A irreverência carismática elevada à enésima potência em Londrina (PR).

Se um fiel pode comungar em suas mãos, por que não poderia tomar também o ostensório? Diz um leitor:

Sou de Londrina e fico chocado como o Santíssimo Sacramento é profanado nos retiros da Renovação Carismática Católica, vejas as fotos que encontrei no blog de uma conhecida pregadora desta cidade chamada Adma […]

Ela frequentemente faz pregações na Paróquia Nossa Senhora Auxiladora e também prega encontros nos finais de semana, as fotos em anexo ilustram o zelo que ela demonstra com o Santíssimo Sacramento.

66 Responses to “A irreverência carismática elevada à enésima potência em Londrina (PR).”

  1. Na terceira foto, quando Nosso Senhor está sobre uma “carteira de escola”, logo à esquerda, um rapaz de camisa vermelha, mais parece que está numa praia, todo folgado, relaxado, reclinado na cadeira.

    Sabe o que me enoja? São os carismáticos dizerem em tudo quanto é lugar que “são casos pontuais”, que não é generalizado! Isso acontece em todos os grupos de orações, não é nada pontual, um caso aqui e outro acolá. Parem de mentir!

  2. Sabem aqueles padres demoníacos da FSSPX? Aqueles padres inimigos da Igreja? Sabem aqueles padres que só vieram para destruir? Pois bem, um desses padres demoníacos, certa vez numa Missa que eu estava acolitando, viu um rapaz quase que no mesmo estilo na hora da homilia, todo folgado, reclinado e com as pernas cruzadas. O que esse padre demoníaco fez? Com toda gentileza e com um sinal com os dedos, pediu ao rapaz que se sentasse direito. O rapaz aprumou de imediato. O rapaz se revoltou? Não!!! Vai nas Missas até hoje e até pediu desculpas depois!

    Mas isso que o padre fez? Isso é demoníaco! Santo, puro, contemplativo são essas porcarias aí em cima nas fotos!

  3. Não tem a forma de uma celebração católica, mesmo que em presença do Santíssimo Sacramento. E as autoridades da Arquidiocese de Londrina? Isso é permitido?

  4. Vamos colocar as coisas no seu devido lugar!
    Se a Igreja não voltar as suas raízes, ou seja, antes do concilio VCII, o que ainda resta de Santos será totalmente extinto.

  5. É, por mais que eu já tenha visto toda sorte de bizarrices, por essa eu não esperava. Isso não é a fumaça de satanás, é o seu incêndio.

  6. Observem: mulher! Depois dizem que eu acho pêlo em ovo. A ordenação feminina será aceita pelo povo!
    O leiga é chamado a ocupar ‘o seu lugar’, viva a hermenêutica da continuidade

  7. Parece com os retiros que fazíamos quando eu estava no seminário. Não era da RCC. A irmã que pregava, e que não usava hábito, nos abençoava com o Ssmo que estava dentro desse ‘ostensoriozinho’… Ao final do retiro colocavam o Ssmo. numa sacola e voltávamos para o seminário onde ele era recolocado no sacrário.

  8. Isso aí é muito comum, as “padrecas” trabalham porque os padres já nem aparecem em alguns cultos – não uso a palavra missa, e as ministras da eucaristia vestidas com seus jalecos espiritas tomam a frente.

    Ainda em tempo, eu me espantei certo dia quando passei em frente a uma igreja da Congregação Cristã do Brasil e vi as mulheres de véu e com a modéstia cristã de saia e, os homens vestidos com modéstia de paleto e gravata, sem a desculpa de que está calor, lá estão eles com muita roupa.

    Outra coisa é o trabalho dos evangélicos com musicas verdadeiramente sacras utilizando instrumentos de sopro (flauta, oboe, clarinete), metais (trompete, trombone), sem contar um coro de canto afinado. Tenho uma amiga então que toca Orgão.

    Os católicos fazem aquelas musicas de violão profana cuja melodia relembra o tropicalismo brasileiro que só pode dar sim em ofensa ao 6. mandamento da lei de Deus. Veja a fotografia acima com os católicos sentado no chão, como os animais. Eu com conhecimento de causa digo que nem em centro espirita se comporta desta maneira.

    Não tem jeito, o modernismo católico é a soma de todas as heresias como bem ensinou São Pio X.

    Vá lá e pergunte a estas pessoas que aparecem na fotografia coisas básicas da doutrina católica como estado de graça, novissimos, paraiso e inferno, pecado mortal, sacramento da ordem, do matrimonio, da penitencia. Nada esqueceram pois nada aprenderam.

    Enfim, isto não pode mais ser chamado de católico.

  9. Não é sem motivo que algumas pessoas chegam a pensar que a RCC é uma igreja, pois também assim pensam e entendem alguns de seus membros que alvoroçados pelo que chamam de “batismo no Espírito Santo”, às vezes recebido num “seminário” de vida, confundem o ministério de leigo com o Ministério Sacerdotal e avocam para si as funções privativas do Sacerdote Ordenado. “Os abusos não raramente se alicerçam num falso conceito de liberdade” (Instrução Redemptionis Sacramentum n. 7) e “existem abusos que contribuem para obscurecer a reta fé e a doutrina católica acerca deste admirável sacramento. A ninguém é permitido aviltar este ministério que está confiado às nossas mãos: é demasiado grande para que alguém possa permitir-se de tratá-lo a seu livre arbítrio, não respeitando seu caráter sagrado nem sua dimensão universal” (Ecclesia de Eucharistia ns.10.52).
    Imagino João Paulo II – que tanto se preocupou em conter esses abusos (veja os documentos citados) -, no Paraíso: “Como não manifestar profunda mágoa por tudo isto?” (ídem n.10).

