Caso Padre Beto: repercussão.

Do portal de notícias G1:

A divulgação de uma nota oficial no site Diocese de Bauru (SP)  na terça-feira (23) causou uma tensão entre os fieis da Igreja Católica e o Padre Roberto Francisco Daniel, o Padre Beto, bastante conhecido na região por suas opiniões controversas e postura diferenciada dos sacerdotes convencionais. […] A decisão da Diocese foi tomada após divulgações de vídeos de entrevistas com o Padre, que teriam provocado tumulto junto aos fieis de Bauru e outras cidades do Brasil.

Padre Beto.

Padre Beto.

Em entrevista ao G1, o padre Beto, que também trabalha como professor de Ética em univesidades e comunicador em rádios da cidade, afirmou que suas publicações têm como objetivo apenas promover a reflexão. “As pessoas devem refletir e promover uma discussão de conhecimento e busca pela felicidade. Fazer uma reflexão da estrutura da Igreja ajuda com que o fiel entenda e busque se sentir melhor na instituição”, explica. Sobre a solicitação da Diocese, Padre Beto diz ainda que vai pensar sobre a decisão que irá tomar após o fim de semana. “Ainda estou analisando o que farei a respeito dessa retratação que eles me pedem. Retirar o que publico das redes sociais é como negar o meu ser e o modo em que eu me relaciono com Deus, além de negligenciar o meu papel como padre”, complementa. O G1 procurou o bispo Dom Frei Caetano Ferrari e foi informado, pela assessoria de imprensa da Diocese, que ele não está em Bauru e só deve se manifestar sobre o assunto novamente após o posicionamento do Padre Beto em relação ao pedido de retratação e retirada do conteúdo da internet. A Diocese deu prazo até segunda-feira (29) para o padre se pronunciar. […] A discussão sobre as opiniões do padre não só partiram de Bauru, mas também de fieis de outras partes do Brasil e, ainda de acordo com a assessoria da Diocese, foi um dos motivos que levou a decisão de pedir a retratação.

Da rádio 94FM:

Consultado pela reportagem da 94 , o Padre Beto (que preferiu não gravar entrevista)  disse  que o bispo de Bauru não aceita a  sua postura reflexiva. Por essa razão, determinou que o padre retirasse das redes sociais na internet todas as suas declarações, inclusive fotos. O padre Beto explicou  ainda  que suas declarações ou pronunciamentos, sobre determinados assuntos, visam fazer com que as pessoas  reflitam, inclusive sobre as normas da igreja. Questionado sobre se irá ou não retirar seus conteúdos da internet e pedir perdão, o padre respondeu que não. Mas, garantiu que até o dia 29, prazo estipulado pelo Bispo, vai analisar que medida deverá tomar em relação as determinações do bispo diocesano.

Do Diário de São Paulo:

De acordo com o Padre Beto, ele recebeu a nota em forma de carta durante uma reunião presencial com o bispo ainda na terça-feira. Segundo ele, durante a conversa não ficou especificado qual conteúdo exatamente haveria causado a reação. Ele diz que ainda não tomou sua decisão e está pensando com calma sobre sua próxima ação.

Do site do Jornal da Cidade:

Padre Beto disse ontem ao JC que é muito cedo para tomar uma atitude e ainda está pensando. “Não tenho nada resolvido por enquanto, mas o problema é que existem pessoas dentro da igreja que acham que um padre não pode refletir e, com isso, nem as pessoas”, enfatiza, reforçando que não vê problemas de desrespeito às normas da Igreja em suas afirmações. “Segundo comentários do próprio vídeo, estas atitudes e desrespeito a normas acabam denegrindo a imagem da Igreja Católica bauruense e da religião em si”, afirma uma fonte ligada ao comando da Igreja Católica em Bauru. Padre Beto já vinha questionando o conservadorismo da Igreja e alguns princípios católicos, mas nenhum que levasse a um pronunciamento da Diocese. Recentemente, ele também se envolveu em campanhas políticas, pronunciando-se a favor de alguns candidatos, entre eles o líder umbandista Ricardo Barreira.

