Um católico a seu modo.

Trechos da entrevista concedida ontem por Gabriel Chalita, pré-candidato do PMDB à Prefeitura de São Paulo, ao portal Terra (em vídeo aqui):

Dois dias antes da entrevista em que defende a união civil entre homossexuais, Chalita faz uma das leituras na Missa da Paróquia São José, no bairro do Belém, em São Paulo.

Dois dias antes da entrevista em que defende a união civil entre homossexuais, Chalita faz uma das leituras na Missa da Paróquia São José, no bairro do Belém, em São Paulo.

Sobre o aborto e a polêmica a este respeito na corrida presidencial de 2010:

“Eu acho que foi muito feio o que aconteceu na eleição presidencial. Eu não tenho problema em responder questão de nenhuma ordem. Mas o que aconteceu na eleição presidencial […] de repente teve um reducionismo na eleição presidencial de uma discussão religiosa que nasceu de boataria de internet.”

“Eu sou um candidato, eu sou uma pessoa religiosa, nunca escondi isso de ninguém, eu frequento a Igreja, sou católico, tive num evento nos evangélicos nessa semana, e uma evangélica falou assim: nossa, você tem a cara dos evangélicos.”

Eu sou contra o aborto, porque eu acho que você vai diretamente contra a vida. Eu não mudei, eu continuei defendendo isso, mas a presidenta Dilma disse o seguinte: ‘no meu governo não terá aborto’. E não tem. Ah, agora ela colocou uma ministra que é favorável ao aborto; sim, mas uma pessoa no governo ser favorável ao aborto não significa que o governo vai nessa linha, nessa direção. Eu não tive nenhuma mudança de percurso nessa minha trajetória política, o que houve foi essa quantidade de boatos que tentou colar nela a imagem de uma pessoa que era contra a vida.”

O Fratres in Unum gostaria de refrescar a memória do pré-candidato Chalita:

Sobre a união civil entre homossexuais:

“Maria, acho que esse é um tema fundamental. Eu fico muito à vontade para falar sobre isso porque em todos os meus livros, aí vem a questão do afeto ou os livros sobre a ética, livros que foram traduzidos. Eu tenho uma visão que eu acredito profundamente que a dignidade da pessoa humana, o respeito ao ser humano devem nortear  todas as ações na área pública e na área privada. Então, é inadimissível que uma sociedade não consiga conviver com uma pessoa que seja diferente. Qualquer tipo de preconceito, qualquer tipo de intolerância deve ser perseguido, devem ser banido da área pública. Eu tenho o maior respeito pelas pessoas que tenham uma orientação sexual diferente. Acho que o Supremo já decidiu a esse respeito, dando o direito da união civil de pessoas do mesmo sexo.

– O senhor é favorável a isso?”

Sou favorável  a isso. Acho que isso já está decidido, discutido. Agora a questão do casamento religioso em igrejas, nem me parece que isso seja alguma coisa que essa comunidade queira, que os homossexuais queiram. Aí tem que respeitar a Igreja”.

* * *

Aproveitamos a oportunidade para recordar alguns princípios que deveriam ser seguidos por todos os católicos — o que incluiria o senhor Chalita, apesar de ser a cara dos “evangélicos” — e enunciados pelo então Cardeal Joseph Ratzinger, atualmente Bento XVI:

“Onde o Estado assume uma política de tolerância de facto, sem implicar a existência de uma lei que explicitamente conceda um reconhecimento legal de tais formas de vida, há que discernir bem os diversos aspectos do problema. É imperativo da consciência moral dar, em todas as ocasiões, testemunho da verdade moral integral, contra a qual se opõem tanto a aprovação das relações homossexuais como a injusta discriminação para com as pessoas homossexuais. São úteis, portanto, intervenções discretas e prudentes, cujo conteúdo poderia ser, por exemplo, o seguinte: desmascarar o uso instrumental ou ideológico que se possa fazer de dita tolerância; afirmar com clareza o carácter imoral desse tipo de união; advertir o Estado para a necessidade de conter o fenómeno dentro de limites que não ponham em perigo o tecido da moral pública e que, sobretudo, não exponham as jovens gerações a uma visão errada da sexualidade e do matrimónio, que os privaria das defesas necessárias e, ao mesmo tempo, contribuiria para difundir o próprio fenómeno. Àqueles que, em nome dessa tolerância, entendessem chegar à legitimação de específicos direitos para as pessoas homossexuais conviventes, há que lembrar que a tolerância do mal é muito diferente da aprovação ou legalização do mal.