  10. Onde está o sacerdote? Só ele pode fazer a exposição do Santíssimo Sacramento e dar a bênção. Em vez disso, o que vemos nas fotos é um absurdo sem tamanho: um leigo segurando o ostensório e dando a bênção do Santíssimo! Não importa se homem ou mulher, nenhum leigo não pode fazê-lo. E (pior ainda) tudo é visto com a maior naturalidade pelos participantes desses encontros carismáticos. A que ponto chegamos… Além de horrível profanação e desrespeito para com o Senhor na Eucaristia, os atos mostrados nas fotografias são uma forma de acolher na prática o erro protestante, segundo o qual todos os fiéis seriam sacerdotes iguais ao padre. Os carismáticos (e eles, infelizmente, não são os únicos) defendem esse erro sem palavras. Os atos falam. Mas, vindo dos carismáticos, tais ações já não admiram. Eles até já dançaram com o Santíssimo Sacramento… Que outras profanações o “espírito” lhes soprará ao ouvido?

  11. É inadmissível ainda acontecer isto.
    Falta de orientação/correção e péssima formação.
    Existem documentos da Igreja para coibir os abusos (escritos justamente por causa deles),.
    Acho que nem a (maioria da) hierarquia leu/lê !!

  12. A mentalidade protestante, ou melhor, neopentecostal da RCC fica claramente demonstra nesses abusos terríveis contra a Eucaristia. Estão tratando a Jesus Cristo na hóstia consagrada como se fosse um brinquedinho!

    A propósito das raízes protestantes da RCC, ver o texto:

    Quem é a RC”c” de verdade? Como nasceu e quem fundou?

    http://auxiliodoscristaos.blogspot.com.br/2012/05/quem-e-rcc-de-verdade-como-nasceu-e.html

  13. Observaçãozinha não tão assim relevante: a Paróquia fica ao lado da sede da Arquidiocese. Mais precisamente, a sala do Bispo “olha” para a Igreja.

  14. Isso não é coisa da RCC em si, mas sim da demasiada liberdade dada a ela. Uma vez aprovada, ela pertence à Santa Igreja, o que não diz respeitos aos abusos oriundos dela. Os párocos responsáveis por administra-la em suas paróquias deveriam adequá-la à Tradição, e ao respeito à sacralidade.

    Menos polêmica, meus caros, devemos tentar resolver o caso, e não gerar ainda mais assunto. Que conhece algum membro da Renovação Carismática deve instrui-los, e não calunia-los. Vejo isso mais como ignorância leiga (realmente) do que por rebeldia. Faltam-lhes quem lhes mostre; é por isso que apoio a Fraternidade de São Pio X, que embora não perfeita, é um peso a mais para equilibrar esta balança. Ah é claro, como surgiram do protestantismo, só acreditam naquilo que está no, Concílio… por isso, apontem a eles trechos do Concílio, seguindo a tal da hermenêutica da continuidade; isso é possível sim, e é o mais adequado, mas admito, será uma manobra radical [e tanto].

    “Ainda em tempo, eu me espantei certo dia quando passei em frente a uma igreja da Congregação Cristã do Brasil e vi as mulheres de véu e com a modéstia cristã de saia e, os homens vestidos com modéstia de paleto e gravata, sem a desculpa de que está calor, lá estão eles com muita roupa.”

    Lucas, bem menos. Esse pessoal é apenas aparência. Do protestantismo são uns dos piores, pois relembram o farisaísmo, e além do mais são puritanos e extremamente fundamentalistas, e tudo isso já foi condenado pela Igreja. É claro que o véu, a saia, a modéstia são importantes, mas não são coisas doutrinárias, doutrina cristã é trazê-los à Santa Verdade revelada para a Santa Igreja através do Sagrado Magistério, da Sagrada Tradição e das Sagradas Escrituras por obra do Santo Espírito Paráclito na pessoa do Santo Padre, e também a caridade, a qual, eles só fazem para os “irmãos”.

    “Outra coisa é o trabalho dos evangélicos com musicas verdadeiramente sacras utilizando instrumentos de sopro (flauta, oboe, clarinete), metais (trompete, trombone), sem contar um coro de canto afinado. Tenho uma amiga então que toca Orgão.”

    Você está certo, eles são bem amaestrados, mas isso não segue à regra, o acervo de músicas sacras-não-heréticas ainda continua conosco. E instrumentos clássicos ainda são muito utilizados em igrejas com financiamento alto. No mais…

  15. Calma, gente! Errados estão as pessoas da FSSPX que se prostram diante da Eucaristia, que comungam ajoelhados. Onde já se viu isso??!!

  16. O que importa é está em plena comunhão.
    Eles aceitam o CVII, isso é o que importa.

  17. Aguardemos a nota de repúdio da CNBB contra esta outra — e muito mais grave — ofensa contra Nosso Senhor Jesus Cristo.
    Mas recomendo que aguardemos sentados…

  18. olá caros irmãos,

    qualquer um sabe que o Santíssimo NUNCA deve ser exposto por um leigo, isso é um absurdo. Mesmo que esteja num lugar simples como este salão da imagem, é necessária a presença de um sacerdote, imaginem só o tipo de padre que está a frente desta comunidade.

    Aqui, na cidade onde moro, acontecem todas as semanas os ditos “grupos de oração” e eu tive a infeliz oportunidade de presenciar os fiéis andando na igreja de um lado para outro com os braços abertos como se fossem aviões ao som daquelas musicas “religiosas” que dão até nojo!

