Bispo manda retirar imagens de Santos de praça em Cacoal, Rondônia. “Sempre caminhando em comunhão”.

Segundo o bispo, estátuas de santos ‘ofendem’ outras religiões, em Cacoal. ‘Quando a casa é sua, você faz o que quiser no quintal’, diz coordenador.

Praça da Igreja Matriz em Cacoal, RO.

Praça da Igreja Matriz em Cacoal, RO.

G1 – As 22 estátuas de santos que estavam sendo feitas para adornarem a praça que circunda a Igreja Sagrada Família, em Cacoal (RO), terão que ganhar outra finalidade. A pedido do bispo Dom Bruno, as seis estátuas que já estão na praça terão que ser realocadas. O motivo, segundo o bispo, é que as esculturas que representam as imagens de santos católicos podem ofender religiosos de outros credos.

O  coordenador da igreja, Fernando da Silva Azevedo, é contra a retirada das esculturas. “Fiquei decepcionado com a ordem dada pelo bispo. Acredito que quando a casa é sua, você faz o que quiser no quintal dela. As estátuas são uma forma de lembrar daqueles que já passaram por aqui e deixaram sua história”.

Entre as estátuas que já estão na praça, há imagens de Jesus, Nossa Senhora de Aparecida e Santa Rita de Cássia. Seis já foram colocadas na praça da igreja matriz e as outras estavam esperando para serem postas. As esculturas representam os santos de cada comunidade católica de Cacoal.

A respeito da retirada, Fernando diz que não fará. “Se eles quiserem mesmo retirar, vão fazer sem minha ajuda. Pedi para sair da coordenação da igreja já. Eu prefiro morrer a ter que retirar as estátuas”, considera.

“Por mim podia deixar lá as que já estão”, opina o padre Valdemir Galdino, responsável pela Igreja Sagrada Família. Questionado sobre o dinheiro gasto na confecção das esculturas, o padre fez apenas um comentário: “já foi”. Segundo o pároco, as estátuas serão doadas para as comunidades de cada santo.

Dom Bruno Pedro (esquerda), bispo de Ji-Paraná (RO).

Dom Bruno Pedron (esquerda), bispo de Ji-Paraná (RO).

Ao G1, o bispo Dom Bruno disse que as estatuetas não têm significado quando figuram na praça da instituição. “Pode-se colocar o símbolo da comunidade, que é a Sagrada Família, mas não todos os santos. Ainda mais da forma como foi feito, sem informar nada para ninguém. Não foi prudente”.

Para Dom Bruno, a questão também é de respeito a outras pessoas. “Lá é uma praça pública. Tem que se respeitar as pessoas de outras religiões e a comunidade precisava ser consultada, sempre caminhando em comunhão”, argumenta.

Nestor Pereira Campista, de 69 anos, é católico e diz que a retirada ou não das estátuas independe de outras religiões. “Espero que façam o que é certo, mas as estátuas não ofendem ninguém. As outras religiões é que acabam ofendendo a gente por conta disso”, reclama.

Para o comerciante Carlos Roberto Custódio, de 46 anos, as estatuetas foram colocadas de forma inapropriada. “Elas estão expondo muito a igreja e trazem constrangimento para muitas pessoas que por aqui passam e que frequentam outra religião”.

Não há data para a retirada das estátuas que já foram colocadas.

65 Comentários to “Bispo manda retirar imagens de Santos de praça em Cacoal, Rondônia. “Sempre caminhando em comunhão”.”

  1. Se o motivo foi mesmo o de não ofender pessoas não católicas esse Bispo está aderindo à tese de que a Religião é algo meramente privado e que o âmbito Público deve expulsar os elementos Católicos. Com Bispos assim, a Igreja nem precisaria de inimigos.
    Agora, outra coisa é que as imagens devem ser zeladas, de maneira que se ficarem em local público e baixo – como na foto – dever-se-ia colocar guardas para que não fossem destruídas por iconoclastas ou baderneiros. Isso pode ser que a Diocese não consiga prover economicamente… Considero que o melhor é deixar em locais altos ou protegidos por cercas altas, ou como em cidadezinhas do interior em que se faz um oratório de vidro temperado, daqueles de porta de loja.

  2. Gostaria de saber o que deve ser feito para esse bispo desaparecer, pois eu sabendo que ele existe e muito ofensivo ao meu credo.