Em presença do reconhecimento legal das uniões homossexuais ou da equiparação legal das mesmas ao matrimónio, com acesso aos direitos próprios deste último, é um dever opor-se-lhe de modo claro e incisivo. Há que abster-se de qualquer forma de cooperação formal na promulgação ou aplicação de leis tão gravemente injustas e, na medida do possível, abster-se também da cooperação material no plano da aplicação. Nesta matéria, cada qual pode reivindicar o direito à objecção de consciência.

20 Responses to “Um católico a seu modo.”

  1. Pensar que essa essa igreja de São José foi onde Monsenhor de Castro Mayer era pároco, e só saiu dai pra ser sagrado Bispo!!

  2. nojo, asco, repulsa, raiva, indignação inda são palavras muito brandas para descrever os meus sentimentos por esta entrevista.

  3. Ele é muito doce, muito compreensivo… vcs n imaginam a gritaria que mulheres e moças fazem quando esse homem em algum lugar. Ele vai ganhar.

  4. Hipócrita…Salafrário…Dissimulado…CATÓLICO??? SÓ SE FOR MESMO DA igrejola carismática protestantizada…
    Esse dissimulado esteve na seita pentecostal de ponta de esquina do valdemiro, a tal mundial….mundial sim….da grana….da enganação… Se portou como se aprovasse tal roubalheira em nome de Deus que lá se faz, da banalização que esses hereges fazem do “milagre”, e de tantas outras falcatruas que lá acontecem.
    O tal “apóstolo” valdemiro, é uma das crias de outro ladrão maior…o edi ladrão….que também gerou outro filhote…o rr. soares…e assim por diante…
    Esses cães só têm uma coisa comum: combater a Igreja Católica, no mais, cada qual deve se esmerar em roubar e enganar melhor o povo…
    O dissimulado Chalita tem coragem de participar de uma sessão barata e histérica dessas seitolas e se dizer católico???? Por favor….O mínimo que se exige de uma pessoa é a honestidade e sinceridade para consigo mesma. Nem isso esse candidato tem…Deus nos livre e guarde desses tipinhos…
    Não posso deixar de parabenizar o Fernando que, felizmente, lembrou que D. Castro Mayer, de feliz e santa memória, que tive a honra e o prazer de beijar o anel algumas vezes, foi Pároco da Igreja que hoje, desgraçadamente, serve de cenário para tal ato…
    São José, rogai por nós!

  5. Caros amigos,
    Creio que os senhores sabem como e porque chegamos a este ponto. Um leigo não chega nele sozinho, é preciso ser encorajado e alimentado num proceder heterodoxo, oriundo de uma fé desviada por parte de um clero que já não é mais o mesmo. Ponto este onde o absurdo chega tão longe que toca os umbrais do escracho, do carnavalesco, onde a heresia desfila com a fantasia do “politicamente correto”, e ainda bate o pezinho gritando freneticamente: SOU CATÓLICO!!! Todo desvio teológico (leia-se heresia) tem fundo filosófico, mas o resultado sempre desemboca no plano moral. Nunca se viu na história da Igreja um só herege que não fosse, ao menos no final de sua vida, um imoral escandaloso. É o curso necessário seguido sempre que se abandona a verdadeira doutrina. Portanto meus amigos, os frutos da década de sessenta ainda estão sendo produzidos, e vão continuar a sê-lo, sempre na tentativa de neutralizar a verdade. Nosso consolo é somente este: “As portas do inferno não prevalecerão contra ela”.

  6. Nós precisamos progredir, gente! O que é isso? Que mentalidade medieval a nossa, ora bolas! E ninguém nunca percebeu que um homem pode engravidar outro homem? Ora! E que essa união é, logicamente, obviamente, claramente, explicitamente, inequivocamente, uma família normal, natural, como qualquer outra? O Chalita está na onda do progresso! Ele quer é melhorar a humanidade! Eu acho até que ele deveria ser candidato a sacerdote e, futuramente, lutar por uma vaga no partido CNB do B. É a cara dele!

    Este país tem o tipinho de católico e de político que merece!

  7. Chalita…católico brasileiro…tchup (cuspida)

  8. Ele ainda tem a coragem de diser que a Dilma nunca foi afavor do aborto, que foi boataria da internet, quer diser que ele é contra o aborto? e se dis afavor da união civil homosexual, que vai contra a moral cristã, e ainda apoiou a Marta Suplicy veja o vídeo: http://youtu.be/LUrPGiLxDpc , que luta pela aprovação do projeto de lei 122, que horror, eu nunca votaria em alguem assim.