    Vou fazer uma pergunta e , se possível, por favor respondam: De que adianta a Igreja ter uma hierarquia centralizada se esta não consegue impedir abusos como esse??

    Alguns podem até dizer que esses abusos são culpa de sacerdotes com má formação e sem vocação, tudo bem, então já não está na hora da alta cúpula da Igreja tomar alguma atitude??

    Vão esperar a nossa fé morrer para perceberem que deviam ter tido “pulso firme” ??

    Que os Santos Doutores da Igreja nos ajudem, pois precisamos muito!!

  19. Cade senhor arcebispo que nao ve uma coisa dessas e os Senhores padre que permitem isso? SIMPLESMENTE INACREDITAVEL!!!!!!!!!!!

  20. Há anos que o Santíssimo é exposto por leigos Brasil afora! Todo mundo sabe disso, gente! E n vai mudar… ah, o cara de camisa vermelha relaxadão na cadeira provavelmente é repouso no espírito. Corre na gíria rccista que só os fortes repousam.

  21. RCC = protestantismo neopentecostal e herege!

    Claro, estamos dando nomes aos bois, não insultando os pobres coitados e ignorantes simpatizantes da RCC, vítimas das “aberturas” na Igreja, arrombadas pelo Vaticano II, e a falta de apoio espiritual e catequético.

    A RCC aproveitou o vazio espiritual da “igreja conciliar” e puxou todo esse povo, na maioria bem intencionado mas extremamente mal-informado, para suas práticas protestantes heréticas e sacrílegas.

    Quando os tradicionais pararem de discutir o sexo dos anjos, a novela “FSSPX e o Vaticano”, o “quem é quem no mundo da heresia”, e resolverem promover a oração e a piedade, a RCC ficará vazia e o movimento pelo catolicismo tradicional ficará cheio.

    Mas é melhor orgulhar-se de ser filósofo tomista ou teólogo escolástico, né, pessoal?, enquanto os outros se perdem em movimentos diabólicos…

    Kyrie Eleison!

  22. Gostaria de reformular um comentário anterior que não foi publicado.

    Qual é a necessidade de cada um pegar no hostensório? Na verdade, nenhuma! Além de ser proíbido para os leigos. Essa prática abusiva de leigos tomarem o hostensório nas mãos como se fossem sacerdotes tem como efeito coisificar (transformar em objeto manipulável) Nosso Senhor Jesus Cristo. O que é uma grande deturpação da fé e fala de respeito para com Nosso Senhor Jesus Cristo verdadeiramente presente na hóstia consagra, com seu corpo e alma, sangue e divindade!
    A Eucaristia é um dom de Deus, um dom extremamente caro e valioso!

    Mais uma vez vale a pena citar Ecclesia de Eucaristia

    A par destas luzes, não faltam sombras, infelizmente.De facto, há lugares onde se verifica um abandono quase completo do culto de adoração eucarística. Num contexto eclesial ou outro, existem abusos que contribuem para obscurecer a recta fé e a doutrina católica acerca deste admirável sacramento. Às vezes transparece uma compreensão muito redutiva do mistério eucarístico. Despojado do seu valor sacrificial, é vivido como se em nada ultrapassasse o sentido e o valor de um encontro fraterno ao redor da mesa. Além disso, a necessidade do sacerdócio ministerial, que assenta na sucessão apostólica, fica às vezes obscurecida, e a sacramentalidade da Eucaristia é reduzida à simples eficácia do anúncio. Aparecem depois, aqui e além, iniciativas ecuménicas que, embora bem intencionadas, levam a práticas na Eucaristia contrárias à disciplina que serve à Igreja para exprimir a sua fé. Como não manifestar profunda mágoa por tudo isto? A Eucaristia é um dom demasiado grande para suportar ambiguidades e reduções. (Cf. ECCLESIA DE EUCHARISTIA)

    http://www.vatican.va/holy_father/special_features/encyclicals/documents/hf_jp-ii_enc_20030417_ecclesia_eucharistia_po.html

  23. Não se confunda situação canônica com mentalidade e modo de agir. A mentalidade de alguém ou de um instituto determina o seu modo de agir.

    Se a RCC foi aprovada pelo Papa, é porque ela aceita as verdades da fé católica. No entanto, isso não exime de possíveis erros os seus estatutos. Veja-se o caso da Legião de Cristo que foi aprovada pelo Papa João Paulo II e depois teve seus estatudos reformados a mandato do Papa Bento XVI.

    Acontece que a RCC age de maneira protestante em muitos aspectos. Isso se deve a suas origens protestantes ou em meios protestantes.

    (Quem é a RC”c” de verdade? Como nasceu e quem fundou?

    http://auxiliodoscristaos.blogspot.com.br/2012/05/quem-e-rcc-de-verdade-como-nasceu-e.html )

    A questão aqui não é se eles fazem isso por ignorância ou com conhecimento, mas sim que tais abusos contra a Eucaristia devem ser banidos.

    O que está em foco não é julgar ou condenar as pessoas em questão, mas chamar a atenção para tais abusos que devem ser corrigidos, com caridade, é claro, mas não podem deixar de ser corrigidos e banidos das práticas da Igreja.

  24. Mas o que vai aí é proibido até mesmo pela CNBB no seu documento “Orientações Pastorais sobre a Renovação Carismática Católica” que exige, para o Culto Eucarístico, que sejam observadas as normas prescritas. Aliás, a RCC, em muitas partes do país, descumpre todas as determinações dadas.

