O misterioso anúncio da não criação cardinalícia de Padre Karl Becker, SJ, no próximo consistório.

A última atuação estupefaciente da Secretaria de Estado é de ontem mesmo [sexta-feira, 3] e veio no “Bollettino“: o anúncio de que o Cardeal designado Becker [ndr: Pe. Karl Becker, jesuíta de 83 anos, o mais alinhado ao pensamento do Papa Bento XVI dentre os designados para o consistório do próximo dia 18, tendo sido, inclusive, perito da Santa Sé nas discussões teológicas com a FSSPX] sai de cena por razões de saúde e não será feito cardeal no próximo dia 18, mas numa cerimônia privada posterior. Vários sites especializados comentam que o anúncio é problemático: não fica claro se o jesuíta Becker será feito [cardeal] “in absentia” e não receberá, por isso, o título ou diaconia, ou se, em que pese o anúncio de sua criação, não será feito e publicado cardeal. Nem se, em caso de criação posterior, se realizará em consistório, ordinário ou extraordinário, ou por ato privado, o que seria incomum. Pelo visto, na Secretaria de Estado a história foi esquecida. A ausência jamais impediu a criação cardinalícia. A história está cheia de casos de cardeais que nunca quiseram ir a Roma (como Richelieu, cardeal em 1622, falecido em 1642 sem título porque nunca foi a Roma) e nem por isso deixaram de ser cardeais em plenitude. Que impedimento há para que o Pe. Becker seja um caso a mais — como há dezenas de cardeais sem título — para que seja feito e publicado cardeal, ainda que não possa estar presente para receber título ou diaconia? Mistério. De qualquer forma, se não for criado, seu capelo dependerá de sua saúde (ou, tendo que esperar um futuro cardeal, da do Papa), com o perigo de que ao fim tudo termine num caso raríssimo de um quase-cardeal anunciado e logo apagado da lista.

Comentário de “Don Antonio Lasierra” publicado no blog La Cigüeña de la Torre.

2 Comentários to “O misterioso anúncio da não criação cardinalícia de Padre Karl Becker, SJ, no próximo consistório.”

  1. Senhores,

    Creio que estamos fazendo tempestade num copo d´água. Em nenhum momento o vaticano disse que o Padre Becker não será criado cardeal, mas afirmou categoricamente que ele será criado cardeal em uma cerimônia particular. Sem contar também que Pe Becker tem 83 anos e está com problemas de saúde. Não acredito que isso tenha sido uma retalhação pelo fato de Pe Becker ser tradicionalista. Lembremo-nos do cardeal Bartolucci que foi criado cardeal afirmando que nunca tinha rezado a missa nova.

  2. Também não consigo entender onde está o mistério dessa notícia.