Niterói: novo arcebispo retoma projeto de catedral projetada por Niemeyer. Construção será homenagem a bispo e arquiteto que idealizaram a obra.

Por Arquidiocese de Niterói

Brazão Dom José Francisco 2

Dom José Francisco, acaba de enviar um comunicado aos sacerdotes da Arquidiocese de Niterói, informando a decisão da reunião com a prefeitura para retomada oficialmente do projeto onde será construída a nova Catedral Católica no Caminho Niemeyer situado no centro da cidade.

Leia a íntegra do comunicado:

Assunto: Retomada da construção da Catedral no Caminho Niemeyer

Informo aos senhores sacerdotes que na ultima quinta-feira, dia 20 de dezembro, em reunião com o atual prefeito de Niterói Jorge Roberto Silveira, foi retomado oficialmente o projeto, onde será construída a Nova Catedral Católica no Caminho Niemeyer situado no centro da cidade.

A obra acontecerá segundo o ultimo projeto revisado pelo arquiteto Oscar Niemeyer falecido recentemente, ainda não consta prazo para o seu inicio.

Aos irmãos sacerdotes, gostaria de ressaltar que este projeto é muito importante para toda a Igreja e para a Cidade de Niterói, pois com a construção deste templo católico a presença evangelizadora fomentará e valorizará mais a fé e o turismo no município.

Outro aspecto relevante é que a retomada da construção da catedral será uma homenagem ao falecido Arcebispo Dom Carlos Alberto E. Navarro, idealizador do projeto e ao arquiteto Oscar Niemeyer.

Niterói, 20 de dezembro de 2012,
+ Dom José Francisco Rezende Dias
Arcebispo Metropolitano de Niterói

* * *

Matéria de 2004 da Folha de São Paulo sobre o veto do então arcebispo Dom Alano Maria Pena, OP. Os destaques são nossos.

Igreja veta catedral suspensa de Niemeyer

desHO projeto que Oscar Niemeyer considera o mais bonito de seus 70 anos de arquitetura está ameaçado. Trata-se da catedral encomendada há cinco anos pela Arquidiocese de Niterói (a 15 km do Rio). O arcebispo da cidade, d. Alano Pena, não aceita construir a igreja se Niemeyer não aumentar o espaço para os fiéis. O arquiteto não quer atendê-lo. O projeto corre o risco de jamais sair do papel.

Niemeyer, 96, fez três projetos de catedral até chegar ao modelo definitivo, aprovado em 2001 pelo então arcebispo de Niterói, d. Carlos Alberto Navarro.

O problema começou com a morte de d. Carlos, em fevereiro do ano passado. Seu sucessor não gostou do projeto. Achou-o modernista, pouco funcional e pequeno para comportar os fiéis de Niterói e das cidades vizinhas.

A área interna da catedral desenhada por Niemeyer tem capacidade para até 3.800 pessoas. Para d. Alano, 68, é pouco. Ele gostaria que o interior da igreja comportasse cerca de 10 mil fiéis.

Na opinião do arcebispo, é um contra-senso a vizinha catedral da 1ª Igreja Batista de Niterói, também projetada pelo arquiteto, ter condições de receber até 5.000 fiéis. Moram em Niterói e nas cidades vizinhas (São Gonçalo, Itaboraí e Maricá, as principais) cerca de 2 milhões de pessoas. Na estimativa da arquidiocese, 80% delas são católicas.

Desenhada em forma de mitra papal por Niemeyer -um dos mais talentosos e premiados profissionais da história da arquitetura-, a catedral tem uma cúpula circular suspensa, amparada por três pilares de 45 m em relação ao nível do mar.

Cedido à arquidiocese pela Prefeitura de Niterói, o terreno destinado à nova catedral da cidade fica às margens da baía de Guanabara. Se vier a ser construída, a catedral terá a silhueta avistada do Rio, a quase 10 km de distância.

Por causa do impasse, as obras não começaram. O projeto é orçado pela arquidiocese em, no mínimo, R$ 10 milhões. Niemeyer projetou ainda um prédio anexo, para os setores administrativo, social e assistencialista da igreja.

perfil1A catedral batista também ocupará um terreno cedido pela prefeitura. O templo terá um pórtico de 23 metros de altura, com um vão livre de 61 metros de extensão. Também haverá um prédio de apoio. As escavações para a obra já começaram.