  25. O que observamos, lamentando,- são as ovelhas perdidas e abandonadas.

    “Ai dos governantes, pastores que destroem e dispersam o rebanho da minha pastagem!” Jeremias 23,1

  26. Onde está escrito que a RCC foi aprovada é algo do magistério infalível da Igreja ou é passível de reforma? O magistério conciliar e pós-conciliar nunca invocou a infalibilidade… Não percamos as esperanças!

    Claro que a RCC é desobediente a qualquer coisa que não seja as próprias opiniões: eles são protestantes, não católicos. Só fingem que o são e enganam os outros.

  27. Fico pasmo com essas atitudes! Nada contra a RCC! Acredito na espiritualidade!!! Contudo não podemos concordar com esses abusos. A cada dia o zelo pelo culto está mais vazio. Falta cuidado, carinho, atenção, es pi ri tu a li da de!!! Não é possível espiritualidade sem formação!

  28. Infelizmente isso não se restrita a ala “modernista” da Santa Igreja, a ala outrora “tradicionalista”, já se encontra assimilando pequenas “adaptações”. Em algumas paroquias já se usa dar a Benção do Santíssimo pelos corredores da igreja banco por banco. Fazer homilias com o Santíssimo exposto, o sacerdote virado para o povo, e o povo sentado. Recordo-me do meu tempo de criança, em que nas primeiras sextas-feiras do mês, o padre exponha exponha o Santíssimo às 2 horas da tarde e até a hora da Santa Missa, os fiéis se revezavam em adoração nos bancos de joelhos ou em pé, rezando o Terço, Hinos, Orações de Hora Santa e Devocionais. Hoje, isso é substituído por esterias, “dons” inexplicáveis, músicas “romancistas”, etc. Padres e fiéis que “voltaram” à Igreja, não se enganem, cuidado com essas “liberdades” liturgícas e doutrinais. O mal nao se apresenta como é realmente para não assustar os bons, vai se mostrando aos poucos.São Miguel Arcanjo, protegei-nos no combate….

  29. Ferreti, por gentileza republique aquela listinha básica de Autoridades Vaticanas para enviarmos às mesmas a nossa indignação frente a essa profanação ocorrida e para que tomem uma medida com o Pároco local que permitiu tais atos profanatórios.

    • Segue, Marcelo: NUNCIATURA APOSTÓLICA

      Excelência Reverendíssima Dom Giovanni D’Aniello, Núncio Apostólico
      Av. das Nações, Quadra 801 Lt. 01/ CEP 70401-900 Brasília – DF
      Cx. Postal 0153 Cep 70359-916 Brasília – DF
      Fones: (61) 3223 – 0794 ou 3223-0916
      Fax: (61) 3224 – 9365
      E-mail: nunapost@solar.com.br

      SECRETARIA DE ESTADO DA SANTA SÉ:

      Eminência Reverendíssima Dom Tarcisio Cardeal Bertone
      Palazzo Apostolico Vaticano
      00120 Città Del Vaticano – ROMA
      Tel. 06.6988-3438 Fax: 06.6988-5088
      1ª Seção Tel. 06.6988-3014
      2ª Seção Tel. 06.6988-5364
      e-mail: vati026@relstat-segstat.va; vati023@genaff-segstat.va ; vati032@relstat-segstat.va

      CONGREGAZIONE PER IL CULTO DIVINO E LA DISCIPLINA DEI SACRAMENTI

      Eminência Reverendíssima Dom Antonio Cardeal Cañizares Llovera, Prefeito desta egrégia Congregação, Palazzo delle Congregazioni
      Piazza Pio XII, 10
      00120 CITTÀ DEL VATICANO – Santa Sede – Tel. 06-6988-4316 Fax: 06-6969-3499
      e-mail: cultidiv@ccdds.va; vpr-sacramenti@ccdds.va

      CONGREGAÇÃO PARA A DOUTRINA DA FÉ

      Excelência Reverendíssima Dom Gerhard Ludwig Müller
      Palazzo del Sant’Uffizio, 00120 Città del Vaticano
      E-mail: cdf@cfaith.va – Tel. 06.6988-3438 Fax: 06.6988-5088

      CONGREGAÇÃO PARA A EDUCAÇÃO CATÓLICA – DOS SEMINÁRIOS E DOS INSTITUTOS DE ESTUDO:

      Eminência Reverendíssima Dom Zenon Cardeal Grocholewski:
      Piazza Pio XII, 3 00193 – Città del Vaticano – ROMA
      Tel. 06.6988-3438 Fax: 06.6988-5088

      CONGREGAÇÃO PARA OS INSTITUTOS DE VIDA CONSAGRADA E SOCIEDADES DE VIDA APOSTÓLICA

      Eminência Reverendíssima Dom João Braz de Aviz:
      Piazza Pio XII, 3 00193 – Città del Vaticano – ROMA
      Tel. 06.6988-3438 Fax: 06.6988-5088
      Senhor Prefeito: +39. 06. 69884121
      Senhor Arcebispo Secretário Joseph William Tobin, C.SS.R.: +39. 06. 69884584
      E-mail: civcsva.pref@ccscrlife.va (Prefeito)
      civcsva.segr@ccscrlife.va (Secretário)
      vati059@ccscrlife.va (informação)

      CONGREGAÇÃO PARA O CLERO

      Eminência Reverendíssima Dom Mauro Cardeal Piacenza:
      Piazza Pio XII, 3 00193 – Città del Vaticano – ROMA
      Tel: (003906) 69884151, fax: (003906) 69884845
      Email: clero@cclergy.va (Secretário)