  3. Pq será q sempre q vemos atitudes como essa, sempre vem de bispos e padres q não usam hábito?
    Mera semelhança!?

  4. O que vão querer mais? Tirar o nome de cidades que tenham nome de santos? Imaginem quantas cidades ficariam SEM NOME? Proibir presépios em lugar considerado “público” já está indiretamente em vigor. Procure por aí na sua cidade, no comércio, praças, locais turísticos, se tem algum presépio ou imagens semelhantes. Só tem papai noel, duende, árvore, eno máximo alguns “anjinhos”. Quero ver quando os não católicos de uma cidade como SÂO Paulo, começarem a se incomodar por morarem ali, e pedirem para mudar o nome… não tardará isso não.

  5. Ainda bem que vão retirar! Que estátuas feias!!!

    Ok! Nem todos são Michelangelos, mas não se pode apelar desse jeito! Já que vai fazer, faça bem feito!!!

    Sobre o bispo conciliaríssimo, o que dizer? Só me lembro daquela passagem que diz que se eu me envergonhar dEle… Ele vai se envergonhar de mim, um dia!!!

  6. Bispo???????? estou até agora procurando um bispo nessa matéria.

  7. É o seguinte: São Paulo era um cara ruim né? ele pregou e assim ofendeu a credo dos outros. Esse bispo deveria ser é excomungado isso sim, sorte dele que não sou bispo, pois tava rodando agorinha mesmo. Essa onda agora é fogo viu, só tenho a dizer quanto a este povo: “Levaram o meu Senhor e não sei onde o colocaram”. Jo 20,13

  8. “Com Bispos assim, a Igreja nem precisaria de inimigos.” [2]

  9. Ora, a praça nasceu com certeza por causa da igreja que ali existe.
    No entanto, o padre está sob as ordens do Bispo…, muito embora, sendo a área pública, caberia ao Prefeito exigir a respeito.
    De certo é que os cidadãos ali poderiam se deparar com imagens de orixás, caboclos etc., o que também não me parece positivo. Contudo, não obstante, a fé católica é prevalente em nosso país, virtude de diversos elementos: religiosos, culturais e sociais, especialmente a dedicação das praças públicas às igrejas católicas.

    Pergunta: De quem é essa obra de homogeinização da fé e laicização do Estado Brasileiro ?

  10. É lamentavel ver um bispo se submeter a este tipo de negócio.
    Eles estão tão comprometidos a serviço do demonio que se esquecem da tradição de nossa Igreja.
    Vale lembrar, nós somos da Igreja da Biblia, da tradição e dos “Santos”!
    O nosso consolo é que bispos como este já estão velhos e em breve deixarão de fazer peso sobre a terra e principalmente deixarão de fazer tanto mal à Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo e todos os Santos.

  11. “Com Bispos assim, a Igreja nem precisaria de inimigos.” [3]

  12. Se o Cardeal Tagle ler estes dois post acima dele, mais os do Bispo de Bragança e da canção nova, estaria chorando.

  13. A imagem da pessoa ajoelhada diante da imagem de Jesus diz muita coisa. Pena que não disse para o bispo.

    Por falar em bispo,

    Cadê o uniforme do senhor ? ? ? ? ?

    A já sei, ai é muito quente. Faz muito calor. É verdade…..é bom o senhor já ir acostumando com lugares quentes…..(se não se converter)

  14. Meu Deus, meu DEus! o que isso? um inimigo denro da igreja!
    Todos para a FSPX logo!

  15. Como são escolhidos os bispos no Brasil? Já faz anos que tenho essa dúvida, ainda mais vendo esses tipos de notícias (que são a maioria). O papa escolhe o pior padre da lista, ou a lista é que tem os piores padres?

  16. “Com Bispos assim, a Igreja nem precisaria de inimigos.” [3]

  17. “Com Bispos assim, a Igreja nem precisaria de inimigos.” [3]

  18. Engraçado, aqui em Brasília-DF foram postas estátuas em tamanho acima do real, feitas de ferro que representa o homem nú, com seu genital à mostra, em vários pontos da cidade, e até agora não vi nenhuma manifestação contrária de bispos.

    Não sei se é o fim dos tempos, mas que é o fim da verganha na cara isso é!

    Salve Maria!