O arcebispo quer que Niemeyer recupere o segundo modelo de catedral que desenhou e esqueça o atual. O segundo projeto era mais espaçoso, segundo o arquiteto Edgard Guimarães Filho, colaborador da arquidiocese e indicado por d. Alano para falar à Folha sobre a questão.

Niemeyer declarou que não admite mais mexer no projeto, “o mais bonito” que já realizou. Segundo ele, o projeto “surgiu como uma mágica”.

“Estou lutando para fazer essa igreja. Não vou aceitar fazer uma que desenhei há três, quatro anos”, disse ele, referindo-se ao segundo projeto.

Diante do impasse e da necessidade de Niterói ter uma catedral moderna -a atual comporta cerca de 500 pessoas-, o arcebispo já disse a auxiliares que poderá contratar um novo projeto a um outro arquiteto e construir a igreja longe do terreno cedido pela prefeitura. O secretário de Cultura de Niterói, Marcos Gomes, disse que a prefeitura tentará resolver o problema.

“Estamos deixando a poeira assentar, trabalhando para conciliar. Vou atuar como mediador na questão. O prefeito [Godofredo Pinto, do PT] me pediu”, afirmou.

Caminho Niemeyer

o-caminho-niemeyer-em-niteroi-1

As catedrais católica e batista fazem parte do Caminho Niemeyer, um conjunto de prédios projetados pelo arquiteto ao longo da orla de Niterói. O início do caminho foi o MAC (Museu de Arte Contemporânea), inaugurado em 1996. Construído sobre um platô, com vista panorâmica da baía, é hoje uma das principais atrações turísticas do Estado. Idealizado na década passada pelo então prefeito Jorge Roberto Silveira (PDT), o Caminho Niemeyer já tem prontos, além do MAC, a praça Juscelino Kubitschek e o Memorial Roberto Silveira.

Estão em fase de conclusão as obras do Teatro Popular, da Fundação Oscar Niemeyer, da estação hidroviária de Charitas (bairro da cidade) e do Centro Petrobras de Cinema. O canteiro de obras está aberto à visitação pública, sem cobrança de ingressos.

O projeto prevê ainda, além das catedral católica e batista, uma capela no mar em homenagem à Nossa Senhora do Líbano e a nova estação das barcas de passageiros que ligam Niterói ao Rio. Niemeyer acaba de desenhar também uma praça no entorno de parte dos prédios e um aquário.

A expectativa do Grupo Executivo Caminho Niemeyer -vinculado à prefeitura- é que todos os prédios estejam prontos até o final de 2006, caso haja uma solução rápida para as divergências entre a arquidiocese e o arquiteto.

Atenção: blog em recesso.

30 Comentários to “Niterói: novo arcebispo retoma projeto de catedral projetada por Niemeyer. Construção será homenagem a bispo e arquiteto que idealizaram a obra.”

  1. Mitra? Parece mais o escudo da Federação dos Planetas Unidos…
    Beam me up, Scotty!

  2. Acho que o Sr. Arcebispo de Niterói, deveria vir a Brasília e participar em uma missa na Catedral metropolitana Nossa Senhora Aparecida, a famosa Catedral de Brasília, e tenho certeza de que mudaria de idéia rapidinho. A Catedral de Brasília é uma das belas obras de Niemeyer: quente, pequena, desconforatável, mal-iluminada (á noite não se pode celebrar nada lá). Eu me ordenei presbítero nessa Catedral, mas convenhamos, éramos 16 ordenados e a Catedral entupiu.

  3. Rafael… Pensei exatamente a mesma coisa!!! He he he!
    Set phasers to stun!

  4. Uma infeliz ideia que confirma mais ainda a témpera do novo arcebispo de NIterói. Ele está mostrando ao que veio e não é de hoje.

    A localização seria o único ponto positivo, mas o traçado das construções de Niemeyer é absolutamente modernista e vazio, como bem disse dom Rossi Keller em um artigo publicado recentemente.