      SUPREMO TRIBUNAL DA ASSINATURA APOSTÓLICA

      Eminência Reverendíssima Dom Raymond Cardeal Leo Burke.
      Piazza della Cancelleria, 1 – 00186 ROMA
      Tel. 06.6988-7520 Fax: 06.6988-7553

  30. Senhores,
    o melhor te tudo é que os comentários estão certos no que diz respeito a posição do leigo em relação ao Santíssimo Sacramento.
    Sim, participo e sou membro da RCC.
    Esse procedimento acima está completamente errado e acho valido criticá-lo, sempre na caridade.
    Não vou entrar em embates sobre a RCC como movimento e ações de alguns membros.
    Existe uma coordenação diocesana e acho válido questiona-los.
    Se não tem ministro ordenado, não se expões o Santíssimo Sacramento.
    Necessário formação, estudo e + formação.

  31. corrigindo “melhor de tudo”

  32. Eu fico muito triste vê essas fotos, vejo a RCC manda nos padres até mesmo nos Bispos…..mais, RCC hoje domina muito as paroquias até mesmo os padres….tem um grande problema disso, qual é?, os padres nao sabem administrar os leigos da RCC…Mais, tem um outro problema, qual é? os padres da TL (Teologia da Libertação) …Os Padres nao estao muito preocupado com isso.

  33. Isso é um desrespeito. Se não precisássemos de Padres Nosso Senhor não os teria instituído, mas Ele os instituiu. A falta de Liturgia, hoje, é o grande mal que nos assola. Que Deus olhe por sua Santa Igreja e converta os corações endurecidos!

  34. Já tive a infelicidade de presenciar cena deste tipo em uma capela em que servia nas missas como acólito.
    Uma vez cheguei muito cedo na capela e de repente vejo uma “ministra extraordinária da sagrada comunhão” fazendo uma pregação. Logo em seguida, ela abre o sacrário e pega o cibório com o Santíssimo Sacramento e sai em “procissão” pela capela. E o povo batendo palmas.
    Ao término da missa eu falei com o capelão sobre o ocorrido. Ele chamou os “MESC’s” e proibiu que se repetisse aquilo.

    Pois é, este mesmo grupo hoje se reúne em uma capela onde semanalmente o Santo Sacrifício é celebrado conforme o missal de 1962. É um grupo nada comprometido com a evangelização do pessoal que mora naquela região e que não quer ajudar o piedoso capelão em nada (nem para a missa de aniversário do capelão compareceram).

  35. Nessa mesma Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora, em Londrina/Pr, no dia do trânsito (Julho/2012) na hora da Homilia, uma moça ficou no altar com um apito, como um Guarda de Trânsito e as crianças correndo nos corredores faziam de conta que eram carros. Quando a moça apitava, as crianças paravam (escorregando com os pés) como se tivessem brecando…o carro fictício.
    Se a Igreja queria ensinar como se dirige no trânsito, teria que ser fora da Igreja, no pátio!
    A Igreja é um espaço sagrado! Não se respeita mais nada!

  36. Agora,,, já era.. Se o Papa proibir a RCC, ´há um racha na Igreja

  37. Alex,

    em nenhum momento defendi a seita protestante, só fiz uma comparação para mostrar que a RCC é pior. O protestantismo do padre martinho lutero só destruiu os sacramentos da ordem e confissão.

    O modernismo católico é a soma de todas as heresias – não sou eu quem diz, repito o que disse o ultimo Papa Santo, São Pio X que combateu ferozmente a heresia modernista.

    Tem muito protestante que não é pró revolução francesa, muitos católicos o são, e assim é com a revolução socialista, a revolução de 68 defendendo sexo,drogas e rock roll (aborto e homossexualismo), veide as estrelas da Canção Nova: Edinho Silva, Gabriel Chalita e Padre Fábio de Melo. Sem contar aí o Haddad com seu kit bicha para crianças de 6 anos.

    Outra, carisma na doutrina católica significa outra coisa, é algo muito restrito, e os carismáticos não possuem carisma.

    Quando alguém se diz carismático, a não ser que tenha este dom especialíssimo dado por Deus e Nossa Senhora, o diabo ri destes tolos que como diz o ditado: bobo é cavalo do diabo.

  38. Retificando:
    no dia do trânsito (Julho/2012) por: na Missa de comemoração do dia de São Cristóvão (Julho/2012).

  39. Los niños aprenden ya de tres años a manejar el control remoto del televisor, el celular, la computadora y varios etcéteras… como es que no van a aprender a quedarse quietos y callados una horita en misa!!!!!!!!!!!!!

  40. Uislei, não precisa dizer que o piedoso capelão é nosso querido e amado Pe. Gilson Magno… e que o pessoal da RC”C” só não foi ao aniversário de ordenação do padre porque no dia se celebrou a Missa Tridentina, Santo e Venerável Rito ao qual este pessoal da RC”C” “morre de amores”…

  41. Quanta baderna! Olha aí Vaticano II, o que vc fez!

  42. Onde está a formação, a es-pi-ri-tu-a-li-da-de?

    O clero e os religiosos (que, muitas vezes, são mais ignorantes do que os próprios leigos) estão dispostos a orientar os leigos ou preferem deixar tudo por conta da iniciativa da RCC protestante e da TL comunista?

    Resolveram apagar o passado da Igreja e deu nisso…

    Não seria o caso de restaurar certas práticas e ensinamentos?

    Ou preferem deixar isso por conta dos pastores protestantes, monges budistas ou esquisitos hinduístas?