Dois sites espanhóis abordam também o caso: “Un obispo con coraje” é o artigo do prestigioso jornalista Francisco José Fernández de la Cigoña, e “El ejemplo del obispo franciscano brasileño y el cura heterodoxo” é o título da matéria do portal Infocatólica.

51 Comentários to “Caso Padre Beto: repercussão.”

  1. O que quer o “padre” Beto com tudo isso? Simples: aparecer. Vaidade, vaidade, vaidade…

  2. O campo está minado por muitos Padres Betos. É preciso estarmos atentos ao desdobramentos deste caso, em oração e vigilância.

  3. Ele quis uma reflexão e nós refletimos, denunciamos para as autoridades da Igreja. N há do que reclamar. Massss parece que ele n sabe dogmas, posso mandar o Hudson Nunes ensinar kkkk

  4. Se alguém já era desobediente antes, por que razão passaria a ser obediente após ser censurado por desobediência? Isso era previsto.

  5. E pensar que é a Santa Igreja e o povo de Deus quem sustenta pessoas como elel… Durante o seminário, quem paga a comida, estudos e moradia para essa espécie de “padre”, senão a Igreja? E depois, quando ordenados, levantam-se contra a Mãe que os cuidou e tratou…

    E o que dizer do povo de Deus que sustenta isso com seu salário? Segundo um Padre amigo meu, na nossa diocese há padres que viajam para hotéis, assistem a partidas de futebol e “otras cositas más” e, ao retornarem, apresentam as contas para a paróquia pagar. Enfim, comportam-se como bons comunistas, vivendo do dinheiro alheio.

    Revoltante isso tudo…

  6. Hermes, está minado o campo, mas temos uma arma eficaz: o rosário.
    Agora temos que montar um grupo antibomba, pq elite de atiradores de emails já temos.
    Viva o Fratres!!!

  7. Está bem boyzinho na foto.Para quem estava refletindo até que ele foi bem afirmativo.
    Já está na hora de se começar a refletir sobre os próprios erros.

  8. Papa emérito Bento XVI solicitou gentilmente a retirada da Igreja dos sacerdotes que perderam a fé. E eles continuam …. refletindo, analisando, meditando o que fazer!!!
    A imprópria condescendência da Igreja com os graves erros doutrinais do clero está implodindo e até derrubando – literalmente- as edificações das igrejas- ex: França- Abbeville.

  9. Minha sugestão é que o padre que não quer obedecer a uma ordem justa do bispo deve deixar de exercer o ministério sacerdotal. Vá ser professor e escritor, como o Leonardo Boff. Refletir com premissas que se opõem à fé e à moral católicas e querer permanecer católico e usando o nome de católico – pior ainda, usando o nome e a prerrogativa de padre – é incoerente e imoral, mais ainda para um professor de moral. Boa confissão, Pe. Beto! Lamentamos por algum dia suas atuais ideias terem sido ensinadas em algum ambiente acadêmico, donde talvez as tenha aprendido, quiçá n’algum seminário católico. Se levar a sério a promessa de obediência feita já em sua ordenação diaconal, não se arrependerá. Antes, ganhará a estima do bispo e de seus verdadeiros amigos.
    Obs.: comentário feito ao compartilhar o artigo no Google Plus.

  10. Que ele tomaria essa postura aqueles que viram seus vídeos já esperavam. Continua desobediente. Espero que o bispo tenha pulso firme ao lidar com esse caso para que vire um bom exemplo e não (outro) mal exemplo.

  11. + ! DA DITADURA DO RELATIVISMO!
    OUTRO ESTARIA COM INVEJA E JÁ SE MANIFESTOU!
    Ao menos já demonstra possuir todas as qualidades básicas para inserção na DITADURA DO RELATIVISMO – se não é que é membro efetivo há muito – como das $eitas protestantes; considero-o desde já com suas respostas às objeções a seus comportamentos ótimo para juntar-se aos Fabios de Mello, Marcello Rossi e outros dos esquemas relativistas.
    Nem passa esse e aparece outro disparatando, dessa vez Pe Antonio Maria que acompanhou muito tempo o “católico rei” R Carlos defensor das uniões gays em nome do “amor”; também “abençoou” a duradoura união de Ronaldo Nazario com a modelo Daniela Cicarelli – 28 longos dias.
    Pe Antonio é velho famoso varejista especializado em escândalos religiosos e preferiria atuar em meio à elite.
    .

