, que afirmam que, “depois de constatar que o Pe. Juan Antonio Molina Sanz expressou a vontade de participar do programa televisivo Gran Hermano contrariando uma ordem explícita do seu provincial, o Pe. Wifredo Arribas Sancho, e depois de informar ao Pe. Juan Molina por meio do seu provincial e diretamente por correio eletrônico sobre os efeitos negativos que essa participação poderia ter para ele próprio, para a congregação e para a Igreja, o abaixo assinado superior geral da congregação dos Missionários do Sagrado Coração, com o consentimento do Conselho Geral, reunido em 19 de dezembro de 2011, em Roma, declara o Pe. Juan Antonio Molina Sanz suspenso a divinis”.

O decreto detalha que esta punição “proíbe ao sacerdote todo trabalho pastoral com os fiéis, a celebração pública da Eucaristia e a pregação aos fiéis, e ouvir a confissão dos fiéis”.

“Esta pena”, prossegue o texto, “terá efeito a partir do momento em que o Pe. Juan Molina desobedecer à ordem do seu provincial e participar do programa televisivo”.

Trata-se de “uma sanção temporária, que tem como finalidade suscitar no Pe. Molina um desejo sincero de mudança e de conversão. Durará até a sua oficial revogação por decreto contrário”.

O Pe. Molina, de acordo com o mesmo documento, foi informado de que “os efeitos desta pena ficam suspensos toda vez que vier a ser preciso atender fiéis em perigo de morte, segundo o cânon 1335”.

O texto pede “às autoridades eclesiásticas, em particular aos bispos mais envolvidos no caso, que velem para que o Pe. Molina respeite este decreto no espírito em que foi emitido, isto é, visando a proteção dos fiéis e a sua própria conversão”.

36 Comentários to “Big Father.”

  1. Não sei o porquê de tanta surpresa nesta notícia, pois um Padre Redentorista, atualmente pároco em Brasília e assessor da CNBB, antes apenas responsável pelo CPP. chamado Rafael, se inscreveu e não somente uma vez, chegando mesmo a escrever um livro sobre o seu grande sonho; mas é claro que os missionários redentoristas, como gostam de ser chamados, sem que isso conste oficialmente no nome da Congregação, nada fizeram, nem tampouco o quase-Cardeal João Braz.
    Podem constatar, se fosse chamado o padre Rafael iria, aliás no nosso BBB já participou um ex, mas era EX quase-Monge beneditino.

  2. “Pelos frutos conhecereis a árvore”.

    Eis os frutos conciliares: padres (?) escritores, revolucionários, dançarinos, cantores, bigbrothers e até donos de boate… Não esperem (bons) confessores, doutores, teólogos, sacerdotes, enfim, segundo a ordem do rei Melquisedec.

    Me é, portanto, difícil, quase impossível, engolir este concílio pastoral, tremendamente prolixo, excessivamente desfocado, perniciosamente ecumênico, denotativamente falando. Sei que o Sagrado Magistério é infalível. A conclusão a que chego é a de que o cvII não pode fazer parte deste Magistério, ou muito (mesmo) do que foi escrito pré-concílio não é válido… Ou quente ou frio… Sabemos o que acontece aos mornos.

    Acredito que esteja chegando a hora em que teremos de defender a fé e as nossas famílias não apenas no campo das idéias…

  3. “Os sacerdotes, ministros de meu Filho, os sacerdotes, por sua má vida, por suas irreverências e sua impiedade em celebrar os santos mistérios, por amor do dinheiro, das honras e dos prazeres, os sacerdotes tornaram-se cloacas de impureza.”

    “Sim, os padres pedem vingança, e esta está suspensa sobre as suas cabeças. Desgraçados dos padres e das pessoas consagradas a Deus, as quais, por suas infidelidades e sua má vida crucificam novamente o meu Filho!”

    “Os pecados das pessoas consagradas a Deus clamam ao Céu e chamam a vingança e ela está às suas portas, pois não se encontra ninguém para implorar misericórdia, e perdão para o povo; não há mais almas generosas não há mais ninguém digno de oferecer a Vítima sem mancha ao Pai Eterno em favor do mundo.”