  43. Nada contra a RCC. Insisto como já exposto em alguns comentários anteriores: É preciso que as autoridades eclesiásticas se manifestem e os formem sobre essas atitudes. Em minha opinião isso soa como uma fuga da originalidade da Igreja bimilenar.
    Que esses nossos irmãos possam compreender que são membros de uma IGREJA QUE TEM SUA TRADIÇÃO vivificada a cada dia. Não serão esses membros que poderão ofuscar o que nos é apresentado desde o inicio de nossa fé: o Cristo e a sua presença autentica na Sagrada Eucaristia.
    Penso que essas imagens nos possibilita uma indagação: Essas pessoas podem realmente serem chamadas de católicos?

  44. Mais que revoltante, chega a ser nojento.

  45. Que isso!!! Profanação em grau máximo….

  46. tn
    30 setembro, 2012 às 9:01 am

    Los niños aprenden ya de tres años a manejar el control remoto del televisor, el celular, la computadora y varios etcéteras… como es que no van a aprender a quedarse quietos y callados una horita en misa!!!!!!!!!!!!!
    Las mujeres fueron a trabajar y dejó a los niños.via google tradutor kkkk

  47. Sem discordar da apreciação negativa acerca da forma em que a exposição do Santíssimo Sacramento foi realizada, gostaria apenas de recordar que de acordo com a normativa vigente os acólitos (instituídos pelo rito aprovado pela Igreja) e os ministros extraordinários da Sagrada Comunhão Eucarística podem sim expor o Santíssimo Sacramento e repô-lo, após a adoração, no Tabernáculo, sendo-lhes vedada em todo caso e sem excessões dar a Bênção. Que se questione a oportunidade ou não de tal concessão (e, novamente, prefiro não entrar no mérito), mas o fato de um ministro leigo devidamente autorizado para tal expor o Santíssimo Sacramento para a adoração pública dos fiéis não é um atentado às normas da Igreja.

  48. Eu também reprovo totalmente este tipo de “culto” nada ortodoxo, mas queria comentar algo acerca de alguns posts que li aqui. Alguns disseram que somente o sacerdote pode expor o Santíssimo. Daí fui pesquisar, pois eu já havia lido algo sobre esta questão.

    Na verdade o documento sobre a Sagrada Comunhão e o Culto Eucarístico Fora da Missa nos diz em seu nº 91 que o ministro ordinário da exposição do Santíssimo Sacramento é o sacerdote ou o diácono…Porém, na ausência do sacerdote ou do diácono, ou estando eles legitimamente impedidos, podem expor o Santíssimo à adoração pública dos fiéis e repô-l’O depois, o acólito e outro ministro extraordinário da sagrada comunhão, ou outrem designado pelo Ordinário do lugar… sem contudo, poder dar a benção, que reservado somente ao sacerdote e ao diácono.

    O que, é claro, não autoriza este tipo de abuso visto nas fotos. Quis trazer esta questão somente em função das afirmações acerca do ministro da exposição do Santíssimo.

  49. Queridos irmãos, é de se lamentar de fato, porém isso não é algo que se vive no Movimento Eclesial Renovação Carismática Católica no mundo inteiro, eu mesmo amo fazer parte e faço parte deste movimento, meus pais fazem parte desde 1990, e nunca vi e nem minha família viu tal coisa. Sim, é latismável, é horrendo, é o fim. Concordo, mas rezemos para que eles aprendam o valor da Liturgia. Porém, quanto mais atacamos este movimento e colocamos tudo na mesma panela, pior é. Porque são Igreja da mesma forma, são aprovados como Igreja para serem como são. Tivemos diversas vezes, nosso Amado Papa João Paulo II dizendo “Deus abençoe os carismáticos” tal como ele dizendo na ultima Vigília de Pentecostes que desejava que a a RCC fosse Sacramento Vivo de Pentecostes para a Igreja.
    Então, se desejamos ver erros concertados, rezemos. Ainda mais aos que se dizem tradicionais, rezem Rosários em Latim pela RCC, ponham seus joelhos no chão, se gostam de silício, usem, mortifiquem a vocês mesmos, pela RCC. Agora, criticar por criticar…. não é atitude de cristão algum. Só isso que acho…

  50. No rito tradicional, apenas um clérigo pode expor o Santíssimo Sacramento. Após, somente um sacerdote pode repô-Lo no sacrário, pois, é obrigatório dar a benção antes.

    Este tipo de cerimônia é o que se chama de espontaneidade trazida após o Concílio Vaticano II, não por ele, deixe-se claro, mas, pelas suas “bombas-relógio” inseridas nos seus textos truncados e passíveis de “n” inerpretações.

    Só um adendo. Todas as associações de espiritualidade tem de ter um orientador espiritual. Onde estaria o deste “evento”? Não difere em nada das “cerimônias” da chamadas Comunidades de Base da Teologia da Libertação (Pastoral da Terra e similares). Lembram aquelas meninas com o turíbulo e vestidas como mães-de-santo?