  12. De fato, o campo minado é extenso. Tudo isso pode(desculpem-me o pessimismo) acabar em entrevistas de programas como gabi, jo e fatimas…e ai por diante.

    No fim, o Padre(sei lá) acaba por conseguir sua notoriedade(vaidade) publica.

    Ainda, de quebra, responder as “perguntas acusações” contra a igreja(celibato, freiras padras , pedofilia e tal e tal) em programas de rede nacional arapucas de incautos.

    Que coisa!

  13. Procurando notícias ANTIGAS, descobri que ele apoiou um pai-de-santo da umbanda para a câmara dos vereadores de Bauru ano passado. Mas devido às repercussões que ele causou, não achei mais o link com a noticia de jornal no Google

  14. O bispo deveria mandar ele ir fazer essas reflexões, por exemplo, no Paquistão. Aí sim ele vai atingir a consciência plena em vida. Vai evoluir muito.

    Tenho uma precoupação: acho que ele se acha bonito. Ai que dó!

  15. Penso que vale para ele mesmo fazer uma reflexão verdadeira. Não acho que ele vá pedir perdão, ele não tem esse perfil. Quem sabe perceba que não é a igreja que tem que mudar, mas ele aceitar a seguir regras da igreja a que ele representa, e se ele não está de acordo sair fora, pois a igreja não vai mudar para agrada-lo. Acho que será um professor filosófo, teologo, mas padre ele não tem perfil para isso. Sua postura diante dos dogmas da igreja desfaz todos os outros trabalhos de padres comprometidos verdadeiramente com a igreja. Para ser padre tem que ter conhecimento ele tem, mas não tem o dom, pois existe muitas maneiras de um padre interagir na igreja para mostrar alterações que possam ser feitas, porém isso não precisa ser veiculado para midia. O melhor trabalho é o silêncio, a oração e a humildade e não me parece que ele as tenha.

  16. Boa observação da Ana Maria hehehe ele não queria “refletir”? Pois bem, estamos “refletindo com ele” sobre suas posturas contrárias ao que a Santa Igreja ensina. Ou ele quer “refletir” somente com hereges e inimigos da Igreja? Os católicos não podem “refletir” sobre o que ele diz? Não é ele que prega a “democracia”?

  17. Diogo, e ele n aceitou a nossa reflexão. Fico chateada com isso, poxa! Querem liberdade na Igreja mas n querem que a gente discorde deles. Assim, n dá.

    ********Ô padre beto, o senhor está me forçando a n refletir? Hoje estou com tempo (pena da moderação kkk), gostaria de aprofundar o tema da consciência plena, avançar para águas mais profundas.