    (Nossa Senhora, em La Salette, 1860)

    Meu Deus, meu Deus!

    A quem iremos, Senhor?

  4. Sinais dos tempos! É inegável que o que estamos a viver é uma autêntica preparação para a apostasia.

  5. O referido sacerdote, está usando uma camiseta da banda Judas Priest, nome que vem certamente a calhar : Padre Judas!

    a camiseta é do disco Painkiller e nesse disco temos músicas com os seguintes nomes :

    – Touch of evil – toque do mal
    – Hell patrol – patrulha do inferno e coisas do tipo, só sonzão matador.

    coisa de entortar o pescoço e de levar qualquer metaleiro a loucura.

    dêem uma olhada na letra de touch of Evil, música que abre o Album:

    “A Touch Of Evil”

    Você me hipnotiza lentamente
    Até eu não poder acreditar em meus olhos
    O êxtase me controla
    O que você dá, serve exatamente pra mim

    Sem avisar você está aqui
    Como mágica você surge
    Eu experimento o medo

    Eu tenho tanto medo
    Mas eu ainda alimento a chama

    Durante a noite
    Venha até mim
    Você sabe que eu quero o seu toque do mal
    Durante a noite
    Por favor me liberte
    Eu não posso resistir ao toque do mal

    Excitado com desejo
    Você me coloca em transe
    Uma visão de fogo
    Eu nunca tive uma chance

    Um anjo negro do pecado
    Saqueando profundamente
    Vem me pegar

    Eu tenho tanto medo
    Mas eu ainda alimento o fogo

    Durante a noite
    Venha até mim
    Você sabe que eu quero o seu toque do mal
    Durante a noite
    Por favor me liberte
    Eu não posso resistir ao toque do mal

    Me deixando excitado
    Com uma sensação de desejo

    Possuindo minha alma
    Até meu corpo ficar em chamas

    Um anjo negro do pecado
    Saqueando profundamente
    Vem me pegar

    Eu tenho tanto medo
    Mas eu ainda alimento a chama

    Você está me possuindo

    http://www.vagalume.com.br/judas-priest/a-touch-of-evil-traducao.html#ixzz1kJYdcBH6

    Cor Jesus Sacratissimum,
    miserere Nobis

  6. só para constar,

    o vocalista da banda a qual o padre é fã, chama-se Rob Halford, ele além de ser dono de um vocal ultra-super-hiper-high-powerfull-plus é homossexual declarado!

    Meu Deus,

    depois da foto da Missa Crioula,
    agora só falta termos em breve uma foto ou vídeo desse referido Padre celebrando uma Missa metal.

    lembrei-me da profecia de La Salete.

    Rezemos e nos sacrifiquemos pelos nossos sacerdotes.

    Em Jesus e Maria.

  7. O padre Fabio também era desta Congregação. Não?

  8. Só falta convidarem fashion de melo….

  9. Também acho que não haveria a crise de 29, nem a II Guerra Mundial.
    O CV II é terrível.
    Provavelmente a peste negra deve ter origem neste nefasto concílio.
    .
    Falando sério:
    Parabéns ao Arcebispo !!
    Esse padre deve ter “batido a cabeça”. Surtou !

  10. Os Católicos condenam o comunismo , mas uma coisa o comunismo tem de bom, jamais permitiria que um programa tipo Big Broter ou equivalente fosse ao ar , em Cuba onde trabalhei 3 anos p/ empreza Brasileira não se vê imoralidades na TV e muito menos em revistas ou jornais, e a moral publica é muito preservada, já em paises ditos Cristãos como EEUU França, Inglaterra etc… o que se nota é uma libertinagem desavergonhada, em revistas e TVs, Cinema etc…, se não me engano a criação do tal de BBB é de origen americana ou inglesa e os lambe botas brasileiros ainda pagam direitos autorais para usar o modelo no Brasil, e acho estranho que nem um Cardeal, Bispo ou padre brasileiro condena este programa ,imoral e pernicioso para as familias e juventude, preferem se preocupar com liturgias aculturadas e outros assuntos menos importantes. Porque será???