    Cleber Lourenço

  19. Desculpe,mas um até um pastor protestante se veste melhor que o sr bispo!E lamentável ver que esse e naipe da maioria dos bispos do Brasil todos querendo ser tolerantes.

  20. O bispo prefere deixar as pessoas a deriva, alheias ou pagãs a ofendê-las com a verdade? Sinceramente, um cuidado excessivo de nossas autoridades religiosas é o mesmo que não mais catequizar ninguém, já que imagens de santos transmitem a mensagem católica, pois pode ofender a ignorância religiosa do semelhante. Daqui a pouco, qualquer vestigio público de algum símbolo católico vai ser recolhido pelas próprias autoridades católicas para ”prevenir” eventuais ofensas a quem quer que seja.

    Será que chegamos ao limite?

    Senhor, dai-nos forças!

    Oremos pelo clero

  21. É melhor remover essa postagem. Se o Bispo identifica na foto a pessoa ajoelhada realizando um ato de devoção público ao Sagrado Coração de Jesus, a excomunga na mesma hora!

  22. Sempre infiéis.

    Date: Wed, 28 Nov 2012 15:52:25 +0000 To: fernandoazuil@hotmail.com

  23. Cara! Vai procurar o que fazer sr. Bispo! Tá de brincadeira!!!

  24. E povo da paróquia N VAI FAZER NADA?!

  25. Por essa lógica acho que esse bispo devia também mandar derrubar os templos católicos e reconstruí-los em lugares escondidos, ocultos, que não possam ser vistos por pessoas de outros credos; se possível, debaixo do chão. E vejam como ele é coerente: não usa a batina por medo de ofender os outros crentes, os outros pastores. Será que ele fala de Deus em todo lugar, em todo ambiente? Provavelmente, por coerência, não fala, não pronuncia o nome de Deus junto de pessoas que não conheça, que não saiba se têm fé, já que vivemos num mundo cheio de ateus. E falar de Deus para ateus é ofendê-los. É preocupante, é muito preocupante que haja bispos que têm receios de declarar que são católicos, para não ofender os não católicos.

  26. Bom, as imagens são de um tremendo mal gosto, com certeza. Em outros tempos, um bispo iria pedir sim para retirá-las, mas para que fossem substituídas por imagens melhores esteticamente e que favorecessem a piedade do povo.
    Já que o negócio é excluir sinais da Fé Católica para não ofender os pagãos, os hereges et caterva, então porque o bispo de camisa polo com listras está usando um crucifixo em público?

    É pão e circo! E viva o cinquentão caquético e desdentado!

  27. Muito bem ”Bispo” !
    Você está seguindo CVII direitinho!
    Seguir a Tradição não pode,mas ser amiguinho dos hereges podrestantes pode…
    Deus o Perdoe!
    Como já disseram:
    Todos para a FSSPX já!!!

  28. As imagens dos santos são uteis pra nos lembrarmos de seus exemplos de amor a Deus.Retirar do espaço público uma símbolo da fé católica é dobrar-se ao indiferentismo religioso e aceitar sem mais a espiral do silencio imposta sobre a Igreja no Brasil e mundo.

    A cirse da Igreja é uma crise de Bispos.

  29. “Lá é uma praça pública. Tem que se respeitar as pessoas de outras religiões e a comunidade precisava ser consultada, sempre caminhando em comunhão.” – Aqui em Goiânia nenhuma empresa me perguntou o que eu achava dos outdoors depravados de roupas íntimas!

  30. Rafael,

    Direcione essa sua pergunta a algum sacerdote que escreve no fratres. Eles com certeza poderão esclarecer melhor esta questão. Muitos que comentam aqui, gostaria de saber como se dá estas indicações para Bispos.

  31. Rondônia é o estado mais protestante do Brasil (o que não os torna – ainda- superiores numericamente aos que se declaram católicos, portanto, não são maioria). Lendo a notícia sabemos que isso aconteceu com contribuição de bispos.

  32. Eu só queria fazer uma pergunta para o sr.* bispo: ele toparia sugerir a remoção do ícone maçonico na entrada da cidade? “Veja bem, aí é outra coisa, maçonaria não é religião…” Ai, meu Grande Arquiteto do Universo!
    *Uso este título mesmo para ficar coerente com a foto.