  18. Podemos ver, claramente, a falta que faz a Inquisição…
    É impressionante como a notícia vem distorcida: as autoridades “pediram”. Não, foi uma ORDEM do bispo. Mas como destruíram a hierarquia dentro da Igreja, isto não significa mais nada. Assim, o moço diz que não vai obedecer e que vai pensar qual será sua resposta…
    Depois da “primavera” (CVII), os padres começaram a largar a Igreja às pencas. Foi um tal de padre que largava a Igreja e ia dar aulas de Filosofia nas universidades públicas, tirando vaga de trabalho de bons leigos. Aqui, no RJ, havia nas universidades públicas o que eu chamava de “máfia dos ex-padres”. Quando um largava a Igreja, já tinha emprego garantido pelos ex-padres (sim, eu sei que não há ex-padre, é só para facilitar…) que o acolhiam sobejamente. Foi assim que o SR. BOFF (preposto do inferno) foi “trabalhar” na UERJ, tirando emprego de pessoas que se preparavam para a carreira acadêmica há muito tempo. Ironia da vida: foi “ensinar” “ética”!!! “Trabalhou” uns 5 ou 6 anos e levou uma aposentadoria com o dinheiro público. Que maravilhosa opção preferencial pelos pobres!!!!
    Depois que a torneira das universidades públicas começou a secar, os ex-padres partiram para a política, candidatando-se a cargos eletivos diversos. Abandonavam o ministério, mas se candidatavam como “Padre” fulano das couves. Parece que essa fonte também está secando…
    Qual será a próxima mutreta desses covardes canalhas? Porque é obvio que não vão largar as tetas da Mãe-Igreja para pegar duro no batente, como fazem os pobres mortais. São uma corja!!
    Uma outra mutreta que inventaram são as agências de viagem que fazem “turismo sacro”. Eles não cuidam das paróquias para que foram designados e vivem batendo perna na Europa e Terra Santa, com tudo bancado por uns fiéis trouxas e deslumbrados…
    Outros “padres” têm carreiras diversas: professores/acadêmicos, cantores, atores, empresários…
    CHEGA! BASTA!! Queremos e precisamos de padres que sejam padres em tempo integral, de padres que entendam que o sacerdócio não é um negócio (apesar de rimar), não é uma carreira, não é uma parte apenas de suas vidas. É uma vocação integral, que exige deles entrega integral. É um serviço pleno de humildade e de amor, não tendo como fim o lucro ou a glória/fama terrena. QUEREMOS PADRES QUE SEJAM PASTORES E NÃO LOBOS. Mas com a quantidade de fiéis analfabetos da própria fé e puxa-sacos-de-cura, com senhoras e senhoritas que agem como baratas de sacristia, fica difícil vislumbrar uma mudança.
    Espero muito sinceramente que o Sr. Bispo de Bauru não recue e que aplique as penas exigidas à desobediência desse LOBO chamado BETO.
    Há uns bocós (inclusive padres, talvez legislando em causa própria) que ficam citando as escrituras, para nos impedir que criticar e agir contra os maus padres: “não toquem nos meus cordeiros”, dizem eles. Sim, cordeiros, símbolo dos padres que se oferecem como sacrifício. Alguém consegue enxergar no Sr. BETO um cordeiro, um outro Cristo. É o LOBO, gritemos. E como todo lobo que vem destruir o rebanho, deve ser perseguido e afugentado (antigamente, matavam-se os lobos que ameaçavam os rebanhos; hoje, com o ecologicamente correta, não se deve poder fazer isto; deve dar até cadeia; só podemos matar os fetos no ventre materno; aí, não há problema…).

  19. Por mais de dois mil anos a Igreja já refletiu e estabeleceu seus dogmas.Ninguém precisa da reflexão desse “padre”. Quando alguém quiser refletir que leia o catecismo católico, os documentos oficiais da Igreja, os grandes santos, e de lá encontre suas respostas. Que ensinamento podemos tirar de um padre desse?

  20. Quem reflete é espelho. Se ele quer refletir, então peça para sair da Igreja e vá pra rua refletir como espelho.

  21. Esse é o lema dos padres cria da TL: “não se deixar recuperar”. Certa vez Pablo Richard declarou em uma entrevista:
    _ Não sairemos da Igreja, mas far-lhe-emos a vida impossível pra que saiam eles.
    Me parece que eles foram bem sucedidos nesse objetivo, ja que muitos Católicos abandonaram a Igreja nessas ultimas décadas pra se unirem às seitas.

  22. Esse referido sacerdote é o perfil querido do que sonha a CNBB há anos. Afinal, essa entidade o que mais faz é “refletir”, “dialogar”, “propor”, “analisar”, etc. Mesmo que não chegue à nada, mas é disso que eles gostam.

    Obrigado Pe. Beto. Seguimos o seu conselho.Refletimos, conversamos, dialogamos e fácilmente observamos que sua postura não é Católica. Vá escrever livros, abrir um circo ou se tornar cantor. Mas infelizmente para sacerdote o senhor não leva jeito.

    Fique com Deus!

    Ass: Fiéis Católicos de fato.