  11. e acho estranho que nem um Cardeal, Bispo ou padre brasileiro condena este programa ,imoral e pernicioso para as familias e juventude, preferem se preocupar com liturgias aculturadas e outros assuntos menos importantes. Porque será???
    Simples. Pq os homens da cnbb fundaram o lixo do pt e ajudam os porcos comunistas a ganhar a simpatia do povo para depois lhes calar a boca. E os trouxas do Brasileiros que se simpatizam com a petralhada e comunas mundo afora são seus eleitores(pt).

    O comunismo é muito bom sim só tem coisas boas na tv deles. Ensinam a adorar um reles ser que morreu de infarto como deus. Na área da educação, por exemplo, na Coréia do Norte o filho do ditador – que tá na VALA e o capeta que se vire -, foi estudar na Suíça.

    Outra coisa boa de Cuba é a conta bancária do fidel, um dos homens mais ricos do mundo. A título de esclarecimento:
    PQ o molusco está tratando seu câncer no Albert Einstein, hospital de burguês!!!
    Comuna tem que ir pro SUS!!!!!!!!

  12. O Padre Fábio de Mello foi convidado para a novela da Globo “Morde e Assopra” (2011) para quem não sabe. Por “afazeres artiticos” (não foi citado por ele algum impedimento por ser padre), ele recusou o convite global…

    http://amigofabiodemelo.blogspot.com/2011/04/participacao-especial-de-pe-fabio-de.html

  13. Eu quis dizer: DOS Brasileiros

  14. Ah, pobre Juanito…
    Nós, os “perigosíssimos” estamos estranhando sua atitude…Hummm. isso é tão normal na Arca do CVII!
    Ah, bem ele é “aggiornado”, é atual, não “cheira a mofo” como nós… Ultrapassados que acreditamos em Céu, Inferno ou Purgatório…
    Se nem inferno existe… Afirma um dos sucessores do ISCARIOTES …
    Ah, o Juanito é da mesma cãogregação do Fabinho, do Joãozinho, do Zezinho, do Huguinho e do Luizinho…
    Por favor, chamem o Pato Donald!
    Porém, não chamem o Tio Patinhas, senão, eles vão obrigá-lo ao dízimo, a comprar os novos lançamentos em CD e DVD, ou contribuir com a campanha “dá-me alma$$$”…
    A que ponto chegou a desolação da abominação…
    Cuidado, Alice, o concílio das maravilhas pode não ser tão maravilhoso assim…
    Depois falo que essa igreja conciliar não é séria e os ingênuos ficam me xingando…
    Omnia malo,
    Libera nos Domine!

  15. Ana Maria;
    Por favor!!!
    Respeite o Fashion de Melo! (adorei esse nome – posso usá-lo em meus comentários?)
    Ele está desfilando novos modelos, super hiper, ultra “descolados” na SPFW, esta semana.
    Afinal, ele é um modelo de padre “aggiornado”, moderno, atual…
    Não é antiquado como aquela turma que jejuava, fazia voto de pobreza…
    Semana que vem, depois de ir na Hebe, no Faustão, na Xuxa e no Gugu, poderá dar uma “passadinha” para um “showzinho” no BBB, isso se a agenda permitir, já que tem o programa “Direção Epiritual” na CN… E lógico, continuar a escrever mais um livro de auto-ajuda…
    Vaidade, vaidade… Tudo é vaidade…
    Pena que ainda que os mais lindinhos, uiiiiiiii, terminam como nós, pecadores exilados neste Vale de Lágrimas: num cemitério, onde os vermes nos corroerão as entranhas…
    Vaidade, vaidade… Tudo é vaidade…

  16. Um clero imbecilizado, esta é a herança do “sacrossanto” concílio e as flores mais “viçosas” da primavera conciliar. Quando o outono irá chegar para que estas folhas caiam secas e virem pó?

  17. Tem Padre por aí que ficaria mais encandalizado se visse um colega de batina do que com a camiseta do Judas Priest.

  18. O cara acende uma vela pra Deus e uma pro Demonio descaradamente como disse o Lucio Clayton e só é suspenso a Divinis?
    Tinha é que ser excomungado e expulso.