  33. Com Bispos assim, a Igreja nem precisaria de inimigos. [6]

  34. FRATRES;
    Desculpem-me, mas é impossível acreditar nisso, somente um membro da CNB do B para realizar tal ato.
    Será que esses sucessores do Apóstolo ISCARIOTES não gostariam de implantar a Sharia aqui no Brasil?
    Afinal, estariam se “solidarizando” e “agindo fraternalmente”, segundo as regras do ecumenismo cãociliar, com os “oprimidos” da Faixa de Gaza…
    Depois, quando pergunto, tem gente que fica com “raivinha”:
    AFINAL, ESSA IGREJA CONCILIAR É SÉRIA?
    Desculpem-me os “seguidores” do Mons. Fellay, porém, diante de mais uma dessas, será que vale a pena ser mais um dos “Ecclesia Dei”, estando em plena comunhão com essa gente?
    Hummm…
    O tal “eremita” que o diga…
    E dá-lhes plena comunhão…
    Rir, pra não chorar.

  35. Este cidadão “bispo”,se esqueceu de que ele só é “bispo”,por causa de milhares de mártires que não se importaram em ofender pagão e hereges com a pregação católica apostólica romana.

  36. Estimada e Admirada SOROR Ana Maria Nunes;
    Infelizmente, como membros dessa desgraçada e mambembe igreja conciliar, os que se consideram “católicos” farão o mesmo que a imensa maioria fez diante das tais “mudanças post concílio”: NADA!!!
    É a indeferençe e a falta de formação e, evidente, de informação, que deixam acontecer essas coisas, no mínimo ridículas.
    Acredito que nem Cervantes e Guimarães Rosa poderiam imaginar algo tão surreal… Nem mesmo Salvador Dali (que era Católico praticante) teria condições de esboçar em algum desenho, cena tão descabidamente surreal…
    Só o espírito que “iluminou” o cãocílio seria capaz de algo desse porte: o espírito das tyrevas, mais precisamente, o espírito de porco!
    Quanto a queixas, querida Ana Maria, eu quem lhe pergunto:
    Queixar-se pra quem?
    Para o bispo?
    Ah, está muito ocupado, tratando de interesses das pastorias, dos sem terra, dos sem vergonha, dos sem caráter…
    Para a CNB do B?
    Hummm, não, melhor perguntar para o bispo Macedo.
    Ao menos ele iria usar alguma citação do Evangelho, ainda que uma tradução duvidosa, porém, não tão ruim e pervertida quanto a “Tradução Ecumênica da Bíblia”, ou a desgraçada, desventurada “Bíblia Tradução Popular”, da Paulu$$$.
    Bem, poderiam pensar em se queixar para o Papa.
    Bem, há controvérsias…
    Poderia fazer um lindo discurso, com belas e impactantes frases de efeito. E só.
    No máximo, faria um beicinho.
    E está muito bom.
    Desculpe-me, mas caso esteja escandalizada, basta lembrar-se daquele outro papa, um que eles estão tentando beatificar, (para nossa bestificação!), aquele senhor que promulgou a “missa” bastarda e que vivia de choramingos, resmungos e historietas de fumacinhas e capetinhas…
    Hummm…
    Triste né?
    Pior os resmungos e choramingos que um discurso bonito, porém, sem efeito nenhum…
    Como dizem os italianos: meno male.
    Afinal, existe menos afetação num lindo discurso que num choramingo ou na fumacinha…
    Amiga, não espere nenhuma preocupação dessa gente com seus fieis.
    Nada.
    Não espere nada, já que a atenção deles está voltada para a tal “Nova Evangelização”, que tem mostrado seus maravilhosos frutos, e, ademais, estão muito ocupados e muito preocupados com as festas de cãomemoração do cinquentenário do famigerado e desgraçado cãocílio, com sua fétida e pútrida “primavera”…
    Os fieis, ou melhor, aqueles que sobrarem (e serão pouquíssimos – o censo já mostra isso claramente – só não vê a CNB do B e quem mais se finge de morto) que esperem coisas bem piores…
    Afinal, como sempre digo, cara SOROR, aqui neste nosso FRATRES IN UNUM, nada me espanta vindo dessa desgraçada igreja conciliar, muito menos dessa Cãoferrância episcaopau…
    Infelizmente, caríssima Ana, coisas piores, bem piores, virão.
    Quem viver, verá!
    Ana, pra finalizar, Guardemos nossa Santa Fé!
    Não nos misturemos com essa gente!
    Viva Cristo Rei!
    Abração;
    Seus amigos (ainda que virtuais):
    Helena e Felipe Leão.