  5. Ow igrejinha feia, como todas as obras de Niemeyer. O cara só projetou prédios e monumentos ridículos, nunca vi uma obra bonita saída da cabeça desse homem. Na época dos “obscuros” e “ignorantes” medievais as catedrais eram um esplendor de beleza, além de projetadas para canalizar a luz natural, acusticamente calculadas para a amplificação da voz do bispo e dos cantores do coro, fora os grandes arcos apoiados em si mesmos sem nenhuma estrutura interna que os segurassem e estão de pé e inabaláveis até hoje, ou seja, era arquitetura finíssima. Agora o cara me vem com esse monte de desenho que qualquer bobão faria muito mais bonitos e a “bispaiada” (conjunto de bispos no jargão interiorano paulista rsrs) achando lindo o que ele fez. É o reino do mal gosto mesmo. O cara era comunista e ateu, e um bispo quer homenageá-lo!!! É “pra” “acabá” mesmo. Pra terminar, cito a reflexão que Olavo de Carvalho fez sobre a obra da catedral de Brasília projetada pelo grande (grande coisa!) arquiteto. Diz o filósofo: “No que se inspirou Niemayer para projetar a catedral de Brasília? Deve ter colocado um cacho de bananas de cabeça para baixo e daí tirou a ideia do desenho.”

  6. Taí uma das ideias mais estúpidas do ano. Além da péssima localização, o projeto é grosseiro, vulgar e pouco funcional. E imita uma “mitra papal”! Ora, bolas, donde já se viu igreja em formato de casula, de báculo, barrete, solidéu…

    Tá na hora de a arquidiocese se mobilizar para colocar juízo nas ideias do bispo. Quanta falta faz a sobriedade de dom Alano, que fora bispo das minhas duas cidades, a de nascença e a de moradia, Nova Friburgo e Niterói, respectivamente. Nunca ele deixaria uma bobagens dessas prosperar.

  7. Bravo! Grande notícia de Natal. A catedral ficará belíssima.

  8. É tão feia e ridícula que nem parece verdade… Luiz Fernando, muito obrigado pelo link do documentário. Muito bom. Eu, graças a Deus, poderei ir à uma Santa Missa da Vigília, assim como de Natal em Rito Tridentino, ouvirei os mais belos hinos e rezarei como nossos irmãos têm feito há séculos, mas pensar que a maioria dos católicos passará o Natal em igrejas vazias de sentido e significado, com Missas bobas e infantis, com cançõezinhas ainda mais bobas e infantis, corta o meu coração… :(

  9. Péssima notícia. Como é que um comunista e ateu e que não se arrependeu, pode ter a inspiração para projetar uma catedral?. Ele certamente projetou um edifício e chamou de catedral. Isto é uma afronta, porque a obra não reflete uma tradição católica. Ele não entendia a função de uma simples igreja, porque faltou-lhe a fé.

  10. É o capacete do storm-trooper da Guerra nas Estrelas?
    É o novo espaçoporto do Rio?
    Isso decola e voa?
    Quando vão parar com a idolatria desse arquiteto medíocre e delirantemente incompetente?

  11. Mitra? Parece mais o escudo da Federação dos Planetas Unidos…
    Beam me up, Scotty! Essa foi muito boa Rafael!!!

  12. Enéias, você falou bem. Eu completaria dizendo que quem diz que as Igrejas projetadas por Niemeyer são belas, tem tanto ou menos Fé do que o falecido arquiteto. Uma construção, que se digne chamar de “Igreja”, deve transmitir a doutrina católica e a arte, seja musical ou mesmo arquitetônica pode nos comunicar algo bom ou ruim, a depender do autor (vide os templos maçônicos). A beleza de uma obra de arte está contida naquilo que ela nos transmite.
    Mas, os modernos ensinam que a beleza é subjetiva, um católico ao dizer que “acha tal arte bela”, está perdendo a Fé; se ess arte for do Niemeyer, então ela não está perdendo a Fé, ele já perdeu-a completamente.
    Não sou especialista em artes, mas “dos frutos se conhece a árvore”, portanto, o que poderia estar contido na obra de um ateu, marxista e admirador de genocidas como Fidel Castro, Stálin e Lenin? Além de tudo, era um hipócritra (como todo marxista), pois se dizia comunista e morava numa mansão no Rio. Um burguês comunista?!?!?!? Pode isso??!?!?!!?!?

  13. Nenhuma novidade para nós dessa Arquidiocese, aliás, isso é bem pouco perto do que está acontecendo por aqui! Cremos firmemente que a justiça Divina triunfará, eis nosso único consolo.

  14. Federação Russa dos planetas unidos !
    Feia demais.
    O pior de tudo é a falta de uma linguagem e vontade católica do episcopado.
    Se o bispo anterior rejeitou o projeto, porque o atual muda de idéia assim ?

  15. Qual o problema em ter mais uma igreja feita por um ateu? ele teve várias missas, padres ao lado do seu caixão, palavras doces e vamos lá minha gente: ateu católico graças d-us!