  19. Não sei pq o Padre Fábio de Melo apareceu nos assuntos dos comentários,
    deixemo-lo para quando novamente ele for a bola da vez.

    Penso que por caridade, seja melhor não falar dele.

    Esse Padre com a camisa do Judas Priest me lembrou um outro caso que ocorreu comigo há uns 4 anos atrás. Estava eu numa livraria (Paulus) “Católica”, onde fui comprar um crucifixo, desses de por em mesa, ao que perguntei para a vendedora se havia por ali um sacerdote que pudesse abençoa-lo, ela então me indicou um certo Padre que agora não recordo o nome e me apontado disse: é aquele ali. Olhei-o e vi que o mesmo estava com uns três jovens ao seu redor numa conversa muito animada e ele trajava uma camiseta do The Smiths. Bom, nunca fui fã de Smiths e naquela época eu estava em um período de retorno a fé, então, meio duvidoso fiquei observando o Padre, foi quando derrepente a menina me disse: mas também tem aquele outro Padre ali. Foi quando vi um senhor vestido de preto, camisa clerical, clergyman e sozinho.

    Olhei novamente para o padre do Smiths, voltei meu olhar para o Padre mais idoso, não tive mais duvidas para quem pedir que abençoasse meu crucifixo.

    Sabem, é que sempre achei Smiths muito depressivo e meio gay, eu hein.

  20. Carissima Ana,

    “Simples. Pq os homens da cnbb fundaram o lixo do pt e ajudam os porcos comunistas a ganhar a simpatia do povo para depois lhes calar a boca. E os trouxas do Brasileiros que se simpatizam com a petralhada e comunas mundo afora são seus eleitores(pt).”

    Eu concordo com absolutamente tudo que escrevesses!Parabéns.O PT é uma cria do CNBB, intelectuais da USP e co-relacionados.É um partido de “Sacristia”.Nunca vi a CNBB condenar publicamente esse partido maldito e sua corja de ladrões.Por um motivo muito simples: qual Pai vai condenar o filho?

    Olhe, eu já tentei, confesso.Mas eu não consigo nem respeitar a CNBB. São pouquissimos Bispos que se salvam ali.E eu não saberia dizer exatamente quais são.

    Em Cristo,

  21. Felipe, pode usar sim. Por incrível que pareça, esse nome ‘fashion’ veio da ala plena.

  22. Caríssimo Vanderley,
    sem ironias, por favor.
    Óbvio que houveram e haverão problemas no mundo e dentro do clero. O que difere a vida da Igreja antes e pós CVII são os erros de doutrina propagados pelo mesmo.
    Acredito piamente ser a Igreja Católica Apostólica Romana o único e verdadeiro pilar da sociedade. Quando a vida dos seus membros claudica, moralmente, espiritualmente falando, o mundo inteiro balança junto. Não se está livre de surgir, a qualquer momento, um novo Hitler, Fidel, Stalin, Chaves. E eles levarão muitos à morte. Precisamos estar preparados para viver, lutar, sofrer e… morrer. E quem nos pode ajudar nesta preparação? Quem possui o único e verdadeiro “múnus”?
    A pergunta principal, na minha humilde opinião: como é o clero pós CVII? Como era antes? Como é a formação que recebem os seminaristas pós CVII? Como era antes?
    Repito, problemas, maldades, imoralidades, pobreza “sempre os tereis”.
    Se Deus é perfeito, perfeito é Seu ensinamento. Deus não pode evoluir. Nem Seu ensinamento. Imutável, portanto. Acredito que agora, me fiz entender.
    Fraterno abraço.
    Stat Crux, dum volvitur orbis.