  37. …ele toparia sugerir a remoção do ícone maçônico na entrada da cidade? [2]

  38. Há um movimento forte no mundo para solapar o cristianismo.
    Vivemos o começo da época que você só pode ser cristão (ainda mais se for católico) dentro de sua casa.

    O pior, é quando um Bispo começa a ser contra o catolicismo.
    Começa a ser contra a sua difusão? Para mim, uma das funções de um Bispo seria converter mais e mais pessoas para a verdadeira Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo.

    E todos os grandes pregadores Vossa Excelência Reverendíssima??? E São Paulo, como dito acima, que pregou para inúmeros povos? E os grandes padres jesuítas que catequizaram o Brasil? Será que Padre Manoel da Nóbrega, Padre José de Anchieta ficavam escondendo Crucifixos, imagens de Santos para não ofenderem os pobres índios em seu paganismo?

    Meu querido São Pio X, ora pro nobis!

  39. Acho exageradas as críticas acima. Tratando-se de uma praça pública, a atitude do bispo parece razoável: “Pode-se colocar o símbolo da comunidade, que é a Sagrada Família, mas não todos os santos. Ainda mais da forma como foi feito, sem informar nada para ninguém. Não foi prudente”.

    A julgar pela qualidade duvidosa das imagens mostradas na reportagem do G1, eu não poria a mão no fogo pela sensatez nem pela noção estética desses paroquianos…

  40. Sr. Bruno, não merece que tenha essa “título” volte para a faculdade, e que dessa vez seja católica, para aprender o que a santa Igreja ensina.

  41. “O inferno é pavimentado com crânios de bispos”. – Santo Atanásio

  42. Esse Bispo deve ser o diretor espiritual do procurador-geral de encrenca que por sobrecarga de trabalho quer tirar a menção à Deus das cédulas do real. Com um Bispo assim, o laicismo militante está muito bem servido.

  43. Pessoal,

    Por favor, eu peço para que não ataquem o Bispo. Temos que fingir que gostamos dele para que consigamos a Missa Antiga em troca la em Rondonia. Vamos aplaudi-lo!

  44. Eu tenho a impressão de que o bispo achou as imagens feias e não quis dizer, recorrendo à desculpa que lhe caiu mal! Não só feias, mas bizarras. Eu faria a mesma coisa, com a diferença de não inventar desculpas, mesmo que o autor da “obras de arte” chorasse por dois meses!

  45. Coriigindo:
    … que o autor das “obras de arte”…

  46. Realmente Pe. Marcelo Masi, não tinha pensado nisso! E ampliando os horizontes, creio também que o Bispo não usa veste talar porque a que fizeram pra ele é feia e bizarra.

  47. Quanto à falta de beleza das imagens, isto é fácil de explicar. Após a “primavera” da Igreja (CVII), as imagens de várias igrejas foram postas na rua, terminaram até em terreiro de macumba. Como não havia demanda, os verdadeiros artesãos/artistas hão de ter migrado para outras atividades ou passaram a fazer outro tipo de arte. Não formaram, por conseguinte, sucessores na verdadeira arte sacra. Rompeu-se um longa tradição (mais uma perdida graças à “primavera”). É extremamente difícil, hoje, encontrar imagens de santos para comprar. Imagens BELAS E PIEDOSAS, então, nem pensar. Quando olho as imagens antigas e vejo o que se perdeu, tenho vontade de chorar. Mas é fato que não há atualmente artesãos que conheçam a verdadeira arte sacra para fazer imagens dignas dos santos que representam e que possam suscitar a piedade e a conversão dos que as admiram (o que deve ser um dos objetivos da arte sacra). De resto, faço minhas as palavras do outro leitor:

    “Gostaria de saber o que deve ser feito para esse bispo desaparecer, pois eu sabendo que ele existe e muito ofensivo ao meu credo”.