    Viva o venerável paulo VI! Beato JPII, ora pro nobis! Amém?

  16. o Sr arcebispo é aqui da Minha Arquidiocese.. nascido na cidade vizinha a minha… MISERICORDIA

  17. Meus irmãos, fazendo um leve lembrete sobre a catedral de Brasilia, se observarem a catedral é um cálice de cabeça para baixo, e o Senhor da casa, Nosso Senhor Jesus Cristo, está na cripta e não na porta para nos receber. Isto é horrível… Acho muito triste pois no nosso meio católico também temos ótimos arquitetos e vivem segundo a orientação do Divino Espirito Santo, são cristãos que Deus pode usar como instrumento para fazer sua casa de acordo com sua vontade. Vamos Rezar para que nossos Bispos se deixem ser orientados por Deus… Fiquem com Deus!!!

  18. Que bom que eu nunca vou entrar nessa “catedral”. Quem falta fazem santos e sábios bispos. Os atuais gostam de mídia, de holofotes, de papagaiada. Como se pode aceitar que um comunista perverso, adorador de Stalin (=genocida), possa projetar uma catedral? A “catedral” do Rio de Janeiro parece uma lixeira de cabeça para baixo. Coisa horrorosa! Bem expressiva do que anda assombrando a Igreja.
    Outra coisa: protestantes-mequetrefes agora têm catedral? Ah, esqueci! Eles têm “bispo”, “bispa”, “pastor”, “pastora”, “apóstolo” (valha-me!). Também fazem “retiro”, têm “seminário”, têm “comunhão”. O dia que a Igreja virar as costas para Nossa Senhora, pode ter certeza de que os podrestantes vão “adotá-la” e dizer que sempre a honraram e amaram. São um câncer. Hereges malditos. Mas… viva o ecumenismo. vamos beijar o Alcorão, vamos celebrar com os “irmãos” separados (de fatos, são irmãos, como Caim foi para Abel).
    Fica aqui a ideia: que os católicos de Niteroi encham o e-mail da Arquidiocese de protestos e que nunca ponham os pés nessa “catedral” feita por um ateu-comunista-stalinista-defesor-de-genocidas.

  19. NÃÃÃÃÃOOOO!!!!!
    O lugar é péssimo, fica atrás do terminal de ônibus e possui um acesso complicado, totalmente escondido. Ninguém frequenta as obras que estão prontas no local, são elefantes brancos e esteticamente horrorosos.
    Fora que acabaram de reformar a atual Catedral que ficou belíssima e vão trocar por essa coisa aí?

  20. Pe. Anderson de Lima Alencar, por favor, o sr. já tentou fazer a colocação acima pro Arcebispo de Niterói, ligando ou mandando um email pra ele?
    Se não o fez, tente…Quem sabe ele não desista de uma insanidade dessa que vai cometer…
    Parece um febre pestilenta de mau gosto artístico que entra por todo lado na Igreja…
    Cruz credo…

  21. Coisas e mais coisas das quais não entendo.
    Como um ateu, comunista sem arrependimento tem exéquias católicas no seu enterro?
    Por que insistem tanto em usar esses projetos feios para fazerem “catedrais”???

    Qual a simbologia disso? Nas catedrais medievais, há sentido em tudo, nos menores detalhes.

  22. “Fica aqui a ideia: que os católicos de Niteroi encham o e-mail da Arquidiocese de protestos e que nunca ponham os pés nessa “catedral” feita por um ateu-comunista-stalinista-defesor-de-genocidas.”

    Que católicos? Os que estão reclamando são raros e ineficientes.

  23. Além da sucessão de erros já apontados – o projeto é feio, pouco funcional; a escolha parece coisa de quem quer aparecer paparicando o Niemayer; existe uma idolatria em relação a ele e a Igreja não deveria seguir essa corrente; o bispo ignorou os pontos negativos muito bem apontados pelo bispo anterior em troca de fazer “homenagem” (deve estar com dinheiro sobrando no cofre) – não consegui deixar de notar a miopia das autoridades católicas diante da apostasia em que vivemos. Quer dizer que o conjunto das cidades Niterói, São Gonçalo, Itaboraí e Maricá tem 80% da população católica? Na década de 90 já não era assim. Atualmente (ou mesmo em 2004, quando foi realizada a pesquisa) se chegar a 40% é muito, e nisso estou incluindo os “não-praticantes”. Ainda consideram todo mundo que foi batizado como católico? Só pode ser isso. Aos que pensam que estou exagerando, ou excluindo os católicos que considero mornos ou em erro, não estou não; estou fazendo esse comentário com base nos resultados dos censos e em observar o cotidiano desses lugares. A maioria das pessoas na Baixada Fluminense não são católicas, não se declaram católicas e as gerações mais novas não tiveram nenhum contato com Catolicismo.