  23. Outra sugestão, saia da Igreja filie-se ao PT. Lá, o senhor poderá vomitar suas palavras infâmes.

  24. “Para ser padre tem que ter conhecimento ele tem, mas não tem o dom”

    Conhecimento? Ele é um analfabeto funcional, minha cara. Uma pessoa que não tem conhecimento de causa nem sobre a matéria para a qual se formou é um “analfabeto funcional”. Antes que fales alguma coisa, quero dizer-te que a expressão “analfabeto funcional” não é injuriosa, é técnica mesmo. Esse é o termo a ser usado quando estamos diante de um péssimo profissional. No caso, ele é um “profissional” da Igreja Católica.

    Ele demonstra ignorância plena dos temas mais básicos relacionados à Teologia, como tu podes dizer que ele “tem conhecimento”? Conhecimento de quê? Só se for da heresia e da apostasia.

    Seria mesma coisa que eu lançar pérolas sobre Direito e depois alguém dizer “mas o Diogo tem conhecimento, só não tem o dom para a área jurídica”. Ora, eu não tenho direito algum de ser ignorante na área própria de minha formação, no caso o Direito. Mesma coisa um médico, engenheiro, professor, enfim, qualquer profissão.

    Esse senhor é um analfabeto funcional, não somente uma pessoa que “não tem o dom”. Abraços.

  25. O bispo certamente já conhece a figura e está vendo que segundo suas declarações ele não está arrependido de ter dito o que disse. Exceto por um milagre, ele não mudará de pensamento até o dia 29. Paulo caiu do cavalo em Damasco e tudo é possível com a graça, mas é preciso uma abertura e um acolhimento do milagre.

    A pergunta que não quer calar é se nesse meio tempo ele está em alguma paróquia. Creio que ele precisa ser afastado para fazer o que tanto gosta: refletir! Ele precisa refletir sobre o que é a doutrina católica e se realmente deseja ser um representante ou expositor dessa doutrina. Ao que parece essa não é a sua postura atual. Então, Dom Caetano precisa ser firme em seu ultimatum e tomar atitudes firmes em relação a esse lobo, que nem pele de ovelha usa.

    Enquanto isso rezemos diariamente por todos os sacerdotes do mundo:

    Oração pelos sacerdotes
    Ó Deus eterno e Todo-Poderoso, olha para a face de Teu Cristo e por amor a Ele que é o eterno Sumo Sacerdote, tem piedade de Teus padres. Lembra, ó Deus cheio de misericórdia, que eles são seres humanos, fracos e frágeis. Desperta neles a graça da vocação que está neles pela imposição das mãos do Bispo. Guarda-os unidos a Ti para que o inimigo não prevaleça contra eles, a fim de que nunca façam coisa alguma por mínima que seja, indigna de sua vocação sublime.

    Ó Jesus, eu te peço pelos teus padres fiéis e fervorosos, pelos Teus padres infiéis e tíbios, pelos Teus padres que trabalham em sua terra ou fora no campo de missão: pelos Teus padres em tentação, pelos padres isolados e solitários, pelos Teus padres jovens e idosos, pelos Teus padres doentes e agonizantes, pelas almas dos Teus padres no purgatório. Mas acima de tudo, eu Te recomendo os padres a quem mais devo: o padre que me batizou, os padres que me absolveram dos pecados, os padres de cujas missas participei e que me deram Teu Corpo e Teu Sangue na Santa Comunhão; os padres que me ensinaram e me instruíram ou me ajudaram e encorajaram, todos os padres a quem sou devedor de uma ou de outra forma, particularmente…

    Jesus, guarda-os todos junto de Teu coração e abençoa-os ricamente no tempo e na eternidade. Amém

    Maria, Rainha do Clero, rogai por nós; obtém para nós muitos padres santos (repetir 3 vezes).

  26. Ora ,ora!!!Mas esse padre propõe tanta reflexão dos fiéis católicos e não fez o dever de casa?

    Afinal,se ele seguisse o próprio conselho e refletisse sobre suas idéias,veria logo que não poderia ter se tornado um sacerdote católico!!!