  9. Uma coisa é ficar indignado com esse tipo de atitude que afronta a Palavra de Deus! Agora ficar chamando de Igregola carismatica protestante. A briga entre Valdomiro e Edir macedo é uma briga de ego, interesses obscuros( tonto é quem vai atras deles). Existem Igrejas evangelicas serias, que não ficam atacando os catolicos, generalizar é ser infantil. A Renovação Carismatica Catolica, é seria, é fiel ao Catecismo da Igreja Catolica e tem supervisão de bispos. Não aceita de forma nenhuma aquilo que vai contra a Palavra de Deus, é fiel a Igreja Catolica, é parte da Igreja. Sua forma de se expressar demonstra um radicalismo xiita , ( transtorno de personalidade narcisista.). não cuspa no proprio prato porque a RCC é Igreja Catolica. Conheço pessoas que não gostam dos carismaticos e respeito isso Ficar jogando farpas em uma coisa que o Sr. desconhece ,n ão deve ser procedimento de um bom catolico. Infelizmente o sr. Chalita, mostrou prá que veio e é a atitude dele que devemos repudiar.Cesar Neves

  10. Não o que dizer desse Chalita.
    Um cara que dá uma entrevista dessa, merece andar de mãos dadas com a corja do PMDB (o partido mais meretriz do Brasil). As atitudes dele já mostram que ele não é católico há muito tempo. Se duvidar ele já está excomungado latae sententiae e tudo!

  11. Faltam plavras para qualificar Chalita dada as absurdidades que ele diz.Ele é um falso profeta , da mesma laia satãnica e heretica do infeliz sacerdote semi apóstata Fabio de Melo.

  12. A RCC tem seus pontos bons: a adoração a Nosso Senhor na Eucaristia, o amor a Nossa Senhora, etc… Mas, nasceu do protestantismo pentecostal, um dos piores ramos que o heresiarca maior Martinho Lutero gerou…
    É impossível em sã consciência assistir uma Missa do Pe. Roger, por exemplo, gritando e pregando como um pastoreco das seitolas de ponta de esquina, incentivando o blá blá blá das línguas estranhas, dentro do RITO DA SANTA MISSA, e achar que isso está de acordo com a doutrina Católica, está de acordo com o Missal ATUAL, que, mesmo dando uma grande abertura ao sacerdote, não escancara as rubricas aos desmandos que se faz, tanto na rcc como na tl asquerosa…
    Os extremos se tocam…
    Digo mais: as Missas, com algumas exceções, celebradas na Canção Nova, raiam a um culto protestante pentecostal. Já a “missa” celebrada por um padreco da tl, nos trenzinhos das cebs, raiam a um culto macumbífero de péssima qualidade, pois, nos dois casos, seus mentores não são nem protestantóides de fato, digo protestantóides porque Protestantes sérios não fazem esses atos ridículos, nem macumbeiros de fato.
    Não sou tridentino, mesmo admirando a beleza e o senso de adoração e respeito que esse Rito traz em seu bojo, o sentido de sacrifício da Santa missa, que é o primordial. Aprecio e admiro o Rito atual fielmente seguindo-se o Missal dito de Paulo VI. Se a teologia deste último enfatiza mais o lado da ceia, da participação, tantas vezes, ou melhor, na maioria das vezes mal entendida, tanto que Bento XVI está propondo a Reforma da Reforma, isso é outro assunto, é só acompanhar, e contra os fatos não há argumentos, o que se fez no Vaticano II à revelia e mesmo contra a vontade de Paulo VI, não só em matéria litúrgica como em todo o Concílio.
    Quando se pensar que os carismáticos tiveram a coragem, ou melhor, a falta do senso do ridículo de tocar violões e bater palminhas dentro de uma Basílica como a de São João do Latrão, percebe-se o nível curturalllll, já nem digo religioso, que os mesmos possuem, a começar pelos cabeças…
    A tl maldita tem também Bispos acompanhando e supervisionando, doidinhos para que Bento XVI passe. Eles agora estão o sub-terrâneo, como o câncer que lança seus tentáculos na surdina e solapam a doutrina por baixo.
    Conheço sobejamente a rcc e a tl, afinal, sou do começo da década de 60 e tive o desprazer de ver esses dois extremos se desenvolver e tomar espaço em lados opostos.
    Se isso é ser xiita, quero morrer xiita, xiita na Reforma da Reforma e na Hermenêutica da continuidade que Bento XVI está tentando… tentando… com muita resistência, aplicar na interpretação dos textos do Concílio.

