Foto da semana.

Regional Sul 3 da CNBB (composto por dioceses do Rio Grande do Sul, inclusive Porto Alegre) destaca, em seu próprio site, o envio de um “missionário” ao Moçambique. Sugeriríamos o envio para o Irã ou Afeganistão.

Tags:

20 Comentários to “Foto da semana.”

  1. O melhor da foto é ver os concelebrantes lá no fundo rindo parecendo como se tivesse vendo um stap-up comic. Hahahahha

  2. É parente do Virgulino?

  3. O Sacerdote do Altíssimo está “paramentado” para celebrar o Santo Sacrificio da Missa?

    O missionário de “Moçambique” está “paramentado” para viajar para Moçambique?

    Não seria bom separar as coisas?

  4. Que horror, está parecendo um cantor “breganejo”, será que este sacerdote já ouviu falar sobre La sallete?

  5. Meu Deus do céu! Isso é ridículo! Será que essas pessoas não tem noção do papel ridículo prestam?!
    É muito estranha a visão de missão que esses padres da CNBB tem? Gostaria de saber de onde eles tiraram essa visão caricatural e grotesca de missionário.
    Parece que é uma visão tirada de Deus e focalizada no homem, mas de uma maneira bem grotesca, me desculpe a repetição.
    Uma vez eu conheci um padre que foi missionário na Europa e ele me disse que a cerimônia de envio consistia na entrega de uma cruz ao missionário. Ou seja, era algo centrado em Deus e não no homem.

  6. Correção: Na 2ª linha: ponto final e não ponto de interrogação.

    É muito estranha a visão de missão que esses padres da CNBB tem!

  7. Esta necessidade de igualar-se a qualquer custo a certos estilos invejados e admirados secretamente( não é a todos.Nunca vi adaptações culturais/litúrgicas aos estilos medievais, nem nazistas ou veterocatólicos), assim como de fingir espírito missionário( como diz o texto: vamos enviar estas pessoas ao Afeganistão.Por que não existem tais missões e “adaptaçòes litúrgicas”? Por que tantas ONGs no norte do Brasil,cheio de minérios estratégicos, mas nenhuma ONG trabalhando junto com os sertanejos sedentos na seca nordestina?), revela claramente um espírito de acomodação, de querer estar dos dois lados, mas estando de verdade em um só ( aquele da submissão, da não luta contra o combate eterno dentro do homem caido, do ser o passivo na relação de combate guerreiro/ adversário perverso) , que domina em certos “líderes moddrnos”ditos católicos, em alguns Bispos “avançados”, em Purpurados que se calam em questões morais e teológicas, mas gritam em questões econômico-políticas que fazem parte dos “partidos””verdes”, “rosas”e “vermelhos”.Espero que não “moderem”o que vou dizeer, mas um grande líder católico de Pernambuco, que foi Reitor, chamou isto de “pederastia intelecutal”, numa reunião convocada pelo Arcebispo Metropolitano de então, D.Antonio Morais.

  8. ISSO!!! Mande pra lá!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  9. Ficará bem nos diversos carnavais, como Rio, Salvador ou Recife, sem precisar ir ao estrangeiro. Perderam, definitivamente ou não, mas perderam a compostura. Que Jesus nos socorra!

  10. Que absurdo! Que espécie de “missão” ele foi fazer lá? Alguma ideia, Ferretti?

  11. Eu sugiro que ele seja, assim como todos os heresiarcas que não seguem o Código De Direito Canônico e porque não o CVII, já que este não é o habito de um missionário, para o inferno cuja visão passo a palavra para Santa Faustina Kowalska:

    http://devotosdamisericordiadivina.blogspot.com.br/2012/07/o-inferno-existe-e-como-e-grande-sua.html

    Porque os islamitas que vivem no irã ou do Afeganistão, pelos méritos da Paixão de Cristo, não merecem ver a um sacerdote vestido de carismático teologia da libertação.

  12. “sugeriríamos o envio para o Irã ou Afeganistão.” Não senhores! Para esses lugares não se envia idiotas como este e outros tantos como faz a cnbbestas; pois, para o Irã e Afeganistão só são enviados Padres com a coragem de um mártir. Só não sugiro o lugar para onde deveriam enviar esse tolo, porque sei que os senhores não publicariam. Fica a ‘intenção”!

  13. Enquanto isso, os padre que defendem a incondicionalidade absoluta de obediência a Santa Madre Igreja, por tanto ao seu Esposo Nosso Senhor Jesus Cristo, são marginalizados, excomungados, chamados de retrógados, desobedientes, etc; transformam o culto ao Verdadeiro Deus em um circo. nada de errado e até lógico que os missionários utilizem de vestimentas adaptadas as regiões, ao clima a situação política e social que por interesse da pregação do Santo Evangelho são necessárias. Agora, podendo se apresentar com o devido respeito, decoro, para celebrar os santos mistérios, que o façam.Aprendam os os missionários que vieram para as américas. Houve uma cristianização sem perder o que os povos tinham a oferecer de positivo ao Reino. Sei que há relatos de maus tratos, extermínio, etc. mas vamos aprender o que veio de bom e repudiar as coisa ruins.

  14. É sem dúvida desrespento consentido e intencional e uma descarada afronta à Igreja!!! Meu Deus quando isso desaparecerá? Toda a forma de profanação das coisas de Deus é aceita e até oficializada em tom solene! Que tristeza expoem a Igreja ao ridículo!!!

  15. aqui a minha frase da semana do De la Cigoña

    ¿Cómo puede haber tanto imbécil entre el clero?

    http://www.intereconomia.com/blog/cigueena-torre/ya-indio-20120722

  16. Ele podia se enviado para um seminário católico tradicional , para ter uma formação católica .Por que ele já ganhou diploma de breganejo !

  17. Manda de volta para o seminário.

    O sujeito ainda não aprendeu o significado de sacerdócio (e pelo jeito, da Missa,idem).
    (se soubesse, zelaria mais pela sua imagem).

  18. Que dó do povo de Moçambique, são apenas 31,4% de Católicos e ainda recebem isso??? Deveriam fazer uma manifestação com o seguinte tema: CNBB de desgraça já basta a nossa.

  19. Coitada da Igreja de Moçambique…

  20. Ele celebrou a Missa vestido assim???