    PS: Soube por um piedoso padre, daqueles da velha guarda (morreu nos anos 90, já idoso), que no seminário do RJ, logo após a “primavera”, reuniram-se no pátio do seminário e queimaram (sim, com fogo mesmo, fogueira!) as obras de Santo Tomás de Aquino. Afinal de contas, ele era o representante da “Idade das Trevas” e uma nova idade luminosa estava se inaugurando para a Igreja. Essa é a verdadeira face da “primavera”, que é a “primavera das pragas”: o ódio à cultura católica, o ódio a tudo que é realmente católico.

  48. Será que Sua Exª. reclamará se na praça levantarem uma estátua de Iemanjá, de Gandhi ou Che Guevara?

  49. É assim que os bispos usam seu tempo?

    A praça é pública e merece os símbolos da fé da maioria das pessoas desse lugar: os católicos.

    Se os macumbeiros elevarem estátuas de orixás e outros demônios, se houver um Buda na frente da igreja, o bispo fará algo? Ofendido, não ficará, pois não assume sua fé católica.

    Os protestantes ficarão ofendidos? Que peninha! Há muito espaço na Amazônia, eles podem se mudar para outro lugar, fundar uma Calvinópolis, uma Luterânia, uma Edirlândia, uma Henrique VIII City, uma Pentecostália, uma Presbiterianápolis…

    Esses incomodados que tenham a mesma tolerância que os bispos exigem dos seus fiéis católicos! Principalmente, porque são uma minoria de hereges e pagãos!

  50. Prestem atenção: o problema não foi ofender os católicos com estátuas feias; foi achar que ofenderia os protestantes com as estátuas, sejam bonitas ou feias.

    Os admiradores da bela arte sacra, como eu, não deveriam ficar assim tão contentes…a motivação foi outra! Acordem!

  51. Queridos amigos Helena e Felipe Leão

    Felipe, morri de rir com a SOROR kkkkk. Sempre há, mesmo no meio dos anestesiados um ou outro que n reage por falta de argumentação. N custa nada, mesmo que virtualmente meter umas palmadas doutrinal neles. Temos que nos afastar dos erros do ensinamento maldito do CVII, mas nada impede de lançar um olhar e, pq n, uma mão as vítimas dele? Falo do povo, hein!

    SE algumas pessoas reagirem contra as atitudes claramente NÃO Católicas de padres, bispos e afins ( se é que me entende!) eles vão temer as reações. Tenho dó do nosso povo, n tenho paciência.

    OFF: preciso falar com vc, poderia clicar no meu nome e enviar seu email? abraço

  52. Eduardo Gregoriano, “qqilsom”!!! Na verdade feia e bizarra é toda e qualquer batina e hábito. Aff.

  53. Concordo com Dom Bruno Pedron,
    e justamente por isso, também exijo a retirada de TODAS AS ESCULTURAS MAÇÔNICAS do Lions Club e do Rotary Club que ofendem minha fé e infestam as praças e ruas de minha cidade.
    Será que D. Bruno compraria esta briga também?

  54. Temos que nos adaptar ao gosto de outrem…ou ser presença que incomoda neste mundo?

  55. Boa idéia esta surgida em Cacoal. Vamos levá-la a Dom Orani, Arcebispo do Rio de Janeiro, para providenciar a retirada do Cristo Redentor do morro do Corcovado, pois incomoda aos não católicos, ainda mais daquele tamanho! Não podemos permitir essa ofensa.

