Santa facada.

Da coluna deste sábado de Mônica Bergamo: A prévia revela que os hotéis cariocas turbinaram menos as diárias para a Copa das Confederações (18,1%), contra 39,3% de aumento para a Jornada Mundial da Juventude (de 23 a 28 de julho). Para ver o papa Bento 16, o valor médio de hotel no Rio chega a US$ 266,16.

4 Comentários to “Santa facada.”

  1. Então as paróquias cariocas terão que conseguir paroquianos dispostos a hospedar os peregrinos (obra de misericórdia) mediante cadastro prévio de hóspedes e de hospedeiros a ser aprovado pelo pároco, ou então cobrarem quantia módica por cama, banho e ao menos jantar ou café da manhã.

  2. A sorte é que boa parte dos peregrinos ficarão nos muitos colégios católicos da cidade. Senão a Jornada estaria fadada ao fracasso, tamanha a ambição desses oportunistas do setor hoteleiro. Nem os rogos da Arquidiocese, nem mesmo do Ministério do Turismo parecem demovê-los da ideia de arrancar o máximo de dinheiro de jovens que mal tem com que sustentar sem ajuda dos pais.

  3. A Santa Facada chegou na minha diocese. Cada jovem terá de desembolsar R$1.800,00. A minha paróquia deverá mandar pelo menos 2 jovens para essa JMJ, até aí tudo bem. Acontece que para chegar a esse nº, cada comunidade precisa mandar algum jovem para esse fim, então, as comunidades precisam escolher e desembolsar exatos R$ 1.800,00. tudo isso foi resolvido pelos responsáveis da JMJ da minha diocese com 1 ano de antecedência. A notícia mais emocionante é que tem comunidades em que o dízimo não chega ao valor de 1 salário mínimo.
    Resumindo, “A Santa Facada” não perdoa ninguém ou será que “o POP NÃO POUPA NINGUÉM”.

  4. Rio de Janeiro, de frente para o mar e de costas para Deus!