A futura residência do Papa Bento XVI.

O Papa Bento XVI passará alguns dias em Castel Gandolfo, até que se conclua reforma em mosteiro dentro do Vaticano.

O mosteiro em que Bento XVI viverá.

O mosteiro em que Bento XVI viverá.

Por Fratres in Unum.com – O Papa Bento XVI residirá no mosteiro Mater Ecclesiae, contruído dentro do Vaticano, em 1992, a pedido do Papa João Paulo II. Após o dia em que deixará o Sólio Pontifício, 28 de fevereiro, Bento XVI passará algum tempo em Castel Gandolfo, até que se conclua a restauração pela qual passa o mosteiro.

“Quando o Papa se aposentar, vai se mudar primeiro para Castel Gandolfo e, em seguida, após a conclusão das obras de restauração voltará para o Vaticano, para o mosteiro dos jardins do Vaticano”, informou o Pe. Federico Lombardi, porta-voz da Santa Sé. “Não acredito que viverá recluso. Será uma situação sem precedentes, vamos ver como vai se passar… Ele já havia declarado várias vezes a intenção de passar seus últimos anos para escrever e estudar, e imagino que será isso o que ele fará”, acrescentou o porta-voz.

O mosteiro tem três andares, doze celas minimamente mobiliadas, cozinha, sala, biblioteca e capela. O ambiente de paz e tranquilidade é reforçado por um belo jardim e uma horta, de onde saem os limões, laranjas, pimentões, tomates, abobrinha e couve que abastecem atualmente a cozinha pontifícia.

O mosteiro Mater Ecclesiae está atualmente vazio, já que as irmãs que nele habitavam se mudaram no fim de novembro, com o ínicio das reformas.

2 Comentários to “A futura residência do Papa Bento XVI.”

  1. Cumé qui é? A preocupação dele era terminar os seus dias escrevendo e estudando?Mas esta nunca deveria ser o objetivo de um papa.Então o tal de Boff estava certo!

  2. Nossa Senhora… nem mesmo aqui os libertadores nos deixam em paz…. misericórdia.