  56. Os fatos aqui narrados não me causam estranheza alguma. Leiam e analisem a que estou sendo submetida pelo Pe. Vidal Corbellini o qual recebe total apoio de dom Bruno Pedron (Bispo da Diocese de Ji Paraná). Moro em Ji Paraná e possuo uma propriedade rural na cidade de Ariquemes a qual esta invadida por integrantes da LCP -Liga dos Camponeses Pobres, formado por invasores altamente violentos e ardilosos,problema já decidido judicialmente, e nos preparamos para a 8ª reintegração de posse. Porém, no dia 27/02/2012, recebi um telefonema do Pe Vital Corbellini, que literalmente me disse “se não desistir da reintegração de posse correra sangue”, por precaução registrei ocorrência na Delegacia de Polícia.No dia 17/03, ou seja, 18 dias após o telefonema do Pe. Vital, a ameaça se concretizou, em parte, pois 6 homens mascarados e armados, no período noturno, foram ate outra propriedade minha e mantiveram meu empregado e família, por mais ou menos duas horas, sob a mira de arma de fogo e com a missão de me trazerem um recado “o prazo para desistência da reintegração de posse é o dia 23/03, senão morreria como havia morrido seu Stivanin” (assassinado no dia anterior (16/03) o que também estava com ordem judicial de reintegração de posse em sua fazenda).Após isto, incontinenti procurei dom Bruno, comuniquei os fatos e fui tratada de forma desdenhosa. Ontem, seria a Audiência de Justificação da Ameaça por mim sofrida, esta não ocorreu porque o Pe. Vital Corbellini não compareceu (Autos 1002076-59.2012.8.22.0005). Em recompensa aos transtornos que este padre causou e esta causando em minha vida, hoje (30/11) ele será sagrado Bispo no RS,para assumir a Diocese de Marabá-PA, enquanto eu desde o dia 18 de março, estou pagando segurança para me manter viva. Pergunto – isto é a pregada fraternidade cristâ? O cristianismo atual prega o materialismos? Ou o clero de Rondônia esta impregnado do comunistas? Ou comungam com o espírito reinante no INCRA deste Estado, pois estou levantando um slogan – EM RONÔNIA SE FAZ REFORMA AGRÁRIA: MATANDO OS PROPRIETÁRIOS .Serás que o Decreto a seguir esta revogado:
    “Se os fiéis de Cristo, que declaram abertamente a doutrina materialista e anticristã dos comunistas, e, principalmente, a defendam ou a propagam, “ipso facto” caem em excomunhão. ( DECRETUM CONTRA COMMUNISMUM – Decreto do Santo Ofício de 1949: – Papa Pio XII
    Me coloco a disposição de qualquer pessoa para esclarecimentos. angelasemeghini@yahoo.com.br

  57. As imagens são feias de meter medo! Mas acho, trocando-as por outras dignas e decentes, poderiam continuar estas e não aquelas expostas publicamente. A única razão plausível para a retirada seria a extrema feiura e mau gosto das imagens atuais.

  58. Lição: o leigo é mais católico que o bispo…

  59. O terrível não é o fato de um bispo mandar retirar imagens de santos de uma praça pública, pois pode haver motivos justos para isso. O que me horroriza, envergonha e revolta é a justificativa. O mais revoltante é fatos assim serem corriqueiros e “bispos” que se envergonham da Santa Igreja ( e que a envergonham) são mais numerosos neste Brasil do que os verdadeiros. Que os Santos Mártires intercedam pela Igreja.

  60. Maria Semeghini, sua história merece maior publicidade, a coisa é de uma mentalidade insana mesmo, em nome da “causa” socialista, crimes são cometidos invertendo-se a responsabilidade moral, como dizia Hitler “por que esses malditos judeus me obrigam a fazer tanta violência?”, já posso imaginar que esses bandidos que sequestraram sua família podem ter dito algo parecido “por que esses fazendeiros me obrigam a fazer tanta violência?”

    Agora tá uma onda de atrocidades que são cometidas através de um nome aparentemente bom, é o direito de escolha, é o movimento afirmativo, é o desenvolvimento sustentável, é a liga dos pobres, parece aquele filma “1984” onde tinha a “novalingua”. A reforma agrária mesmo soa muito bem, mas em todos os movimentos comunistas do mundo, uma das primeiras etapas foi a reforma agrária, logo depois do desarmamento, todos eles sem exceção, revolução cubana, revolução russa, no México, em Angola, na China, um dos primeiros passos é a redistribuição da propriedade no campo.

    No Brasil o agronegócio cria cerca de 1 milhão de empregos novos por ano, segundo dados do Ministério da Agricultura, já a reforma agrária assenta, segundo dados do governo, cerca de 80 mil famílias por ano, mas a taxa de permanência é muito pequena, menos 10%, quer dizer que das 80 mil, 72 mil abandonam as terras, gastando com isso milhões de reais, já o agronegócio não só produz, mas é responsável por +ou- 40% do PIB, cria mais empregos e sem custo, pelo contrário, estão pagando impostos.

    • Robson, o problema é muito maior do que você imagina,aqui, só mencionei o padre, restou Incra e outros órgãos, entidades e poderes, isto é apenas a pontinha de um grande iceberg, Sei que quanto mais falar e fizer, mais estarei a me expor a perigos, mas faço consciente, faço pelo meu emprego e sua família, pelo verdadeiro “sem terra”, que não existe na realidade, estes já nem sonham mais,estão resignados, desiludidos, faço pelos que já foram assassinados e principalmente pelos meus netos, todos eles e vocês que ficarão aqui, após mim, merecem no mínimo uma esperança, se nada for feito, nem ela, “esperança” vocês terão. Obrigada pelo apoio.