    É tudo tão simples.Ele não é Católico.Ele é um “livre pensador”.Portanto,por uma questão de coerência,ele deveria pedir afastamento e seguir a própria vida.

    Mas sem essa de ficar choramingando que foi incompreendido por uma Igreja conservadora,antidemocrática e etc…Essa ladaínha que os inimigos da Igreja adoram falar.

    Siga a sua vida,senhor Beto.

    Deixe os verdadeiros católicos refletirem sobre a Bíblia,o Catecismo da Igreja Católica ,a vida dos santos e tantas coisas que nos levarão para o Ceú.

  27. João A.C disse tudo:

    “Qual será a próxima mutreta desses covardes canalhas? Porque é obvio que não vão largar as tetas da Mãe-Igreja para pegar duro no batente, como fazem os pobres mortais. São uma corja!!”

    A resposta está na parábola do administrador infiel: ” Que farei? Para cavar não tenho força e tenho vergonha de mendigar… Já sei o que vou fazer para que, quando perder o meu emprego aqui, as pessoas me recebam em suas casas’.

    É por isso que eles saem por aí metendo o pau na própria Igreja que os acolheu, dando entrevistas na mídia que odeia Cristo e vendendo-o mais barato do que Judas O vendeu, defendendo casamento gay pra ficarem bem na fita com os sodomitas, apoiando candidatos politicos imorais, falando a linguagem chula que a juventude desmiolada quer escutar. Enfim, estão granjeando amigos com as riquezas da iniquidade, para que, quando estas vierem a faltar, não lhes falte quem venha se tornar seus companheiros no inferno.
    O problema é que estão arrastando com eles uma multidão de Católicos que pecam por ignorancia ou ingenuidade.

  28. Ana Maria, se ele se acha bonito não sei, mas como já disse aqui uma vez sou da diocese dele e tive que escutar uma vez que as missas dele são cheias de mulheres porque ” não que ele seja bonito, mas ele é um padre charmoso.”

  29. Um parêntesis: de onde surgiu essa foto fazendo pose? Tiraram do facebook dele? hehehe

  30. Acho melhor continuar a enxurrada de e-mails para o bispo porque esse “padre” não vai mudar, o que era óbvio,porque ninguém muda o caráter com um pedido.

  31. Heitor, n fica dando ideia de escrever livro, vai que ele aceita. Mas vem cá, vc acha que a gente entra na biografia dele?

  32. Marcel, o bispo deu até dia 29. No dia 30 se n tiver a retração, ai será diferente. Mas ficando importunando o bispo se o prazo ainda n expirou é errado e vai virar a coisa contra a gente.

  33. Ficar importunando.

  34. Já que este indivíduo ( Roberto Francisco Daniel ) que descaradamente se arvora a padre ( uma vez que seu comportamento , agir e postura sequer remotamente remete à dignidade do sacerdócio ) deseja promover uma ampla reflexão e discussão de conhecimento , nada mais pertinente, como tema a ser refletido com toda profundidade, que o disparate desta contradição . A disparatada contradição entre o particular ideário que ele próprio, por suas atitudes, posicionamentos e ações, revela ter acerca do sacerdócio e a própria realidade do sacerdócio em si , multi milenarmente manifestada ao longo da história . Refletindo a respeito, somos levados, de forma inevitável, a um questionamento altamente inquietante ( expresso numa linguagem figurada por meio da analogia ) : Poderia um incendiário ser um bombeiro; um assassino homicida, um plantonista do CTI ou um assaltante, um gerente de banco ? A mais coerente lógica do raciocínio humano responde categoricamente que NÃO . Porém , quem duvida que o liberalismo, o modernismo e o espírito revolucionário, com sua acrobacias mentais e seus contorcionismos de neurônios não surpreenda já com uma resposta diametralmente oposta : ” Mas um incendiário saberá como ninguém tudo a respeito de incêndios , há de ser o melhor dos bombeiros ” , ou ” Um assaltante com toda sua experiencia com o crime , o banco que o tiver na gerência será o mais seguro que já se viu ” . Isso pode parecer até bem lógico e , quem sabe , dentro de algum inaudito desvario, possa até mesmo funcionar em tais instancias . No entanto, esta mesma lógica jamais funcionará em relação ao sacerdócio católico. Isto simplesmente porque um liberal, um modernista, um revolucionário não pode de modo algum ser verdadeiramente um padre da Santa Igreja . Não se trata de ” combater um incêndio “, “garantir a segurança de um banco” , “salvar vidas num CTI” , ou o que mais raciocínios esdrúxulos possam engendrar … O mister ministerial do sacerdócio é a condução das almas a Deus . ( DA MIHI ANIMAS ) . Quem quer que, nas fileiras do sacerdócio, revele outro foco de ação, está cometendo a mais grave negligencia que um ser humano pode cometer face o papel a que se propõe e estará apenas “travestido” de padre ( como tantas vezes espíritos das trevas se travestem de anjos de luz ) .