  51. O Rogério Amaral da Silva disse tudo: “O que importa é está em plena comunhão.
    Eles aceitam o CVII, isso é o que importa.” grrrrrrrrr

  52. Ignorância dos membros da dita renovação carismática, pensam que se converteram, porém apenas vão desagradando mais e mais Nosso Senhor com essa soberba e gula espiritual que fala São João da Cruz. De fato, querem sentir e se não sentirem o calor do “espírito santo” não foram “tocados” por Ele. Vejam como devemos reparar as ofensas cometidas, principalmente por estes que acham que servem a Nosso Senhor. “Desagradam mais os pecados cometidos após nossa conversão do que os pecados funestos da nossa vida passada”, diz Santa Faustina. É evidente que estes que se acham donos da “Igreja”, pois não precisam mais de padres, tratam Nosso Senhor com nenhum respeito achando que já são santos e íntimos de Nosso Senhor ,certamente não entrarão na porta estreita que acham que já entraram e nunca optarão pela Santa Liturgia Tradicional, pois acham também que servem a “tradição”. Pecado maior tem aquele que permite horrendas coisas como estas e não formam os seus como deveria. Não é de se espantar!

  53. Transcrevo o nº 91 do documento sobre a Sagrada Comunhão e o Culto do Mistério Eucarístico fora da Missa citado pelo Álvaro.

    O referido número diz:

    MINISTRO DA EXPOSIÇÃO
    DA SANTÍSSIMA EUCARISTIA

    91. O ministro ordinário da exposição do Santíssimo Sacramento é o sacerdote ou o diácono, que, no fim da adoração, antes de repor o Santíssimo, abençoa o povo com o mesmo Sacramento.
    Porém, na ausência do sacerdote ou do diácono, ou estando eles legitimamente impedidos, podem expor o Santíssimo à adoração pública dos fiéis e repô-l’O depois, o acólito e outro ministro extraordinário da sagrada comunhão, ou outrem designado pelo Ordinário do lugar.
    Todos estes podem fazer a exposição abrindo o tabernáculo, ou ainda, se for oportuno, depondo a píxide sobre o altar, ou colocando a hóstia na custódia. No fim da adoração repõem o Santíssimo no tabernáculo. Mas não lhes é permitido dar a bênção com o Santíssimo.

    http://www.liturgia.pt/rituais/CultoEucaristico.pdf

    É importante notar que as circunstância em que se abre uma excessão ao ministro extraordinário da eucaristia para expor o Santíssimo Sacramento são ocasiões excepcionais que não devem ser interpretadas ao gosto dos fiéis ou em que se podem ampliar os casos de necessidade (tudo seria necessário simplesmente por que o fiel quer que seja necessário?)

    Note-se também que lhe é PROIBIDO aos leigos dar a bênção com o Santíssimo Sacramento.

    Tudo isso porque tudo o que diz respeito à Eucaristia é propriamente relacionado ao sacerdote. O sacerdote é o ministro da Eucaristia, nunca o leigo.

    MAS O CASO AQUI É TOTALMENTE DIFERENTE de um simples exposição do Santíssimo Sacramento por um leigo ou leiga, como nos casos previstos pelas normas litúrgicas. O caso é que estão passando de mão em mão o hostensório com o Santíssimo Sacramento como se fosse uma coisa qualquer, como se fosse um brinquedinho. Ora isso é uma tremenda falta de respeito para com o Santíssimo Sacramento. Além de não servir em nada para a edificação espiritual dos fieis. Tal comportamento visto nas fotos servem apenas para diminuir o respeito que se deve ter ao Santíssimo Sacramento, bem como embotar a verdadeira fé na Eucaristia.

  54. É esclarecedor também o que diz REDEMPTIONIS SACRAMENTUM

    2. Algumas formas de culto à Eucaristia fora da Missa

    [137.] A exposição da Santíssima Eucaristia seja feita sempre COMO SE PRESCREVE NOS LIVROS LITÚ litúrgicos.[235] Além disso, não se exclua a reza do rosário, admirável «em sua simplicidade e em sua profundidade»,[236] diante da eucarística encerrada no sacrário ou do santíssimo Sacramento exposto. Sem dúvida, especialmente quando se fez a exposição, evidencie-se o caráter, nesta oração, de contemplação dos mistérios da vida de Cristo Redentor e dos desígnios salvíficos do Pai onipotente, sobretudo utilizando leituras tiradas da sagrada Escritura.[237]

    [ http://www.vatican.va/roman_curia/congregations/ccdds/documents/rc_con_ccdds_doc_20040423_redemptionis-sacramentum_po.html ]

    Para saber como se prescre nos Livros Litúrgicos os modos corretos de expor o Santíssimo Sacramento fora da missa, VER Rituale Romanum,

    De sacra Communione et de cultu Mysterii eucharistici extra Missam, nn. 82-100;

    [ http://www.liturgia.pt/rituais/CultoEucaristico.pdf ]

    Missale Romanum, Institutio Generalis, n. 317;

    Código de Direito Canônico, c. 941 § 2.

    Acontece que o que foi feito acima nas fotos acima não se enquadra em nenhuma das normas referidas. É um FLAGRANTE ABUSO LITÚRGICO que não tem como ser justificado de maneira alguma!!!

  55. Não devem generalizar….. quando dissem “nos retiros da Renovação Carismática Católica”, que ela está errada não resta dúvida… mas isso deve ser corrigido sem duvida nehuma, mas não acontece em todo o movimento da RCC, tenho 30 anos de idade e 16 de RCC vi uma profanação dessas1 vez apenas, e o padre exortou com autoridade quem errou

  56. O fato de o Papa João Paulo II ter elogiado algum vez a RCC não significa que ela não cometa erros ou que seja perfeita e impecável! Era só a opinião de João Paulo II, nada mais. O Papa João Paulo II também elogiava os Legionários de Cristo (ou Legião de Cristo). No entanto, passado o tempo, vieram a tona vários escândalos relacionados a essa ordem religiosa que era tida como irrepreensível. Tal erro foi reconhecido:

    Los comportamientos gravísimos y objetivamente inmorales del P. Maciel, confirmados por testimonios incontestables, representan a veces auténticos delitos y revelan una vida carente de escrúpulos y de verdadero sentimiento religioso. Dicha vida era desconocida por gran parte de los Legionarios, sobre todo por el sistema de relaciones construido por el P. Maciel, que había sabido hábilmente crearse coartadas, ganarse la confianza, familiaridad y silencio de los que lo rodeaban y fortalecer su propio papel de fundador carismático.