  61. Dona Ângela,

    O comunismo não morreu! Ele está vivo e sanguinário. Seu desabafo relata bem essa realidade. Isso não é somente na vida política, mas também nos ambientes ditos católicos. Há uma conspiração diabólica dentro da Igreja e na política desse país. Na vida política a máquina que move essa conspiração se chama Foro de São Paulo, onde o PT está intimamente ligado desde sua origem. No âmbito eclesial, são dioceses, paróquias, seminários, grupos das mais variadas formas de atividades. O organismo anti-católico que delibera na Igreja do Brasil é a CNBB, fundada por Dom Helder Câmara, um bispo comunista. Uma verdadeira máquina instrumentalizada pelo espírito comunista. Vivemos uma apostasia, negação da fé e substituição da religião de Deus pela religião do Homem. É como um câncer que corrói a Igreja de Cristo, conduzindo milhares de almas ao inferno. Mas quem são esses lobos que se apresentam como cordeiros? Eles ocupam as principais posições dentre o clero. E como seria diferente? O próprio papa São Pio X afirmou: “Os piores inimigos da Igreja estão dentro dela mesma”. é de causar espanto a nomeação do Pe. Corbellini, mas não adianta fingirmos de ingênuos, pois a verdade é que o espírito modernista está impregnado na vida da Igreja. Poucos são os que resistem.

    Não me surpreende a indiferença de Dom Bruno. O engraçado é que ele é visto em Rondônia como um bispo conservador. Talvez porque não se mete muito nas questões que envolve o MST e outras questões mais revolucionárias como seu antecessor. Em 2009 Dom Bruno, por ocasião de um Crisma em Vilhena-RO, negou a comunhão para uma catequisanda que se ajoelhou para receber a Eucaristia na boca. Aquela criança era a mais tímida da turma. Ela se levantou assustada, recebeu a comunhão e saiu chorando para junto de seus pais. Esse episódio marcou essa moça de tal maneira que ficou um bom tempo sem voltar a Igreja.

    “Ai dos pastores que dispersam e perdem as ovelhas do meu rebanho”

    Algumas citações da Igreja com relação ao comunismo:

    Leão XIII, ao se referir ao comunismo, na sua Encíclica Quod Apostolici muneris (28 de dezembro de 1878: Acta Leonis XIII, vol. I, pág. 40), assim descreveu distinta e expressamente esse erro: “Peste mortífera, que invade a medula da sociedade humana e a conduz a um perigo extremo”.

    Em 1846, Pio IX condenou solenemente o comunismo e confirmou depois essa condenação no Sílabo. São estas as palavras que emprega na Encíclica Qui pluribus: “Para aqui (tende) essa doutrina nefanda do chamado comunismo, sumamente contrária ao próprio direito natural, a qual, uma vez admitida, levaria à subversão radical dos direitos, das coisas, das propriedades de todos e da própria sociedade humana” (Encíclica Qui pluribus, 9 de novembro de 1846: Acta Pii IX, vol. I, pág. 13. Cf. Sílabo, IV: A.A.S., vol. III, pág. 170).

    Conte com minhas orações e sincera amizade.

    In Jesu et Mariae,
    Pedro Cândido.

  62. Maria Angela Simoes Semeghini, está na hora de a senhora juntar as provas disso (o que é legalmente obrigatório) e pôr a boca no trombone! Esse fato narrado é de tal gravidade que permitiria uma boa publicidade contra os “teólogos da Libertação”.

    • Gustavo BNG, as provas existem. O padre não compareceu na audiência designada, como acima dito. Mas o Ministério Público Federal esta apurando estas denuncias e outras mais. Já havia denunciado tudo à Presidência da República, Direito Humanos da Presidência da Republica, INCRA Brasília e Comissão da Agricultura do Senado Federal, mas, como digo nesta correspondência é preferível ouvir as “massas” ao direito, à integridade, ao justo, ao correto. Obrigada pela opinião, para mim isto é reconfortante, pois não me sinto tão sozinha nesta luta.