  23. Heitor, que presente de aniversário vc me deu: vc concorda comigo ahuahuahu

  24. Obrigada, senhor Ferretti!

  25. Fernando, sem ironias.

    Não partilho da ideia de atribuir todos os males ao CV II.
    Isso para mim é um atentado à inteligência. De uma simplificação
    gritante.( não estou defendendo nem combatendo o CV II, não é a
    questão, aliás, sequer li todos seus documentos, somente li a Dei Verbum
    e aquelas partes mais criticadas. Além disso, considero o meu conhecimento
    muito superficial, creio que para tal empreitada precisaria de um embasamento
    muito maior e profundo, e não tenho.).
    Para mim, o problema é anterior ao CV II, somado a toda influência
    externa vigente nos anos pós-guerra.
    E mais, os erros já circulavam no ambiente eclesiástico, mesmo com
    as condenações. Esse é, a meu ver o problema.
    A fumaça de satanás entrou antes, diversos autores do CV II já trazem
    consigo uma mentalidade contaminada.

    P.ex.- Aqui mesmo foi postado um video dos padres de 68.
    Não dá para você dizer que esses padres tenham sido formados em seminários
    pós CV-II. Eles já estavam nos seminários antes do CV II.

    É claro que a formação foi cada vez mais sendo deteriorada, isso é
    indiscutível.
    Para mim, colocar o CV II como personificação do mal é um equivoco (não que
    ele não contenha toda uma problemática que está sendo discutida até hoje, e que
    esperamos que o Magistério se pronuncie e “corrija” o necessário.).

    Os diversos “ismos” , as diversas correntes filosóficas/teológicas do passado
    contribuíram/contribuem na quase totalidade dos problemas.

    Só para ver como às vezes fazemos um juízo apressado e viciado:

    O Papa João XXIII reafirmou o “Decreto contra o Comunismo” e excomungou
    o Fidel. No entanto, dele é dito que era pró-comunista.

    PAX !!

    PS. apesar de tímido e ainda, pouco expressivo, já vejo padres ( os novos, recém
    formados, com uma mentalidade mais ortodoxa) e seminaristas também.

    Tanto como os leigos, eles estão tendo possibilidade de contato/conhecimento
    com a Doutrina mais tradicional e ortodoxa.

  26. Ainda bem que o blog “censura” alguns dos meus comentários. É que as vezes eu falo um tipo de linguagem em um nível que esses canalhas modernistas e baderneiros da seita conciliar entendem. Caro Sr. Ferretti as vezes me curvo diante de vossa prudência…. Alguém deve está se perguntando: O que será que ele escreveu e não publicaram?… kkkkkkkkkkkkkkkkk

  27. O clamor por um concílio vinha há tempos, em 1948 os cardeais eram contra e Pio XII disse que estava muito velho para um concílio, ele morreu 10 ano depois. Tinha dado tempo, hein?

    Foi mais ou menos como no filme senhor dos anéis, as forças do mau foram se juntando e teve uma batalha. Na Igreja tb foi assim, só que deram de cara com o Papa Pio X que calou e aniquilou a todos. Os outros papas n conseguiram… daí os comunas e maçons formaram um exército dentro da Igreja começaram por baixo, nos seminários, até que tivessem um papa que, rodeado de cardeais (que um dia foram seminaristas!) simpático a ideia de mudanças, convocasse o concílio.

    Paulo VI nas sessões do concílio, era cardeal, aí o homem se levante e se oferece para mediar as discussões sobre a mudança na liturgia… depois veio com esse papo que a fumaça entrou por um fresta…