  24. 80% é engando de dom Alano. Se o percentual na arquidiocese, hoje, chegar a 60% é muito.

  25. Fazem uma casa de Deus e para Deus mas homenageiam outras pessoas.Que valor tem isso?

  26. Catedral da NASA? Essa vai entrar no roll das mais horrorosas junto com a Catedral Usina Atômica do Rio, com a Nova Basílica de Fátima com seu Cristo em desespero e com a Igreja de Santo Padre Pio com a Cruz Lego-maçônica.

  27. Com licença Nobres Senhores,mas o Bispo que idealizou com o falecido arquiteto é o mesmo Dom Navarro que foi bispo de Campos sucedendo Dom Mayer ?

  28. Agora entendi, não é um projeto para uma catedral mas o novo boné do Mallandro para o próximo carnaval, iehh, iehhhhh!!!
    A empáfia dessas pessoas já superou qualquer limite do ridículo e da promiscuidade!

  29. Como a dita “catedral” parece a nave Enterprise de Jornada nas Estrelas, fico imaginando o calendário neo-eco-teológico: data estelar 17600.45.344.2, festa da salvação cósmica de Pachamama (viva Boff!). Presidente da cerimônica cósmico-ecumêmica: celebrante James Kirk, auxiliado pelo “diácono” Sr. Spock. A Tenente Uhura pode servir de “coroinha”, pois é chique ter mulher no altar e o sacerdócio masculino é um resultado da cultura patriarcal da Igreja medieval-tridentina, que é uma cultura da morte.
    Piadas à parte (só tentando rir para não chorar lágrimas de sangue!), nunca pisarei em “catedrais” desse tipo. Onde estão os bispos santos? Onde estão os padres santos? Como esperam que os fiéis se santifiquem sem bispos e padres santos? É por isso que o povo está correndo para os “apóstolos” Valdomidos e Estevans da vida, para as “bispas” Sônias e os “bispos” Macedos: não encontram mais a verdadeira face do catolicismo dentro da própria Igreja. Quando algum filho pródigo quer voltar para a Igreja verdadeira, os bispos e padres, ao invés de correrem para abraçá-lo e festejar com um novilho, lhe oferecem as bolotas de porco da Renovação Carismática, do ecumenismo, do vaticano-secundismo, da missa maçônico-protestante. E se o fiel não aceita as bolotas de porco, botam-no para correr, pois ele é “velho”, “antiquado”, “ultrapassado”, “radical”, “tradicional”, enfim, “parou no Concílio de Trento”. O fiel (haja fidelidade!) é obrigado a ficar durante duas (!!) horas em certas missas dominicais, aturando adolescentes (alguns com seus 40 ou 50 e tantos anos!) que não conseguiram tocar em bandinhas de rock na garagem dos pais ou nos botecos da vida e que querem fazer seu showzinho no altar. E nem afinação os malditos têm!! É um horror sob todos os pontos de vista, inclusive o musical. Os padres não são apenas analfabetos em teologia e filosofia. Não conhecem mais o mínimo de língua portuguesa para transmitir algo ao povo. Transmitir algo? Não têm conteúdo. Vejo padres com facebook, postando todo o tipo de barbaridade e com imagens que ferem o pudor. É uma futilidade assustadora.
    A expressão “ensinar o Pai Nosso ao vigário” exprime um tempo em que os padres costumavam receber uma formação sólida. Hoje é preciso ensinar o Pai Nosso e tudo o mais ao vigário e ao bispo! Mas eles não são dóceis, não se deixam ensinar. Na hora em que o leigo resolve ensinar-lhes a verdadeira doutrina, eles não são mais vaticano-secundistas e tratam de colocar o pobre leigo em seu lugar e exigem obediência, a mesma obediência que recusam ao Papa. E que venha a JMJ 2013, com o carnaval “católico” e todas as asneiras do gênero.