    A menudo, el descrédito lamentable y el alejamiento de cuantos dudaban de su recta conducta, así como la errónea convicción de no querer dañar el bien que la Legión estaba llevando a cabo, habían creado a su alrededor un mecanismo de defensa que le permitió ser inatacable por mucho tiempo, haciendo consiguientemente muy difícil el conocimiento de su verdadera vida. (Cf. Comunicado de la Santa Sede sobre la visita apostolica a la congretacion de los Legionarios de Cristo, 1 de Mayo de 2010)

    http://www.vatican.va/resources/resources_comunicato-legionari-cristo-2010_sp.html

    A RCC aceita a fé católica, mas o seu comportamente é flagrantemente protestante, a mentalidade da maioria de seus membros é protestante. Não é possível não entrar nessa questão.Por que a RCC ainda não assimilou uma mentalidade verdadeiramente católica e consequentemente um modo de agir católico. A Igreja não tem dado instruções de como agir? Por que não obedecem?

  57. Correção: Onde se lê: “em que se podem ampliar…”, corrige-se para:

    NEM devem ser ampliados os casos de real necessidade que permitiriam a um leigo(a) expor o Santíssimo […]

    Assim o parágrafo fica desta forma:

    É importante notar que as circunstância em que se abre uma excessão ao ministro extraordinário da eucaristia para expor o Santíssimo Sacramento são ocasiões excepcionais que não devem ser interpretadas ao gosto dos fiéis NEM devem ser ampliados os casos de real necessidade que permitiriam a um leigo(a) expor o Santíssimo […]

  58. é chocante…

    Eu, enquanto católico, devo sem dúvida nenhuma denunciar esta falta contra o 1º mandamento da Lei de Deus; contra o meu Salvador Jesus Cristo.

    Já tenho dito em alguns círculos, que a espiritualidade carismática é perigosamente libertina e sacrílega.

    Que a autoridade eclesiástica (ordinário do lugar) se pronuncie sem falta e publicamente, restabelecendo a solenidade e ordem liturgica requerida ao Santíssimo Sacramento.

    Contudo ficaram algumas dúvidas: o pároco é conhecedor deste abuso? onde vai a senhora buscar o Santíssimo?

    Que o nosso grito de indignação seja ouvido, e que acabem de uma vez, estes abusos fomentados entre os carismáticos. Nós somos católicos ou seitas?

  59. Fora que na primeira foto a leiga usa uma calça justa cuja “modéstia” é digna das mais agitadas baladas. Não é grave apenas o fato de serem leigos. É grave também o fato de serem mulheres, pois isso é para “amaciar” simbolicamente para o povo a ordenação de mulheres. E não é grave apenas o fato de serem leigas mulheres, mas o fato de dentre as leigas mulhres serem escolhidas as menos católicas, modéstas e “condizentes” com um ato litúrgico.

  60. E ainda há outro aspecto: a ruptura.

    O vaticano não precisa “romper” com a RCC. Porque a RCC já rompeu com a Igreja. É só uma questão de reconhecimento oficial.

    Hoje os fiéis desta seita católica dizem “eu me converti à Renovação”, “fui batizado na Renovação” (isso quando não se rebatizam).

    Já está passando o tempo de Roma endurecer contra a RCC.

    O problema é só um: dinheiro. Teologia da Libertação e Tradicionalistas não conferem caixa aos seus respectivos bispos. Já a RCC…

    Esse é o campo de batalha deles. Vencer no grito pela “privatização” das paróquias, fazendo o pároco refém.

    É um LITERAL assalto.

  61. Vejo muitos falarem mal do Concílio Vaticano II, dizendo que le deixou a Igreja aberta a tais aberrações, isso e aquilo, etc. O problem é que de fato algumas pessoas não compreenderam o Vaticano II, aliás, ele ainda nem foi colocado em prática…

  62. “Caro Francisco vc diz: “a espiritualidade carismática é perigosamente libertina e sacrílega.”
    Imagino que você nunca entrou em um Grupo de Oração da RCC.
    Pelo amor de Deus gente quanta falta de respeito…… erros na RCC tem? è claro que sim…. em todos os movimentos, pastorais ou ordem religiosas também existem…

    RESPEITEM MAIS SEU CORPO, NÃO ESQUEÇAM DISSO, SOMOS UM MESMO CORPO….

  63. Estamos diante de uma espantosa banalização do Sagrado.
    A Liturgia é composta de palavras, cores, objetos, velas flores alfaias toalhas água, fogo, atitudes, posições , gestos mãos, joelhos inclinações sons, músicas vozes. e muito mais, tudo em função do SAGRADO.
    Se a SACRALIDADE DO SACRAMENTO foi reduzida a “nada” nos corações todo o resto não faz sentido!

  64. Os carismáticos são asquerosos. Tão presunçosos quanto ignorantes. A melhor definição para esse diabólico movimento, é a de um câncer espiritual. A orgia carismática não encontra limites, e o diabo zomba da Igreja nessas horas. Nossa Senhora nos ajude, e nos livre dessa maldição modernista!

Trackbacks