Mil gatos-pingados lançam ‘Sussurro dos Excluídos’ em Aparecida.

CNBB, com seu modelo eclesial de base, mostra toda a pujança da Teologia da Libertação em Aparecida. O povo, por sua vez, excluiu o Grito de sua agenda no feriadão. O Grito virou Sussurro.

Dom Francisco Biasin, bispo de Barra do Piraí-Volta Redonda, RJ, discursa à multidião....

Dom Francisco Biasin, bispo de Barra do Piraí-Volta Redonda, RJ, discursa à multidão…. Foto: Santuário Nacional de Aparecida.

O Estado de São Paulo – O Grito dos Excluídos, movimento que aconteceu simultaneamente em todo o País neste dia 7 de setembro, reuniu aproximadamente mil pessoas no pátio do Santuário Nacional, em Aparecida, a 181 km de São Paulo. Com o tema “Queremos um Estado a serviço da nação, que garanta direitos a toda população”, a 18ª edição do evento não teve tanta adesão do público, que, segundo a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), se deve a movimentos descentralizados em todo o Brasil.

A fraca participação do público no ato em Aparecida não desanimou a Igreja. “No ponto de vista da compreensão social dos acontecimentos, hoje se olha muito mais o detalhe, o que acontece na base e menos o que acontece a nível nacional e global”, argumenta o Bispo Dom Francisco Biasin, representante da entidade no ato. Para ele, embora haja uma ausência de público, o movimento continua sendo ecoado pelo País. “Nosso maior desafio é ter esse grito na garganta dos jovens”, disse.

A Igreja Católica aposta na força das redes sociais para mobilizar os jovens e reverter a situação para as próximas edições do evento. Para Dom Biasin, a organização dos jovens hoje em dia é muito maior. “Vejo que muitos jovens participam de debates políticos, com analistas sociais e candidatos. Há 10 anos eles não estavam tão presentes como agora. Certamente o clima não é um dos mais favoráveis, mas há sinais promissores de despertar no debate sobre a política nas novas gerações. Eles manifestaram uma insatisfação aos modelos existentes”, defende o líder católico.

Piedade excluída: "Mãe, ajuda-nos a derrubar os poderosos de seus tronos".

Piedade excluída: “Mãe, ajuda-nos a derrubar os poderosos de seus tronos”. Foto: Santuário Nacional de Aparecida.

Participantes da 25ª Romaria dos Trabalhadores também se juntaram aos militantes do Grito dos Excluídos. Gerson Manoel dos Santos, pintor e coordenador paroquiano em Mauá (SP), disse que antigamente era mais fácil arrebanhar pessoas para a peregrinação, de cinco dias de São Paulo a Aparecida, e manifestação no pátio do Santuário.

Para o coordenador da romaria de Mauá, falta participação política dos brasileiros. “Se o eleitor tiver mais consciência da importância do seu voto e cobrar mais dos eleitos, teremos um país com mais igualdade”.

“Continuamos lutando para que não esvazie, mas nesse ano só conseguimos vir em onze pessoas”, comenta Santos ao dizer que a cada ano diminui o número de pessoas dispostas a participar das manifestações na cidade. Já para a balconista Antonia dos Santos o descrédito com os atuais políticos provocou a ausência do público. “Também falta fé nas pessoas”, critica.

Feriado. De acordo com o Santuário Nacional, durante todo o feriado são esperadas 300 mil pessoas. No sábado, 8, a igreja comemora 61 anos da Rádio Aparecida e 7 anos da TV Aparecida, com missa às 9h presidida pelo Cardeal Arcebispo de Aparecida e presidente da CNBB, Dom Raymundo Damasceno Assis. Somente no domingo, cerca de 160 mil pessoas deverão passar pela cidade.