    Sr. Roberto Francisco Daniel , por favor , exerça verdadeiramente a abertura que o sr.mesmo tanto propala , não seja seletivo , e aceite a postura reflexiva expressa no clamor de tantas vozes aqui :
    converta-se ou se desfenestre .

  35. Acabou o tipo de apostolado como de um velho muito sábio que conheci que ele dizia o seguinte: “Eu sou apenas um papagaio que repete aquilo que a igreja ensinou SEMPRE”, agora nos colocamos a disposição de um tal Beto e suas reflexões. Bem todas as reflexões desse tal Beto para mim e minha família vão para o lixo…aliás nem as leio…prefiro ficar com aquelas reflexões mais antigas que já saíram de moda, de FREIS bem mais SANTOS que tantos Betos por ai, como por exemplo São Francisco de Assis, ou São Domingos de Gusmão…que se faziam nada, a escória para que Nosso Senhor vivesse neles.

  36. Como comentei no fb antes, é engraçado como, na hora de caçar bolsa de estudos na Alemanha, a estrutura hierárquica da Igreja não pareceu ser um problema pro padre. O Bispo deveria mandá-lo cantar em outra freguesia e pedir para que, num ato de HONESTIDADE, devolvesse o dinheiro que a Igreja gastou com este homem.

    ps.: Seria bom fazermos alguns cálculos genéricos para sabermos quanto foi gasto com este homem e apresentar esta fatura ( sim, ele não pagará, mas penso que ajudará a desmascará-lo)

  37. Fernanda, exatamente. Quanto a Igreja gasta na formação desses tipos aí…. E depois eles se voltam contra a Mãe, como falei acima. Isso é um absurdo, revoltante. Humanamente falando é uma baita injustiça e falta de caráter até.

  38. Já se percebe ao longo que de pouco valerá nossas orações. O padre é um herege recalcitrante. No caso, é melhor ele juntar seus trapos e ir fundar a sua seita, para difundir suas “reflexões” bem longe da Igreja.

  39. Vendo algumas repercussões a respeito do sr. bispo, vejo que está sendo exaltada a sua coragem. E é merecido, nesse caso. Não digo de forma geral porque desconheço as demais ações desse bispo.

    Mas como é importante ter o respeito e a admiração dos católicos do que uma falsa aprovação diabólica do mundo e da mídia.

    Basta agir pelo triunfo de Deus e zelo das almas, que vem em consequencia o profundo respeito e admiração dos católicos… Nem precisa muito para conquistar esse respeito. Basta agir como bispo católico e não como membros de uma ong assistêncialista, como disse o Papa.

    Mais salvação e menos reformas agrárias. Que Nosso Senhor e a Virgem Maria estejam no centro das vidas de nossos bispos e que eles possam comunicá-los ao povo fiel, que tem fome de verdade. Basta isso.

    Isso é o que deve mover a um bispo a punir a todos aqueles que se afastam da Doutrina da Santa Madre Igreja. Corromper o dogma e escandalizar aos pequeninos na fé é afastá-los da verdade divinamente revelada e destruir a vida da graça santificante em suas alma.

    Parabéns ao bispo pela coragem e ao Fratres pela denúncia.