  30. Oscar comunista-stalinista (lembremos que Stalin foi um genocida!) teve missa, padres participando do enterro, manifestações de pesar de diversos (arce)bispos. Fico me perguntando que fiel católico teria essa atenção dos Srs. padres e (arce)bispos? Conheço gente que, após tantíssimos anos de serviço à Igreja, não conseguiu nem um padre no velório! Vejam que maravilha o que um ateu-comunista-stalinista consegue dos Srs. padres e (arce)bispos:

    1. A missa de sétimo dia da morte de Oscar Niemeyer será celebrada hoje, às 18h30, na Igreja Nossa Senhora da Paz, no Rio de Janeiro, a vida do arquiteto será lembrada. Os amigos que moram na capital fluminense devem aparecer, e o ex-secretário de Cultura e amigo do arquiteto Carlos Magalhães chegou ontem à cidade para comparecer à homenagem. Embora Niemeyer tenha se declarado ateu durante toda a vida, a cerimônia vai acontecer porque a família dele, muito católica, faz questão. Em Brasília, a celebração vai ocorrer amanhã, na Catedral, às 12h15. O prédio, projetado por Niemeyer na época da construção de Brasília, receberá fiéis em uma missa em homenagem à vida do arquiteto. O padre George Albuquerque Tajra, pároco da igreja, vai celebrar a cerimônia. “Vamos fazer uma missa da restauração e depois o coral da Petrobras vai cantar em homenagem a ele”, prometeu o sacristão. Na terça-feira seguinte, 18, a Catedral terá a reforma concluída, fato que também será comemorado, às 10h.

    2. O arquiteto Oscar Niemeyer faleceu na noite desta quarta-feira, 5 de dezembro, aos 104 anos. O Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta enviou uma mensagem em solidariedade ao falecimento do arquiteto: “Um homem de convicções claras que serviu ao seu país com os dons que tinha. Deixou marcas na arquitetura mundial. Colocou seu gênio criativo a serviço do belo e também na construção de templos. Um exemplo de respeito pelo pluralismo. Rezarei para que encontre a fonte da beleza que o ilumine. Paz!”

    3. A Associação Cultural da Arquidiocese do Rio de Janeiro entregará o Prêmio São Sebastião de Cultura às pessoas e instituições que durante o ano de 2012 contribuíram de forma expressiva para a sociedade, respeitando os critérios da Igreja e da fé cristã. A entrega do Prêmio será feita pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Orani João Tempesta, por ocasião dos festejos do Padroeiro da Cidade, ainda sem data definida. A premiação homenageará, em suas diversas categorias: o Instituto Zuzu Angel, Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD), Bárbara Heliodora, a atriz Marília Pêra, a cantora Elba Ramalho, o Jornal O Globo, a Árvore de Natal Bradesco – Bradesco Seguros, o arquiteto Oscar Niemeyer, o Ministro Joaquim Barbosa, Dom Cipriano, Manoel Correa do Lago, Renato Abreu, Beatriz Milhazes, AECIA- Irmãos Araújo, e o jogador Fred.

    É isso aí!! A Arquidiocese do Rio vai premiar Niemeyer porque ele contribuiu de forma expressiva para a sociedade, “respeitando os critérios da Igreja e da fé cristã”. Joaquim Barbosa também vai levar o prêmio, ele, que é a favor do aborto e do “casamento” gay e que defende essas imoralidades no STF. Vocês ainda acham que esses padres e (arce)bispos são realmente católicos? Vocês acham que eles têm fé? Eles premiam ateus, abortistas e gayzistas sob a justificativa de que contribuíram de forma expressiva para a sociedade, “respeitando os critérios da Igreja e da fé cristã”!!!!!!! Pasmem! O cinismo dessa gente é sem limites. No RJ, está havendo uma palhaçada “ecumênica” entre “católicos” (entres haspas mesmo!) e presbiterianos (hereges malditos podrestantes). Vejam o que diz o padre responsável pela monstruosidade: “Monsenhor Luis Antônio, da Paróquia Santa Rosa de Lima, ressaltou a importância dessa experiência, no sentido de valorizar o que há em comum entre os cristãos: – A experiência tem sido positiva, queria recordar um teólogo latino americano Juan Sobrino, que afirmava que o ecumenismo não deveria ser feito a partir das diferenças, mas a partir daquilo que nós temos em comum (…) É todo um povo de Deus, a gente tem um respeito por este povo de Deus e busca a unidade, destacou.”
    Ou seja, para defender a aberração, ele cita o diabólico “teólogo” da TL, John Sobrino.
    Parem o mundo, que eu quero descer.