  28. Caríssimo Vanderley,
    o senhor leu o que eu escrevi?

  29. Caros amigos Ana e Fernando;
    Li o que o sr. Vanderley esclareceu…
    Muito interessante, uma vez que ele, com toda a sua paciência e eloquência vem nos ensinar!
    Noooooooooooooossssssaaaaaaaaaaaaaaaaaa! “descobriu a América”!!!
    Segundo os expoentes NEOCON, tudo já estava mal antes do Concílio…
    Sim, ó “Sedis Sapientiae”! As coisas se apresentavam com alguns problemas. A ideia do Concílio, como acertadamente disse a Ana Maria, era bem antiga. Falava-se desde os tempos de Pio XI. Com o Papa Pio XII voltou-se a discutir. Porém, como bem ressaltou a Ana, o santo Padre achou-se velho demais para tal.
    Porém, ó dignos pensadores NEOCON de plantão, a situação era muito mais tranquila que em nossos dias!
    Havia a obediência, havia uma vigilância do Santo Ofício, havia a autoridade da Primazia de Pedro, em uma única palavra: havia RESPEITO!!!
    Atualmente inexistem quaisquer desses realidades, especialmente no que se refere ao Primado de Pedro, matéria discutível após a “Colegialidade Episcopal”, oriunda do concílio, o qual os senhores tanto prezam e defendem, fingindo nem conhecê-lo! (o que eu, particularmente, acredito, já que é tão ambíguo, tão complicado, tão elocubrático, que somente K.Rahner e seus sequazes podem entendê-lo!)
    Outro exemplo: atualmente nas igrejas conciliares há uma neoprotestantização do culto, uma excessiva participação do laicato nas decisões e nas celebrações, colocando tudo em um nível muito simplificado, muito secularizado, sem nenhuma expressão do Divino. Tudo é festa, tudo é do Povo de Deus…
    Quanto aos senhores afirmar que os jovens padres conciliaristas serem “ortodoxos” ou buscarem uma posição mais “ortodoxa”, bem, discordo completamente.
    Os exemplos que tenho visto, não que participe de alguma “celebração” conciliar, longe disso, mas em meu trabalho, passo por três cidades diferentes, três dias da semana, e as três, pasme o senhor, fazem parte de três dioceses diversas, bem pertinho umas das outras, há poucos quilômetros uma da outra para lhe ser franco.
    Bem, o que tenho visto e experimentado no contato com o povo, já que tenho contato pessoal com muitas pessoas, contato este, devido à minha profissão, ouço e vejo coisas que “até Deus duvida”.
    Até que gostaria de concordar com o sr. Vanderley, mas o que tenho visto e ouvido, não corroboram o que o senhor falou… O clero jovem, parece ser mais deficiente que os menos jovens… Deve ser o resultado das Casas de Deformação, digo, casas de formação, que são oriundas do documento conciliar Praesbyterorum Ordinis…
    Creio que devido às suas ocupações, o senhor parece ter pouco contato com a realidade, com o mundo que nos cerca, pois, percebo em seus escritos que o senhor é um homem de gabinete, um culto e erudito, que poucas vezes tem contato com a triste realidade, podemos dizer, a “triste miséria humana”…
    Bem, como trabalho com esta triste e dolorosa realidade das pessoas, ouço muitos de seus clamores, de suas dores, de seus descontentamentos… Acabo sendo uma espécie de “terapeuta do desabafo”… Faz parte de meu trabalho, sr. Vanderley… Bem que eu quisera ter uma erudição como a sua, ter bastante tempo para dedicar-me à cultura, até mesmo lendo os documentos conciliares… Porém, isso me é impossível, já que trabalho bastante, viajo três dias por semana, tenho afazeres em uma propriedade agro-pecuária e o que mais me ocupa e mais me dá alegrias: tenho uma linda família, com quatro lindos filhinhos… Tempus fugit!
    Quem me dera ter o tempo disponível que o senhor o tem… Creio ser uma “santa inveja”, como diz meu confessor…
    Bem, vivendo o que vivo, nestes meus 36 anos de idade, ainda que tenha passado 8 deles na maior metrópole do país, ainda que vivendo no interior, entre Minas e S. Paulo, mesmo assim, vivenciando a realidade, percebo que o concílio foi um grande divisor de águas na Igreja:
    Antes havia alguns problemas… Depois, só existem problemas.
    Antes havia a Santa Igreja…Depois, há a igreja conciliar (“santa e pecadora”)
    Até mesmo o Papa Paulo VI, o grande implementador conciliar, afirmou que a “fumaça de Satanás penetrou, como que por uma fresta, no Templo de Deus”.
    E agora, diante de tudo isso que se nos apresenta a realidade, essa mentalidade NEOCON de justificar que “até parece que antes do concílio não havia problemas” é uma verdadeira apelação!
    Tal qual os membros da Teologia da Libertação, os NEOCON apresentam uma enorme carência de mais estudos de História, Filosofia, Teologia e Antropologia…
    Como isso é bastante complicado, recomendo duas coisas bem simples, e, claro, evidentemente, muito desestimuladas após o “mega hiper ultra vitaminado acontecimento conciliar”, o Terço de Nossa Senhora e a Meditação.
    Pode-se começar o piedoso exercício do Rosário (Terço) rezando uma dezena por dia, depois se vai aumentando, gradativamente.
    Começa-se a Meditação Cristã lendo um bom livro, de um autor sério, tal como Santo Agostinho, Garrigou Lagrange, Frei Luís de León, Santa Teresa de Ávila ou mesmo um bom comentário do Santo Evangelho, como o de Frei Luis de Granada.
    Caso queira, leia também o Catecismo de São Pio X.
    Após essas boas leituras, busque um livro de Cornélio Fabro, autor do séc. XX, que tem uma das mais claras exposições de Santo Tomás de Aquino.
    Creio que assim, essa “febre” NEOCON terá seu antídoto ideal.
    Por fim, tenha diante de sua mesa de trabalho um belo crucifixo, uma imagem bem real, bem sofrido, que possa lembrá-lo sempre, a cada momento da dolorosa entrega, do único Holocauto que houve:
    Cristo na Cruz!
    Paz e Bem!