  40. Buraco de bala em herege faz a alegria dos verdadeiros fiéis. Cristo disse que não veio trazer a paz e sim a espada pois há dois mil anos não havia metralhadora, senão estaria escrito na Biblia: eu vim trazer a metralhadora e a bazuca não a paz.

    A revolução tem um problema pois precisa avançar nos seus pontos, se avançarem irão sucumbir se retroagirem apodrecem. Qual a alternativa? Começar uma revolução sangrenta.

  41. Lucas, essa revolução sangrenta pode ser doação de sangue, que tal?
    A gente n consegue se organizar para rezar rosário, a que dirá pegar em arma.

  42. Todo herege sempre propôs “reflexões e questionamentos”. Fé não se questiona. É crer ou não crer.

    O próximo passo é o herege questionar a própria vaidade e refletir se está correto fazer e dizer o que diz e faz.

    Visual de mano bad boy, meu! Sinistro!

  43. Pede pra sair, padre Beto!!!

  44. Vale ressaltar que o padre Beto foi ordenado sacerdote no ano de 1998, segundo informação do site da diocese de Bauru. Não é novato nem inexperiente no sacerdócio. Oremos.

  45. FAMULOS COR MARIAE deu uma hilariante e notável sugestão para Sr. Roberto Francisco Daniel – padre Beto: converta-se ou defenestra se !

  46. Viva o bispo. Hora de apoiarmos o Sr. Bispo!

  47. Ana Maria: quem vai fazer uma revolução sangrenta são os maus. Vide revolução francesa de 1789 e a russa de 1917 – sem contar a primeira e segunda guerra mundial que foi uma revolução inteligentissima das forças secretas para destruir os cristãos da qual aqui não me atentarei a detalhes.

    Utilizo o termo revolução e contra-revolução nos termos do livro RCR do Prof. Plinio Correa de Oliveira da qual aconselho a leitura. Nós fazemos a contra revolução. Se a revolução é a destruição da ordem como a civilização cristã a contra revolução é a restauração desta ordem.

    Outro ponto: como Nossa Senhora afirmou em Fatima os bons serão martirizados então nós vamos dar o sangue e não será em hemocentro. Esta parte da história do mundo já está escrita embora seja no futuro, irá acontecer e conforme afirmou a Virgem em Akita as pessoas terão inveja dos mortos e o único refugio será o rosário.

  48. Lucas, usei o seu segundo parágrafo para responder ao primeiro. Entendi perfeitamente o que vc disse.
    Sobre o livro n li e n tenho dinheiro para comprar, quer me doar alguns ou vários alguns kkkk

  49. Não quero atirar a primeira nem a última pedra, mas é preciso entender que quando Jesus pregou sua doutrina, Ele já conhecia o futuro, a ciência e as eresias. Não temos o direito de direta ou indiretamente colocar palavras no discurso de Jesus. Deus deixou o livre arbitrio, mas é preciso saber que cada um responde por suas decisões. O que Deus criou é perfeito, o imperfeito é fruto do pecado individual ou coletivo. Nada tenho contra os que se fazem diferentes, mas se a minha Igreja não defender os que lutam para ser iguais ao meu Lider, me vejo obrigado a mudar de Igreja, mas não de Lider. Deus ama o pecador. para se livrar do pecado só tem um caminho. Seja onde ou em que tempo for. Que Deus abençoe a todos

  50. A maioria dos comentário postados nesta coluna são de pré-julgamentos de quem não conhece o padre Beto. E são contra um dos ensinamentos de Jesus: “não julgueis para que não sejais julgados”. Posso dizer isso porque conheço pessoalmente o sacerdote e digo que ele é uma figura toalmente carismática e inteligente, não merecendo esses comentárils injustos! Basta ver a nota sobre o número de pessoas que compareceu à sua missa de despedida no domingo.
    Essas opiniões estão sendo influenciadas por alguns setores preconceituosos da mídia, formadores de opinião.
    Quem conhece o sacerdote e acompanha o seu trabalho, com certeza, tem outra maneira.