  13. Se não ganhar em SP ( tomara que não), poderia candidatar-se à prefeitura de Sodoma
    ou Gamorra.

    Ganharia disparado !

  14. Tweets interessantes do excelentíssimo senhor deputado:

    “Gabriel Chalita ‏ @gabriel_chalita

    Acabei de ver “Priscilla, Rainha do Deserto” no Teatro Bradesco. Um show de profissionalismo e talento!”

    Neste outro, levou um pito da deputada abortista Manuela D’Ávila:

    “Manuela d’Ávila ‏ @deputadamanuela
    Domingo pela noite falei para meu namorado: deve doer ser mordido por um cachorro. segunda pela noite um cachorro o mordeu. :(

    15 h Gabriel Chalita Gabriel Chalita ‏ @gabriel_chalita
    @deputadamanuela melhor falar menos, então rs

    15 h Manuela d’Ávila Manuela d’Ávila ‏ @deputadamanuela
    @gabriel_chalita ou falar de coisas Melhores ;)

    Gabriel Chalita Gabriel Chalita ‏ @gabriel_chalita
    @deputadamanuela você sempre fala coisas fantásticas… estou brincando”.

  15. “Perigosíssimos “membros desse nosso FRATRES;
    O cãodidato está fazendo sua cãopanha…
    Ele está mostrando que é moderninho, que atende a todas as demandas sociais…
    Ui…
    Se caso ele for eleito, libera nos Domini!, estará na Marcha do Orgulho Gay ano que vem e no encerramento, dará um show, junto ao seu amigo Fashion de Melo, e o restante da cambada…
    Gente, veja pelo lado bom das coisas: ele é membro da plena comunhão!
    Nem se lembra que é pecado, que existe inferno, afinal, isso nem mais existe!
    Podem ter certeza, tem muitos dos membros da CNB do B que irão apoiá-lo e incentivar os “católicos” desavisados a colaborarem com ele…
    Claro, afinal somos uma minoria perigosa, um grupinho reacionário, doentes…
    Ultrapassados, tradicionalistas…
    Enfim, seguimos ideias de 2000 anos atrás…
    Já até podemos imaginar, um showmício dele, com o Mau$$enhor$, o Dunga$, o Eto$, o Fashion Melo, a Hebe, a Rita Lee e até a Vera Fischer (tanto a atriz, por sua beleza), quanto “aquela outra”, a mambembe, aquela do escândalo de Arapiraca, com toda a sua renca …
    Ah, em nome do amor, da afetividade… tudo é caridade… não há mais castidade…
    Ui…
    Afinal, “Deus é Dez!!!!!!!”
    Ui, ui, ui….

  16. Felipe Leão,

    Seus comentários são impagáveis! Diante de tanta desgraça acontecendo faz bem desopilar um pouco.
    Sou seu fã

  17. Boataria de internet?????

  18. Nas eleições de 2010 e no ano passado quando o outro promotor do aborto e homossexualismo Edinho Silva assumiu o programa na canção nova, o Chalita saiu cheio de buraco de bala. Mas parece que a Revolução quer mesmo fazer do Chalita Prefeito de São Paulo e é claro Presidente do Brasil. Ele como “jurista” afirma que não haverá aborto, mas como fica então a nova proposta do Código penal? e o casamento homossexual que a constituição também vedava reconhecendo a união estável entre homem e mulher? O aborto vai passar e a perseguição religiosa irá começar como foi dito em Fátima. Mas ainda há tempo de unirmos forças. Eu pessoalmente no segundo semestre estou me preparando para fazer uma boa divulgação dos livros do Padre David Francisquini, o catecismo contra o aborto e o homossexualismo.

  19. Esse Chalita é bom como toda criatura criada por Deus, mas tem idéias más, aproveitadoras e ambiguas.

    Uma hora ele diz uma coisa, outra hora diz outra coisa…. Em outras palavras “Ele joga o jogo” ou ” Dança conforme a música”.

    Eu ele não engana mais, faz tempo. Tirando isso o Aborto não tem conversa, é mal e ponto. Imagina você tirando um bebê, interrompendo a espera dele para o nascimento. Só o homem consegue fazer isso.

    Nenhuma outra criatura do mundo interrompe a própria gestação. Todos nascem. Homens, usem a criatura para se chegar no Criador, no grande ordenador. Mas infelizmente o homem, após o pecado original tem essa maldita tendência de ficar somente com a criatura e esquecer que ela remete ao Criador.

Trackbacks