    Viva Cristo Rei!

  30. D. Ana Maria Nunes
    Que bom que neste novo ano a senhora tem comentado mais… Parabéns pelos comentários! Só gostaria de dizer que: A fumaça não entrou pela fresta, foi mais fácil, eles escancararam as portas e Montini entrou com a “naveta” numa mão e o “incensório” na outra. Tem gente nesse mundo que se comporta igual a “galinha choca”: Faz a “caca” depois se espanta com a mesma e sai gritando.

  31. Caríssimo Felipe Leão,
    o senhor justifica o seu nome.
    É triste ver o Corpo Místico de Cristo vilipendiado; é doloroso ver Seu Santo Sacrifício negligenciado; e é amargurante notar que alguns ainda não se deram conta da crise que quer fazer soçobrar a barca de Pedro.
    Mas, fé, caridade e esperança não nos podem faltar. Por fim o Imaculado Coração triunfará.

    ps.: ótimo conselhos, excelentes sugestões de leitura.

    Fraterno abraço,
    Fernando.

  32. Francisco :) vc ou Felipe sabem alguma coisa sobre o padre Roca? Pq ele foi excomungado? Ele é citado no livro O Derradeiro Combate do Demônio e lá tem tudo sobre o que ele escreveu para o futuro da Igreja, ele acertou em cheio.

  33. fiz ou outro comentário (não sei se foi enviado)para o Fernando.

    Fernando, claro que li.

    Se alguém provar que o Clero tomou um chá e passou a ter um comportamento
    diferente e mudou a sua mentalidade, então vou rever a minha opinião.

    Para mim (que não sou especialista, nem tenho essa pretensão) as condenações
    e ações dos Papas no decorrer do século XX, anteriores ao CV II, não foram
    suficientes ou não tiveram o efeito desejado. O modernismo e outras correntes
    continuaram a influenciar o clero.

    Creio a diferença de opiniões está aí:
    Identifico o problema como sendo anterior ao CV II; ao passo que você que
    fixa o CV II como agente causador ( caso não seja essa sua opinião, corrija-me).

    E mais, usa-se o CV II para incriminar todos os abusos que ocorrem, o que
    sabemos que não é verdadeiro.
    Como disse anteriormente, o CV II tem questões que precisariam ser “revistas”
    ou melhor explicadas. Nisso creio que concordamos.
    Mas não creio que todos os problemas posteriores são devidos a ele.

    PAX !

  34. Ferreti, desculpe-me. Mas você usa de 2 pesos e 2 medidas.

    O individuo acima me ofende,sem me conhecer , gratuitamente,você permite o comentário dele,
    sem moderar.
    O meu, respondendo (o mínimo possível, já que se trata de um espaço particular,seu)
    você modera ??

    É claro, gostaria de responder a esse individuo, pessoalmente !
    Quero ver se ele é tão macho como na internet !