Foto da semana.

Com informações de ACI – A atleta etíope Meseret Defar protagonizou um dos momentos mais emocionantes das Olimpíadas de Londres 2012 quando, ao cruzar a meta na final feminina dos 5000 metros rasos e fazer-se ganhadora da medalha de ouro, tirou de seu peito uma imagem da Virgem Maria, mostrando-a às câmeras e colocando-a no rosto em um momento de intensa oração.

Defar, cristã ortodoxa, encomendou a sua corrida a Deus com um sinal da cruz e completou a distância em 15:04:25, vencendo a sua compatriota e tradicional rival Tirunesh Dibaba, que chegou como favorita da prova.

Com lágrimas de emoção, Defar mostrou ao mundo a imagem da Virgem com o Menino Jesus nos braços que a acompanhou em todo o trajeto.

25 comentários sobre “Foto da semana.

  1. Emocionante, fantástico. Como não se comover com o semblante desta filha de Maria? Enquanto muitos católicos escondem seu amor (se é que o possuem) pela Virgem, essa atleta de Cristo escancara, em uma Inglaterra já pagã e anti-cristã, sua fé pela Mãe de todas as graças.

    Que nossa Mãe Santíssima a conceda mais e mais vitórias, e, principalmente, a vitória mais importante, a glória dos céus.

    Ora pro nobis, sancta Dei Génitrix. Ut digni efficiámur promissiónibus Christi.

    Curtir

  2. Este ícone da Mãe de Deus portado pela atleta é muito bonito…é um ícone de tradição etíope, também venerado pelos católicos etíopes do rito alexandrino que possui uma Arquieparquia na cidade de Addis-Abeba e é liderada pelo arcebispo Abuna Berhaneyesus D. Souraphiel, CM – Arcebispo de Addis-Abeba e toda Etiópia
    site: http://www.ecs.org.et/

    Curtir

  3. Só uma dúvida: Ela é católica cismática, ou é de algum rito que se submete ao Sucessor de Pedro?
    As pessoas e os órgãos de imprensa e comunicação costumam confundir, eu mesmo não sei diferenciar muito bem.

    Curtir

  4. Pude perceber que alguns atletas, pelo menos, fazem o sinal da cruz.
    Nos dias de hoje, já é motivo de alegria.
    O ganhador da maratona, hoje, fez, ao término da prova !
    Agora, essa etíope fez questão de mostrar, para todos, a foto.
    Marcante.

    Curtir

  5. Luiz DeMolay com informações complementares show de bola. Eu passei o link para alguns amigos. Para começarmos bem a semana. Que Nossa Senhora nos abençoe.

    Curtir

  6. Marcelo e Ricardo, como não é possível saber se ela pertence a alguma igreja sui juris, creio ser temerário chamá-la de cismática, já que ela pode pertencer a uma igreja que esteja em comunhão completa com a Igreja de Nosso Senhor, Católica, Apostólica e Romana.

    Curtir

  7. Em direção contraria a apresentação (sofrível) do Brasil para a próxima olimpíade, nada de Cristo Redentor e macumba em destaque (iemanja)

    Curtir

  8. Linda foto!!!
    E tanto faz se é cismática ou não o que importa é que ela honrou a Santíssima Mãe de Jesus.
    Hoje em dia os que afirmam estar em comunhão com o Papa são em grande maioria uns covardes basta ver a nossa CNBB o exemplo de catolicismo que ela nos dá.

    Curtir

  9. Rodrigo, Pax Christi!!! A grande maioria dos etíopes pertence à Igreja Ortodoxa da Etiópia, os católicos de rito alexandrino e os católicos de rito latino são minoria…mas a grande alegria foi a atleta ter honrado a Mãe de Deus exibindo seu ícone para a multidão presente no estádio. No meu site procure no menu (Rito alexandrino e lá poderá ter todas as informações sobre a Igreja Católica da Etiópia – Rito Alexandrino). http://www.igrejascatolicasorientais.com

    Curtir

  10. Recordando o que diz São João no início do Evangelho: “…Venhi para que eram seus, e os seus não o receberam, mas a todos que O receberam,deu o poder de se tornarem filhos de Deus.” Enquanto os de dentro da Igreja jogam para fora as Verdades( prefeito da CDF), os de fora, fazem um ato de Fé, ainda que não perfeito, mas mostram a Sagrada ìcone, da Mãe de ;Deus. com seu Divino Filho nos braços.

    Curtir

  11. Um bom exemplo para os ‘brotinhos’ da primavera, que preferem por o buda sobre o altar, e levar consigo no peito a oposição, de tudo aquilo que é católico, e de mais sagrado.

    Curtir

  12. Na Maratona final o vencedor de Uganda fez o Sinal da Cruz após ganhá-la; o quarto colocado, etíope naturalizado americano tbm fez o Sinal da Cruz e vi tbm o 8º colocado, do Zimbabue, fazer o Sinal da Cruz. Achei incrível essas manifestações de fé em nosso tempo.

    Curtir

  13. Poucas coisas me emocionam hoje em dia; esta fotografia é uma dessas poucas coisas. Para mim esta atleta é o único ouro dessa olimpíada. Fé, Fé católica única e sempre. Como diz o lema beneditino: QUE EM TUDO SEJA DEUS GLORIFICADO. Grato ao blog pela foto. SALVE MARIA!!!

    Curtir

  14. Mulher de fé, mulher temente a Deus, mulher filha caríssima de Nossa Senhora…
    Seu exemplo deve encorajar-nos e mostrar-nos que, apesar de um descalabro como o “suicídio”, palavra mais que oportuna, para descrever a idiotice repugnante produzida por alguns bispos, padres e assessores(as) da CNBB para JMJ, a fé continua viva, continua pujante nas almas tementes a Deus e fiéis a sua Igreja.
    Pena que a falta de vergonha, que a baixaria a que se chegou alguns de nossos Bispos, não os faça corar de vergonha diante de uma foto belíssima e emocionante como esta enquanto eles produzem páginas e mais páginas, que nem pro vaso sanitário servem…
    Com certeza o “suicídio”, eu acrescentaria, “suicídio assistido”, será tema de bilhões de reuniões para os tontos e tontas que não tem o que fazer…rssss

    Curtir

  15. O mega campeão Usain Bolt também fez o sinal da cruz em todas as vezes que venceu suas provas em Londres. Só também não sei dizer se ele é católico. Mas, ao menos, cristão o é.

    Curtir

  16. Eu achava que o Bolt era anglicano(por ser a Jamaica um país de colonização inglesa), mas fiquei sabendo, através de um blog, que ele usa a Medalha Milagrosa, o que dá a entender que ele é católico na verdade.

    Curtir

Os comentários estão desativados.