18 Comentários to “Mil gatos-pingados lançam ‘Sussurro dos Excluídos’ em Aparecida.”

  1. Eu, na minha ignorância e ingenuidade, infelizmente, já fiz parte desses “gatos pingados”. Quanto mal isso me fez! E o pior…incentivado por aqueles que deveriam me pastorear, zelar pela minha alma. Tive que sair dessa lama por mim mesmo. Pela graça de Deus consegui escapar …muitos ainda estão presos…

  2. “A Igreja Católica aposta na força das redes sociais para mobilizar os jovens e reverter a situação para as próximas edições do evento”
    Ahan… imaginem só os jovens twittando #LutadeClasses, #PobreseOprimidos, #MST, #GritodosExcluídos.
    Que coisa mais cafona…

  3. Bem feito !!! O pessoal da TL está tão defasado que ignora que: (des)graças a eles, as pessoas estão abandonado a Igreja. Os verdadeiros excluídos: da salvação, da fé, da Igreja, !!
    Estão indo para as seitas ou virando ateus/atoas.
    Essa baboseira de “grito”, já era ! Morreu ! Enterrem logo !!

  4. Comunismo? De novo?
    Os sacerdotes e o tal do sono profundo!
    Se não houver consagração ao meu… , a Rússia espalhará o mal pelo mundo…

  5. Ninguém aguenta mais essa estirpe de TL!!!!!

  6. Esse pessoal TL abraçou Satanás com tanta força que eu JAMAIS vi um que largou. Parece uma conversão ao avesso.
    Enfim, o Inferno os espera e, uma vez lá (isto é, já tendo sido condenados após a morte), deve ser uma grande felicidade ver o sofrimento deles – afinal, a Justiça divina não falha.

  7. Bem que o presidente do Paraguay poderia estar ali para tomar o microfone da mão desse teólogo da libertação.

  8. Está cheio de excluído do lado direito de Deus no dia do Juízo Final pois estarão do lado esquerdo. E estes excluidos de Deus terão fogo e ranger de dentes, logo a CNBB faz o papel de Lúcifer querendo tirar do trono os poderosos.

    Deveria isto sim promover a recitação publica do Rosário contra aqueles “poderosos”, como a Dilma que é cria da esquerda católica e outros políticos do PT, PMDB, PSDB – para que parassem a revolução homossexual, o aborto, o divorcio.

    O interessante é que essa esquerda não mais consegue arregimentar grandes multidões como no passado, mas também a maioria dos católicos estão no clube, nos bares, nos motéis, na praia, no futebol e por ai vai.

    Manifestação politica de cunho republicano socialista só serve para estes padres modernistas.

  9. É deprimente que a CNBB ainda mantenha um Bispo como assessor ou encarregado (não sei bem o termo) de acompanhar esse movimento. O esvaziamento de povo é sinal dos tempos que espero seja lido e entendido pelos pastoralistas de plantão.

  10. Isso de “grito” de não sei o que é tão demodê…Dá vontade de rir desse pessoal da TL.

    Eles congelaram nas décadas de 60,70…

    Acorda CNB do B.O povo que voces tanto falam,estão “encontrando Jesus” nas milhares de seitas .

    Senhores bispos TLs, voces ficarão falando sozinhos…

    Que tal pregar sobre os Novíssimos ?

    CNB do B,preguem a Doutrina Católica,por favor!!!!!

  11. O negócio é tão patético, mas tão patético, que nem as muitas milhares de pessoas que visitam o Santuário Nacional nesse feriado perdem o seu tempo com essas bobagens. Graças a Deus, a maioria busca pela intercessão da Senhora de Aparecida, não por um piquete surrado animado por clichês esquerdistas.

  12. Que bom. Deus dê graças a isso. Afinal, esses velhotes caquéticos já estão para morrer, e dentre uns 10 anos estarão todos mortos ou com o pé na cova. Vão morrer, arrepender-se e passar alguns milênios no Purgatório, ou tornarem-se asfalto para o caminho largo do Inferno. Não possuem seguidores. Deo Gratias.

  13. “Também falta fé nas pessoas”

    Falta fé em voçês que gostam de baderna. Os jovens de hoje estão com uma fé bem fortificada e precisam cocloca-la em prática, mas eles preferem o silêncio dos seus quartos do que a balburdia que voçês promovem.

  14. O Documento de Aparecida fala em “…abandonar as ultrapassadas estruturas que já não favoreçam a transmissão da fé” (nº 365). O Grito dos Excluídos é uma dessas estruturas, embora eu não perceba em que um evento assim tenha algum dia aumentado a fé d’alguém. Não leram o Documento de Aparecida em Aparecida? Kkkkkkkkk!

  15. tomara que continue assim! pigando cada dia mais!

  16. Maravilha!!!!!!!
    Tomara que ano que vem, se ainda, desgraçadamente, tiver essa dejeção dos bandidos da tl maldita, haja menos gente…
    É bom para mostrar para esses Bispos e “teólogos”(as) atolados no vômito de genésio bofento e companhia quanto mal a Igreja sofreu e sofre por causa deles.Isso é um espelho da vida religiosa com anel de tucum nos dedos, dos “Seminários” que ainda teimam em deformar padrecos inebriados e envenenados pela tl asquerosa, das Paróquias e capelas que ficaram soterradas por esse tisunâmi infernal que abalou a Igreja de cima a baixo…
    Não desanimemos; “POR FIM MEU IMACULADO CORAÇÃO TRIUNFARÁ!!! Com ou sem consagração da Rússia…

  17. A Igreja faria um belo serviço primeiramente a si mesma se aprendesse de uma vez por todas que deve dar a “Deus o que é de Deus”, em primeiro lugar. Depois, se lhe sobrar tempo, que meta o bico nas moedas do César.

    Que temos visto? Uma porção de padres cujo discurso a gente não sabe bem se é católico, ou se é evangélico. Há muitas homilias tão heterodoxas que se a gente fechar os olhos pode muito bem imaginar um comparsa do Edir Macedo ou um vigarista do Santiago nos enchendo os ouvidos.

    Na rua a gente não sabe se encontrou um padre, um “hippie”, um executivo ou um “mauricinho” qualquer, tamanha é a descaracterização.

    Então, que se volte primeiro a Deus, e depois tudo o mais será dado em acréscimo.

    Caso esses padres politiqueiros não sabem, posso dar algumas modestas sugestões:

    a) usem batina e se comportem como padres com a ascese que o Sacramento pede;

    b) os bispos fundem em suas paróquias e mantenham sem custo aos necessitados, creches e escolas, onde a Palavra de Deus seja ministrada em primeiro lugar, ao lado de noções de latim, português, geografia, civismo, matemática e história;

    c) os padres estudem pelo menos o necessário para proclamarem a homilia em afinação com a liturgia diária;

    d) corram, como o diabo da cruz, de movimentos de esquerda dentro da Igreja, porque a esquerda quer é acabar com o cristianismo, e muito me admira que os padres vocacionados não percebam isso.

  18. Teologia “da Libertação”, um NINHO DE SERPENTES COMUNISTAS
    .
    Querem um exemplo ‘quentinho’, saído do forno há pouco?
    Vejam a biografia do petista corrupto, ficha-suja e mensaleiro JÁ CONDENADO pelo STF, João Paulo Cunha (PT-SP).
    As informações são insuspeitas, pois tiradas da Biografia do próprio site do petista corrupto – desculpem os pleonasmos, tá? – (http://www.joaopaulo.org.br/mandato/histórico/biografia):
    .
    “Participando do grupo de jovens da Pastoral da Juventude, integrou-se aos movimentos sociais e sindicais. Militou nas Comunidades Eclesiais de Base (CEBs), da Igreja Católica, organizando e integrando o Centro de Defesa dos Direitos Humanos, no final da década de 70. Trabalhou como metalúrgico na Braseixos, dedicando-se às causas populares, e na organização dos operários”…
    (…)
    “Fundador do PT em Osasco, João Paulo”…
    (…)
    “Cursou a Escola de Governo, coordenada pelo Prof. Fábio Konder Comparatto.”
    —————-***——————***———————–***————————

    Pelos frutos os conhecereis, não é mesmo? Eis aí!
    Felizmente parece estar diminuindo bastante o número de incautos que caem na conversa desses lobos enganadores. É encorajador ver que multidão que foi a Aparecida percebia que quando Dom Francisco Biasin discursava, NÃO ERA UM APÓSTOLO QUE FALAVA, MAS ERA O PT QUEM PREGAVA!